Posts Tagged ‘world’

Vitória Goleia Bahia na Reinauguração da Fonte Nova

Na reinauguração da Fonte Nova o Vitória massacrou o Bahia;
Crédito: globoesporte.globo.com/Leogump-Carvalho/Frame/Agência-Estado
Ficha Tecnica
Bahia 1 x 5 Vitória
Campeonato Baiano de Futebol de 2013
Ficha Tecnica
• Competição (Tournament): Campeonato Baiano de 2013 – 13ª Rodada
• Data (Date): Domingo, 7 de Abril de 2013, as 16:00 hs (de Brasilia)
• Estádio (Stadium): Octávio Mangabeira “Itaipava Arena Fonte Nova” em Salvador/BA
• Público (Attendance): 32.274 pagabtes (Total: 37.274) – Renda: R$ 1.954,000,00
• Árbitro (Referee): Wilton Pereira Sampaio/BA (FIFA)
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Adson Márcio Lopes Leal/BA (FBF)
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): José Raimundo Dias da Hora/BA (FBF)
• Quarto Árbitro (Fourth Oficial): Marielson Alves Silva/BA (FBF)
• Advertências (Cautions): Escudero 16′, Adriano 23′, Fahel 26′, Luís Alberto 59′ e Gabriel 86′
• Expulsão (Sent Off): Nenhuma (None)
Gols | Goals Gols | Goals
1-3 Zé Roberto, aos 21’/2º 1-0 Renato Cajá (pên), aos 41’/1º
2-0 Maxi Biancucchi, aos 5’/2º
3-0 Michel, aos 12’/2º
4-1 Vânder 29’/2º
5-1 Damián Escudero, aos 39’/2º
Esporte Clube Bahia Esporte Clube Vitória
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Marcelo Lomba (Omar)
02 Neto
04 Titi
03 Danny Morais
06 Magal
15 Diones
07 Fahel ©
05 Hélder
10 Paulo Rosales (Talisca)
11 Adriano (Zé Roberto)
09 Obina
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
At
At
At
01 Deola ©
02 Nino Paraíba
03 Victor Ramos
04 Gabriel Paulista
06 Mansur
05 Michel (Edson Magal)
08 Luís Alberto
10 Renato Cajá (Marquinhos)
11 Damián ESCUDERO
07 Maxi BIANCUCCHI (Vânder)
09 Dinei
Coach: Jorginho Coach: Caio Junior
12
13
14
15
16
17
18
Marquinhos
Omar, aos 34’/2º
Brinner
Jussandro
Anderson Talisca, aos 9’/2º
Zé Roberto, aos 17’/2º
Matheus
12
13
14
15
16
17
18
Wilson (gk)
Marcos
Cardoso
Edson Magal, aos 34’/2º
Luis CÁCERES
Marquinhos, aos 24’/2º
Vânder, aos 26’/2º
Tempo Normal Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altnds Final
0 x 1 1 x 4 1 x 5
# Este jogo marcou a Reinauguração da Arena Itaipava Fonte Nova;
# Com essa derrota o treinador do Bahia, Jorginho, foi demitido;
# Links Externos (External Links): www.conmebol.com/copa-libertadores/fichas
# Links Externos (External Links): www.soccerway.com/south-america/copa-libertadores
# Links Externos (External Links): globoesporte.globo.com/futebol-internacional

.:: Galeria de Imagens ::.
Depois da reforma para a Copa do Mundo o estádio da Fonte Nova voltou a ativa;
Crédito: globoesporte.globo.com/AFP

Crônica do Jogo

O mando de campo é do Bahia, mas a Fonte Nova continua sendo a segunda casa do Vitória. Seis anos depois da interdição, o estádio foi reinaugurado neste domingo com um público presente de 37.410, com 32.274 pagantes, que proporcionaram uma renda de:1.954.900,00. O cenário mudou, mas o roteiro continuou o mesmo. Assim como nos últimos oito clássicos disputados na antiga Fonte Nova, o Tricolor não conseguiu vencer. O Vitória levou a melhor, ganhou por 5 a 1, aumentou a invencibilidade no local e pode se orgulhar de começar a nova era com a mesma certeza com que terminou em 2007: clássico na Fonte Nova é sinônimo de alegria rubro-negra.

Com enredo diferente, o primeiro Ba-Vi do principal estádio da Bahia teve o mesmo fim do último. Se em 22 de abril de 2007, em um jogo com três viradas, o Vitória precisou lutar até o último minuto para vencer por 6 a 5, o triunfo desta vez foi mais tranquilo. Melhor posicionado taticamente, o Leão passou quase todo o segundo tempo com a missão apenas de garantir o resultado feito nos minutos iniciais. Renato Cajá, Maxi Biancucchi, Michel, Vander e Escudero garantiram a festa. Zé Roberto fez o gol de honra do Bahia. Para piorar a noite tricolor, o técnico Jorginho deixou o comando do time após a partida.

Com o triunfo deste domingo, o Rubro-Negro chegou a oito jogos sem perder para o maior rival na Fonte Nova. A última vez que o Bahia deixou o estádio vencedor foi em fevereiro de 2004. Mas no geral, no entanto, a supremacia ainda é tricolor: 126 triunfos do Bahia e 79 do Vitória – houve ainda 102 empates.

Os três pontos conquistados no clássico dão ainda mais tranquilidade ao Rubro-Negro no Campeonato Baiano. O time de Caio Junior chegou aos 12 pontos conquistados – três a mais que o segundo colocado no grupo, o Juazeirense – e tem 100% de aproveitamento. Do outro lado, mesmo com a goleada sofrida, o Bahia se mantém na primeira colocação, com cinco pontos ganhos.

A bola volta a rolar para as duas equipes no meio da semana. Mas por uma outra competição. Vitória e o Tricolor vão estrear na Copa do Brasil. Na quarta-feira, o Rubro-Negro vai ao Mato Grosso para enfrentar o Mixto. No dia seguinte, o Bahia enfrentará o Maranhão.

De início, o que todos no estádio queriam saber era quem ia fazer o primeiro gol da Arena Fonte Nova. De qual pé ou cabeça sairia a bola que balançaria a rede do novo estádio pela primeira vez? Qual lado da rivalidade teria o prazer de vibrar e transformar em aquarela as arquibancadas verdes do estádio? A resposta demorou para chegar. Antes do grito solto e explosivo de gol, a Fonte Nova ouviu muitos “uuuh”, muitos “levanta” e “senta”, e viu muita mão na cabeça por causa daquela bola que passou perto, mas, por um capricho do destino, não encontrou as redes.

Quem viveu esse momento primeiro foi o lado tricolor. Logo aos três minutos, Adriano entrou por trás da zaga e bateu no canto. Deola se esticou e desviou com a ponta dos dedos. Ela passou tirando o primeiro pedaço de tinta da trave. O Bahia ainda teve oportunidades com Marquinhos, Magal e Obina, mas nenhum dos três conseguiu entrar para a história.

Do lado rubro-negro, a alegria inicial surgiu em forma de reclamação. Neto tocou com a mão na bola dentro da área, e o árbitro mandou o jogo seguir. Aos 31 minutos, Maxi Biancucchi cruzou da direita e, sem ninguém no gol, Escudero chegou atrasado. Mas dez minutos depois, apareceu, enfim, a resposta que todos queriam. Mansur foi derrubado na área. Pênalti marcado.

Dinei pediu para bater. Conversou com Renato Cajá, que decidiu assumir a responsabilidade. O meia caminhou lentamente e, com o pé esquerdo, mandou no canto direito do goleiro Marcelo Lomba. A pergunta estava respondida. A arquibancada verde do estádio se transformou em uma aquarela em êxtase vermelha e preta.

Seguindo os versos do hino, o Vitória gostou de provar o gosto de ser “um nome na história”. O Rubro-Negro voltou para o segundo tempo ainda com mais sede de gol. E de transformar a Fonte Nova em sua segunda casa. O que era um jogo disputado no primeiro tempo se transformou em chocolate na segunda etapa.

Com o Bahia perdido em campo, o Vitória se encontrou fácil no gramado da Fonte Nova. Logo aos cinco minutos, Maxi Biancucchi entrou na área e mandou de cobertura para fazer um belo gol. A festa que já era rubro-negra ficou ainda maior. No minuto seguinte, Obina chegou a balançar as redes, mas o auxiliar marcou equivocadamente impedimento do atacante tricolor.

O primeiro grito de gol da torcida do Bahia não saiu. O que se ouviu, na verdade, nos arredores do estádio, foi mais uma vibração do Leão da Barra. Depois de tabelar com Dinei, Michel bateu forte, contou com a ajuda de Marcelo Lomba e começou a transformar a vitória em goleada.

Mesmo dominado em campo, o Bahia ainda tentou uma reação. Zé Roberto aproveitou cruzamento de Magal para fazer o gol que acabou sendo de honra do Tricolor. Poderia ser uma reação. Mas não foi. O Vitória não deu espaço para o rival acreditar em um empate. Vander, que foi dispensado do Bahia por deficiência técnica, e Escudero fecharam a goleada histórica na Fonte Nova.

Em clima de festa, a torcida do Vitória só queria saber de comemorar. Ziriguidum e “Ah, lelek lek lek” viraram a trilha sonora da inauguração da Arena Fonte Nova. Com mais da metade da torcida do Bahia já fora da Arena, os rubro-negros encontraram mais um estádio para chamar de seu. A segunda casa do Vitória: “A-ha, u-hu, a Fonte Nova é nossa”.

# Fonte: globoesporte.globo.com/Reportagem


.:: Seleção Brasileira de Futebol ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol cinco vezes campeã mundial. Jogos amistosos oficiais e não oficiais; Eliminatórias da Copa; Copa do Mundo, Copa América, Copa das Confederações, Torneios, Torneio Pré-Olímpico, Jogos Olímpicos, Jogos Pan-Americanos; Seleção Brasileira Feminina, Sub 17, Sub 20 e muito mais confira: www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com

Anúncios

Ficha Tecnica: Bolívia 0 x 4 Brasil


.:: Amistoso Oficial ::.

Ronaldinho Gaúcho teve boa atuação na goleada brasileira, só no 1º tempo.
Crédito da Imagem Site: http://www.lancenet.com.br/Aizar-Raldes/AFP
Ficha Tecnica
Bolívia 0 x 4 Brasil
Amistoso Internacional
Ficha Técnica
• Competição: Amistoso Internacional Beneficente
• Data: Sábado, 6 de Abril de 2013, às 16:45 – 17:31 – 17:51- 18:38 hs (de Brasília)
• Local: Estadio Ramón “Tahuichi” Aguilera, em Santa Cruz de la Sierra/BOL
• Público: cerca de 35.000 pessoas (estádio lotado)
• Árbitro: sr. Patricio Loustau (Argentina)
• Assistente 1: sr. Ernesto Ziga (Argentina)
• Assistente 2: sr. Ezequiel Brailovscky (Argentina)
• Advertências: Eguino 45′ e Osvaldo 74′
• Expulsão: Nenhuma
Tempo Normal Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Brasil Adversário
0 x 3 0 x 1 0 x 4
Gols do Bolivia Gols do Brasil
1-0 Leandro Damião, aos 3’/1º
2-0 Neymar, aos 30’/1º
3-0 Neymar, aos 41’/1º
4-0 Leandro, aos 46’2º
Bolívia Brasil
Go
Ld
Za
Za
Le
Mc
Mc
Mc
Mc
Mc
At
23 Sergio GALARZA;
02 Ronald EGUINO,
04 Diego BEJARANO (Jiménez),
21 Edward ZENTENO e
17 Marvim BEJARANO (Torrico);
20 Alejandro MELEÁN (García),
06 Walter VEIZAGA (Chumacero),
14 Edivaldo ROJAS,
10 Jhasmani CAMPOS (D. Bejarano) e
07 Juan Carlos ARCE (Vargas);
09 Marcelo MORENO ©.
Go
Ld
Za
Za
Le
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Jéfferson;
02 Jean,
03 Dedé (Dória),
04 Réver © e
06 André Santos;
05 Ralf,
08 Paulinho,
07 Jádson e
10 Ronaldinho Gaúcho © (Leandro);
11 Neymar (Pato) e
09 Leandro Damião (Osvaldo).
Tec: Xabier Azkargorta Tec: Luis Felipe Scolari
Substituições Substituições
Df
Mc
Df
Mc
At
Mc
05 Rony JIMÉNEZ, no Intervalo
08 Ronald GARCÍA, no Intervalo
11 Jair TORRICO, no Intervalo
13 Alejandro CHUMACERO, no Intervalo
15 Rodrigo VARGAS, aos 21’/2º
16 Danny BEJARANO, aos 35’/2º
Go
Le
Za
At
At
At
Mv
12 Matheus Vidotto
13 Douglas Santos
14 Dória, aos 41’/2º
15 Osvaldo, no Intervalo
16 Leandro, aos 32’/2º
17 Alexandre Pato, no Intervalo
00 Arouca (machucado)
Observações
# Esta foi a primeira vitória de Felipão na seleção em quatro jogos;
# Felipão: 4 Jogos 1 Vitória 2 Empates 1 Derrota 8 Gols Pró 5 Gols Contra (18º Fifa);
# Parte da renda da partida será destinada a família do garoto Douglas Beltrán Espada, morto no dia 20/02/13 na partida San José 1 x 1 Corinthians, pela Copa Libertadores; vítima de um sinalizador atirado por um torcedor corinthiano na torcida boliviana.
# Bolivia: Camisa Verde, Calção Branco e Meias Brancas;
# Brasil: Camisa Amarela, Calção Azul e Meias Azuis (nike);
# Próximo Jogo: 24/04/13 – Brasil x Chile, amistoso no Mineirão (Belo Horizonte/MG)
# Todos os Jogos da Seleção Brasileira: http://jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com/
# Este jogo foi transmitido, ao vivo, pela TV Verdes Mares canal 10.

Ficha Tecnica: The Strongest 2 x 1 São Paulo


.:: Copa Libertadores 2013 ::.

São Paulo perde e não depende mais de si para se classificar.
Imagem: http://www.lancenet.com.br/Maicon-Raldes-AFP
Ficha Tecnica
Strongest 2 x 1 São Paulo
Copa Libertadores da América 2013 – Fase de Grupos
Ficha Técnica
• Competição: Copa Libertadores de 2013 – Grupo 3 – 5ª Rodada
• Data: Quinta-Feira, 4 de Abril de 2013, as 21:30 hs (de Brasilia)
• Local: Estádio Hernando Siles, em La Paz (Bolívia)
• Público/Renda: Sem Registro
• Árbitro: sr. Victor Carillo (Peru)
• Assistente 1: sr. Jonny Bossio (Peru)
• Assistente 2: sr. Cesar Escano (Peru)
• Amarelos: Bejarano 38′, Denilson 55′, Paulo Miranda 58′, Jadson 69′, Brown 86′ e Ganso 92′
• Expulsão: Nenhuma
Tempo Normal Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Mandante Visitante
1 x 1 1 x 0 2 x 1 NH NH NH NH NH
Gols do Strongest Gols do São Paulo
1-0 Soliz, aos 14’/1º 1-1 Rogério Ceni (pênalti), aos 44’/1º
Cristaldo, aos 20’/2º
The Strongest São Paulo Futebol Clube
Go
Ld
Za
Za
Le
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
19 Daniel VACA;
08 Diego BEJARANO,
04 Roy SMITH,
02 Marcos BARRERA e
22 Daniel CHÁVEZ;
16 Walter VELZAGA,
03 Alejandro CHUMACERO,
17 Nelvin SOLIZ (Cunningham) e
11 Ernesto CRISTALDO;
10 Pablo ESCOBAR e
09 Harold REINA (Paz).
Go
Ld
Za
Za
Le
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Rogério Ceni ©;
13 Paulo Miranda (Rodrigo Caio),
02 Rafael Toloi,
14 Edson Silva e
16 Thiago Carleto;
15 Denilson (Wallyson),
18 Maicon (Wellington),
10 Jadson e
08 Paulo Henrique Ganso;
17 Osvaldo e
19 Aloisio.
Tec: Eduardo Villegas Téc: Ney Franco
Substituições Substituições
01
07
15
18
20
21
23
Andrés JEMIO (gk)
Marcos PAZ, aos 35’/2ª
Luis MELGAR
Rodrigo RAMALLO
Sacha LIMA
Maurício SAUCEDO
Kenny BROWN, aos 21’/2ª
04
05
07
11
12
23
29
Rhodolfo
Wellington, no Intervalo
Rodrigo Caio, aos 19’/2ª
Ademilson
Denis (gk)
Douglas
Wallyson, aos 35’/2ª
Observações
# Súmula da Partida: http://www.conmebol.com/Libertadores
# Todos os Campeões da Libertadores: http://eternoscampeoes.wordpress.com/
Classificação Geral do Grupo
Clube PG J V E D GP GC SG
• Atlético Mineiro (Brasil) 15 5 5 0 0 16 7 9
• The Strongest (Bolivia) 6 5 2 0 3 7 8 -1
• São Paulo FC (Brasil) 4 5 1 1 3 6 8 -2
• Arsenal de Sarandí (Argentina) 4 5 1 1 2 8 14 -6
# Próxima Rodada do Grupo na Copa Libertadores da América:
# 17/04/2013 – Arsenal x The Strongest, Estádio Julio Humberto Grondona, Sarandí
# 17/04/2013 – São Paulo x Atlético/MG, Estádio do Morumbi, São Paulo/SP

Ficha Tecnica: Millonarios/COL 0 x 1 Corinthians


.:: Copa Libertadores 2013 ::.

Émerson disputa a jogada com Román Torres na vitória corintiana.
Imagem: http://www.lancenet.com.br/Guillermo-Regaria
Ficha Tecnica
Millonarios 0 x 1 Corinthians
Copa Libertadores da América 2013 – Fase de Grupos
Ficha Técnica
• Competição: Copa Libertadores de 2013 – Grupo 5 – 5ª Rodada
• Data: Quarta-Feira, 3 de Abril de 2013, as 22:00 hs (de Brasilia)
• Local: Estádio Nemésio Camacho “El Campín”, em Bogotá (Colômbia)
• Público/Renda: Sem Registro
• Árbitro: sr. Diego Abal (Argentina)
• Assistente 1: sr. Hernán Maidana (Argentina)
• Assistente 2: sr. Juan Belatti (Argentina)
• Amarelos: Émerso Sheik 63′
• Expulsão: Nenhuma
Tempo Normal Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Mandante Visitante
0 x 0 0 x 1 0 x 1 NH NH NH NH NH
Gols do Millonarios Gols do Corinthians
1-0 Danilo, aos 11’/2º
Club Deportivo Los Millonarios Sport Club Corinthians Pta.
GO
LD
ZA
ZA
LE
MC
MC
MC
MC
AT
AT
12 Robinson ZAPATA;
23 Lewis OCHOA,
19 Pedro FRANCO,
02 Román TORRES e
28 Alex DÍAZ (Leudo);
20 José OTÁLVARO,
10 Mayer CANDELO (Tancredi),
21 Juan ORTIZ (Perlaza) e
30 Johnny RAMÍREZ;
18 Wason RENTERÍA e
17 Freddy MONTERO.
GO
LD
ZA
ZA
LE
MC
MC
MC
MC
AT
AT
12 Cássio Ramos;
02 Alessandro ©,
04 Gil,
13 Paulo André e
06 Fábio Santos;
05 Ralf,
08 Paulinho e
20 Danilo;
11 Emerson Sheik (Chicão),
07 Alecandre Pato (J. Henrique) e
31 Romarinho (Edenilson).
Técnico: Hernán Torres Tec: Adenor Bacchi “Tite”
Substituições Substituições
05
07
09
11
22
243
25
Ignacio ITHURRALDE
José TANCREDI Malatez, aos 30’/2º tempo
Jorge PERLAZA, aos 14’/2º tempo
Dhawlin LEUDO, aos 39’/1º tempo
Luis DELGADO (gk)
Yuber ASPRILLA VIERA
Elkin BLANCO
03
15
19
21
22
23
30
Chicão, aos 45’/2º tempo
Guilherme Andrade
Guilherme Santos
Edenilson, aos 27’/2º tempo
Danilo Fernandes (gk)
Jorge Henrique, aos 11’/2º tempo
Paulo Victor “Paulinho”
Observações
# Com esse resultado o Corinthians assumiu a liderança do seu grupo e garantiu classificação para as Oitavas de Final com uma rodada de antecipação.
# Súmula da Partida: http://www.conmebol.com/Libertadores
# Todos os Campeões da Libertadores: http://eternoscampeoes.wordpress.com/
# 03/04/2013 – SanJosé/BOL 1 x 1 Tijuana/MEX, Estádio Jesús Bermúdez, Oruro
Classificação Geral do Grupo
Clube PG J V E D GP GC SG
• SC Corinthians Paulista (Brasil) 10 5 3 1 1 7 2 5
• Club Tijuana (México) 10 5 3 1 1 7 4 3
• Club San José (Bolivia) 5 5 1 2 2 5 8 -3
• CD Los Millonarios (Colômbia) 3 5 1 0 4 2 7 -5
# Próxima Rodada do Grupo na Copa Libertadores da América:
# 10/04/2013 – Corinthians x San José, Estádio do Pacaembu, São Paulo/SP
# 10/04/2013 – Tijuana x Millonarios, Estádio Caliente, Tijuana/MEX

Ficha Tecnica: Atkético/MG 5 x 2 Arsenal/ARG


.:: Copa Libertadores 2013 ::.

No final do jogo jogadores do Arsenal aprontam mais uma confusão pra variar. Imagem: http://esporte.uol.com.br/
Ficha Tecnica
Atlético-MG 5 x 2 Arsenal
Copa Libertadores da América 2013 – Fase de Grupos
Ficha Técnica
• Competição: Copa Libertadores de 2013 – Grupo 3 – 5ª Rodada
• Data: Quarta-Feira, 3 de Abril de 2013, as 22:00 hs (de Brasilia)
• Local: Estádio Arena Independência, em Belo Horizonte/MG
• Público/Renda: Sem Registro
• Árbitro: sr. Enrique Caceres (Paraguai)
• Assistente 1: sr. Dario Gaona (Paraguai)
• Assistente 2: sr. Hugo Martinez (Paraguai)
• Amarelos: Aguirre 13′, Leonardo Silva 15′, Pierre 48′, Ortiz 48′ e Marcos Rocha 38′
• Expulsão: Nenhuma
Tempo Normal Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Mandante Visitante
2 x 1 3 x 1 5 x 2 NH NH NH NH NH
Gols do Atlético Gols do Arsenal
1-0 Diego Tardelli, aos 10’/1º 1-2 Braghieri (cabeça), aos 39’/1º
2-0 Ronaldinho (pênalti), aos 16’/1º 2-4 Benedetto (Falta), aos 39’/2º
3-1 Luan, a 1’/2º
4-1 Ronaldinho, aos 13’/2º
5-2 Alecsandro, aos 47’/2º
Clube Atlético Mineiro Arsenal de Sarandí
GO
LD
ZA
ZA
LE
MC
MC
MC
MC
AT
AT
01 Victor;
02 Marcos Rocha,
03 Leonardo Silva,
04 Réver e
20 Richarlyson;
05 Pierre,
08 Leandro Donizete,
27 Luan (Rosinei) e
10 Ronaldinho Gaúcho ©;
09 Diego Tardelli (Araújo) e
07 Jô (Alecsandro).
GO
LD
ZA
ZA
LE
MC
MC
MC
MC
AT
AT
17 Cristian CAMPESTRINI;
24 Hugo NERVO,
02 Lisandro LÓPEZ,
06 Diego BRAGHIERI e
Damián PÉREZ;
07 Carlos CARBONERO,
05 Jorge ORTIZ,
23 Iván MARCONE e
19 Nicolás AGUIRRE (Torres);
10 Martín ROLLE (Benedetto) e
09 Julio FURCH.
Técnico: Cuca Técnico: Gustavo Alfaro
Substituições Substituições
06
12
13
15
17
18
19
Júnior César
Giovanni (gk)
Araújo, aos 24’/2º tempo
Gilberto Silva
Guilherme
Rosinei, aos 25’/2º tempo
Alecsandro, aos 35’/2º tempo
01
04
08
14
18
20
21
Emiliano OLIVERO (gk)
Danilo GERLO
Diego TORRES, aos 20’/2º tempo
Víctor CUESTA
Darío BENEDETTO, aos 9’/2º tempo
Gastón ESMERADO
Pablo LUGÜERCIO
Observações
# Com esse resultado o Atlético Mineiro chegou a 5 vitórias em 5 jogos; já está classificado desde a rodada passada e garantiu o 1º lugar do grupo.
# No final do jogo os argentinos do Sarandí armaram mais uma confusão e terminaram na delegacia. A CONMEBOL não toma nenhuma atitude não pune ninguém, tá virando rotina.
# Súmula da Partida: http://www.conmebol.com/Libertadores
# Todos os Campeões da Libertadores: http://eternoscampeoes.wordpress.com/
Classificação Geral do Grupo
Clube PG J V E D GP GC SG
• Atlético Mineiro (Brasil) 15 5 5 0 0 16 7 9
• São Paulo FC (Brasil) 4 4 1 1 1 5 6 -1
• Arsenal de Sarandí (Argentina) 4 5 1 1 2 8 14 -6
• The Strongest (Bolivia) 3 4 1 0 3 5 7 -2
# Próxima Rodada do Grupo na Copa Libertadores da América:
# 17/04/2013 – Arsenal x The Strongest, Estádio Julio Humberto Grondona, Sarandí
# 17/04/2013 – São Paulo x Atlético/MG, Estádio do Morumbi, São Paulo/SP

Convocação da Seleção Brasileira para o Amistoso contra a Bolivia

.:: Convocação da Seleção ::.
Luis Felipe Scolari
O técnico Luiz Felipe Scolari surpreendeu em sua convocação para o amistoso contra a Bolívia, que será disputado às 16h30 (de Brasília) de sábado, no Estádio Ramón Aguillera, em Santa Cruz de la Sierra. Entre os jogadores chamados para defender o Brasil, estão Ronaldinho Gaúcho, quatro corintianos e um palmeirense. (Fonte: CBF).

Seleção Brasileira Principal
PO Atleta Clube Atual C
1 GO • JÉFFERSON de Oliveira Galvão • Botafogo/RJ 1
2 GO • MATHEUS Caldeira VIDOTTO de Oliveria • Corinthians/SP 1
3 LD • DOUGLAS dos SANTOS Justino de Melo • Náutico/PE 1
4 ZA • RÉVER Humberto Alves Araújo • Atlético/MG 1
5 ZA • Anderson Vital da Silva “DEDÉ” • Vasco/RJ 1
6 ZA • Matheus DÓRIA Macedo • Botafogo/RJ 1
7 LE • ANDRÉ Clarindo dos SANTOS • Grêmio/RS 1
8 MV • JEAN Raphael Vanderlei Moreira • Fluminense/RJ 3
9 MV • Marcos AROUCA da Silva • Santos/SP 2
10 MV • José Paulo Bezerra Maciel Jr “PAULINHO” • Corinthians/SP 2
11 MV • RALF de Souza Teles • Corinthians/SP 1
12 MA • JÁDSON Rodrigues da Silva • São Paulo/SP 1
13 MA • Ronaldo de Assis Moreira “RONALDINHO” • Atlético/MG 2
14 MA • Weverson LEANDRO Oliveira Moura • Palmeiras/SP 1
15 AT • LEANDRO DAMIÃO da Silva dos Santos • Internacional/RS 1
16 AT • NEYMAR da Silva Santos Júnior • Santos/SP 3
17 AT • OSVALDO Lourenço Filho •São Paulo/SP 2
18 AT • ALEXANDRE Rodrigues da Silva “PATO” • Corinthians/SP 1
Técnico Luiz Felipe Scolari “Felipão” 3
Data da Convocação: Terça-Feira, 2 de Abril de 2013.
Local da Convocação: Sede da Confederação Brasileira de Futebol
Número de Atletas Convocados: 18 (Dezoito)
Competição: 1 Amistoso
Adversário: Seleção Principal da Bolívia
Data do Jogo: Sábado, 6 de Abril de 2013, as 16:00 hs
Local: Estádio Ramón “Tahuichi” Aguilera, em Santa Cruz de la Sierra
Primeira Convocação: Matheus Vidotto, Douglas Santos, Dória e Leandro.
Observação: Foram convocados somente jogadores que atuam no Brasil.
Fonte: http://www.cbf.com.br
Convocados por Clubes
Clube UF NJ Atletas
1 • Sport Club Cotinthians Paulista SP 4 Matheus, Paulinho, Ralf e Pato
2 • Clube Atlético Mineiro MG 2 Ronaldinho e Réver
3 • Botafogo de Futebol e Regatas RJ 2 Dória e Jéfferson
4 • Santos Futebol Clube SP 2 Arouca e Neymar
5 • São Paulo Futebol Clube SP 2 Jádson e Osvaldo
6 • Fluminense Footbal Club RJ 1 Jean
7 • Grêmio Foot-Ball Porto-Alegrense RS 1 André Santos
8 • Sport Club Internacional RS 1 Leandro Damião
9 • Sociedade Esportiva Palmeiras SP 1 Leandro
10 • Club Náutico Capibaribe PE 1 Douglas Santos
11 • Clube de Regatas Vasco da Gama RJ 1 Dedé
Total 18 Jogadores Convocados

Ficha Tecnica: Palmeiras 2 x 0 Tigre/ARG


.:: Copa Libertadores 2013 ::.

Palco do Jogo: Estádio Paulo Machado de Carvalho “Pacaembu”, capacidade: 40.000
Ficha Tecnica
Palmeiras 2 x 0 Tigre
Copa Libertadores da América 2013 – Fase de Grupos
Ficha Técnica
• Competição: Copa Libertadores de 2013 – Grupo 2 – 4ª Rodada
• Data: Terça-Feira, 2 de Abril de 2013, as 21:30 hs (de Brasilia)
• Local: Estádio Paulo Machado de Carvalho “Pacaembu”, São Paulo/SP
• Público/Renda: 19.178 pagantes – R$ 747.287,53
• Árbitro: sr. Patricio Polic (Chile)
• Assistente 1: sr. Sergio Roman (Chile)
• Assistente 2: sr. Juan Maturana (Chile)
• Amarelos: Caio 18′, Donatti 33′, Charles 7′, Paparatto 55′, Orban 58′, Botta 82′ e Ferreira 94′
• Expulsão: Nenhuma
Tempo Normal Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Mandante Visitante
1 x 0 1 x 0 2 x 0 NH NH NH NH NH
Gols do Palmeiras Gols do Tigre
1-0 Caio, aos 18’/1º
2-0 Charles, aos 7’/2º
Sociedade Esportiva Palmeiras Club Atletico Tigre
GO
LD
ZA
ZA
LE
MC
MC
MC
MC
MC
AT
25 Fernando Prass;
02 Ayrton,
04 Maurício Ramos,
26 Marcelo Oliveira e
06 Juninho;
18 Márcio Araújo,
28 Charles,
08 Souza,
17 Ronny (Weldinho) (Sinho) e
21 Patrick Vieira (Vinícius);
29 Caio Mancha.
GO
LD
ZA
ZA
LE
MC
MC
MC
MC
MC
AT
01 Javier GARCÍA;
23 Norberto PAPARATTO,
02 Alejandro DONATTI,
22 Lucas ORBAN e
08 Martín GALMARINI;
15 Gastón DÍAZ,
28 Diego CASTAÑO (Leone),
04 Diego FERREIRA e
14 Diego CISTERNA (P. García);
19 Rubén BOTTA e
09 Ezequiel MAGGIOLO (Leguizamón).
Técnico: Gilson Kleina Técnico: Néstor Gorositoe
Substituições Substituições
01
05
13
14
19
22
27
Bruno (gk)
João Denoni
Wendel Santos
Luiz Gustavo
Vinicius, aos 15’/1º tempo
Weldinho, aos 31/2º (Sinho)
Sinho, aos 31/2º tempo
10
11
17
18
21
24
25
Matías Pérez GARCÍA, aos 13’/2º tempo
Ramiro LEONE, aos 28’/2º tempo
Sebastián RUSCULLEDA
Leandro LEGUIZAMÓN, aos 32’/2º tempo
Mariano ECHEVERRÍA
Federico SANTANDER
Damián ALBIL (gk)
Observações
# Súmula da Partida: http://www.conmebol.com/Libertadores
# Todos os Campeões da Libertadores: http://eternoscampeoes.wordpress.com/
Classificação Geral do Grupo
Clube PG J V E D GP GC SG
• Club Libertad (Paraguai) 8 4 2 2 0 7 3 4
• SE Palmeiras (Brasil) 6 4 2 0 2 4 4 0
• Sporting Cristal (Peru) 5 4 1 2 1 6 5 1
• CA Tigre (Argentina) 3 4 1 0 3 1 6 -5
# Próxima Rodada do Grupo na Copa Libertadores da América:
# 09/04/2013 – Tigre x Sporting Cristal, Estádio José Dellagiovanna, Victoria/ARG
# 11/04/2013 – Palmeiras x Libertad, Estádio do Pacaembu, São Paulo/SP
%d blogueiros gostam disto: