Archive for the ‘x Clássicos’ Category

Ficha Técnica: Palmeiras 3 x 0 São Paulo

Palmeiras derrota São Paulo e mantém tabu contra o tricolor paulsita;
Credit: www.gazetaesportiva.com/Djalma-Vassão
Ficha Tecnica
Palmeiras 3 x 0 São Paulo
Campeonato Paulista Primeira Divisão 2017
Ficha Técnica
• Competição (Tournament): Campeonato Paulista – Primeira Fase – 8ª Rodada
• Data (Date): Sábado, 11 de Março de 2017, as 16:00 hs (de Brasília)
• Estádio (Stadium): SE Palmeiras – Allianz Parque, em São Paulo/SP
• Público (Attendance): 36.090 pagantes – Renda: R$ 2.309.892,74
• Árbitro (Referee): Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza (SP)
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Bruno Salgado Rizo (SP)
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)
• Quarto Árbitro (Fourth Official:): Adriano de Assis Miranda (SP)
Advertências | Cautions | Sent Off Advertências | Cautions | Sent Off
Thiago Santos, aos 6’/2º João Schimidt, aos 33’/1º
Vítor Hugo, aos 14’/2º Cícero, aos 46’/1º
Tchê Tchê, aos 28’/2º Rodrigo Caio, aos 31’/2º
Gols| Goals | Goles Gols| Goals | Goles
1-0 Dudu (de Cobertura), aos 45’/1º
2-0 Tchê Tchê, aos 10’/2º
3-0 Alejandro Guerra, aos 25’/2º
Sociedade Esportiva Palmeiras São Paulo Futebol Clube
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Fernando Prass
22 Fabiano (Jean)
26 Yerri Mina
04 Vitor Hugo
06 Egídio
21 Thiago Santos
08 Tchê Tchê
15 Michel Bastos
18 Alejandro Guerra
07 Dudu (Keno)
29 Willian (Borja)
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Dênis
18 Julio Buffarini
26 Douglas
03 Rodrigo Caio
22 Junior Tavares
25 Jucilei (Wellington Nem)
08 Cícero
15 João Schmidt (Lucas Fernandes)
23 Thiago Mendes
31 Luiz Araújo (Araruna)
14 Lucas Pratto
Coach: Eduardo Baptista Coach: Rogério Ceni
02
05
09
12
14
17
19
20
23
25
27
37
Jean, aos 33’/2º
Arouca
Alecsandro
Miguel Borja, aos 22’/2º
Jaílson (gk)
Erik
Rafael Marques
Raphael Veiga
Roger Guedes
Antônio Carlos
Keno, aos 29’/2º
Vitinho
02
04
05
07
09
17
20
21
22
28
29
33
Bruno
Lucão
Diego Lugano
Neilton
Andrés Chávez
Gilberto
Shaylon
Wellington Nem, no Intervalo
Renan Ribeiro (gk)
Felipe Araruna, aos 30’/2º
Lucas Fernandes, aos 18’/2º
Breno
Tempo Regulamentar Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altern Final
1 x 0 2 x 0 3 x 0

.:: Deixe um Comentário ::.
Se você gostou desse post ou do site indique para seus amigo.
Deixe uma crítica ou uma sugestão.

Vasco da Gama Campeão Carioca de 2016

O capitão Rodrigi ergue a taça de campeão carioca de 2016;
www.gazetaesportiva.com/Paulo-Fernandes/Gazeta-Press
Ficha Tecnica
Vasco 1 x 1 Botafogo
Resultado Agregado: Vasco 2 x 1 Botafogo
Ficha Tecnica
• Competição (Tournament): Campeonato Carioca 2016 – Final – 2º Jogo
• Data (Date): Domingo, 8 de Maio de 2016, as 16:00 hs (de Brasilia)
• Estádio (Stadium): Jornalista Mário Filho “Maracanã”, Rio de Janeiro/RJ
• Público (Attendance): Pagantes: 53.634 pagantes (Total: 60.000) – Renda: R$ 2.705.750,00
• Árbitro (Referee): Leonardo Garcia Cavaleiro/RJ
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Rodrigo Figueirense Corrêa/RJ
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Dibert Pedrosa Moisés/RJ
• Quarto Árbitro (Fourth Oficial): Sem Registro
• Advertências (Cautions): Rodrigo, Andrezinho, Jorge Henrique, Nenê (Vasco); Luis Ricardo, Bruno Silva, Salgueiro, Leandrinho, Diego (Botafogo)
• Expulsão (Sent Off): Nenhuma (None)
Gols | Goals Gols | Goals
1-1 Rafael vaz (cab), aos 11’/2º 1-0 Leandrinho (cab), aos 4’/2º
Clube de Regatas Vasco da Gama Botafofo de Futebol e Regatas
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Martín Silva
02 Madson
04 Luan (Rafael Vaz)
03 Rodrigo ©
06 Julio Cesar
05 Marcelo Mattos
08 Julio dos Santos (Yago Pikachu)
Andrezinho
10 Nenê
11 Jorge Henrique
09 Riascos (Diguinho)
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Jéfferson ©
04 Luis Ricardo
03 Joel Carli
02 Emerson Silva
06 Diogo Barbosa (Diego)
05 Rodrigo Lindoso
08 Bruno Silva
11 Gegê
10 Leandrinho (Neilton)
07 Juan Salgueiro (Luis Henrique)
09 Ribamar
Coach: Jorginho Amorim Coach: Ricardo Gomes
12
13
14
15
16
17
18
Jordi (gk)
Yago Pikachu, aos 21’/2º
Rafael Vaz, no Intervalo
Diguinho, aos 46’/2º
Evander
Éder Luis
Thalles
sb
sb
sb
Diego, aos 21’/1º
Luis Henrique, aos 15’/2º
Neilton, aos 34’/2º
Tempo Normal Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altnds Final
0 x 0 1 x 1 1 x 1
# Com esse resultado o Vasco da Gama sagrou-se campeão carioca;
# O Vasco sagrpu-se campeão carioca invícto pela 6ª vez na sua história;
# Súmula da Federação Carioca de Futebol (FERJ): www.fpf.org.br/conteudo/sumula.pdf
# Links Externos (External Links): www.soccerway.com/campeonato-paulista-2016
# Links Externos (External Links): globoesporte.globo.com/Finais-dos-Estaduais

.:: Galeria de Imagens ::.
Riascos e Rafael Vaz, autor do gol do título vascaino, com a taça de campeão;
www.gazetaesportiva.com/Paulo-Fernandes/Gazeta-Press
Clube de Regatas Vasco da Gama Campeão Carioca de 2016;
www.gazetaesportiva.com/Paulo-Fernandes/Gazeta-Press

Campeão Invícto!

O Vasco conquistou o bicampeonato carioca invicto ao empatar com o Botafogo em 1 a 1. Em partida disputada na tarde deste domingo, no estádio do Maracanã. a equipe de São Januário conquistou seu 24º título estadual e o primeiro da carreira do técnico Jorginho. Os gols foram marcados por Leandrinho, para o Botafogo, e Rafael Vaz para o Vasco, ambos no segundo tempo.

Truncado no primeiro tempo e emocionante na fase final, o clássico rendeu grandes emoções. Por ter vencido o primeiro jogo da decisão, os cruz-maltinos entrou com uma postura mais cautelosa, enquanto o Botafogo partiu para o ataque desde os primeiros minutos. Com um time muito experiente, o Vasco soube controlar o ritmo do jogo e garantir o resultado que lhe interessava.

Diante de um grande e entusiasmado público, o Vasco criou a primeira grande jogada de perigo quando, após boa troca de passes, Julio dos Santos fez o corta-luz e Riascos bateu fraco para defesa de Jéfferson. A resposta do Botafogo foi rápida. O arqueiro do Glorioso lançou Gegê, que investiu pela esquerda e bateu cruzado para boa defesa de Martín Silva, espalmando e contando com a zaga para avaliar o perigo.

O time de General Severiano mantinha a marcação avançada e impedia que o adversário tivesse liberdade para sair jogando O Vasco encontrava dificuldades e Nenê tentava fugir da marcação para armar as jogadas da sua equipe. Aos dez minutos, o meia Gegê arriscou da entrada da área e Martín Silva defendeu.

Depois dos 15 minutos, a equipe dirigida por Jorginho passou a equilibrar as ações e obrigou o Botafogo a atuar um pouco mais recuado. Aos 16 minutos, Riascos estragou o ataque do Vasco ao chutar de longe, quando seus companheiros, melhor colocados, esperavam o passe.

Aos 20 minutos, o lateral-esquerdo Diego Barbosa sofreu uma pancada na coxa e precisou deixar a partida. Diego entrou em seu lugar e trocou de posição com Luis Ricardo. Logo depois, Rodrigo Lindoso tentou encobrir Martín Silva, de longa distância, mas a bola passou longe.

O jogo ficou muito truncado com as duas equipes apelando seguidamente para as faltas. Aos 32 minutos, após ligeira pressão do Vasco, a bola sobrou para Andrezinho que arriscou e mandou para fora.

Só aos 41 minutos é que o torcedor botafoguense voltou a se agitar quando Salgueiro tocou para Gegê na área e Julio Cesar desviou para escanteio. Após a cobrança,a bola sobrou para Bruno Silva que mandou a bomba e Martín Silva fez grande defesa, evitando o primeiro gol.

No último lance da etapa inicial, Nenê bateu escanteio e Jorge Henrique apareceu por trás da zaga e cabeceou por cima.

O Vasco voltou para o segundo tempo sem Luan, lesionado, com Rafael Vaz entrando em seu lugar.

O segundo tempo começou mais aberto, com as duas equipes buscando o resultado. Aos três minutos, Rodrigo bateu falta e Jéfferson fez uma defesa difícil. Um minuto depois, o Botafogo marcou o primeiro gol. Diego fez boa jogada pela direita e cruzou para Leandrinho cabecear sem chances para o goleiro Martín Silva. O Vasco partiu para o ataque e chegou ao empate aos 11 minutos. Nenê bateu falta e Rafael Vaz ganhou de Diego, cabeceando para o fundo das redes de Jéfferson.

Depois de sofrer o gol do empate, o técnico Ricardo Gomes trocou o uruguaio Salgueiro pelo atacante Luis Henrique que passou a formar a dupla ofensiva com Ribamar. O Botafogo aumentou a pressão em busca do segundo gol. Aos 19 minutos, Luis Ricardo investiu pela esquerda e tentou surpreender Martín Silva com um chute cruzado,mas o goleiro uruguaio fez outra boa defesa.

Jorginho trocou o paraguaio Julio dos Santos por Yago Pikachu. E o Botafogo voltou a criar outra boa chance aos 23 minutos. Diego rolou para Gegê que, dentro da área, bateu de pé direito e a bola passou muito perto da trave esquerda do Vasco. Aos 31, novamente o número 34 recebeu na intermediária e bateu forte para outra defesa de Martín Silva.

Para aumentar a força do ataque, Ricardo Gomes trocou o meia Leandrinho pelo atacante Neilton, mandando o Botafogo para frente. O Vasco, mais cauteloso, administrava a vantagem e mantinha apenas Riascos e Nenê na frente.

Nos minutos finais, o Botafogo partiu para o segundo gol que levaria a decisão para a disputa de pênaltis, mas o Vasco soube garantir o resultado e o título invicto.

# Fonte: www.gazetaesportiva.com/reportagem


.:: Seleção Brasileira de Futebol ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol cinco vezes campeã mundial. Jogos amistosos oficiais e não oficiais; Eliminatórias da Copa; Copa do Mundo, Copa América, Copa das Confederações, Torneios, Torneio Pré-Olímpico, Jogos Olímpicos, Jogos Pan-Americanos; Seleção Brasileira Feminina, Sub 17, Sub 20 e muito mais confira: www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com

ABC campeão Potiguar de 2016

O capitão Lúcio Flávio ergue a taça de campeão estadual de 2016;
Crédito: globoesporte.globo.com/Foto/Augusto-Gomes
Ficha Tecnica
ABC 4 x 0 América
Resultado Agregado: ABC de Natal 7 x 3 América
Ficha Tecnica
• Competição (Tournament): Campeonato Potiguar de 2016 – Final – 2º Jogo
• Data (Date): Sábado, 7 de Maio de 2016, as 16:00 hs (de Brasilia)
• Estádio (Stadium): Maria Lamas Farache “Frasqueirão”, em Natal, Rio Grande do Norte
• Público (Attendance): 8.622 pagantes (Total: 13.333) – Renda: R$ 249.634,00
• Árbitro (Referee): Heber Roberto Lopes/SC (FIFA)
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Guilherme Dias Camilo/MG
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Neuza Inês Back/SC
• Quarto Árbitro (Fourth Oficial): Zandick Gondim Alves Junior/RN
• Advertências (Cautions): Jones 24′, Zaquel 30′, Luiz Eduardo 45’+4, Thiago Potiguar 65′
• Expulsão (Sent Off): Alex Cazumba, aos 12′ minutos do 2º tempo
Gols | Goals Gols | Goals
1-0 Echeverría,aos 5’/1º
2-0 Jones Carioca, aos 23’/1º
3-0 Nando, aos 36’/1º
4-0 Nando (pen), aos 26’/2º
ABC Futebol Clube América Futebol Clube
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Vaná
02 Filipi Sousa
03 Gabriel
04 Márcio Passos
06 Alex Ruan
05 Zaquel (Jardel)
07 Erivélton (Léozinho)
08 Eduardo Echeverría
10 Lúcio Flávio ©
09 Nando
11 Jones Carioca
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
At
At
At
01 Pantera
02 Gabriel (Pedro Ivo)
03 Flávio Boaventura
04 Gustavo
06 Alex Cazumba [Expulso]
07 Felipe Macena
08 Bruno Renan
10 Cascata ©
00 Alan Silva (Mateus) (Bruninho)
11 Thiago Potiguar (Mateus)
00 Luiz Eduardo
Coach: Geninho Coach: Carlos Moura
12
13
14
15
16
17
18
19
20
Jota (gk)
Montanha
Vinicius
Jardel, aos 38’/2º
Naldinho
Luiz Felipe
Leozinho, aos 30’/2º
Víctor Sapo
Chiclete
sb
sb
sb
Pedro Ivo, no Intervalo
Bruno, aos 16’/2º tempo
Mateus, aos 27’/2º tempo
Tempo Normal Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altnds Final
3 x 0 1 x 0 4 x 0
# Com esse resultado o ABC sagrou-se campeão estadual pela 53ª vez;
# Súmula da Federação Norte-Rio-Grandense de Futebol: www.fnf.org.br/sumulas.pdf
# Links Externos (External Links): www.soccerway.com/finais-dos-campeonatos-estaduais-2016
# Links Externos (External Links): globoesporte.globo.com/finais-dos-campeonatos-estaduais
# Links Externos (External Links): globoesporte.globo.com/campanha-do-abc

.:: Galeria de Imagens ::.
Jogadores do ABC dão a volta com a bonita taça de campeão;
Crédito: globoesporte.globo.com/Foto/Fabiano-de-Oliveira
ABC Futebol Clube 53 vezes Campeão Potiguar;
Crédito: globoesporte.globo.com/Foto/Globo-Esporte
América Futebol Clube vice Campeão Potiguar de 2016;
Crédito: globoesporte.globo.com/Foto/Globo-Esporte

53 Vezez campeão Potiguar

Título conquistado de forma maiúscula e incontestável. O Mais Querido entrou em campo na tarde/noite deste sábado (7), no estádio Frasqueirão, para a grande decisão do Campeonato Potiguar 2016, contra o América, e com um grande apresentação, sobrou em campo, dominou o jogo e goleou o rival por 4 a 0.

Os gols do triunfo abecedista foram marcados por Echeverría, Jones e Nando (2). Com a conquista, o Clube do Povo chegou ao seu 53º título estadual na história, seguindo como o maior campeão estadual do Brasil.

A partida começou equilibrada, mas logo aos 5 minutos o ABC abriu o placar. Depois de jogada de Jones pela esquerda, a bola chegou para Erivélton no meio, que tentou o passe. A zaga americana cortou parcialmente e a bola sobrou para Echeverría. O meia paraguaio bateu forte, a bola desviou e enganou Pantera. ABC 1 a 0.

O América teve chance de empatar aos 10 minutos. Após cruzamento na área, Luiz Eduardo desviou no primeiro pau, mas Vaná saiu bem e jogou para escanteio. Depois disso, o Mais Querido cresceu e passou a pressionar em busca do segundo. O time abecedista chegou perto com Lúcio Flávio em cobrança de falta, pouco depois Nando cabeceou uma bola por cima da trave e aos 21 minutos por pouco Jones não completou cruzamento de Erivélton.

O segundo gol saiu aos 23 minutos. Depois de tabela pela direita, Erivélton cruzou rasteiro, Jones se livrou da marcação a apareceu no meio. O atacante tocou no canto, Pantera defendeu parcialmente, mas Jones apareceu para tocar para o gol. ABC 2 a 0.

Não demorou e veio o terceiro. Aos 33 minutos, Lúcio Flávio fez bom lançamento para Erivélton e o volante Felipe Macena cortou com a mão dentro da área. Pênalti para o Clube do Povo. Nando foi para a cobrança e marcou. ABC 3 a 0. O América teve chance de diminuir no final do primeiro tempo. Aos 41 minutos, Thiago Potiguar recebeu na área e chutou forte. Vaná se esticou e jogou para escanteio. Depois da cobrança, Thiago Potiguar invadiu a área pela direita e cruzou. Bruno Renan apareceu livre e cabeceou por cima da trave, desperdiçando a última chance da primeira etapa.

O segundo tempo começou com o Alvinegro em cima e buscando ampliar o placar. Logo aos 5 minutos, Alex Ruan fez grande jogada e cruzou para Nando. O atacante ajeitou, mas bateu prensado. Dois minutos depois, Erivélton fintou o marcador na entrada da área e chutou à esquerda da trave. Aos 11 minutos, Vaná salvou o ABC. Cobrança de falta na área, Boaventura desviou no meio e o goleiro abecedista fez ótima defesa.

O Mais Querido desperdiçou boa chance aos 17 minutos. Filipi Sousa recebeu na direita e cruzou na medida para Nando. O atacante se livrou da marcação e cabeceou muito perto. Mas aos 26 minutos ele não desperdiçou. Jones recebeu lançamento pela esquerda, entrou na área e cruzou rasteiro. Nando apareceu por trás da zaga e tocou para a rede, marcado o quarto do Alvinegro e o seu 15º na competição, artilheiro isolado do Estadual. ABC 4 a 0.

O Time Rubro ainda perdeu o lateral Cazumba, que agrediu Echeverría com uma cotovelada e foi expulso. Com um a mais em campo, o Clube do Povo passou a tocar a bola, enquanto o adversário apenas se defendia e tentava de todas as formas diminuir. Cascata teve perto duas vezes. Aos 32 minutos, o meia americano chutou de fora da área e a bola explodiu no travessão. Já no final, aos 44 minutos, ele avançou pela esquerda, entrou na área e tentou na saída e Vaná, que fechou o ângulo e fez a defesa. Depois disso, o árbitro apitou o fim de jogo: ABC 4, América 0.

# Fonte: www.abcfc.com.br


.:: Seleção Brasileira de Futebol ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol cinco vezes campeã mundial. Jogos amistosos oficiais e não oficiais; Eliminatórias da Copa; Copa do Mundo, Copa América, Copa das Confederações, Torneios, Torneio Pré-Olímpico, Jogos Olímpicos, Jogos Pan-Americanos; Seleção Brasileira Feminina, Sub 17, Sub 20 e muito mais confira: www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com

Furacão Atropela Coxa na Primeira Decisão

Furacão atropela Coxa e abre boa vantagem para o segundo jogo;
Crédito: www.globoesporte.globo.com

Atlético 3 x 0 Coritiba
Primeira Final do Campeonato Paranaense de 2016
Ficha Tecnica
• Competição (Tournament): Campeonato Paranaense de 2016 – Final – Primeiro Jogo
• Data (Date): Domingo, 1 de Maio de 2016, as 16:00 hs (de Brasilia)
• Estádio (Stadium): Joaquim Américo “Arena da Baixada”, em Curitiba/PR
• Público (Attendance): 26.357 pagantes (Total: 29.074) – Renda: R$ 1.043.910,00
• Árbitro (Referee): Rafael Traci/PR (FPF)
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Ivan Carlos Bohn/PR (FPF)
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Jefferson Cleiton Piva da Silva/PR (FPF)
• Quarto Árbitro (Fourth Oficial): Nilo Neves de Souza Júnior/PR (FPF)
• Advertências (Cautions): Deivid 45′, Pablo André 60′, Reginaldo 67′, Hernani 69′, Vinicius 69′, Hernani 75′, Vilches 87′, João Paulo 90′ e Wérverton 90′
• Expulsão (Sent Off): Hernani, aos 30′ minutos do 2º tempo
Gols | Goals Gols | Goals
1-0 Thiago Heleno (cab), aos 7’/1º
2-0 Ewandro, aos 19’/2º
3-0 Hernani (Falta), aos 23’/2º
Clube Atlético Paranaense Coritiba Football Club
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
12 Weverton
33 Léo (Cleberson)
13 Paulo André
44 Thiago Heleno (Vilches)
08 Sidcley
23 Hernani [Expulso]
05 Deivid
92 Pablo
96 Ewandro (Jadson)
11 Nikão
18 Walter
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
At
At
At
01 Elisson
22 Reginaldo
28 Juninho
03 Luccas Claro (Walisson Maia)
30 Carlinhos
31 João Paulo
05 Alan Santos
37 Thiago Lopes (Ruy)
08 Vinícius (Leandro)
07 Negueba
30 Kleber Gladiador
Técnico: Paulo Autuori Técnico: Gilson Kleina
01
02
03
04
10
22
25
32
39
42
77
88
Santos (gk)
Eduardo
Christian Vilches, aos 29’/2º
Cléberson, aos 42’/2º
Marcos Guilherme
Bruno Mota
Bruno Pereirinha
Giovanny
Jádson, aos 31’/2º
Pará
Ânderson Lopes
Crysan
04
11
12
15
16
18
20
21
26
35
77
98
Rafael Marques
Leandro, aos 27’/2º
Rafael Martins
César Benitez
Amaral
Jorge Ortega
Rafael Veiga
Walisson Maia, aos 17’/2º
Ruy, aos 22’/2º
Ícaro
Guilherme Parede
Dodô
Tempo Normal Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altnds Final
1 x 0 2 x 0 3 x 0
# Com esse reesultado o Atlético joga por um empate, no próximo jogo, para ser campeão;
# O Coritiba terá que vencer por três ou mais gols de diferença pra ser campeão;
# Atletico: Camisa listrada em Vermelho-Preto, Calção e Meias Pretas;
# Coritiba: Camisa, Calção e Meia Brancas com detalhes Verde-Preto;
# Links Externos (External Links): www.soccerway.com/finais-dos-estaduais-2016
# Links Externos (External Links): globoesporte.globo.com/finais-dos-estaduais-2016
# Súmula da Federação Paranaense de Futebol (FPF): www.federacaopr.com.br/sumula.pdf

.:: Galeria de Imagens ::.
Imagem interna da Arena da Baixada do Atlético Paranaense;
Crédito: globoesporte.globo.com/twitter/Atleti
O colombiano Valderrama veio prestigiar a final paranaense;
Crédito: globoesporte.globo.com/twitter/Atleti

Furacão Atropela Coxa

O Atlético Paranaense fez valer o fator casa na Arena da Baixada e bateu o rival Coritiba por 3 a 0, na primeira partida das finais do Campeonato Paranaense 2016. O resultado é um grande passo para o Rubro-Negro acabar com o jejum de títulos, já que não levanta uma taça desde o Estadual de 2009.

Depois de uma primeira etapa brigada, mas com poucas chances reais, depois do intervalo, aos sete minutos, Léo cruzou e Thiago Heleno cabeceou para as redes, abrindo o placar. Aos 19 minutos, Ewandro aproveitou falha defensiva para aparecer com liberdade e ampliar. De falta, aos 23 minutos, Hernani fez um belo gol para fechar a contagem.

As equipes voltam a se encontrar no próximo final de semana, desta vez no Estádio Couto Pereira. O Furacão pode perder por até dois gols de diferença que ainda assim ficará com o título Estadual.

O jogo – O técnico Paulo Autuori surpreendeu ao promover algumas alterações não esperadas, como a entrada de Ewandro no lugar de Marcos Guilherme e Hernani na vaga de Jadson, ambos por opção técnica. Com a bola rolando, o clima era tenso em campo, com algumas disputas mais viris. Faísca entre Negueba e Hernani, que levou a pior com um corte na cabeça. Na sequência, Léo e Kléber também trocaram gentilezas. Futebol mesmo somente aos seis minutos, em chute de primeira de Walter que exigiu grande defesa de Elisson.

O Furacão tinha maior posse e tentava pressionar, enquanto o Coxa se postava na defesa. Aos 14 minutos após troca de passes, Pablo arriscou o chute de longe, por cima a meta. Aos 19 minutos, Léo cruzou, Walter se desequilibrou e a bola sobrou para Ewandro, que arrematou com perigo. Em uma rara chegada alviverde, aso 23 minutos, Kléber ensaiou um chute e foi travado por Paulo André.

O torcedor, que não lotou a Arena, tentava empurrar, mas o ritmo da partida caiu bastante. Para tentar quebrar um pouco a monotonia, Walter soltou uma bomba, aos 32 minutos, para grande defesa de Elisson. O Atlético tentava ir para o intervalo com vantagem e voltou a acelerar. Aos 42 minutos, Sidcley partiu para a jogada individual e cruzou para Ewandro chegar chutando forte, por cima do gol.

Para a segunda etapa, as equipes retornaram sem modificações. Aos cinco minutos, Reginaldo chutou de longe e mandou por cima da meta. Até que, aos sete minutos, Nikão cobrou falta para Léo, que cruzou na medida para Tiago Heleno testar para o fundo das redes e abrir o placar. O Furacão seguia mais ousado e, aos 10 minutos, foi a vez de Hernani bater de longe e isolar.

Após lançamento para Ewandro, aos 19 minutos, o atacante aproveitou cochilo da defesa para aparecer na frente do goleiro e tocar no canto para marcar o segundo. O Alviverde tentou responder, um minuto depois, com Negueba, que chutou para boa intervenção de Weverton. Mas, aos 23 minutos, Hernani cobrou falta com perfeição para fazer o terceiro.

Hernani recebeu o segundo cartão amarelo, aos 30 minutos, deixando o Rubro-Negro com um a menos em campo. Aos 33 minutos, Ruy partiu em velocidade, mas se precipitou e chutou de longe, sem perigo. Aos 41 minutos, Ruy cobrou fala e Pablo subiu no segundo andar para afastar o perigo da área atleticana. O Furacão soube administrar o resultado e saiu de campo com grande vantagem para o segundo jogo.

# Fonte: www.gazetaesportiva.com/Luiz-Felipe-Fagundes


.:: Seleção Brasileira de Futebol ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol cinco vezes campeã mundial. Jogos amistosos oficiais e não oficiais; Eliminatórias da Copa; Copa do Mundo, Copa América, Copa das Confederações, Torneios, Torneio Pré-Olímpico, Jogos Olímpicos, Jogos Pan-Americanos; Seleção Brasileira Feminina, Sub 17, Sub 20 e muito mais confira aqui: www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com

América e ABC Empatam na Primeira Final Potiguar

Em jogo emocionante, ABC empata o jogo no apagar das luzes;
globoesporte.globo.com/Foto/Fabiano-Oliveira
Ficha Tecnica
América 3 x 3 ABC
Final do Campeonato Potiguar de 2016
Ficha Tecnica
• Competição (Tournament): Campeonato Potiguar de 2016 – Final – 1º Jogo
• Data (Date): Domingo, 1 de Maio de 2016, as 16:00 hs (de Brasilia)
• Estádio (Stadium): Arena das Dunas, em Natal, Rio Grande do Norte
• Público (Attendance): 12.679 pagantes (Total: 14.764) – Renda: R$ 244.031,50
• Árbitro (Referee): Jean Pierre Gonçalves Lima/RS (Aspirante FIFA)
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Kleber Lúcio Gil/SC (FIFA)
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Nadine Schramm Câmara Bastos/SC (FIFA)
• Quarto Árbitro (Fourth Oficial): Caio Max Augusto Vieira/RN (CBF)
• Advertências (Cautions): Pantera 15′, Jones Carioca 17′, Jérfeson 27′, Rômulo 32′, Renan 59′, Zaquel 75′, Eduardo Echeverría 78′ e Alex Ruan 82′
• Expulsão (Sent Off): Nenhuma (None)
Gols | Goals Gols | Goals
1-0 Rômulo, aos 6’/1º 1-2 Tiago Dutra (contra), aos 2’/2º
2-0 Rômulo, aos 48’/1º 2-2 Echeverria, aos 16’/2º
3-2 Flávio Boaventura, aos 36’/2º 3-3 Márcio Passos, aos 48’/2º
América Futebol Clube ABC Futebol Clube
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Pantera
02 Gabriel
03 Flávio Boaventura
04 Gustavo
06 Cazumba
05 Tiago Dutra (Pedro Ivo)
07 Felipe Macena
08 Bruno Renan
10 Cascata ©
09 Rômulo (Alan Silva)
11 Thiago Potiguar (Mateus)
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Vaná
02 Filipi Sousa
03 Montanha
04 Léo Fortunato (Jerfeson) (Zaquel)
06 Alex Ruan
05 Márcio Passos
07 Erivélton (Chiclete)
08 Eduardo Echeverría
10 Lúcio Flávio ©
09 Nando
11 Jones Carioca
Coach: Carlos Moura Coach: Geninho
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
Camilo (gk)
Zé Antônio
Maracaz
Alan Silva, aos 38’/2º
Bruninho
Léo
Pedro Ivo, aos 26’/2º
Brendo
Mateuzinho, aos 23’/2º
Luiz Eduardo
12
13
14
15
16
17
18
19
20
Jota (gk)
Jérfeson Lima, aos 18’/1º (Zaquel)
Luiz Felipe
Zaquel, no Intervalo
Naldinho
Jardel
Leozinho
Víctor Sapo
Chiclete, aos 26’/2º
Tempo Normal Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altnds Final
2 x 0 1 x 3 3 x 3
# Com esse resultado quem vencer o próximo jogo fica com a taça;
# Se houver um novo empate, por qualquer placar, teremos penalidades;
# Súmula da Federação Norte-Rio-Grandense de Futebol: www.fnf.org.br/sumulas.pdf
# Links Externos (External Links): www.soccerway.com/finais-dos-campeonatos-estaduais-2016
# Links Externos (External Links): globoesporte.globo.com/finais-dos-campeonatos-estaduais
# Este jogo foi transmitido, ao vivo, pela TV Verdes Mares, canal 10;

.:: Galeria de Imagens ::.
Os capitães Lúcio Flávio e Cascata juntos com os árbitros e a taça;
Crédito: www.globoesporte.globo.com

Empate no Apagar das Luzes

Foi um grande Clássico Rei, como há muito tempo não se via. América-RN e ABC empataram por 3 a 3 no primeiro jogo da decisão do Campeonato Potiguar. Os 14 mil torcedores que foram à Arena das Dunas viveram momentos tensos em vários momentos do jogo. O Mecão abriu 2 a 0 com Rômulo e viu o arquirrival empatar com Echerria, logo no início do segundo tempo. Depois, apareceu Flávio Boaventura de novo para dar alegria aos rubros. A emoção seguiu até os acréscimos do segundo tempo, quando Márcio Passos conseguiu o empate para o Alvinegro.

O resultado foi bastante comemorado pelos abecedistas. Por outro lado, deixou o lado americano de Natal preocupado. A segunda partida da final será no próximo sábado, no Estádio Frasqueirão. O vencedor fica com o título. Se houver novo empate, o campeão será conhecido nos pênaltis.

Sentimentos diferentes:

O América-RN saiu na frente com Rômulo, aos seis minutos. O camisa 9 aproveitou bola mal rebatida por Montanha e mandou para as redes. O gol no início empolgou os torcedores e os jogadores americanos. Alex Cazumba, em cobrança de falta, quase ampliou. Vaná se esticou para salvar. Se a defesa do ABC não estava se entendendo, a situação ficou pior com a saída de Léo Fortunato, contundido. O Alvirrubro chegava na frente como queria, principalmente explorando a velocidade pelo lado esquerdo. Nos acréscimos, Thiago Potiguar ganhou com tranquilidade de Jerfeson e cruzou para Rômulo fazer o segundo. A zaga alvinegra ficou só olhando.

No segundo tempo, o ABC conseguiu diminuir logo aos dois minutos. No primeiro lance, Pantera evitou o gol de Nando, livre na pequena área. Na sequência, Echeverria cruzou e a bola desviou em Tiago Dutra antes de entrar. O Alvinegro continuou melhor, mas por pouco não levou o terceiro. Cascata ganhou de Zaquel dentro da área e bateu cruzado. Thiago Potiguar tentou completar e acertou o travessão. Incrível. No ataque seguinte, o ABC empatou. Filipi Sousa cruzou da direita, Nando ajeitou de calcanhar e Eche fez mais um para explosão dos alvinegros. O paraguaio ainda ensaiou uns passinhos na comemoração.

O clássico seguiu aberto, mas sem sustos. Então surgiu a bola parada para mudar a partida. Aos 31, Cascata cobrou falta e Flávio Boaventura, herói do título do ano passado, marcou de cabeça. O zagueirão ironizou a dancinha do rival e ainda simulou a famosa voadora de 2015, para delírio dos americanos. Apesar da vantagem, a torcida americana se manteve tensa, sem festejar. O ABC não desistiu. Lúcio Flávio, em cobrança de falta, quase empatou aos 43. A igualdade só viria aos 48 minutos. Após escanteio pela esquerda, Márcio Passos subiu mais alto que todo mundo e Pantera não alcançou. Alegria para os abecedistas, tristeza para os alvirrubros.

# Fonte: www.globoesporte.globo.com


.:: Seleção Brasileira de Futebol ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol cinco vezes campeã mundial. Jogos amistosos oficiais e não oficiais; Eliminatórias da Copa; Copa do Mundo, Copa América, Copa das Confederações, Torneios, Torneio Pré-Olímpico, Jogos Olímpicos, Jogos Pan-Americanos; Seleção Brasileira Feminina, Sub 17, Sub 20 e muito mais confira: www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com

Vasco Vence Botafogo e Aumenta Vantagem

Jorge Henrique marca o gol da vitória do Vasco nesse lance;
www.gazetaesportiva.com/Foto/Paulo-Fernandes/Divulgação
Ficha Tecnica
Botafogo 0 x 1 Vasco
Primeiro Jogo da Final do Campeonato Carioca 2016
Ficha Tecnica
• Competição (Tournament): Campeonato carioca de 2016 – Final – 1º Jogo
• Data (Date): Domingo, 1 de Maio de 2016, as 16:00 hs (de Brasilia)
• Estádio (Stadium): Jornalista Mário Filho “Arena Maracanã”, no Rio de Janeiro/RJ
• Público (Attendance): 35.637 pagantes (Total: 43.822) – Renda: R$ 1.840.370,00
• Árbitro (Referee): Wágner do Nascimento Magalhães/RJ
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Luiz Cláudio Regazone/RJ
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Silbert Faria Sisquim/RJ
• Quarto Árbitro (Fourth Oficial): Bruno Arleu de Araújo/RJ
• Quinto Árbitro (Fifth Oficial): Alexandre Vargas Tavares de Jesus/RJ
• Advertências (Cautions): Marcelo Matos 42′, Gegê 45′, Luan 48′, Rodrigo 77′, Fernandes 80′, Nenê 82′ e Júlio César 87′
• Expulsão (Sent Off): Sassá, aos 24′ minutos do 2º tempo
Gols | Goals Gols | Goals
1-0 Jorge Henrique, aos 15’/2º
Botafogo de Futebol e Regatas Clube de Regatas Vasco da Gama
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Jéfferson ©
04 Luis Ricardo
03 Renan Fonseca
02 Emerson Silva
06 Diogo Barbosa
08 Bruno Silva
05 Rodrigo Lindoso
07 Gegê (Fernandes)
11 Leandrinho (Sassá)
10 Juan Salgueiro (Neilton)
09 Ribamar
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Martin Silva
02 Madson
04 Luan
03 Rodrigo ©
06 Julio Cesar
05 Marcelo Mattos (Diguinho)
08 Julio dos Santos (Yago Pikachu)
07 Andrezinho
10 Nenê
11 Jorge Henrique
09 Duvier Riascos
Coach: Ricardo Gomes Coach: Jorginho Amorim
12
13
14
15
16
17
18
Helton Leite (gk)
Diego
Igor Rabello
Fernandes, aos 28’/2º
Luis Henrique
Neliton, aos 35’/2º
Sassá, aos 19’/2º
12
13
14
15
16
17
18
Jordi (gk)
Yago Pikachu, aos 20’/2º
Rafael Vaz
Diguinho, aos 38’/2º
Evander
Eder Luis, aos 33’/2º
Thalles
Tempo Normal Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altnds Final
0 x 0 0 x 1 0 x 1
# Com esse resultado o Vasco joga por um empate, no próximo jogo, para ser campeão;
# O Botafogo terá que vencer por dois ou mais gols de diferença pra ser campeão;
# Súmula da Federação Carioca de Futebol (FERJ): www.fferj.com.br/Campeonatos/sumula.pdf
# Links Externos (External Links): www.soccerway.com/finais-dos-campeonatos-estaduais-2016
# Links Externos (External Links): globoesporte.globo.com/futebol-internacional

.:: Galeria de Imagens ::.
www.twitter.com/BotafogoOficial
www.twitter.com/vascodagama

Bacalhau sai na Frente

O Vasco foi surpreendido por um Botafogo aguerrido e ousado no primeiro tempo, mas soube crescer na partida e venceu por 1 a 0 o primeiro duelo da final do Campeonato Carioca, no Maracanã. Jorge Henrique, de cabeça, marcou o único gol do jogo, aos 15 do segundo tempo.

A vitória veio no aniversário de seis meses de invencibilidade da equipe do técnico Jorginho, que não perde desde novembro de 2015, quando foi derrotada pelo Fluminense, no Campeonato Brasileiro.

Vasco e Botafogo terão agora a semana livre para treinar antes de se encontrarem novamente no próximo domingo, também às 16 horas, no Maracanã. O Vasco jogará pelo empate para faturar o bicampeonato.

O primeiro tempo de Vasco e Botafogo foi de intensa movimentação, mas nenhuma das duas equipes esteve claramente perto de abrir o placar. Ricardo Gomes armou sua equipe para não deixar o Vasco respirar, marcando sob pressão em todas as partes do campo, e partindo em contra-ataque sempre com o menor número de toques possível.

Martín Silva teve mais trabalho que Jéfferson, mas não por grandes defesas embaixo das traves, e sim por saídas providencias do gol e interceptando bolas levantadas na área. Aos 5 e aos 13, o goleiro vascaíno mostrou que estava atento ao deixar a meta e impedir que Salgueiro e Ribamar conseguissem finalizar após serem lançados.

Após a parada técnica, aos 20 minutos, o Vasco conseguiu superar o sufoco inicial e equilibrar a partida, mas não incomodou Jéfferson. Sem conseguir se impor, os comandados de Jorginho lembravam pouco a equipe que venceu o Flamengo com autoridade no último domingo.

Com dificuldades para chegar perto do gol, as duas equipes tentavam chutes de longa distância. Bruno Silva recebeu uma bola atrasada aos 36 e avançou em direção ao gol, mas antes de tentar uma jogada, arriscou da intermediária. O chute saiu forte e Martín Silva espalmou por precaução. No minuto seguinte, Nenê tentou o mesmo do outro lado, mas a finalização foi para fora.

O Vasco voltou para o segundo tempo com a marcação mais adiantada e pressionando a saída de bola do Bota. O novo posicionamento confundiu a equipe de Ricardo Gomes, que mesmo mantendo o ímpeto do primeiro tempo, perdia a bola com mais facilidade e permitia o contra-ataque vascaíno. Num desses lances, a bola chega a Nenê pela esquerda, e o meia levantou na área, onde o Vasco tinha apenas dois jogadores: Riascos e Jorge Henrique. A bola foi na direção a dupla, Jéfferson saiu muito mal e o baixinho tocou de cabeça para abrir o placar no Maracanã.

O clima ficou mais nervoso ainda quando aos 21 Nenê cobrou uma falta pela esquerda de intermediária, e levantou na área. Ribamar tenta cortar mas manda contra o próprio gol e quase marca contra.

Três minutos depois, Sassá foi lançado na meia lua, mas, pressionado por dois marcadores, não conseguiu dominar. A bola voltou para a intermediária, e Sassá, com muita vontade, foi de carrinho e acabou atingindo o tornozelo de Jorge Henrique. O árbitro mostrou o cartão vermelho e o mandou para o vestiário mais cedo.

Aos 34, Diogo fez grande jogada, saiu costurando da esquerda para o meio e serviu Bruno Silva, que entrava sozinho pela direita. O meia ficou cara a cara com Martín Silva e encobriu o goleiro, mas a bola passou por cima do gol. Quatro minutos depois, Neilton tentou o chute da entrada da área e a bola ficou na marcação, mas sobrou para Ribamar tentar de cara para o goleiro uruguaio. Num chute à queima roupa, Martín fez grande defesa.

Apesar da luta Alvinegra, o Vasco conseguiu segurar o resultado nos minutos finais e leva a vantagem para o segundo jogo da decisão.

# Fonte: www.gazetaesportiva.com


.:: Seleção Brasileira de Futebol ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol cinco vezes campeã mundial. Jogos amistosos oficiais e não oficiais; Eliminatórias da Copa; Copa do Mundo, Copa América, Copa das Confederações, Torneios, Torneio Pré-Olímpico, Jogos Olímpicos, Jogos Pan-Americanos; Seleção Brasileira Feminina, Sub 17, Sub 20 e muito mais confira: www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com

Botafogo Vence Flu e Vai Decidir Carioca com o Vasco

Crédito: www.lance.com.br/Paulo-Sergio/Lance-Press
Ficha Tecnica
Fluminense 0 x 1 Botafogo
Semifinal do Campeonato Carioca de 2016
Ficha Tecnica
• Competição (Tournament): Campeonato Carioca de 2016 – Semifinal – Jogo Único
• Data (Date): Domingo, 24 de Abril de 2016, as 19:00 hs (de Brasilia)
• Estádio (Stadium): Raulino de Oliveira “Cidadania”, em Volta Redonda/RJ
• Público (Attendance): 3.562 pagantes (Total: 5.182) – Renda: R$ 104.245,00
• Árbitro (Referee): Rodrigo Carvalhaes de Miranda/RJ
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Michael Correia/RJ
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Diogo Carvalho Silva/RJ
• Quarto Árbitro (Fourth Oficial): Jose Waldson de Matos Modesto/RJ
• Advertências (Cautions): Jonathan 5′, Salgueiro 22′, Gum 55′, Gegê 56′, Carli 57′, Pierre 57′, Bruno Silva 63′, Carli 83′ e Marcos Júnior 90′
• Expulsão (Sent Off): Joel Carli, aos 38′ minutos do 2º tempo
Gols | Goals Gols | Goals
1-0 Ribamar (cab), aos 17’/1º
Fluminense Football Club Botafogo de Futebol e Regatas
Go
Ld
Za
Za
Le
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
12 Diego Cavalieri
25 Wellington Silva
03 Gum
33 Henrique
02 Jonathan
05 Pierre (Marcos Junior)
07 Cícero
11 Gerson (Douglas)
40 Gustavo Scarpa
17 Osvaldo (Magno Alves)
09 Fred ©
Go
Ld
Za
Za
Le
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Jefferson ©
04 Luis Ricardo
03 Joel Carli [Expulso]
02 Emerson (Renan Fonseca)
06 Diogo Barbosa
05 Rodrigo Lindoso
08 Bruno Silva
11 Leandrinho (Fernandes)
07 Gegê
10 Juan Salgueiro
09 Ribamar (Diego)
Técnico: Levir Culpi Técnico: Ricardo Gomes
04
16
20
22
27
31
35
Marlon Santos
Léo Pinheiro
Magno Alves, aos 26’/2º
Júlio César (gk)
Douglas, no Intervalo
Renato Chaves
Marcos Júnior, aos 27’/2º
12
13
14
15
16
17
18
Hélton Leote
Diego, aos 40’/2º
Renan Fonseca, aos 25’/1º
Fernandes, aos 26’/2º
Gervasio Nuñez
Neilton
Luis Henrique
Tempo Normal Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altnds Final
0 x 1 0 x 0 0 x 1
# Com esse resultado o Botafogo classificou-se para à final do estadual;
# O Fluminense jogava pelo empate para se classificar;
# Fluminense: Camisa Tricolor, Calção Branco e Meias Brancas;
# Botafogo: Camisa Branca, Calção Preto e Meias Cinzas;
# Links Externos (External Links): Federação-Carioca-de-Futebol/sumulas.pdf

.:: Seleção Brasileira de Futebol ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol cinco vezes campeã mundial. Jogos amistosos oficiais e não oficiais; Eliminatórias da Copa; Copa do Mundo, Copa América, Copa das Confederações, Torneios, Torneio Pré-Olímpico, Jogos Olímpicos, Jogos Pan-Americanos; Seleção Brasileira Feminina, Sub 17, Sub 20 e muito mais confira: www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com