Archive for the ‘Futebol Paulista’ Category

Corinthians Campeão Paulista de 2017

O goleiro Cássio, capitão do time, ergue a taça de campeão paulista 2017;
Credit: www.meutimao.com.br/Augusto-Júnior
Ficha Tecnica
Corinthians 1 x 1 Ponte Preta
Final do Campeonato Paulista 2017
Ficha Técnica
• Competição (Tournament): Campeonato Paulista 2017 – Final – 2º Jogo
• Data (Date): Domingo, 7 de maio de 2017, as 16:00 hs (de Brasilia)
• Estádio (Stadium): Arena do Corinthians, São Paulo/SP
• Público (Attendance): 46.017 pagantes (Total: 46.462) – Renda: R$ 2.792.212,60
• Árbitro (Referee): Leandro Brizzio Marinho (SP)
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (SP)
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)
• Quarto Árbitro (Fourth Official:): Vinicius Gonçalves Dias Araújo (SP)
Advertências | Cautions | Sent Off Advertências | Cautions | Sent Off
Pablo, aos 18’/1º Nino Paraíba, aos 34’/1º
Ángel Romero, aos 39’/1º Élton, aos 23’/2º
Clayson, aos 25’/2º
Gols| Goals | Goles Gols| Goals | Goles
1-0 Romero, aos 17’/2º 1-1 Marllon, aos 40’/2º
Sport Club Corinthians Paulista Associação Atlética Ponte Preta
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
Mc
At
12 Cássio Ramos
23 Fagner
04 Fabián Balbuena
03 Pablo
13 Guilherme Arana
28 Paulo Roberto
29 Guilherme Camacho (Calyton)
10 Jadson (Pedrinho)
30 Maycon
11 Ángel Romero (Léo Jabá)
07 Jô
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Aranha
02 Nino Paraíba
03 Marllon
04 Kadu
06 Artur
05 Fernando Bob
08 Élton
10 Jádson (Ravanelli)
11 Lucca (Yuri)
09 William Pottker
07 Clayson (Lins)
Coach: Fábio Carille Coach: Gilson Kleina
02
06
09
14
18
21
22
27
31
34
37
38
Léo Príncipe
Moisés
Clayton, aos 18’/2º
Léo Santos
Kazim Richards
Felipe Bastos
Marciel
Wálter
Marquinhos Gabriel
Pedro Henrique
Léo Jabá, aos 44’/2º
Pedrinho, aos 39’/2º
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
João Carlos (gk)
Jéfferson
Fábio Ferreira
Reynaldo
Naldo
Wendel
Fábio Braga
Ravanelli, no Intervalo
Renato Cajá
Lins, aos 31’/2º
Yuri, aos 21’/2º
Tempo Regulamentar Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altern Final
0 x 0 1 x 1 1 x 1
• Com esse resultado o Corinthians sagrou-se campeão paulista pela 28ª vez;
• O Corinthians jogava pelo empate pois havia vencido o primeiro jogo por 3 x 0;
• A Ponte Preta terá que vencer por 4 ou mais gols de diferença pra ser campeã;
• Ponte Preta: Camisa Branca, Calção Branco e Meias Brancas;
• Corinthians: Camisa Preta, Calção Branco e Meias Pretas;
• Ficha do Primeiro Jogo: www.fichadojogo.wordpress.com/ponte-preta-0-x-3-corinthians
• Sport Club Corinthians Paulista, 1 de Setembro de 1900, São Paulo/SP: Web Site
• Associação Atlética Ponte Preta, 11 de Agosto de 1900, Campinas/SP:
• Baixe a Súmula do Jogo: www.futebolpaulista.com.br/Federação-Paulista-Futebol
• Ajude a manter o site clicando nos Links (Help us, Click in the Links);

.:: Galeria de Imagens ::.
Sport Club Corinthians Paulista, vinte e oito vezes campeão paulista;
Em pé: Vilson, Léo Príncipe, Wálter, Pedro Henrique, Balbuena, Guilherme Arana, Caique, Camacho, Jô, Pablo, Léo Santos, Jádson, Kazim, Marquinhos Gabriel, Rodriguinho, Maciel, Cássio e Romero; Agachados: Paulo Roberto, Maycon, Léo Jabá, gabriel, Pedrinho, Fágner, Felipe Bastos, Clayton, Moisés, Giovanni Augusto e Danilo;
Credit: esporte.uol.com.br/baixe-o-poster-aqui

.:: Deixe um Comentário ::.
Se você gostou desse post ou do site indique para seus amigo.
Deixe uma crítica ou uma sugestão.

Ficha Técnica: Ponte Preta 0 x 3 Corinthians

Jô disputa jogada com a zaga pontepretana na vitória corintiana em Campinas;
Credit: www.gazetaesportiva.com/Djalma-Vassão
Ficha Tecnica
Ponte Preta 0 x 3 Corinthians
Final do Campeonato Paulista 2017
Ficha Técnica
• Competição (Tournament): Campeonato Paulista 2017 – Final – 1º Jogo
• Data (Date): Domingo, 30 de Abril de 2017, as 16:00 hs (de Brasilia)
• Estádio (Stadium): Moisés Lucarelli, Campinas, São Paulo
• Público (Attendance): 16.048 pagantes – Renda: R$ 655.220,00
• Árbitro (Referee): Raphael Claus (SP)
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Alex Ang Ribeiro (SP)
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Luiz Alberto Andrini Nogueira (SP)
• Quarto Árbitro (Fourth Official:): José Cláudio Rocha Filho (SP)
Advertências | Cautions | Sent Off Advertências | Cautions | Sent Off
Renato Cajá, aos 37’/2º Rodriguinho, aos 32’/1º
Gabriel, aos 33’/1º
Gols| Goals | Goles Gols| Goals | Goles
1-0 Rodriguinho, aos 14’/1º
2-0 Jádson, aos 14’/2º
3-0 Rodriguinho, aos 35’/2º
Associação Atlética Ponte Preta Sport Club Corinthians Paulista
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Aranha
02 Nino Paraíba
03 Fábio Ferreira
04 Yago (Kadu)
06 Reynaldo (Artur)
05 Fernando Bob
08 Élton
10 Jádson (Renato Cajá)
11 Lucca
09 William Pottker
07 Clayson
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
At
At
At
12 Cássio
23 Fagner
04 Fabián Balbuena
03 Pablo
13 Guilherme Arana
05 Gabriel (Paulo Roberto)
30 Maycon (Camacho)
10 Jadson (Clayton)
26 Rodriguinho
11 Ángel Romero
07 Jô
Coach: Gilson Kleina Coach: Fábio Carille
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
João Carlos (gk)
Jéfferson
Artur, aos 25’/2º
Kadu, no Intervalo
Naldo
Wendel
Fábio Braga
Ravanelli
Renato Cajá, no Intervalo
Lins
Yuri
Ivan
02
09
18
21
22
27
28
29
31
34
37
38
Léo Príncipe
Clayton, aos 30’/2º
Kazim Richards
Felipe Bastos
Marciel
Wálter
Paulo Roberto, aos 6’/2º
Camacho, aos 36’/2º
Marquinhos Gabriel
Pedro Henrique
Léo Jabá
Pedrinho
Tempo Regulamentar Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altern Final
0 x 1 0 x 2 0 x 3
• Com esse resultado o Corinthians joga por um empate, no próximo jogo, para ser campeão;
• A Ponte Preta terá que vencer por 4 ou mais gols de diferença pra ser campeã;
• Ponte Preta: Camisa Branca, Calção Branco e Meias Brancas;
• Corinthians: Camisa listrada em Preto-Branco, Calção Preto e Meias Pretas;

.:: Galeria de Imagens ::.
Associação Atlética Ponte Preta, de campinas, São Paulo;
Credit: www.gazetaesportiva.com/Fernando-Dantas
Sport Club Corinthians Paulista, de São Paulo, capital;
Credit: www.gazetaesportiva.com/Fernando-Dantas

.:: Deixe um Comentário ::.
Se você gostou desse post ou do site indique para seus amigo.
Deixe uma crítica ou uma sugestão.

27/11/2016 – Palmeiras 1 x 0 Chapecoense

.:: Campeonato Brasileiro 2016 ::.
Depois de 22 anos Palmeiras conquista o campeonato brasileiro da Série A;
Credit: www.gazetaesportiva.com
Ficha Tecnica
Palmeiras 1 x 0 Chape
Campeonato Brasileiro Série A de 2016
Ficha Técnica
• Competição (Tournament): Campeonato Brasileiro Série A 2016 – 37ª Rodada
• Data (Date): Domingo, 27 de Novembro de 2016, as 17:00 hs (de Brasilia)
• Estádio (Stadium): Arena do Palmeiras “Palestra Itália”, em São Paulo/SP
• Público (Attendance): 40.986 expectadores – Renda: R$ 4.171.317,26
• Árbitro (Referee): Ânderson Daronco/RS (FIFA)
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Rafael da Silva Alves/RS (ASP-FIFA)
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Alexandre Antônio Prunelli Kleiniche/RS (CBF1)
• Quarto Árbitro (Fourth Official:): Roger Goulart/RS (CBF2)
Advertências | Cautions | Sent Off Advertências | Cautions | Sent Off
Fabiano, aos 22’/2º Bruno Rangel, aos 21’/1º
Marcelo, aos 40’/1º
Gols | Goals | Goles Gols | Goals | Goles
1-0 Fabiano, aos 25’/1º
Sociedade Esportiva Plameiras Associação Chapecoense de Futebol
Go
Ld
Za
Za
Le
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
49 Jailson (Fernando Prass)
02 Fabiano (Gabriel)
03 Edu Dracena
04 Vitor Hugo
11 Zé Roberto
32 Tchê Tchê (Thiago Santos)
17 Jean
28 Moisés
07 Dudu
23 Róger Guedes
33 Gabriel Jesus
Go
Ld
Za
Za
Le
Mc
Mc
Mc
Mc
Mc
At
01 Danilo
02 Gimenez
13 Marcelo
45 Filipe Machado
89 Alan Ruschel
77 Matheus Biteco
88 Cleber Santana (Gil)
35 Sérgio Manoel
94 Tiaguinho (Ailton Canela)
23 Lucas Gomes
09 Bruno Rangel (Kempes)
Técnico: Cuca Técnico: Caio Júnior
01
05
06
08
10
14
16
18
19
21
29
31
Fernando Prass, oas 44’/2º
Arouca
Egidio
Lucas Barrios
Cleiton Xavier
Erik
Fabricio
Gabriel Girotto, aos 30’/2º
Rafael Marques
Thiago Santos, aos 35’/2º
Alecsandro
Thiago Martins
04
05
06
08
11
33
40
50
60
70
Neto
Josimer
Dener
Gil, no Intervalo
Ananias
Kempes, aos 31’/2º
Jakson Follmann (gk)
Arthur Maia
Mateus Caramelo
Canela, aos 27’/2º
Tempo Regulamentar Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altern Final
1 x 0 0 x 0 1 x 0
# Com esse resultado o Plameiras sagrou-se campeão brasileiro faltando uma rodada;
# Palmeiras: Camisa Verde, Calção Branco e Meias Verdes (Adidas);
# Chapecoense: Camisa Branca, Calção Verde e Meia Brancas;
# Links Externos (Externa Links): www.gazetaesportiva.com/galeria-de-imagens

.:: Galeria de Imagens – Images Gallery ::.
Jogadores do Palmeiras comemoram a conquista do título brasileiro;
Credit: www.gazetaesportiva.com/
Imagem interna do estadio do Palmeiras horas antes do inicio do jogo;
Credit: www.gazetaesportiva.com/

.:: Seleção Brasileira de Futebol ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol cinco vezes campeã mundial. Jogos amistosos oficiais e não oficiais; Eliminatórias da Copa; Copa do Mundo, Copa América, Copa das Confederações, Torneios, Torneio Pré-Olímpico, Jogos Olímpicos, Jogos Pan-Americanos; Seleção Brasileira Feminina, Sub 17, Sub 20 e muito mais confira: www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com

Boa Esporte Campeão Brasileiro da Série C de 2016

.:: Campeonato Brasileiro 2016 ::.
Jogadores do Boa Esporte comemoram conquista o campeonato brasileiro da Série C;
Credit: www.globoesporte.globo.com/Rodrigo Villalba
Ficha Tecnica
Boa 3 x 0 Guarani
Resultado Agregado: Boa Esport 4 x 1 Guarani
Ficha Técnica
• Competição (Tournament): Campeonato Brasileiro Série C 2016 – Final – 2º Jogo
• Data (Date): Sábado, 5 de Novembro de 2016, as 18:45 hs (de Brasilia)
• Estádio (Stadium): Municipal Prefeito Dilzon Luiz de Melo, em Varginha, Minas Gerais
• Público (Attendance): 8.196 pagantes – Renda: R$ 203.915,00
• Árbitro (Referee): Marcos Mateus Pereira/MS (CBF1)
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Eduardo Gonçalves da Cruz/MS (Fifa)
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Daiane Caroline Muniz dos Santos/MS (Asp. FIFA)
• Quarto Árbitro (Fourth Official:): Wanderson Alves de Sousa/MG (CBF1)
Advertências | Cautions | Sent Off Advertências | Cautions | Sent Off
Romano, aos 38’/2º Auremir, aos 41’/1º
Kaio Cristian, aos 47’/2º Ferreira, aos 15’/2º (Direto)
Pipico, aos 37’/2º
Gols | Goals | Goles Gols | Goals | Goles
1-0 Braian Samudio, aos 9’/1º
2-0 Fellipe Mateus, aos 13’/1º
3-0 Kaio Cristian, aos 47’/2º
Boa Esporte Clube Guarani Futebol Clube
Go
Ld
Za
Za
Le
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Daniel
02 Leonardo
03 Edson Borges
04 Bruno Maia
06 Romano
05 Jonata Escobar
08 Itaqui
10 Felipe Mateus (Kaio Cristian)
09 Braian Samudio (Tchô)
07 Daniel Cruz
11 Rodofo (Jean Henrique)
Go
Ld
Za
Za
Le
Mc
Mc
Mc
Mc
Mc
At
01 Leandro Santos
02 Lenon
04 Leandro Amaro
03 Ferreira [Expulso]
06 Gilton
05 Auremir
07 Wesley (Denis Neves)
10 Fumagalli
11 Pipico
08 Deivid (Régis Souza)
09 Eliandro (Genílson)
Técnico: Ney da Matta Técnico: Péricles Chamusca
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
Luan Poli (gk)
Ânderson
Juan Melgarejo
Léo Baiano
Tchô, aos 27’/2º
Radamés
Gênesis
Leleu
Jean Henrique, aos 43’/2º
Kaio Cristian, aos 44’/2º
Igor Brondani
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
Lucas Passarelli (gk)
Genilson, aos 20’/2º
Mauricio da Silva
Evandro
Dênis Neves, aos 14’/2º
Zé Antônio
Edinho
Éverton Ramos
Marcinho
Renato
Régis, aos 11’/2º
Tempo Regulamentar Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altern Final
2 x 0 1 x 0 3 x 0
# Com esse resultado o Boa Esporte sagrou-se campeão brasileiro da Série C pela 1ª vez;
# Boa Esporte e Guarani ja tem vaga garantida na Série B de 2017;
# Boa Esporte: Camisa Vermelha, Calção Branco e Meias Vermelhas;
# Guarani: Camisa Verde, Calção Verde e Meia Verdes;
# Jogo Anterior: 29/10 – Guarani 1 x 1 Boa Esporte, estádio Brinco de Ouro, Campinas;
# Links Externos (Externa Links): www.gazetaesportiva.com/galeria-de-imagens
# Links Externos (Externa Links): www.globoesporte.globo.com/galeria-de-imagens

.:: Galeria de Imagens – Images Gallery ::.
O capitão Itaque ergue a taça de campeão da Série para o Boa Esporte;
www.globoesporte.globo.com/Rodrigo Villalba
Jogadores do Boa Esporte comemoram a conquista, inédita, da Série C;
www.globoesporte.globo.com/Rodrigo Villalba
Momento em que o zagueiro Ferreira agrediu o árbitro e foi expulso;
www.globoesporte.globo.com/Rodrigo Villalba
Dentro de campo o Boa Esporte venceu o Guarani de Campinas e foi campeão;
www.globoesporte.globo.com/Rodrigo Villalba

.:: Seleção Brasileira de Futebol ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol cinco vezes campeã mundial. Jogos amistosos oficiais e não oficiais; Eliminatórias da Copa; Copa do Mundo, Copa América, Copa das Confederações, Torneios, Torneio Pré-Olímpico, Jogos Olímpicos, Jogos Pan-Americanos; Seleção Brasileira Feminina, Sub 17, Sub 20 e muito mais confira: www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com

Guarani e Boa Empatam na Primeira Final da Série C 2016

.:: Campeonato Brasileiro 2016 ::.
Guarani e Boa empatam na primeira final do brasileirão Série C;
Credit: www.futebolinterior.com.br
Ficha Tecnica
Guarani 1 x 1 Boa
Final do Campeonato Brasileiro da Série C 2016
Ficha Técnica
• Competição (Tournament): Campeonato Brasileiro Série C 2016 – Final – 1º Jogo
• Data (Date): Sábado, 29 de Outubro de 2016, as 19:15 hs (de Brasilia)
• Estádio (Stadium): Guarani FC – Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas/SP
• Público (Attendance): 16.749 pagantes – Renda: R$ 495.200,00
• Árbitro (Referee): Caio Max Augusto Vieira/RN (CBF1)
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Vinicius Melo de Lima/RN (CBF2)
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Jean Marcio dos Santos/RN (CBF2)
• Quarto Árbitro (Fourth Official:): Adriano de Assis Miranda/SP (CBF2)
Advertências | Cautions | Sent Off Advertências | Cautions | Sent Off
Ferreira, aos 36’/1º Romano, aos 16’/1º
Alex Santana, aos 24’/2º
Gols | Goals | Goles Gols | Goals | Goles
1-0 Leandro Amaro, aos 16’/2º 1-1 Rodolfo, aos 29’/2º
Guarani Futebol Clube Boa Esporte Clube
Go
Ld
Za
Za
Le
Mc
Mc
Mc
Mc
Mc
At
01 Leandro Santos
02 Lenon
03 Ferreira
04 Leandro Amaro
06 Dênis Neves
05 Auremir
07 Alex Santana (Evandro)
10 Fumagalli
11 Pipico (Marcinho)
08 Régis Souza
09 Eliandro (Éverton)
Go
Ld
Za
Za
Le
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Daniel
02 Leonardo
03 Edson Borges
04 Bruno Maia
06 Romano
05 Jonata Escobar
08 Itaqui
10 Felipe Mateus (Tchô)
09 Braian Samudio (Léo Baiano)
07 Daniel Cruz
11 Rodofo (Kaio Cristian)
Técnico: Péricles Chamusca Técnico: Ney da Matta
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
Lucas Passarelli (gk)
Genilson
Mauricio da Silva
Evandro, aos 41’/2º
Leonardo
Elielton
Pedro
Éverton Ramos, aos 32’/2º
Marcinho, aos 27’/2º
Edinho
Renato
Ítalo Barbosa
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
Luan Poli (gk)
Ânderson
Juan Melgarejo
Léo Baiano, aos 43’/2º
Tchô, aos 22’/2º
Radamés
Gênesis
Leleu
Jean Henrique
Kaio Cristian, aos 47’/2º
Tempo Regulamentar Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altern Final
0 x 0 1 x 1 1 x 1
# Com esse resultado quem vencer o próximo jogo ficará com o título;
# Boa Esporte e Guarani ja tem vaga garantida na Série B de 2017;
# Boa Esporte: Camisa Vermelha, Calção Vermelho e Meias Brancas;
# Guarani: Camisa Verde, Calção Branco e Meia Verdes;
# Jogo Anterior: 29/10 – Guarani 1 x 1 Boa Esporte, estádio Brinco de Ouro, Campinas;
# Links Externos (Externa Links): www.gazetaesportiva.com/galeria-de-imagens
# Links Externos (Externa Links): www.globoesporte.globo.com/galeria-de-imagens

.:: Galeria de Imagens – Images Gallery ::.
Time do Guarani Futebol Clube na primeira final da Série C;
www.globoesporte.globo.com/Ari Ferreira

.:: Seleção Brasileira de Futebol ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol cinco vezes campeã mundial. Jogos amistosos oficiais e não oficiais; Eliminatórias da Copa; Copa do Mundo, Copa América, Copa das Confederações, Torneios, Torneio Pré-Olímpico, Jogos Olímpicos, Jogos Pan-Americanos; Seleção Brasileira Feminina, Sub 17, Sub 20 e muito mais confira: www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com

18/05/2016 – Atlético Mineiro 2 x 1 São Paulo

São Paulo segura pressão do Atlético Mineiro e avança para à semifinal;
Crédito: www.gazetaesportiva.com/Douglas-Magno/AFP
Ficha Tecnica
Atlético 2 x 1 São Paulo
Copa Libertadores da América de 2016
Ficha Tecnica
• Competição (Tournament): Copa Libertadores 2016 – Quartas de Final – 2º Jogo
• Data (Date): Quarta-Feira, 18 de Maio de 2013, às 21:45 hs (de Brasília)
• Estádio (Stadium): Raimundo Sampaio “Independência”, em Belo Horizonte/MG
• Público (Attendance): Sem Registro – Renda: Sem Registro
• Árbitro (Referee): André Cunha (Uruguai / Uruguay)
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Carlos Pastorino (Uruguai / Uruguay)
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Horácio Ferreiro (Uruguai / Uruguay)
• Quarto Árbitro (Fourth Oficial): Oscra Rojas (Uruguai / Uruguay)
Clube Atlético Mineiro São Paulo Futebol Clube
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Victor
02 Marcos Rocha
03 Leonardo Silva
04 Fricson Erazo
06 Douglas Santos
08 Leandro Donizete
30 Eduardo (Dátolo)
11 Juan Cazares
29 Patric (Clayton)
13 Carlos (Carlos Eduardo)
09 Lucas Pratto
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
Mc
At
01 Dênis
02 Bruno
27 Maicon
03 Rodrigo Caio
21 Eugenio Mena
25 Hudson
23 Thiago Mendes (Wesley)
30 Kelvin
10 Paulo Henrique Ganso
07 Michel Bastos (Matheus Reis)
12 Jonathan Calleri (Alan Kardec)
Técnico: Diego Aguirre Técnico: Edgardo Bauza
10
15
18
19
22
23
24
Jesús Dátolo
Edcarlos
Lucas Cândido
Carlos César
Carlos Eduardo, no Intervalo
Clayton, aos 24’/2º
Uilson (gk)
05
11
14
17
22
28
29
Diego Lugano
Wesley, aos 25’/2º
Alan Kardec, aos 42’/2º
Rogério
Renan Ribeiro (Gk)
Matheus Reis, aos 33’/2º
Lucas Fernandes
Advertências | Cautions Advertências | Cautions
Eduardo, aos 45’/1º Michel Bastos, aos 26’/1º
Leandro Donizete, aos 23’/2º Maicon, aos 39’/1º
Leonardo Silva, aos 27’/2º Kelvin, aos 44’/2º
Leandro Donizete, aos 49’/2º
Gols | Goals Gols | Goals
1-0 Juan Cazares, aos 6’/1º 1-2 Maicon (cab), aos 14’/1º
2-0 Carlos (cab), aos 11’/1º
Tempo Normal Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altnds Final
2 x 1 0 x 0 2 x 1
# mesmo perdendo o São Paulo classificou-se para as semifinais.
# O São Paulo classificou-se por ter marcado um gol fora de casa;
# Jogo Anterior: 11/05 – Motumbi – São Paulo 1 x 0 Atlético Mineiro;
# Links Externos (External Links): www.soccerway.com/copa-libertadores
# Links Externos (External Links): www.globoesporte.globo.com/copa-libertadores

.:: Galeria de Imagens ::.
Maicon marca o gol que classificou o São Paulo para a semifinal;
Crédito: www.globoesporte.globo.com


São Segura Pressão e Avança

“Caiu no Horto, tá morto”? Não para o São Paulo. O Tricolor segue mais vivo do que nunca na Libertadores. Nesta quarta-feira, os comandados de Bauza mostraram valentia para segurar o Galo no Independência e, mesmo com a derrota por 2 a 1, garantir vaga nas semifinais, que encerra o tabu de sete eliminações consecutivas da equipe paulista para clubes brasileiros na competição continental.

A classificação são-paulina na próxima fase da Libertadores, contudo, pareceu distante no começo da partida. Com dois gols sofridos em 11 minutos de jogo, o São Paulo parecia estar fadado à eliminação no Horto. Porém, assim como na primeira partida, o Tricolor fez a diferença no duelo com um gol em um lance de bola parada, desta vez com Maicon, três minutos depois.

Na sequência da partida, o confronto ficou imprevisível, no entanto, a boa disposição defensiva e certa dose de sorte permitiram à equipe paulista segurar o ímpeto do Atlético-MG, mantendo o resultado até o apito final.

O Jogo – Se o São Paulo tinha como objetivo se segurar o Atlético-MG nos 15 minutos iniciais, esta missão esteve longe de ser cumprida pela equipe Tricolor. Aproveitando a fragilidade paulista pelos lados do campo, o Galo construiu uma vantagem de dois gols com apenas 11 minutos de jogo.

No primeiro gol, aos seis minutos, Marcos Rocha invadiu a área pela direita e chutou forte para Dênis espalmar. No rebote, Cazares finalizou, e o goleiro são-paulino, com certa dose de azar, desviou contra o próprio gol. Cinco minutos depois, Douglas Santos cruzou pela esquerda, e Carlos apareceu sozinho na área para ampliar.

A situação parecia complicada para o São Paulo, porém, assim como no jogo de ida, a bola parada foi essencial. Aos 14 minutos, Maicon aproveitou cobrança de escanteio para aproveitar falha de Victor e diminuir. Passado o gol tricolor, a pressão voltou a ser do Atlético-MG, que chegou a carimbar a trave com Pratto, porém a equipe paulista também quase marcou novamente em chute de Calleri bem defendido por Victor.

O ritmo alucinante do jogo caiu ao final do primeiro tempo, e a partida ficou um pouco mais truncada, tendo em vista o cansaço e a dedicação defensiva de ambas equipes. Ainda assim, o São Paulo ainda mandou uma bola na trave antes de ir para os vestiários.

Na volta do intervalo, o Galo voltou a apostar num abafa nos minutos iniciais e sufocou o São Paulo, fazendo uso principalmente da qualidade do equatoriano Cazares. O Tricolor, por sua vez, seguia explorando as bolas paradas e os contra-ataques. E foi exatamente nesta última jogada que Ganso perdeu chance clara para empatar, batendo fraco nas mãos de Victor.

Após a transpassada metade da etapa final, o São Paulo recuou, e o Galo voltou a empurrar o São Paulo no campo de defesa. A postura do Tricolor quase custou caro em lance que Clayton, de frente para o gol, chutou para fora, perdendo chance claríssima. Ainda no final, Leonardo Silva subiu sozinho na área, e Dênis, com peito, rebateu, para depois defender. Nos acréscimos, Leandro Donizete ainda teve tempo para ser expulso antes do apito final do árbitro. (Gazeta Esportiva)


.:: Seleção Brasileira de Futebol ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol cinco vezes campeã mundial. Jogos amistosos oficiais e não oficiais; Eliminatórias da Copa; Copa do Mundo, Copa América, Copa das Confederações, Torneios, Torneio Pré-Olímpico, Jogos Olímpicos, Jogos Pan-Americanos; Seleção Brasileira Feminina, Sub 17, Sub 20 e muito mais confira: www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com

Palmeiras Campeão da Copa do Brasil de 2015

Zé Roberto ergue a taça de campeão da Copa do Brasil de 2015;
Crédito: www.folha.uol.com.br
Ficha Tecnica
Palmeiras 2 x 1 Santos
Nas Penalidades: Palmeiras 4 x 3 Santos
Ficha Tecnica
• Competição (Tournament): Copa do Brasil de 2015 – Final – 2º Jogo (volta)
• Data (Date): Quarta-Feira, 25 de Novembro de 2015, às 22:00 hs (de Brasília)
• Estádio (Stadium): SE Palmeiras – Allianz Parque, São Paulo/SP
• Público (Attendance): 39.660 pagantes – Renda: R$ 5.336.631,25 reais
• Árbitro (Referee): Héber Roberto Lopes/SC (FIFA)
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Émerson Augusto de Carvalho/SP (FIFA)
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Marcelo Carvalho Van Gasse/SP (FIFA)
• Quarto Árbitro (Fourth Oficial): Ricardo Marques Ribeiro/MG (FIFA)
• Quinto Árbitro (Fifth Oficial): Carlos Augusto Nogueira Junior/SP (CBF1)
Advertências | Cautions Advertências | Cautions
Matheus Sales, aos 6’/2º Gabriel Barbosa, aos 45’/1º
João Pedro, aos 20’/2º
Dudu, aos 41’/2º
Gols | Goals | Goles Gols | Goals | Goles
1-0 Dudu, aos 10’/2º 1-2 Ricardo Oliveira, aos 40’/2º
2-0 Dudu, aos 38’/2º
Pênatis | Penalties Pênatis | Penalties
1-0 Zé Roberto (No Ângulo) x-x Marquinhos Gabriel (Pra Fora)
x-x Rafael Marques (Defesa) x-x Gustavo Henrique (Defesa)
2-1 Jackson (Lado Esquerdo) 1-1 Geuvânio (Canto Esquerdo)
3-2 Jonathan Cristaldo (Lado Esquerdo) 2-2 Lucas Lima (Canto Direito)
4-3 Fernando Prass (No Meio) 3-3 Ricardo Oliveira (No Meio)
Sociedade Esportiva Palmeiras Santos Futebol Clube
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Fernando Prass
22 João Pedro (Lucas Taylor)
26 Jackson
31 Vitor Hugo
11 Zé Roberto ©
36 Matheus Sales
05 Arouca
27 Robinho
33 Gabriel Jesus (Rafael Marques)
07 Dudu
08 Lucas Barrios (Cristaldo)
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
Mc
At
01 Vanderlei
04 Victor Ferraz
14 David Braz (Werley)
06 Gustavo Henrique
37 Zeca
29 Thiago Maia (Paulo Ricardo)
08 Renato Dirnei ©
20 Lucas Lima
31 Marquinhos Gabriel
17 Gabriel Barbaso (Geuvânio)
09 Ricardo Oliveira
Coach: Marcelo Oliveira Coach: Dorival Júnior
Go
Ld
Za
Le
Mv
Mv
Ma
Ma
At
At
At
At
47 Fábio (gk)
42 Lucas Taylor, aos 27’/2º
04 Nathan
66 Egídio
15 Amaral
28 Andrei Girotto
10 Cleiton Xavier
20 Agustín Allione
09 Jonathan Cristaldo, aos 23’/2º
17 Pablo Mouche
19 Rafael Marques, aos 41’/1º
29 Kelvin
Go
Ld
Za
Le
Mv
Mv
Mv
Ma
Ma
At
At
At
12 Vladimir (gk)
38 Daniel Guedes
02 Werley, aos 27’/1º
23 Chiquinho
05 Alison
21 Leandrinho
32 Paulo Ricardo, aos 35’/2º
18 Vitor Bueno
412 Serginho
11 Geuvânio, aos 19’/2º
39 Nilson
40 Neto Berola
Tempo Normal Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altnds Final
0 x 0 2 x 1 2 x 1 4 x 3 4 x 3
# No tempo regulamentar o Palmeiras venceu por 2 x 1; Como havia perdido o primeiro jogo por 1 x 0 a decisão foi para as pemalidades e o palmeiras venceu por 4 x 3 e sagrou-se campeão;
# Esta foi a primeira vez que a Copa do Brasil foi decidida nas penalidades;
# Com a conquista o Palmeiras garantiu uma vaga na Copa Libertadores de 2016;
# Palmeiras: Camisa, Calção e Meias Verdes com detalhes Brancos (Adiads);
# Santos: Camisa listrada em Preto-Branco, Calção Preto e Meia Alvinegras (Nike);
# Links Externos (External Links): www.gazetapress.com/galeria-de-imagens-da-final
# Links Externos (External Links): globoesporte.globo.com/final-da-copa-dp-brasil

.:: Galeria de Imagens ::.
Em pé: Fernando Prass, Nathan, Andrie Gitotto, Vítor Hugo, Rafael Marques, Amaral, Lucas Taylor, Matheus Sales, Mouche e Fábio; Agachados: João Pedro, Jackson. Robinho, Zé Roberto, Arouca, Gabriel Jesus, Cleiton Xavier, Allione, Egidio, Kelvin, Cristaldo, Lucas Barrios e Dudu;
Crédito: www.gazetapress.com/Djalma-Vassão/Gazeta-Press
Santos Futebol Clube vice Campeão da Copa do Brasil de 2015;
Crédito: www.gazetapress.com/Djalma-Vassão/Gazeta-Press
Fernando Prass defendeu um pênalti marcou o gol da vitória do Palmeiras;
Crédito: www.gazetapress.com/Djalma-Vassão/Gazeta-Press

Tricampeão da Copa do Brasil

A moderna arena do Palmeiras pulsou como o velho Estádio Palestra Itália na noite desta quarta-feira. Depois de vencer o Santos por 2 a 1 no tempo normal, o time da casa ganhou por 4 a 3 nos pênaltis com o goleiro Fernando Prass na cobrança decisiva e conquistou o tricampeonato da Copa do Brasil, primeiro título após a reforma do campo.

O atacante Dudu, vilão do vice paulista diante do próprio Santos, marcou os dois do Palmeiras. Nos minutos finais, Ricardo Oliveira fez o gol que provocou os pênaltis. Nas cobranças, além de defender o chute de Gustavo Henrique, Fernando Prass anotou o gol do título.

Fechado para reformas entre 2010 e 2014, o Palestra Itália foi reinaugurado em novembro do ano passado e diante do Santos recebeu 39.660 torcedores, um recorde da nova arena. Palco da conquista da Copa Libertadores 1999, o estádio não abrigava uma festa de título desde a conquista do Campeonato Paulista 2008.

Com o triunfo sobre o Santos, a Sociedade Esportiva Palmeiras comemora seu 12º título nacional, um recorde. Além do tri da Copa do Brasil (1998, 2012 e 2015), o clube ganhou a Taça Brasil (1960 e 1967), o Torneio Roberto Gomes Pedrosa (1967 e 1969), o Campeonato Brasileiro (1972, 1973, 1993 e 1994) e a Copa dos Campeões (2000).

O título é especial para Marcelo Oliveira, derrotado nas três decisões anteriores que disputou da Copa do Brasil (em 2011 e 2012 pelo Coritiba e em 2014 pelo Cruzeiro). Com o feito, ele se junta a Vanderlei Luxemburgo e Luiz Felipe Scolari na galeria de técnicos campeões pelo Palmeiras desde 1977 – Flávio Murtosa, auxiliar do gaúcho, também triunfou.

Se não teve regularidade para brilhar nos pontos corridos do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras jogou o suficiente para bater adversários como Cruzeiro, Internacional e Fluminense nas séries eliminatórias da Copa do Brasil. Assim, além do título, o primeiro da gestão de Paulo Nobre, iniciada em 2013, garantiu uma vaga na Copa Libertadores 2016.

Trajado com meias e calções brancos, como na final do histórico Campeonato Paulista 1993, o Palmeiras quase saiu na frente antes do minuto inicial. Pouco depois da saída de bola, Arouca cabeceou, Barrios desviou e Gabriel Jesus, livre, bateu para defesa do goleiro Vanderlei.

Inteligentemente, o Santos procurou explorar a fragilidade do jovem João Pedro na marcação. Aos sete minutos, Zeca desceu pela esquerda e cruzou para Marquinhos Gabriel finalizar. Após grande defesa de Fernando Prass, Victor Ferraz apanhou o rebote e acertou a trave.

O Palmeiras, como há muito não se via, ditou o ritmo do jogo e criou boas chances de marcar. Em uma oportunidade clara, aos 27 minutos, Robinho cruzou da direita para Lucas Barrios. O centroavante esperou o quique da bola e cabeceou para defesa de Vanderlei.

Gradualmente, o Santos aumentou o volume de jogo e equilibrou as ações, mas não conseguiu levar perigo a Fernando Prass até o final do primeiro tempo. Lesionado, o zagueiro David Braz foi substituído por Werley ainda na etapa inicial. Assim como Gabriel Jesus, trocado por Rafael Marques.

O marcador inalterado no primeiro tempo preocupou a torcida alviverde, mas o Palmeiras manteve a frieza e finalmente abriu o placar aos 11 minutos da etapa complementar. Lucas Barrios fez pivô e tocou para Robinho entrar na área. O meia cruzou e Dudu apenas empurrou para o gol. De tipoia, Gabriel Jesus deixou o banco para comemorar na beira do gramado.

Lucas Barrios, lesionado, saiu para entrada de Cristaldo. Em seguida, o técnico Marcelo Oliveira colocou Lucas Taylor no lugar de João Pedro, advertido com o amarelo. Dorival Júnior, por sua vez, tirou Thiago Maia e Gabriel e lançou Paulo Ricardo e Geuvânio.

O Palmeiras fez o segundo aos 39 minutos do segundo tempo. Em cobrança de falta pelo lado direito do ataque, Robinho levantou na área. De cabeça, Vitor Hugo desviou para o meio. Dudu acompanhou a jogada e completou para o fundo das redes.

A alegria alviverde durou pouco, já que o Santos fez sua torcida vibrar no setor visitante dois minutos depois. No lance que provou a decisão por pênaltis, Marquinhos Gabriel cobrou escanteio pelo lado esquerdo do ataque, Werley desviou de calcanhar e a bola sobrou livre para finalização certeira de Ricardo Oliveira.

Pelo Santos, Geuvânio, Lucas Lima e Ricardo Oliveira converteram seus pênaltis. Marquinhos Gabriel e Gustavo Henrique desperdiçaram. Pelo Palmeiras, Zé Roberto, Jackson, Cristaldo e Fernando Prass marcaram. Rafael Marques errou. E a Sociedade Esportiva Palmeiras ganhou por 4 a 3. (Fonte: Gazeta Esportiva)


.:: Campanha do Campeão ::.
Data Estádio Primeira Fase
04/03 Lomanto Júnior Vitória da Conquista/BA 1 x 4 SE Palmeiras
NH Arena do Palmeiras SE Palmeiras NH Vitória da Conquista/BA
Data Estádio Segunda Fase
29/04 Castelão Sampaio Corrêa/MA 1 x 1 SE Palmeiras
12/05 Arena do Palmeiras SE Palmeiras 5 x 1 Sampaio Corrêa/MA
Data Estádio Terceira Fase
27/05 Arena do Palmeiras SE Palmeiras 0 x 0 ASA de Arapiraca
15/07 Estádio do Café ASA de Arapiraca 0 x 1 SE Palmeiras
Data Estádio Oitavas de Final
19/08 Arena do Palmeiras SE Palmeiras 2 x 1 Cruzeiro/MG
26/08 Arena Mineirão Cruzeiro/MG 2 x 3 SE Palmeiras
Data Estádio Quartas de Final
23/09 Arena Beira-Rio Internacional/RS 1 x 1 SE Palmeiras
30/09 Arena do Palmeiras SE Palmeiras 3 x 2 Internacional/RS
Data Estádio Semifinal
21/10 Arena Maracanã Fluminense/RJ 2 x 1 SE Palmeiras
28/10 Arena do Palmeiras SE Palmeiras 2 x 1 Fluminense/RJ
Data Estádio Final
25/11 Vola Belmiro Santos (SP) 1 x 0 SE Palmeiras
02/12 Arena do Palmeiras SE Palmeiras 2 x 1 Santos (SP)
# 04/03 – O Palmeiras eliminou o Vitória da Conquista sem a necessidade do jogo de volta;
# 28/10 – O Palmeiras classificou-se vencendo o Fluminense nos pênaltis por 4 x 1;
# 02/12 – O Palmeiras foi campeão vencendo o Santos nos pênaltis por 4 x 3;

.:: Seleção Brasileira de Futebol ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol cinco vezes campeã mundial. Jogos amistosos oficiais e não oficiais; Eliminatórias da Copa; Copa do Mundo, Copa América, Copa das Confederações, Torneios, Torneio Pré-Olímpico, Jogos Olímpicos, Jogos Pan-Americanos; Seleção Brasileira Feminina, Sub 17, Sub 20 e muito mais confira: www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com

%d blogueiros gostam disto: