Posts Tagged ‘paulocesar’

Independiente Campeão da Copa Sul-Americana de 2017

O capitão Tagliafico ergue a taça de campeão da Sulamericana de 2017;
Crédito: www.gettyimages.com/Fabio-Teixeira
Ficha Tecnica
Flamengo 1×1 Independiente
Final da Copa Sul-Americana de 2017
Ficha Técnica










Competição (Tournament): Copa Sul-Americana 2017 – Final – 2º Jogo (Volta)
Data (Date): Quarta-Feira, 13 Dezembro de 2017, 21:45 h (de Brasília) 20:45 Local
Estádio (Stadium): Mário Filho “Maracanã”, Rio de Janeiro/RJ
Público (Attendance): 54.963 pagantes (Total: 62.567) – Renda: R$ 6.694.300,00
Árbitro (Referee): Wilmar Alexander Roldán Pérez (Colômbia / COL)
Assistente 1 (Assistant Referee 1): Alexander Guzmán (Colômbia / COL)
Assistente 2 (Assistant Referee 2): Cristian de la Cruz (Colômbia / COL)
Quarto Árbitro (Fourth Official): Gustavo Murillo (Colômbia / COL)
Assistente de Vídeo 1 (Video Assistant 1): Daniel Fedorczuk (Uruguai / Uruguay)
Assistente de Vídeo 2 (Video Assistant 2): Roberto Tobar (Chile / CHI)
Assistente de Vídeo 3 (Video Assistant 3): Nicolás Tarán (Uruguai / Uruguay)
Advertências | Cautions | Sent Off Advertências | Cautions | Sent Off
73′ Éverton (Falta cometida) 72′ Lucas Albertengo (Falta)
77′ Vinicius Jr. (Reclamação) 77′ Maximiliano Meza (Falta)
90′ Juan (Falta Cometida) 79′ Martín Campaña (Retardamento)
87′ Ezequiel Barco (Antijogo)
Gols| Goals | Goles Gols| Goals | Goles
1-0 Lucas Paquetá, aos 28’/1º 1-1 Barco, aos 38’/1º
Clube de Regatas do Flamengo Club Atletico Independiente
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
Mc
At
24 César
21 Pará
15 Réver ©
04 Juan
13 Miguel Trauco (Vinicius Jr, 54′)
05 Willian Arão
26 Gustavo Cuéllar (Éverton Ribeiro, 78′)
10 Diego Ribas
29 Lucas Paquetá (Lincoln, 84′)
22 Éverton
25 Felipe Vizeu
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
Mc
At
25 Martín Campaña
16 Fabricio Bustos
02 Alan Franco (Silva, 84′)
14 Fernando Amorebieta
03 Nicolás Tagliafico ©
15 Diego Martín Rodríguez
29 Nicolás Domingo
07 Martín Benítez (Albertengo, 33′)
08 Maximiliano Meza (Miño, 82′)
27 Ezequiel Barco
09 Emmanuel Gigliotti
Coach: Reinaldo Rueda Coach: Ariel Holan
Go
Df
Df
Mc
Mc
At
At
01 Thiago
02 Rodinei
30 Rhodolfo
07 Éverton Ribeiro, aos 33’/2º
08 Márcio Araújo
16 Lincoln, aos 39’/2º
20 Vinícius Júnior, aos 9’/2º
Go
Df
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Damián Albil
05 Gastón Silva, aos 39’/2º
06 Juan Sánchez Miño, aos 37’/2º
10 Walter Erviti
23 Nery Domínguez
11 Leandro Fernández
24 Lucas Albertengo, aos 33’/1º
Tempo Regulamentar Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altern Final
1 x 1 0 x 0 1 x 1
• Com esse resultado o Independiente sagrou-se campeão da Sulamericana pela 2ª vez;
• Com a conquista o Independiente garantiu vaga na Copa Libertadores de 2018;
• Esta foi a primeira vez que o Árbitro de Vídeo foi utilidado numa final da Sulamericana;
Independiente: Camiza Branca, Calção Azul e Meias Brancas (Puma);
• Flamengo: Camisa Rubro-Negra, Calção Branco e Meias Rubro-Negras (Adidas);
• Flamengo e Independiente já decidiram um título sulamericano a Supercopa Libertadores 1995;
• 1º Jogo da Final da Supercopa Libertadores: Independiente vs Flamengo – (Ficha do Jogo)
• 2º Jogo da Final da Supercopa Libertadores: Flamengo vs Independiente – (Ficha do Jogo)

.:: Galeria de Imagens ::.
Jogadores e comissão técnica do Independiente comemoram a coquista da sulamericana;
Crédito: www.gettyimages.com/Buda-Mendes
Clube Atlético Independiente, fundado em 4 de Agosto de 1904, em Avellaneda, Argentina;
Crédito: www.gettyimages.com/Buda-Mendes
Clube de Regatas do Flamengo, fundado em 17 de Novembro de 1895, no Rio de Janeiro/RJ;
Em Pé: Felipe Vizeu, Lucas Paquetá, Willian Araão, Juan, Réver e César;
Agachados: Gustavo Cuéllar, Éverton, Pará, Diegoe Miguel Trauco;
Crédito: www.gettyimages.com/Buda-Mendes

Crônica do Jogo

Mais uma vez, o Independiente calou o Maracanã. Como aconteceu em 1998, o time argentino saiu vencedor no duelo com o Flamengo. O empate por 1 a 1, no jogo desta quarta-feira, garantiu ao “Rei de Copas” o bicampeonato da Copa Sul-Americana. No jogo de ida, em Buenos Aires, a equipe portenha havia vencido por 2 a 1. Os gols foram marcados por Lucas Paquetá para o Flamengo e Barco, de pênalti, para o Independiente, ambos no primeiro tempo.

O resultado acabou espelhando o que aconteceu em campo. O Flamengo foi melhor no primeiro tempo, mas não soube transformar em gol as chances criadas. No segundo tempo, o time argentino foi mais organizado e criou as melhores oportunidades de gol diante de um Flamengo nervoso e que cometeu muitos erros.

Debaixo de muita vibração da torcida rubro-negra, a partida começou com os dois times mostrando muita disposição. Aos quatro minutos, o Flamengo criou o primeiro momento de perigo em chute perigoso de Lucas Paquetá que o goleiro Campaña defendeu com segurança. O lance animou a equipe da casa e dois minutos depois foi a vez de Felipe Vizeu se antecipar aos zagueiros e desviar para o gol, mas a bola saiu, embora com muito perigo para o gol argentino.

O Independiente, muito pressionado pela marcação da equipe brasileira, não encontrava espaço para se organizar dentro de campo. Só aos 11 minutos é que a equipe portenha fez o goleiro Cesar trabalhar para defender um cruzamento fechado de Bustos.

Aos 13 minutos, o Flamengo desperdiçou uma grande oportunidade. Felipe Vizeu lançou Everton entre os zagueiros. O atacante penetrou livre, mas chutou nas mãos de Campaña. Logo depois foi a vez de Lucas Paquetá receber na entrada da área, se livrar da marcação e bater com perigo, mas a bola bateu na rede pelo lado de fora.

O domínio do Flamengo era total. Aos 18 minutos, Paquetá foi derrubado ao lado da área. Diego levantou na área e Juan cabeceou por cima do travessão.

O time dirigido por Reinaldo Rueda atuava de forma agressiva. Lucas Paquetá e Everton atuavam abertos pelas extremas, enquanto Felipe Vizeu ficava entre os zagueiros na área do Independiente.

Aos 21 minutos, o time argentino criou a sua primeira chance de gol. Meza investiu pela esquerda e chutou cruzado, mas César fez boa defesa. O Flamengo respondeu com Diego que se livrou de Amorebieta e chutou, mas o zagueiro conseguiu se recuperar e bloquear o chute do meia.

O Flamengo marcou o primeiro gol aos 30 minutos. Diego cobrou falta, Réver e Juan tentaram a cabeçada, mas a bola acabou nos pés de Lucas Paquetá que empurrou para colocar a bola nas redes e levar o Maracanã ao delírio.

Embalado pela vantagem, o time da Gávea seguiu atacando em busca do segundo gol. O técnico do Independiente decidiu alterar a equipe, trocando o atacante Benitez por Albertengo.

E aos 40 minutos, o time argentino marcou o gol do empate. Lucas Paquetá derrubou Meza na área e, depois de consultar o árbitro de vídeo, Vilmar Roldán confirmou a penalidade máxima. Barco cobrou com categoria e deixou tudo igual.

Aos 47 minutos, na última jogada importante da etapa inicial, Everton arriscou o chute, mas foi bloqueado pela zaga.

Segundo tempo

O Flamengo voltou sem alterações para o segundo tempo. E logo aos três minutos, quase desempatou em grande jogada de Lucas Paquetá que invadiu a área, ganhou dos zagueiros, mas seu chute acabou defendido por Campaña. Aos seis minutos, Trauco cruzou e Paquetá cabeceou para fora. Preocupado com a pouca objetividade do ataque, o técnico Reinaldo Rueda trocou o lateral esquerdo Trauco pelo atacante Vinicius Júnior. Everton recuou para a vaga de Trauco.

Aos 14 minutos, o Independiente criou uma grande chance para marcar. Giglioti tomou a bola de Réver, passou por Cuéllar e tocou na saída de César, mas Juan conseguiu salvar, desviando para escanteio. O Flamengo respondeu com uma cabeçada perigosa de Vinicius Júnior, após cruzamento de Pará. Aos 21 foi a vez de Willian Arão cabecear com perigo, após cruzamento de Paquetá.

O Indepediente atuava mais recuado, mas ao recuperar a bola, buscava sair rapidamente para surpreender a defesa carioca. Aos 29 minutos, o goleiro César se chocou com Réver e bateu a cabeça com violência no gramado, chegando a perder a consciência, mas se recuperou e voltou ao gol.

Rueda tentou dar mais agressividade ao time e colocou Éverton Ribeiro no lugar do volante Cuéllar. Logo depois, Réver perdeu grande chance para desempatar, cabeceando para fora, quando estava livre na pequena área.

Aos 37. Gigliotti tentou surpreender César do meio de campo, mas o goleiro do Flamengo conseguiu fazer a defesa. Rueda colocou o jovem Lincoln para tentar aumentar a pressão sobre o gol argentino.

Aos 43 minutos, Gigliotti arrancou pelo meio, entrou na área e bateu para fora, desperdiçando uma grande oportunidade. Nos acréscimos, após confusão na área, a bola sobrou para Réver que chutou para fora no último lance da partida. (Fonte: Gazeta Esportiva)


.:: Seleção Brasileira – Brazilian National Team ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol aqui.
All the matches of the Brazilian National Team hear;
www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com


Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que deu seu Filho unigênito, para que todo aquele que Nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. (João 3.16)
Anúncios

Ficha Técnica: Pachuca (MEX) 1 x 0 Wydad (MAR)

Crédito: www.gettyimages.com/Etsuo Hara/FIFA
Ficha Tecnica
Pachuca 1 x 0 Wydad
FIFA Club World Cup UAE 2017
Ficha Técnica










Competição (Tournament): Copa do Mundo de Clubes 2017 – Quartas de Final
Data (Date): Sábado, 9 de Dezembro, 17:00 hs (Local)
Estádio (Stadium): Zayed Sports City, Abu Dhabi (Emirados Árabes Unidos / UAE)
Público (Attendance): 12.488 pagantes – Capacidade: 43.000 expectadores
Árbitro (Referee): Ravshan Sayfiddinovich Irmatov (Uzbequistão / Uzbekistan)
Assistente 1 (Assistant Referee 1): Abdukhamidullo Rasulov (Uzbequistão / Uzbekistan)
Assistente 2 (Assistant Referee 2): Jakhongir Saidov (Uzbequistão / Uzbekistan)
Quarto Árbitro (Fourth Official): Matthew “Matt” Conger (Nova Zelândia / New Zealand)
Assistente de Vídeo 1 (Video Assistant 1): Mark Geiger (Estados Unidos / USA)
Assistente de Vídeo 2 (Video Assistant 2): Simon Lount (Nova Zelândia / New Zealand)
Assistente de Vídeo 3 (Video Assistant 3): Felix Zwayer (Alemanha / Germany)
Advertências | Cautions | Sent Off Advertências | Cautions | Sent Off
21′ Erick Aguirre 39′ Cheick Ibrahim Comara
97′ Erick Sánchez 45’+2 Brahim Nakach
68′ Brahim Nakach (2º Amarelo)
108′ Reda Hajhouj
116′ Abdelatif Noussir
120′ Zakaria El Hachimi
Gols| Goals | Goles Gols| Goals | Goles
1-0 Guzmán, 7’/2º/Pror (Cabeça)
Club de Fútbol Pachuca Wydad Athletic Club Casablanca
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
Mc
At
21 Óscar Pérez ©
18 Joaquín Martínez (López, 105′)
26 Robert Herrera
23 Óscar Murillo
12 Emmanuel García
02 Keisuke Honda
16 Jorge Hernández
05 Víctor Guzmán (González, 118′)
10 Jonathan Urretaviscaya
14 Érick Aguirre (Sánchez, 79′)
07 Ángelo Sagal (Jara, 58′)
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
At
At
At
22 Zouheir Laaroubi
28 Abdelatif Noussir
31 Cheick Comara
05 Amine Atouchi
27 Zakaria El Hachimi
06 Brahim Nekkach © [Sent off, 68′]
04 Salaheddine Saidi
26 Abdeladim Khadrouf (Hajhouj, 90′)
09 Mohammed Youssef (Haddah, 62′)
18 Walid El Karti
17 Achraf Bencharki
Head Coach: Diego Alonso Head Coach: Hussein Amotta
Gk
Gk
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
At
13 Alfonso Blanco
22 Abraham Romero
04 Omar Gonzalez, aos 13’/2º/Pror
06 Raúl López, no Intervalo/Pror
25 Alexis Peña
15 Érick “Guty” Gutiérrez
19 Tony Figueroa
24 Pablo López
98 Erick Sánchez, aos 34’/2º
09 Germán Cano
29 Franco Jara, aos 13’/2º
89 Roberto de la Rosa
Gk
Gk
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
At
At
At
At
12 Badreddine Benachour
29 Yassine El Kharroubi
13 Youssef Rabeh
25 Mohamed Ouattara
30 Mohamed Nahiri
19 Amin Tighazoui
24 Jamel Aït Ben Idir
08 Badr Gaddarine
07 Mohamed Ounajem
10 Guillaume Nicaise Daho
11 Ismail Haddad, aos 17’/2º
37 Reda Hajhouj, aos 45’/2º
Tempo Regulamentar Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altern Final
0 x 0 0 x 0 0 x 0 0 x 0 1 x 0 1 x 0
• 14ª edição do Mundial de Clubes da FIFA. pela terceira vez realizado nos Emirados Árabes;
• No tempo regulamentar terminou em zero a zero. Na prorrogação o Pachuca venceu por 1 x 0;
• Com esse resultado o Pachuca passou pra semifinal e enfrenta o Grêmio (BRA);
• Melhor Jogador do Jogo (Man of the Match): Jonathan Urretaviscaya, do Pachuca;
• Cheick Comara, do Wydad, recebeu um cartão amarelo com o auxílio dos assistente de video;
• Pachuca: Camisa listrada em Branco-Azul, Calção Branco e Meias Brancas;
• Wydad Casablanca: Camisa Vermelha, Calção Vermelho e Meias Vermelhas;
• Neste mundial foi utilizado o recurso do Assistente de Vídeo;

.:: Galeria de Imagens ::.
Club de Fútbol Pachuca, fundado em 28 de novembro de 1901, em Pachuca, México;
Crédito: www.gettyimages.com/Francois-Nel-/FIFA
Wydad Athletic Club, fundado em 8 de maio de 1937, em Casablanca, Marrocos;
Crédito: www.gettyimages.com/Giuseppe-Cacace/FIFA
Jonathan Urretaviscaya, do Pachuca, foi eleito o Melhor Jogador da partida;;
Crédito: www.gettyimages.com/David-Ramos/FIFA
Zayed Sports City Stadium, Abu Dhabi, com capacidade para 43.000 pessoas;
Crédito: www.albawaba.com/zayed-sports-city
Crédito: www.youtube.com/FIFA-TV

.:: Seleção Brasileira – Brazilian National Team ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol aqui.
All the matches of the Brazilian National Team hear;
www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com


Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que deu seu Filho unigênito, para que todo aquele que Nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. (João 3.16)


For God so loved the world, that he gave his only begotten Son, that whosoever believeth in him should not perish, but have everlasting life. (John, 3:16)

Ficha Técnica: Al Jazira (EAU) 1 x 0 Urawa Reds Diamonds (JPN)

Crédito: www.gettyimages.com/Etsuo-Hara/FIFA
Ficha Tecnica
Jazira 1 x 0 Urawa Reds
FIFA Club World Cup UAE 2017
Ficha Técnica










Competição (Tournament): Copa do Mundo de Clubes 2017 – Quartas de Final
Data (Date): Sábado, 9 de Dezembro, 20:30 hs (Local)
Estádio (Stadium): Zayed Sports City Stadium, Abu Dhabi (Emirados Árabes Unidos / UAE)
Público (Attendance): 15.593 pagantes
Árbitro (Referee): César Arturo Ramos Palazuelos (México / MEX)
Assistente 1 (Assistant Referee 1): Marvin Torrentera (México / MEX)
Assistente 2 (Assistant Referee 2): Miguel Ángel Hernández (México / MEX)
Quarto Árbitro (Fourth Official): Felix Brych (Alemanha / Germany)
Assistente de Vídeo 1 (Video Assistant 1): Mauro Vigliano (Argentina)
Assistente de Vídeo 2 (Video Assistant 2): Mark Borsch (Alemanha / Germany)
Assistente de Vídeo 3 (Video Assistant 3): Andrés Cunha (Uruguai / Uruguay)
Advertências | Cautions | Sent Off Advertências | Cautions | Sent Off
56′ Salim Rashid 42′ Tomoaki Makino
64′ Yaqoub Al Hosani 62′ Yuki Muto
Gols| Goals | Goles Gols| Goals | Goles
1-0 Ali Mabkhout, aos 7’/2º
Al-Jazira Sports & Culture Club Urawa Red Diamonds
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Ali Khasif ©
05 Musallem Fayez
04 Mohammed Ali Ayed (Khalfan 90′)
44 Fares Juma Al Saadi
12 Salem Rashid Obaid
40 Mohamad Al Attas (Eissa, 89′)
21 Yaqoub Al Hosani (Rabee, 84′)
27 Salem Abdulla Omar
31 Romarinho
10 Mbark Boussoufa
07 Ali Ahmed Mabkhout
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
Mc
At
01 Shusaku Nishikawa
03 Tomoya Ugajin
22 Yuki Abe
06 Wataru Endo
05 Tomoaki Makino
16 Takuya Aoki
08 Rafael Silva
09 Yuki Muto
39 Shinya Yajima
10 Yōsuke Kashiwagi
30 Shinzo Koroki
Head Coach: Henk ten Cate Head Coach: Takafumi Hori
Gk
Gk
DF
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
36 Khaled Al-Senaani
56 Abdurahman Al-Ameri
03 Salem Al Eidi
06 Saif Khalfan
14 Eissa Saqer Al Otaiba, aos 44’/2º
51 Khalifa Al Hammadi
80 Salem Ali Ibrahim
09 Sardor Rashidov
15 Khalfan Al Shamsi, aos 45’/2º
35 Abdullah Ramadan
45 Ahmed , aos 39’/2º
70 Ahmed Al Attas
Gk
Gk
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
At
23 Nao Iwadate
25 Tetsuya Enomoto
02 Maurício Antônio
04 Daisuke Nasu
46 Ryota Moriwaki, aos 27’/2º
07 Tsukasa Umesaki
15 Kazuki Nagasawa
18 Yoshiaki Komai
38 Daisuke Kikuchi
13 Toshiyuki Takagi, aos 22’/2º
20 Tadanari Lee
21 Zlatan Ljubijankić, aos 31’/2º
Tempo Regulamentar Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altern Final
0 x 0 1 x 0 1 x 0
• 14ª edição do Mundial de Clubes da FIFA. pela terceira vez realizado nos Emirados Árabes;
• Com esse resultado o Al Jazira passou pra semifinal e enfrentará o Real Madrid (ESP);
• Com a derrota o Urawa Reds vai disputar o quinto lugar contra o Wydad (Marrocos);
• Melhor Jogador do Jogo (Man of the Match): Ali Ahmed Mabkhout, do Al Jazira;
• Al Jazira (EAU): Camisa Branca, Calção Branco e Meias Brancas (Adidas);
• Urawa Reds (Japão): Camisa Vermelha, Calçao Preto e Meias Pretas (Nike);
• Neste mundial foi utilizado o recurso do Assistente de Vídeo;

.:: Galeria de Imagens ::.
Em pé: Ali Mabkhout, Salem Rashid, Mohammed Ayed, Ali Khaseif e Fares Al Saadi; Agachados: Mohamad Al Attas, Salem Abdulla, Al Hosani, Romarinho, Boussoufa e Musallem Fayez;
Crédito: www.gettyimages.com/FIFA/Mike-Hewitt
Urawa Red Diamonds, fundado em 1950, na cidade de Saitama, no Japão;
Crédito: www.gettyimages.com/Etsuo-Hara/FIFA
Ali Ahmed Mabkhout, do Al Jazira, foi eleito o Melhor Jogador do partida;
Crédito: www.gettyimages.com/FIFA/David-Ramos
O palco do jogo: Zayed Sports City Stadium, Abu Dhabi, com capacidade para 43.000 pessoas;
Crédito: www.albawaba.com/zayed-sports-city
Crédito: https://www.youtube.com/FIFA-TV

.:: Seleção Brasileira – Brazilian National Team ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol aqui.
All the matches of the Brazilian National Team hear;
www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com


Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que deu seu Filho unigênito, para que todo aquele que Nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. (João 3.16)


For God so loved the world, that he gave his only begotten Son, that whosoever believeth in him should not perish, but have everlasting life. (John, 3:16)

Ficha Técnica: Independiente (ARG) 2 x 1 Flamengo

Felipe Vizeu disputa jogada com Diego Rodríguez na primeira final da Sulamericana;
Crédito: www.gettyimages.com/Buda-Mendes
Ficha Tecnica
Independiente 2×1 Flamengo
Final da Copa Sul-Americana de 2017
Ficha Técnica










Competição (Tournament): Copa Sul-Americana 2017 – Final – 1º Jogo
Data (Date): Quarta-Feira, 6 Dezembro de 2017, 21:45 h (de Brasília) 20:45 Local
Estádio (Stadium): Libertadores de América, Avellaneda (Argentina)
Público (Attendance): 45.000 pagantes – Renda: Sem Registro
Árbitro (Referee): Mario Díaz de Vivar (Paraguai / Paraguay)
Assistente 1 (Assistant Referee 1): Milcíades Saldívar (Paraguai / Paraguay)
Assistente 2 (Assistant Referee 2): Darío Gaona (Paraguai / Paraguay)
Quarto Árbitro (Fourth Official): Éber Aquino (Paraguai / Paraguay)
Assistente de Vídeo 1 (Video Assistant 1): Enrique Cáceres (Paraguai / Paraguay)
Assistente de Vídeo 2 (Video Assistant 2): Roddy Zambrano (Equador / Ecuador)
Assistente de Vídeo 3 (Video Assistant 3): Eduardo Cardozo (Paraguai / Paraguay)
Advertências | Cautions | Sent Off Advertências | Cautions | Sent Off
19′ Nicolás Tagliafico 23′ Diego Ribas
85′ Fernando Amorebieta
90′ Fabricio Bustos
Gols| Goals | Goles Gols| Goals | Goles
1-1 Gigliotti, aos 28’/1º 1-0 Réver, aos 8’/1º (Cabeça)
2-1 Meza, aos 7’/2º
Club Atletico Independiente Clube de Regatas do Flamengo
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
Mc
At
25 Martín Campaña
16 Fabricio Bustos
02 Alan Franco (Amorebieta, 84′)
05 Gastón Silva
03 Nicolás Tagliafico ©
15 Diego Martín Rodríguez
06 Juan Sánchez Miño
07 Martín Benítez (Martínez, 72′)
08 Maximiliano Meza (Domingo, 78′)
27 Ezequiel Barco
09 Emmanuel Gigliotti
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
Mc
At
24 César
21 Pará
15 Réver ©
04 Juan
13 Miguel Trauco
05 Willian Arão
26 Gustavo Cuéllar
07 Éverton Ribeiro
10 Diego Ribas (Vinicius Jr, 72′)
29 Lucas Paquetá (Éverton, 56′)
25 Felipe Vizeu
Coach: Ariel Holan Coach: Reinaldo Rueda
Go
Df
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Damián Albil
14 Fernando Amorebieta, aos 39’/2º
10 Walter Erviti
23 Nery Domínguez
29 Nicolás Domingo, aos 33’/2º
11 Leandro Fernández
24 Juan Manuel Martínez, aos 27’/2º
Go
Df
Df
Mc
Mc
Mc
At
01 Thiago
02 Rodinei
30 Rhodolfo
08 Márcio Araújo
22 Éverton, aos 11’1/2º
27 Rômulo
20 Vinícius Júnior, aos 27’/2º
Tempo Regulamentar Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altern Final
1 x 1 1 x 0 2 x 1
• Com esse resultado o Independiente joga por um empate para ser campeão;
• O Flamengo terá ue vencer por dois ou mais gols de diferença pra ser campeão;
• Esta foi a primeira vez que o Árbitro de Vídeo foi utilidado numa final da Sulamericana;
Independiente: Camiza Vermelha, Calção Azul e Meias Vernelhas (Puma);
• Flamengo: Camisa Branca, Calção Branco e Meias Brancas (Adidas);
• Flamengo e Independiente já decidiram um título sulamericano a Supercopa Libertadores 1995;
• 1º Jogo da Final da Supercopa Libertadores: Independiente vs Flamengo – (Ficha do Jogo)
• 2º Jogo da Final da Supercopa Libertadores: Flamengo vs Independiente – (Ficha do Jogo)

.:: Galeria de Imagens ::.
Clube Atlético Independiente, fundado em 4 de Agosto de 1904, em Avellaneda, Argentina;
Crédito: www.gettyimages.com/Buda-Mendes
Clube de Regatas do Flamengo, fundado em 17 de Novembro de 1895, no Rio de Janeiro/RJ;
Em Pé: Juan, Willian Arão, Felipe Vizeu, Réver (capitão) e César;
Agachados: Cuellar, Lucas Paquetá, Diego, Pará, Éverton Ribeiro e Miguel Trauco;
Crédito: www.gettyimages.com/Buda-Mendes
Estádio Libertadores da América, em Avellaneda, com capacidade para: 52.364 pessoas;
Crédito: www.jsistools.com/estadio-libertadores-de-america

Crônica do Jogo

Flamengo e Independiente disputaram o primeiro jogo da final da Copa Sul-americana na noite desta quarta-feira, em Avellaneda, na Argentina. O confronto terminou com vitória da equipe da casa por 2 a 1, de virada. Réver abriu o placar para o time brasileiro no primeiro tempo, e com Gigliotti, no primeiro tempo, e Meza, no segundo, o Independiente virou o placar.

O título da competição continental será decidido daqui há uma semana, no Rio de Janeiro. Flamengo e Independiente jogarão na próxima quarta-feira, dia 13, às 21h45 (Brasília), no Maracanã.

Como não há vantagem por gol marcado fora de casa, o Independiente será campeão se vencer ou empatar por qualquer placar. O Flamengo precisa vencer por dois gols de diferença. Se no acumulado der empate, haverá prorrogação e pênaltis.

Flamengo e Independiente fizeram um jogo bastante movimentado em Avellaneda. O primeiro tempo foi equiilibrado, com a equipe brasileira começando melhor e abrindo o placar aos 8. Mas os argentinos correram atrás, pressionaram e chegaram ao empate aos 28.

Nos primeiros minutos, o Flamengo buscou com sucesso controlar a posse de bola, enquanto o Independiente tentava pressionar a saída de bola rubro-negra. Com maior volume de jogo, os cariocas avançam pela esquerda com paquetá, e o jovem prata da casa sofre falta na chegada da área, aos 7 minutos. Trauco cobra e levanta no segundo pau. A defesa argentina vacila e Réver sobe sozinho para cabecear cruzado e ver a bola morrer no fundo da rede.

O gol calou a torcida local, que até então não parava de cantar. Os jogadores argentinos sentiram o golpe no primeiro momento, mas não demoraram a recuperar a compostura e partiram em busca do empate.

Forçando o jogo pela direita em cima de Trauco, o Independiente chegou com perigo aos 14. Meza foi para o mano a mano, levou vantagem e sobre peruano e cruzou. Gigliotti furou e na sobra Miño foi travado dentro da área por Pará. Fla começa a passar sufoco.

O rubro-negro respondeu aos 20. Arão recuperou uma bola no meio e iniciou o contra-ataque. Everton Ribeiro sofreu falta na intermediária pela direita, e na cobrança, a bola é alçada na área e Juan aparece livre atrás dos zagueiros. O veterano se estica e tenta desviar para o gol, mas manda para fora.

A partir deste lance, a pressão do Independiente aumentou, e o caminho seguia pela direita do ataque. Aos 23, Miño cruza e a defesa afasta. Dois minutos depois, Trauco comete falta perto da linha da grande área. Gastón Silva arrisca direto no canto esquerdo de César, mas o goleiro estava bem posicionado e fez boa defesa.

O Flamengo tentava recuperar a posse de bola, mas aos 28 Everton Ribeiro errou passe no ataque e deu o contra-ataque aos argentinos, que avançam em velocidade e chegam na área. Gigliotti recebe livre no meio e, defrente para o gol, acerta o canto de César para decretar o empate.

Os cariocas passam a trocar mais passes, e aos 32 Everton Ribeiro faz jogada pela direita e toca na área para a enrtada de Diego. O meia recebe e arma o chute, mas é bloquedo por um zagueiro argentino.

Aos 38, Vizeu recebe de Paquetá na entrada da área com espaço para avançar, ajeita e tenta o chute, mas a bola vai fraca e pela linha de fundo.

O Independiente ameaça no final. Everton Ribeiro faz falta em Tagliafico no bico da grande área. Cobrança é feita com um cruzamento rasteiro, que passa por todo mundo e para em César.

As duas equipes retornam dos vestiários sem alterações, e o jogo segue com o mesmo panorama. O Independiente busca a vitória em casa e parte pra cima logo no início, e pressiona um Flamengo com dificuldades de manter a posse de bola e criar jogadas.

Aos 3, tabela no ataque e Gastón Silva recebe livre para o chute, mas erra o alvo e manda para fora. O mesmo Gastón Silva acerta outro chute um minuto depois, e desta vez César faz a defesa.

O gol da virada saiu aos 7 minutos. Barco faz grande jogada pela esquerda, se livra de marcação dupla e cruza para a entrada da área. Meza, sozinho, acerta belo voleio sem deixar a bola tocar no chão e manda no canto de César.

Com a vantagem no placar, os argentinos diminuíram o ritmo e passaram a focar nos contra-ataques. Do outro lado, Reinaldo Rueda acionou Everton, que vinha de contusão e estava no banco, e sacou Paquetá.

Com os argentinos recuando, O Flamengo subiu de produção e passou a controlar mais a bola e a chegar mais ao ataque. Aos 19, Everton Ribeiro fez boa jogada pela direita e tocou para Vizeu livre na área. O atacante demorou um pouco para concluir e seu chute foi interceptado por um zagueiro, que mandou para escanteio.

Na sequência, Everton Ribeiro dá belo passe por cobertura para a entrada de Everton, na esquerda da área. O rubro-negro tenta a conclusão, mas o marcador argentino se estica todo e impede o chute.

Aos 27, Rueda faz a segunda alteração e coloca Vinícius Júnior em campo e tira Diego, que já dava sinais de desgaste. Com isso, Everton Ribeiro passa a atuar pelo meio.

A jóia do Fla bota velocidade no jogo, e aos 30 recebe na área e chuta cruzado, mas Campaña defende.

O Independiente dá sinais de cansaço e o Flamengo parte para cima, mas segue parando na defesa argentina. Aos 40, Everton parte na velocidade e é derrubado por trás quando ia entrar na área. Depois de muita catimba argentina, Trauco cobra por cobertura, mas a bola sai fraca e Campaña defende com tranquilidade.

O Fla seguiu buscando o empate. Aos 48, escanteio pela direita e Juan tentou o cabeceio, mas a bola saiu fraca e o goleiro argentino fez a defesa. (Fonte: Gazeta Esportiva)


.:: Seleção Brasileira – Brazilian National Team ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol aqui.
All the matches of the Brazilian National Team hear;
www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com


Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que deu seu Filho unigênito, para que todo aquele que Nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. (João 3.16)

Ficha Técnica: Al Jazira (EAU) 1 x 0 Auckland City (NZL)

Crédito: www.gettyimages.com/Matthew-Ashton/FIFA
Ficha Tecnica
Jazira 1 x 0 Auckland
FIFA Club World Cup UAE 2017
Ficha Técnica










Competição (Tournament): Copa do Mundo de Clubes 2017 – Play Off das Quartas de Final
Data (Date): Quarta-Feira, 6 de Dezembro, 21:00 hs (Local)
Estádio (Stadium): Hazza bin Zayed, Al Ain (Emirados Árabes Unidos / UAE)
Público (Attendance): 4.246 pagantes – Capacidade: 22.717 pessoas
Árbitro (Referee): Malang Diedhiou (Senegal / SEN)
Assistente 1 (Assistant Referee 1): Djibril Camara (Senegal / SEN)
Assistente 2 (Assistant Referee 2): El Hadji Malick Samba (Senegal / SEN)
Quarto Árbitro (Fourth Official): Sandro Meira Ricci (Brasil / Brazil)
Assistente de Vídeo 1 (Video Assistant 1): Clément Turpin (Frana / France)
Assistente de Vídeo 2 (Video Assistant 2): Émerson de Carvalho (Brasil / Brazil)
Assistente de Vídeo 3 (Video Assistant 3): Mark Geiger (Estados Unidos / USA)
Advertências | Cautions | Sent Off Advertências | Cautions | Sent Off
39′ Mohamed Ayed 82′ Albert Riera
57′ Romarinho
78′ Eissa Mohamed
87′ Mbark Boussoufa
Gols| Goals | Goles Gols| Goals | Goles
1-0 Romarinho, aos 38’/1º
Al-Jazira Sports & Culture Club Auckland City Football Club
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Ali Khasif ©
05 Musallem Fayez
04 Mohammed Ali Ayed (S. Khalfan 90’+1)
44 Fares Juma Al Saadi
12 Salem Rashid Obaid
14 Eissa Saqer Al Otaiba (Al Hosani, 80′)
40 Mohamad Omar Al Attas
15 Khalfan Mubarak Al Shamsi (Rabee, 58′)
10 Mbark Boussoufa
31 Romarinho
07 Ali Ahmed Mabkhout
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
At
At
At
01 Eñaut Zubikarai
09 Darren White
16 Kim Dae-wook
05 Ángel Berlanga ©
03 Takuya Iwata (Lea’alafa, 84′)
08 Albert Riera
11 Fabrizio Tavano
07 Cameron Howieson
20 Emiliano Tade
10 Ryan De Vries
26 Callum McCowatt (Morgan, 60′)
Head Coach: Henk ten Cate Head Coach: Ramon Tribulietx
Gk
Gk
DF
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
36 Khaled Al-Senaani
56 Abdurahman Al-Ameri
03 Salem Al Eidi
06 Saif Khalfan, aos 46’/2º
51 Khalifa Al Hammadi
80 Salem Ali Ibrahim
09 Sardor Rashidov
21 Yaqoub Al Hosani, aos 35’/2º
27 Salem Abdulla Omar
35 Abdullah Ramadan
45 Ahmed Rabee, aos 13’/2º
70 Ahmed Al Attas
Gk
Gk
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
Mc
At
24 Conor Tracey
30 Cameron Brown
02 Liam Graham
13 Alfie Rogers
21 Harry Edge
23 Marko Đorđević
04 Mario Bilen
06 Hudson-Wihongi
15 Dan Morgan, aos 15’/2º
17 Reid Drake
19 Micah Lea’alafa, aos 39’/2º
12 Kris Bright
Tempo Regulamentar Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altern Final
1 x 0 0 x 0 1 x 0
• 14ª edição do Mundial de Clubes da FIFA. pela terceira vez realizado nos Emirados Árabes;
• Melhor Jogador do Jogo (Man of the Match): Ali Khasif, goleiro do Al Jazira;
• Al Jazira: Camisa Branca, calão Branco e Meias Brancas;
• Auckland City: Camisa Azul Calçao Azul e Meias Azuis;
• Neste mundial foi utilizado o recurso do Assistente de Vídeo;

.:: Galeria de Imagens ::.
Em pé: Ali Mabkhout, Eissa Al Otaiba, Mohammed Ayed, Ali Khaseif e Fares Al Saadi; Agachados: Romarinho, Mohamad Al Attas, Salem Rashid, AKhalfan Al Shamsi, Mbark Boussoufa e Musallem Fayez;
Crédito: www.gettyimages.com/Francois-Nel-/FIFA
Auckland City Football Club, fundado em 2004, em Auckland, Nova Zelândia;
Crédito: www.gettyimages.com/FIFA
O palco do jogo: Hazza bin Zayed Stadium, em Al Ain, capacidade para 22.717 expectadores;
Crédito: www.middleeastgreenbuildings.com
Crédito: https://www.youtube.com/FIFA-TV

.:: Seleção Brasileira – Brazilian National Team ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol aqui.
All the matches of the Brazilian National Team hear;
www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com


Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que deu seu Filho unigênito, para que todo aquele que Nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. (João 3.16)


For God so loved the world, that he gave his only begotten Son, that whosoever believeth in him should not perish, but have everlasting life. (John, 3:16)

Grêmio Campeão da Copa Libertadores da América de 2017

Jogadores do Grêmio comemoram a conquista do tricampeonato da Libertadores;
Crédito: www.gettyimages.com/Marcelo-Endelli
Ficha Tecnica
Lanús 1 x 2 Grêmio
Final da Copa Libertadores da América 2017
Ficha Técnica









Competição (Tournament): Copa Libertadores da América 2017 – Final – 2º Jogo
Data (Date): Quarta-Feira, 29 de Novembro de 2017, 21:45 h (de Brasília) 20:45 Local
Estádio (Stadium): Néstor Díaz Pérez “La Fortaleza“, Lanús (Argentina)
Público (Attendance): 45.000 pagantes – Renda: Sem Registro
Árbitro (Referee): Enrique Cáceres Villlafane (Paraguai / Paraguay)
Assistente 1 (Assistant Referee 1): Eduardo Cardozo (Paraguai / Paraguay)
Assistente 2 (Assistant Referee 2): Juan Zorrilla (Paraguai / Paraguay)
Quarto Árbitro (Fourth Official): Éber Aquino (Paraguai / Paraguay)
Assistente de Vídeo 1 (Video Assistant 1): Mario Díaz de Vivar (Paraguai / Paraguay)
Assistente de Vídeo 2 (Video Assistant 2): Milcíades Saldívar (Paraguai / Paraguay)
Advertências | Cautions | Sent Off Advertências | Cautions | Sent Off
5′ Rolando García 25′ Edilson
20′ Maximiliano Velázquez 70′ Bruno Cortez
70′ Alejandro Silva 70′ Jailson
82′ Ramiro
90′ Marcelo Grohe
Gols| Goals | Goles Gols| Goals | Goles
1-2 Sand, aos 26’/2º (Pênalti) 1-0 Fernandinho, aos 27’/1º
2-0 Luan, aos 4’/1º
Club Atletico Lanús Grêmio Foot-Ball Porto-Alegrense
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
At
At
At
28 Esteban Andrada
04 José Luis Gómez
23 Rolando García Guerreño
02 Marcelo Herera (Moreno, 65′)
03 Maximiliano Velázquez (Denis, 87′)
10 Román Martínez
30 Iván Marcone
21 Nicolás Pasquini
16 Alejandro Silva (Rojas, 77′)
09 José Sand
07 Lautaro Acosta
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
Mc
At
01 Marcelo Grohe
02 Edílson
03 Pedro Geromel
22 Bressan (Thyere, 81′)
12 Bruno Cortez
25 Jailson
29 Arthur (Michel, 51′)
17 Ramiro [Expulso, 82′]
21 Fernandinho
07 Luan
18 Lucas Barrios (Cícero, 75′)
Coach: Jorge Almirón Coach: Renato Gaúcho
Go
Df
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Fernando Monetti
22 Santiago Zurbriggen
14 Matías Rojas, aos 32’/2º
19 Nicolás Aguirre
24 Leandro Maciel
17 Germán Denis, aos 42’/2º
25 Marcelino Moreno, aos 20’/2º
Go
Df
Df
Mc
Mc
At
At
24 Paulo Victor
15 Rafael Thyere, aos 36’/2º
16 Léo Moura
05 Michel, aos 6’/2º
27 Cícero, aos 30’/2º
09 Jael
11 Éverton
Tempo Regulamentar Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altern Final
0 x 2 1 x 0 1 x 2
• Com esse resultado o Grêmio sagrou-se campeão da LIbertadores pela 3ª vez;
• Com essa conquista o Grêmio garantiu vaga no Mundial de Clubes da Fifa em Dezembro;
• Renato Gaúcho tornou-se bicampeão. Campeão em 1983 como jogador e agora como técnico;
• Esta foi a primeira vez que o Árbitro de Vídeo foi utilidado numa final de Libertadores;
• Lanús: Camiza Grená, Calção Grená e Meias Grenás (Macron);
• Grêmio: Camisa Tricolor, Calção Branco e Meias Brancas (Umbro);
• Jogo Anterior: 22/11 – Grêmio 1 x 0 Lanús, Arena do Grêmio, Porto Alegre (Ficha do Jogo)

.:: Galeria de Imagens ::.
Jogadores do Grêmio comemoram a conquista do tricampeonato da Libertadores;
Crédito: www.gettyimages.com/Marcelo-Endelli
Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense. Fundado em 15 de Setembro de 1903, em Porto Alegre/RS;
Crédito: www.gettyimages.com/Demian-Alday
Club Atlético Lanús, fundado em 3 de janeiro de 1915, em Lanús, Argentina;
Crédito: www.gettyimages.com/Demian-Alday
Jogadores do Grêmio exibem suas conquistas individuais na Libertadores;
Crédito: www.gettyimages.com/Marcelo-Endeli

Crônica do Jogo

No dialeto gaúcho, o prefixo tri é utilizado para enfatizar ou aumentar algo, e, nesta quarta-feira, o Grêmio ficou tri em toda América. Trilegal, trivencedor, tricampeão da Libertadores.

O clube gaúcho voltou a conquistar o torneio continental depois de 22 anos de espera. O título veio após a vitória por 2 a 1 contra o Lanús, no estádio La Fortaleza, na Argentina. Os gols da partida foram marcados por Fernandinho e Luan, para o Grêmio, e por Sand, para o Lanús. No agregado de resultados, o placar foi 3 a 1 para os brasileiros.

O Tricolor quebrou a zica de nunca ter derrotado um clube argentino na final da Libertadores. Além disso, diminuiu a vantagem hermana de nove vitórias contra cinco dos brasileiros em confrontos diretos nas decisões do torneio continental. A conquista ganhou ares ainda mais especiais e mitológicos com o time campeão sendo comandado pelo ídolo gremista Renato Portaluppi.

O técnico Jorge Almirón, do Lanús, teve a ausência do zagueiro Diego Braghieri, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Para a posição, o treinador grená escalou o zagueiro Marcelo Herrera. O Grêmio também teve um desfalque defensivo. O zagueiro argentino Walter Kannemann não pode atuar por estar suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Com isso, Bressan substituiu o companheiro de time.

Primeiro tempo:

Sob um show de fogos de artifício, as duas equipes entraram em campo no La Fortaleza. O Grêmio vestindo a camisa tricolor, calção branco e meiões brancos. O Lanús usou o clássico uniforme grená com calções e meiões pretos. Antes de iniciar o jogo, o árbitro fez um minuto de silêncio pelo um ano da tragédia com o voo da Chapecoense, que foi completado nesta quarta-feira.

O confronto começou com o Lanús cometendo muitas faltas duras. Logo aos cinco minutos, o zagueiro García Guerreño, do Lanús, recebeu um cartão amarelo por uma entrada forte no meia gremista Ramiro.

O primeiro chute a gol foi do Grêmio. Após boa troca de passes pela esquerda de ataque, aos nove minutos, Lucas Barrios tocou para Luan que passou para Fernandinho dentro da área. O extrema esquerda chute cruzado rasteiro, mas o goleiro Andrada defendeu a finalização.

Um minuto depois, o Lanús tentou responder. O atacante Sand encontrou Alejandro Silva no meio, ele passou por dois marcadores e chutou de longe. A bola subiu muito e passou sob a meta defendida por Marcelo Grohe.

Aos 14 minutos, o volante Arthur foi lançado na área e escorou para o centroavante Lucas Barrios. O gremista pegou de primeira, de fora da área, e mandou para fora, sem perigo ao gol defendido por Andrada.

O Grêmio fazia uma marcação alta tentando evitar que o goleiro Andrada jogasse com pés e a equipe do Lanús tivesse uma vantagem numérica em campo.

O Tricolor Gaúcho abriu o placar aos 27 minutos de jogo. O ataque era do Lanús, mas após a zaga afastar os jogadores do Lanús fizeram uma lambança com o rebote e deram um ótimo contra-ataque para o Grêmio. O atacante Fernandinho reparou a redonda e correu todo o campo até a área adversária, onde finalizou na saída do goleiro Andrada. A bola foi parar nos fundos da rede.

Dois minutos depois, o Lanús teve uma falta perto da grande área para cobrar. O lateral-esquerdo Velázquez bateu com perfeição e o goleiro Marcelo Grohe saltou para fazer uma bela defesa e espalmar para escanteio.

Aos 30 minutos, em contra-ataque gremista, Ramiro passou para Edílson, na direita, o lateral arriscou o chute. A bola saiu torta, mas no meio da área Arthur colocou o pé na redonda, que por pouco não entrou no ângulo esquerdo de ataque.

Os jogadores do Lanús demonstravam nervosismo e ansiedade. Com isso, erravam passes considerados simples. O Grêmio aproveitava os erros do adversário para tocar a bola e administrar o resultado.

O time grená teve boa chance aos 39 minutos. Sand tocou de calcanhar para Martínez, que arriscou de primeira, contudo a bola passou longe da meta.

O Grêmio ampliou o marcador aos 41 minutos. Contudo, o gol não foi um simples gol, foi uma pintura que as palavras pouco podem descrever. Após ser lançado pelo volante Jailson, o atacante Luan dominou a redonda com classe e foi passando pelo marcadores com uma tranquilidade inexplicável até ficar cara-a-cara com o goleiro Andrada e dar um toque encobrindo o arqueiro Andrada, balançando mais uma vez as redes.

O Lanús tentou descontar aos 43 minutos. Mais uma vez, Sand encontrou Martínez. O meia fez uma boa tabela com Gómez e concluiu para fora.

A primeira etapa terminou com um domínio gremista e muita festa da torcida do Grêmio no estádio La Fortaleza.

Segundo tempo:

As duas equipes retornaram para a segunda etapa sem modificações. Contudo, o Lanús, precisando reverter o resultado, partiu para o ataque.

Aos cinco minutos, o volante Arthur deixou o jogo com dores no calcanhar. O companheiro Michel entrou no lugar. No banco de reservas, o garoto de 21 anos chorou bastante após a substituição.

Aos 10 minutos, o Lanús chegou com muito perigo. Após boa troca de passes entre os jogadores grená, Sand entrou na área e tocou para Acosta. O atacante tentou o chute que explodiu em Bressan. No rebote, na esquerda da área, novamente, Sand finalizou, mas a bola bateu na rede pelo lado de fora.

Os mandantes tentavam pressionar, mas não faziam com eficiência. Os jogadores grená apostavam muito em cruzamentos para área.

Em cobrança de falta na direita de ataque gremista, o lateral Edílson ergueu a redonda na área para o centroavante Lucas Barrios, que apareceu na esquerda desviando de cabeça. Quase que pintou o terceiro gol gremista.

Quando o Lanús entrou na área tocando a bola, o atacante Sand foi derrubado na área por Jailson. O árbitro assinalou o pênalti. O próprio Sand foi para a cobrança e descontou o placar. O goleiro Marcelo Grohe pulou para um lado e a bola entrou no outro canto. Com o gol, o atacante se isolou na artilharia da Libertadores, com nove tentos.

Aos 30 minutos, após a zaga gremista afastar a bola, Marcone ficou com o rebote e arriscou de fora da área. A redonda passou perto do gol defendido por Marcelo Grohe e assustou a torcida do Grêmio.

Se o primeiro tempo estava tranquilo, a segunda etapa ganhou tons dramáticos. Após o Lanús não fazer o fair play, o meia Ramiro fez uma falta dura e recebeu cartão amarelo. Contudo, o gremista seguiu reclamando e o árbitro expulsou o jogador. O Grêmio ficava com um atleta a menos em campo faltando um pouco mais de cinco minutos para o término da partida.

Aos 44 minutos, o Luan desperdiçou a chance de matar a partida. Em contra-ataque puxado por Fernandinho, o atacante tocou para o camisa 7 que recebeu livre na área e tentou um toque por cima do goleiro Andrada. A redonda passou tirando tinta da trave.

Com um a mais, o Lanús pressionou muito o Tricolor. Mesmo com cinco de acréscimos, não adiantou e o Grêmio se sagrou tricampeão da Copa Libertadores da América. (Fonte: Gazeta Esportiva)


.:: Seleção Brasileira – Brazilian National Team ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol aqui.
All the matches of the Brazilian National Team hear;
www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com


Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que deu seu Filho unigênito, para que todo aquele que Nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. (João 3.16)

Ficha Técnica: Grêmio 1 x 0 Lanús (ARG)

Grêmio vence Lanús e fica mais perto do tricampeonato da Libertadores;
Crédito: www.gettyimages.com/Buda-Mendes
Ficha Tecnica
Grêmio 1 x 0 Lanús
Final da Copa Libertadores da América 2017
Ficha Técnica









Competição (Tournament): Copa Libertadores da América 2017 – Final – 1º Jogo
Data (Date): Quarta-Feira, 22 de Novembro de 2017, 21:45 h (de Brasília)
Estádio (Stadium): Arena do Grêmio FBPA, Porto Alegre, Rio Grande do Sul
Público (Attendance): 56.256 pagantes (Total: 55.188) – Renda: R$ 6.526.427,00
Árbitro (Referee): Julio Alberto González Bascuñán (Chile)
Assistente 1 (Assistant Referee 1): Carlos Astroza (Chile)
Assistente 2 (Assistant Referee 2): Christian Schiemann (Chile)
Quarto Árbitro (Fourth Official): Diego Haro (Peru)
Assistente de Vídeo 1 (Video Assistant 1): Roddy Zambrano (Equador / Ecuador)
Assistente de Vídeo 2 (Video Assistant 2): Christian Lescano (Equador / Ecuador)
Advertências | Cautions | Sent Off Advertências | Cautions | Sent Off
40′ Walter Kannemann 23′ Lautaro Acosta
43′ Jailson 40′ Rolando García
73′ Cícero 75′ Maximiliano Velázquez
93′ Diego Braghieri
Gols| Goals | Goles Gols| Goals | Goles
1-0 Cícero, aos 36’/2º
Grêmio Foot-Ball Porto-Alegrense Club Atletico Lanús
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
Mc
At
01 Marcelo Grohe
02 Edílson
03 Pedro Geromel
04 Walter Kannemann
12 Bruno Cortez
25 Jailson
29 Arthur
17 Ramiro
21 Fernandinho (Éverton, 56′)
07 Luan
18 Lucas Barrios (Jael, 73′)
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
At
At
At
28 Esteban Andrada
04 José Luis Gómez
23 Rolando García Guerreño
06 Diego Braghieri
03 Maximiliano Velázquez (Aguirre, 78′)
10 Román Martínez
30 Iván Marcone
21 Nicolás Pasquini
16 Alejandro Silva
09 José Sand
07 Lautaro Acosta
Coach: Renato Gaúcho Coach: Jorge Almirón
Go
Df
Df
Mc
Mc
At
At
24 Paulo Victor
16 Léo Moura
22 Bressan
05 Michel
27 Cícero, aos 26’/2º
09 Jael, aos 28’/2º
11 Éverton, aos 11’/2º
Go
Df
Df
Mc
Mc
At
At
01 Fernando Monetti
02 Marcelo Herrera
22 Santiago Zurbriggen
19 Nicolás Aguirre, aos 33’/2º
24 Leandro Maciel
17 Germán Denis
25 Marcelino Moreno
Tempo Regulamentar Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altern Final
0 x 0 1 x 0 1 x 0
• Com esse resultado o Grêmio joga por um empate no jogo de volta pra ser campeão;
• Pra ser campeão o Lanús terá que vencer por dois ou mais gols de diferença;
• Esta foi a primeira vez que o Árbitro de Vídeo foi utilidado numa final de Libertadores;
• Lanús: Camiza Branca, Calção Branco e Meias Brancas (Macron);
• Grêmio: Camisa Tricolor, Calção Preto e Meias Pretas (Umbro);

.:: Galeria de Imagens ::.
As duas equipes perfiladas para a execução dos hinos nacionais;
Crédito: www.gettyimages.com/Buda-Mendes
Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense. Fundado em 15 de Setembro de 1903, em Porto Alegre/RS;
Crédito: www.gettyimages.com/Buda-Mendes
Club Atlético Lanús, fundado em 3 de janeiro de 1915, em Lanús, Argentina;
Crédito: www.gettyimages.com/Buda-Mendes

Crônica do Jogo

O sonho do tricampeonato da Copa Libertadores da América está muito perto de se concretizar para o Grêmio. Nesta quarta-feira, na Arena, o Tricolor gaúcho bateu o Lanús pelo placar de 1 a 0, na primeira partida da final continental. O gol da partida foi marcado por Cícero.

A Arena teve a presença de mais de 55 mil torcedores. Com o resultado, o time brasileiro dependerá de um empate no confronto na Argentina para conquistar o título do torneio da Libertadores. Como não existe o gol qualificado na decisão, qualquer derrota pela diferença mínima levará o duelo para as penalidades máximas.

Após conseguir a classificação para a final, o Grêmio optou por utilizar os titulares durante o Campeonato Brasileiro para manter o ritmo de jogo dos atletas. O técnico Renato Gaúcho teve em campo o time completo e escalou Fernandinho e Jailson no meio de campo. O Lanús, que preferiu poupar os jogadores no Campeonato Argentino durante 22 dias, para utilizá-los apenas nas decisões, também teve a equipe principal em campo.

O jogo – Os primeiros minutos foram do Grêmio tocando a bola, procurando espaço na retranca do Lanús. Aos poucos, o time argentino foi se soltando na partida e arriscando algumas jogadas ofensivas. Em menos de cinco minutos, a equipe grená teve dois escanteios e uma falta próxima à área gremista para cobrar. Contudo, os lances não resultaram em perigo ao gol defendido por Marcelo Grohe.

Aos 16 minutos, após um bate-rebate no setor esquerdo ofensivo do Grêmio, a bola sobrou para Luan. O camisa 7 dominou e concluiu colocado, mas o chute subiu muito e saiu para tiro de meta.

Em cobrança de escanteio, aos 20 minutos, Luan cruzou, mas a zaga adversária afastou para a entrada da área. Na sobra, Ramiro tentou pegar de primeira, contudo o chute foi desviado no meio do caminho e saiu pela linha de fundo.

O Lanús utilizava bastante o goleiro como um líbero. Após tentar sair jogando com os pés, Andrada foi surpreendido pela marcação alta gremista e fez passe errado. Porém, Ramiro pegou fraco na bola, que retornou para a posse do arqueiro adversário.

A primeira boa chance de gol da partida foi do Lanús, aos 33 minutos. Após jogada pela direita, Martínez recebeu na ponta direita da entrada da área e concluiu com força, rasteiro. O goleiro Marcelo Grohe fez boa defesa, salvando o time gaúcho.

O Lanús começou a gostar da partida. Em cobrança de escanteio, aos 39 minutos, o zagueiro Braghieri subiu mais alto e cabeceou para o chão. A bola entraria, mas novamente Marcelo Grohe salvou o Grêmio. O goleiro saltou no canto e, com o braço, desviou a trajetória.

Após empurra-empurra dentro da área gremista, os jogadores Walter Kannemann e o Rolando García receberam cartão amarelo. O zagueiro gremista estava pendurado e ficará fora da segunda partida, em Buenos Aires.

Aos 44 minutos, o goleiro Andrada tentou sair jogando com os pés novamente e entregou a bola para o Grêmio. A redonda foi parar nos pés do volante Arthur, que chutou de fora da área, mas para tiro de meta.

No último lance do primeiro tempo, os jogadores gremistas fizeram uma bela troca de passes e Ramiro entrou livre na área, mas caiu. O árbitro entendeu que não houve pênalti e mandou seguir a jogada, o que gerou muita reclamação pelo lado tricolor. Após encerrada a primeira etapa, o técnico Renato Gaúcho foi até a arbitragem e pediu para utilizar o recurso de vídeo.

O Grêmio demorou um pouco para voltar ao gramado no segundo tempo, e o quarto árbitro precisou chamar o time no vestiário. As duas equipes retornaram para a segunda etapa sem alterações.

O time gaúcho recomeçou o duelo pressionando o adversário. Aos cinco minutos, em cobrança de falta pela esquerda de ataque, o lateral direito Edílson mandou uma bomba, mas a bola saiu pela linha de fundo.

A primeira grande oportunidade do Grêmio ocorreu aos 10 minutos do segundo tempo. O lateral-esquerdo Bruno Cortez recebeu na entrada da área, e ninguém apareceu para tabelar. Então, ele arriscou o chute ao gol. O goleiro Andrada quase foi surpreendido, mas conseguiu dar um toque salvador e mandar para escanteio.

O Lanús tentava catimbar o jogo, e os atletas gremistas se irritavam com a postura do time adversário. Em ataque do Grêmio, aos 17 minutos, o zagueiro Pedro Geromel carregou a bola e ergueu na área para o volante Jailson desviar no meio do caminho. Porém, a redonda subiu muito e saiu pela linha de fundo.

O cronômetro marcava 28 minutos, e o técnico Renato Portaluppi já havia feito as três modificações possíveis no jogo, colocando Jael, Cícero e Everton no lugares de Lucas Barrios, Jailson e Fernandinho.

As mexidas do treinador gremista deram certo. Aos 37 minutos, após Edílson levantar a bola na esquerda da área, o centroavante Jael ajeitou de cabeça para Cícero empurrar para o fundo das redes e fazer a Arena explodir. Depois do gol, os torcedores acenderam sinalizadores e o confronto ficou um bom tempo parado.

No último lance da partida, o centroavante Jael sofreu pênalti e o árbitro não assinalou.

O duelo de volta ocorrerá na próxima quarta-feira, dia 29 de novembro, às 21h45 (de Brasília), no Estádio La Fortaleza, em Buenos Aires. O time gremista tem a vantagem de atuar por um empate para conquistar o título. (Fonte: Gazeta Esportiva)


.:: Seleção Brasileira – Brazilian National Team ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol aqui.
All the matches of the Brazilian National Team hear;
www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com