Archive for the ‘Finais e Decisões’ Category

Ficha Técnica: Independiente (ARG) 2 x 1 Flamengo

Felipe Vizeu disputa jogada com Diego Rodríguez na primeira final da Sulamericana;
Crédito: www.gettyimages.com/Buda-Mendes
Ficha Tecnica
Independiente 2×1 Flamengo
Final da Copa Sul-Americana de 2017
Ficha Técnica










Competição (Tournament): Copa Sul-Americana 2017 – Final – 1º Jogo
Data (Date): Quarta-Feira, 6 Dezembro de 2017, 21:45 h (de Brasília) 20:45 Local
Estádio (Stadium): Libertadores de América, Avellaneda (Argentina)
Público (Attendance): 45.000 pagantes – Renda: Sem Registro
Árbitro (Referee): Mario Díaz de Vivar (Paraguai / Paraguay)
Assistente 1 (Assistant Referee 1): Milcíades Saldívar (Paraguai / Paraguay)
Assistente 2 (Assistant Referee 2): Darío Gaona (Paraguai / Paraguay)
Quarto Árbitro (Fourth Official): Éber Aquino (Paraguai / Paraguay)
Assistente de Vídeo 1 (Video Assistant 1): Enrique Cáceres (Paraguai / Paraguay)
Assistente de Vídeo 2 (Video Assistant 2): Roddy Zambrano (Equador / Ecuador)
Assistente de Vídeo 3 (Video Assistant 3): Eduardo Cardozo (Paraguai / Paraguay)
Advertências | Cautions | Sent Off Advertências | Cautions | Sent Off
19′ Nicolás Tagliafico 23′ Diego Ribas
85′ Fernando Amorebieta
90′ Fabricio Bustos
Gols| Goals | Goles Gols| Goals | Goles
1-1 Gigliotti, aos 28’/1º 1-0 Réver, aos 8’/1º (Cabeça)
2-1 Meza, aos 7’/2º
Club Atletico Independiente Clube de Regatas do Flamengo
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
Mc
At
25 Martín Campaña
16 Fabricio Bustos
02 Alan Franco (Amorebieta, 84′)
05 Gastón Silva
03 Nicolás Tagliafico ©
15 Diego Martín Rodríguez
06 Juan Sánchez Miño
07 Martín Benítez (Martínez, 72′)
08 Maximiliano Meza (Domingo, 78′)
27 Ezequiel Barco
09 Emmanuel Gigliotti
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
Mc
At
24 César
21 Pará
15 Réver ©
04 Juan
13 Miguel Trauco
05 Willian Arão
26 Gustavo Cuéllar
07 Éverton Ribeiro
10 Diego Ribas (Vinicius Jr, 72′)
29 Lucas Paquetá (Éverton, 56′)
25 Felipe Vizeu
Coach: Ariel Holan Coach: Reinaldo Rueda
Go
Df
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Damián Albil
14 Fernando Amorebieta, aos 39’/2º
10 Walter Erviti
23 Nery Domínguez
29 Nicolás Domingo, aos 33’/2º
11 Leandro Fernández
24 Juan Manuel Martínez, aos 27’/2º
Go
Df
Df
Mc
Mc
Mc
At
01 Thiago
02 Rodinei
30 Rhodolfo
08 Márcio Araújo
22 Éverton, aos 11’1/2º
27 Rômulo
20 Vinícius Júnior, aos 27’/2º
Tempo Regulamentar Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altern Final
1 x 1 1 x 0 2 x 1
• Com esse resultado o Independiente joga por um empate para ser campeão;
• O Flamengo terá ue vencer por dois ou mais gols de diferença pra ser campeão;
• Esta foi a primeira vez que o Árbitro de Vídeo foi utilidado numa final da Sulamericana;
Independiente: Camiza Vermelha, Calção Azul e Meias Vernelhas (Puma);
• Flamengo: Camisa Branca, Calção Branco e Meias Brancas (Adidas);
• Flamengo e Independiente já decidiram um título sulamericano a Supercopa Libertadores 1995;
• 1º Jogo da Final da Supercopa Libertadores: Independiente vs Flamengo – (Ficha do Jogo)
• 2º Jogo da Final da Supercopa Libertadores: Flamengo vs Independiente – (Ficha do Jogo)

.:: Galeria de Imagens ::.
Clube Atlético Independiente, fundado em 4 de Agosto de 1904, em Avellaneda, Argentina;
Crédito: www.gettyimages.com/Buda-Mendes
Clube de Regatas do Flamengo, fundado em 17 de Novembro de 1895, no Rio de Janeiro/RJ;
Em Pé: Juan, Willian Arão, Felipe Vizeu, Réver (capitão) e César;
Agachados: Cuellar, Lucas Paquetá, Diego, Pará, Éverton Ribeiro e Miguel Trauco;
Crédito: www.gettyimages.com/Buda-Mendes
Estádio Libertadores da América, em Avellaneda, com capacidade para: 52.364 pessoas;
Crédito: www.jsistools.com/estadio-libertadores-de-america

Crônica do Jogo

Flamengo e Independiente disputaram o primeiro jogo da final da Copa Sul-americana na noite desta quarta-feira, em Avellaneda, na Argentina. O confronto terminou com vitória da equipe da casa por 2 a 1, de virada. Réver abriu o placar para o time brasileiro no primeiro tempo, e com Gigliotti, no primeiro tempo, e Meza, no segundo, o Independiente virou o placar.

O título da competição continental será decidido daqui há uma semana, no Rio de Janeiro. Flamengo e Independiente jogarão na próxima quarta-feira, dia 13, às 21h45 (Brasília), no Maracanã.

Como não há vantagem por gol marcado fora de casa, o Independiente será campeão se vencer ou empatar por qualquer placar. O Flamengo precisa vencer por dois gols de diferença. Se no acumulado der empate, haverá prorrogação e pênaltis.

Flamengo e Independiente fizeram um jogo bastante movimentado em Avellaneda. O primeiro tempo foi equiilibrado, com a equipe brasileira começando melhor e abrindo o placar aos 8. Mas os argentinos correram atrás, pressionaram e chegaram ao empate aos 28.

Nos primeiros minutos, o Flamengo buscou com sucesso controlar a posse de bola, enquanto o Independiente tentava pressionar a saída de bola rubro-negra. Com maior volume de jogo, os cariocas avançam pela esquerda com paquetá, e o jovem prata da casa sofre falta na chegada da área, aos 7 minutos. Trauco cobra e levanta no segundo pau. A defesa argentina vacila e Réver sobe sozinho para cabecear cruzado e ver a bola morrer no fundo da rede.

O gol calou a torcida local, que até então não parava de cantar. Os jogadores argentinos sentiram o golpe no primeiro momento, mas não demoraram a recuperar a compostura e partiram em busca do empate.

Forçando o jogo pela direita em cima de Trauco, o Independiente chegou com perigo aos 14. Meza foi para o mano a mano, levou vantagem e sobre peruano e cruzou. Gigliotti furou e na sobra Miño foi travado dentro da área por Pará. Fla começa a passar sufoco.

O rubro-negro respondeu aos 20. Arão recuperou uma bola no meio e iniciou o contra-ataque. Everton Ribeiro sofreu falta na intermediária pela direita, e na cobrança, a bola é alçada na área e Juan aparece livre atrás dos zagueiros. O veterano se estica e tenta desviar para o gol, mas manda para fora.

A partir deste lance, a pressão do Independiente aumentou, e o caminho seguia pela direita do ataque. Aos 23, Miño cruza e a defesa afasta. Dois minutos depois, Trauco comete falta perto da linha da grande área. Gastón Silva arrisca direto no canto esquerdo de César, mas o goleiro estava bem posicionado e fez boa defesa.

O Flamengo tentava recuperar a posse de bola, mas aos 28 Everton Ribeiro errou passe no ataque e deu o contra-ataque aos argentinos, que avançam em velocidade e chegam na área. Gigliotti recebe livre no meio e, defrente para o gol, acerta o canto de César para decretar o empate.

Os cariocas passam a trocar mais passes, e aos 32 Everton Ribeiro faz jogada pela direita e toca na área para a enrtada de Diego. O meia recebe e arma o chute, mas é bloquedo por um zagueiro argentino.

Aos 38, Vizeu recebe de Paquetá na entrada da área com espaço para avançar, ajeita e tenta o chute, mas a bola vai fraca e pela linha de fundo.

O Independiente ameaça no final. Everton Ribeiro faz falta em Tagliafico no bico da grande área. Cobrança é feita com um cruzamento rasteiro, que passa por todo mundo e para em César.

As duas equipes retornam dos vestiários sem alterações, e o jogo segue com o mesmo panorama. O Independiente busca a vitória em casa e parte pra cima logo no início, e pressiona um Flamengo com dificuldades de manter a posse de bola e criar jogadas.

Aos 3, tabela no ataque e Gastón Silva recebe livre para o chute, mas erra o alvo e manda para fora. O mesmo Gastón Silva acerta outro chute um minuto depois, e desta vez César faz a defesa.

O gol da virada saiu aos 7 minutos. Barco faz grande jogada pela esquerda, se livra de marcação dupla e cruza para a entrada da área. Meza, sozinho, acerta belo voleio sem deixar a bola tocar no chão e manda no canto de César.

Com a vantagem no placar, os argentinos diminuíram o ritmo e passaram a focar nos contra-ataques. Do outro lado, Reinaldo Rueda acionou Everton, que vinha de contusão e estava no banco, e sacou Paquetá.

Com os argentinos recuando, O Flamengo subiu de produção e passou a controlar mais a bola e a chegar mais ao ataque. Aos 19, Everton Ribeiro fez boa jogada pela direita e tocou para Vizeu livre na área. O atacante demorou um pouco para concluir e seu chute foi interceptado por um zagueiro, que mandou para escanteio.

Na sequência, Everton Ribeiro dá belo passe por cobertura para a entrada de Everton, na esquerda da área. O rubro-negro tenta a conclusão, mas o marcador argentino se estica todo e impede o chute.

Aos 27, Rueda faz a segunda alteração e coloca Vinícius Júnior em campo e tira Diego, que já dava sinais de desgaste. Com isso, Everton Ribeiro passa a atuar pelo meio.

A jóia do Fla bota velocidade no jogo, e aos 30 recebe na área e chuta cruzado, mas Campaña defende.

O Independiente dá sinais de cansaço e o Flamengo parte para cima, mas segue parando na defesa argentina. Aos 40, Everton parte na velocidade e é derrubado por trás quando ia entrar na área. Depois de muita catimba argentina, Trauco cobra por cobertura, mas a bola sai fraca e Campaña defende com tranquilidade.

O Fla seguiu buscando o empate. Aos 48, escanteio pela direita e Juan tentou o cabeceio, mas a bola saiu fraca e o goleiro argentino fez a defesa. (Fonte: Gazeta Esportiva)


.:: Seleção Brasileira – Brazilian National Team ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol aqui.
All the matches of the Brazilian National Team hear;
www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com


Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que deu seu Filho unigênito, para que todo aquele que Nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. (João 3.16)
Anúncios

Grêmio Campeão da Copa Libertadores da América de 2017

Jogadores do Grêmio comemoram a conquista do tricampeonato da Libertadores;
Crédito: www.gettyimages.com/Marcelo-Endelli
Ficha Tecnica
Lanús 1 x 2 Grêmio
Final da Copa Libertadores da América 2017
Ficha Técnica









Competição (Tournament): Copa Libertadores da América 2017 – Final – 2º Jogo
Data (Date): Quarta-Feira, 29 de Novembro de 2017, 21:45 h (de Brasília) 20:45 Local
Estádio (Stadium): Néstor Díaz Pérez “La Fortaleza“, Lanús (Argentina)
Público (Attendance): 45.000 pagantes – Renda: Sem Registro
Árbitro (Referee): Enrique Cáceres Villlafane (Paraguai / Paraguay)
Assistente 1 (Assistant Referee 1): Eduardo Cardozo (Paraguai / Paraguay)
Assistente 2 (Assistant Referee 2): Juan Zorrilla (Paraguai / Paraguay)
Quarto Árbitro (Fourth Official): Éber Aquino (Paraguai / Paraguay)
Assistente de Vídeo 1 (Video Assistant 1): Mario Díaz de Vivar (Paraguai / Paraguay)
Assistente de Vídeo 2 (Video Assistant 2): Milcíades Saldívar (Paraguai / Paraguay)
Advertências | Cautions | Sent Off Advertências | Cautions | Sent Off
5′ Rolando García 25′ Edilson
20′ Maximiliano Velázquez 70′ Bruno Cortez
70′ Alejandro Silva 70′ Jailson
82′ Ramiro
90′ Marcelo Grohe
Gols| Goals | Goles Gols| Goals | Goles
1-2 Sand, aos 26’/2º (Pênalti) 1-0 Fernandinho, aos 27’/1º
2-0 Luan, aos 4’/1º
Club Atletico Lanús Grêmio Foot-Ball Porto-Alegrense
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
At
At
At
28 Esteban Andrada
04 José Luis Gómez
23 Rolando García Guerreño
02 Marcelo Herera (Moreno, 65′)
03 Maximiliano Velázquez (Denis, 87′)
10 Román Martínez
30 Iván Marcone
21 Nicolás Pasquini
16 Alejandro Silva (Rojas, 77′)
09 José Sand
07 Lautaro Acosta
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
Mc
At
01 Marcelo Grohe
02 Edílson
03 Pedro Geromel
22 Bressan (Thyere, 81′)
12 Bruno Cortez
25 Jailson
29 Arthur (Michel, 51′)
17 Ramiro [Expulso, 82′]
21 Fernandinho
07 Luan
18 Lucas Barrios (Cícero, 75′)
Coach: Jorge Almirón Coach: Renato Gaúcho
Go
Df
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Fernando Monetti
22 Santiago Zurbriggen
14 Matías Rojas, aos 32’/2º
19 Nicolás Aguirre
24 Leandro Maciel
17 Germán Denis, aos 42’/2º
25 Marcelino Moreno, aos 20’/2º
Go
Df
Df
Mc
Mc
At
At
24 Paulo Victor
15 Rafael Thyere, aos 36’/2º
16 Léo Moura
05 Michel, aos 6’/2º
27 Cícero, aos 30’/2º
09 Jael
11 Éverton
Tempo Regulamentar Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altern Final
0 x 2 1 x 0 1 x 2
• Com esse resultado o Grêmio sagrou-se campeão da LIbertadores pela 3ª vez;
• Com essa conquista o Grêmio garantiu vaga no Mundial de Clubes da Fifa em Dezembro;
• Renato Gaúcho tornou-se bicampeão. Campeão em 1983 como jogador e agora como técnico;
• Esta foi a primeira vez que o Árbitro de Vídeo foi utilidado numa final de Libertadores;
• Lanús: Camiza Grená, Calção Grená e Meias Grenás (Macron);
• Grêmio: Camisa Tricolor, Calção Branco e Meias Brancas (Umbro);
• Jogo Anterior: 22/11 – Grêmio 1 x 0 Lanús, Arena do Grêmio, Porto Alegre (Ficha do Jogo)

.:: Galeria de Imagens ::.
Jogadores do Grêmio comemoram a conquista do tricampeonato da Libertadores;
Crédito: www.gettyimages.com/Marcelo-Endelli
Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense. Fundado em 15 de Setembro de 1903, em Porto Alegre/RS;
Crédito: www.gettyimages.com/Demian-Alday
Club Atlético Lanús, fundado em 3 de janeiro de 1915, em Lanús, Argentina;
Crédito: www.gettyimages.com/Demian-Alday
Jogadores do Grêmio exibem suas conquistas individuais na Libertadores;
Crédito: www.gettyimages.com/Marcelo-Endeli

Crônica do Jogo

No dialeto gaúcho, o prefixo tri é utilizado para enfatizar ou aumentar algo, e, nesta quarta-feira, o Grêmio ficou tri em toda América. Trilegal, trivencedor, tricampeão da Libertadores.

O clube gaúcho voltou a conquistar o torneio continental depois de 22 anos de espera. O título veio após a vitória por 2 a 1 contra o Lanús, no estádio La Fortaleza, na Argentina. Os gols da partida foram marcados por Fernandinho e Luan, para o Grêmio, e por Sand, para o Lanús. No agregado de resultados, o placar foi 3 a 1 para os brasileiros.

O Tricolor quebrou a zica de nunca ter derrotado um clube argentino na final da Libertadores. Além disso, diminuiu a vantagem hermana de nove vitórias contra cinco dos brasileiros em confrontos diretos nas decisões do torneio continental. A conquista ganhou ares ainda mais especiais e mitológicos com o time campeão sendo comandado pelo ídolo gremista Renato Portaluppi.

O técnico Jorge Almirón, do Lanús, teve a ausência do zagueiro Diego Braghieri, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Para a posição, o treinador grená escalou o zagueiro Marcelo Herrera. O Grêmio também teve um desfalque defensivo. O zagueiro argentino Walter Kannemann não pode atuar por estar suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Com isso, Bressan substituiu o companheiro de time.

Primeiro tempo:

Sob um show de fogos de artifício, as duas equipes entraram em campo no La Fortaleza. O Grêmio vestindo a camisa tricolor, calção branco e meiões brancos. O Lanús usou o clássico uniforme grená com calções e meiões pretos. Antes de iniciar o jogo, o árbitro fez um minuto de silêncio pelo um ano da tragédia com o voo da Chapecoense, que foi completado nesta quarta-feira.

O confronto começou com o Lanús cometendo muitas faltas duras. Logo aos cinco minutos, o zagueiro García Guerreño, do Lanús, recebeu um cartão amarelo por uma entrada forte no meia gremista Ramiro.

O primeiro chute a gol foi do Grêmio. Após boa troca de passes pela esquerda de ataque, aos nove minutos, Lucas Barrios tocou para Luan que passou para Fernandinho dentro da área. O extrema esquerda chute cruzado rasteiro, mas o goleiro Andrada defendeu a finalização.

Um minuto depois, o Lanús tentou responder. O atacante Sand encontrou Alejandro Silva no meio, ele passou por dois marcadores e chutou de longe. A bola subiu muito e passou sob a meta defendida por Marcelo Grohe.

Aos 14 minutos, o volante Arthur foi lançado na área e escorou para o centroavante Lucas Barrios. O gremista pegou de primeira, de fora da área, e mandou para fora, sem perigo ao gol defendido por Andrada.

O Grêmio fazia uma marcação alta tentando evitar que o goleiro Andrada jogasse com pés e a equipe do Lanús tivesse uma vantagem numérica em campo.

O Tricolor Gaúcho abriu o placar aos 27 minutos de jogo. O ataque era do Lanús, mas após a zaga afastar os jogadores do Lanús fizeram uma lambança com o rebote e deram um ótimo contra-ataque para o Grêmio. O atacante Fernandinho reparou a redonda e correu todo o campo até a área adversária, onde finalizou na saída do goleiro Andrada. A bola foi parar nos fundos da rede.

Dois minutos depois, o Lanús teve uma falta perto da grande área para cobrar. O lateral-esquerdo Velázquez bateu com perfeição e o goleiro Marcelo Grohe saltou para fazer uma bela defesa e espalmar para escanteio.

Aos 30 minutos, em contra-ataque gremista, Ramiro passou para Edílson, na direita, o lateral arriscou o chute. A bola saiu torta, mas no meio da área Arthur colocou o pé na redonda, que por pouco não entrou no ângulo esquerdo de ataque.

Os jogadores do Lanús demonstravam nervosismo e ansiedade. Com isso, erravam passes considerados simples. O Grêmio aproveitava os erros do adversário para tocar a bola e administrar o resultado.

O time grená teve boa chance aos 39 minutos. Sand tocou de calcanhar para Martínez, que arriscou de primeira, contudo a bola passou longe da meta.

O Grêmio ampliou o marcador aos 41 minutos. Contudo, o gol não foi um simples gol, foi uma pintura que as palavras pouco podem descrever. Após ser lançado pelo volante Jailson, o atacante Luan dominou a redonda com classe e foi passando pelo marcadores com uma tranquilidade inexplicável até ficar cara-a-cara com o goleiro Andrada e dar um toque encobrindo o arqueiro Andrada, balançando mais uma vez as redes.

O Lanús tentou descontar aos 43 minutos. Mais uma vez, Sand encontrou Martínez. O meia fez uma boa tabela com Gómez e concluiu para fora.

A primeira etapa terminou com um domínio gremista e muita festa da torcida do Grêmio no estádio La Fortaleza.

Segundo tempo:

As duas equipes retornaram para a segunda etapa sem modificações. Contudo, o Lanús, precisando reverter o resultado, partiu para o ataque.

Aos cinco minutos, o volante Arthur deixou o jogo com dores no calcanhar. O companheiro Michel entrou no lugar. No banco de reservas, o garoto de 21 anos chorou bastante após a substituição.

Aos 10 minutos, o Lanús chegou com muito perigo. Após boa troca de passes entre os jogadores grená, Sand entrou na área e tocou para Acosta. O atacante tentou o chute que explodiu em Bressan. No rebote, na esquerda da área, novamente, Sand finalizou, mas a bola bateu na rede pelo lado de fora.

Os mandantes tentavam pressionar, mas não faziam com eficiência. Os jogadores grená apostavam muito em cruzamentos para área.

Em cobrança de falta na direita de ataque gremista, o lateral Edílson ergueu a redonda na área para o centroavante Lucas Barrios, que apareceu na esquerda desviando de cabeça. Quase que pintou o terceiro gol gremista.

Quando o Lanús entrou na área tocando a bola, o atacante Sand foi derrubado na área por Jailson. O árbitro assinalou o pênalti. O próprio Sand foi para a cobrança e descontou o placar. O goleiro Marcelo Grohe pulou para um lado e a bola entrou no outro canto. Com o gol, o atacante se isolou na artilharia da Libertadores, com nove tentos.

Aos 30 minutos, após a zaga gremista afastar a bola, Marcone ficou com o rebote e arriscou de fora da área. A redonda passou perto do gol defendido por Marcelo Grohe e assustou a torcida do Grêmio.

Se o primeiro tempo estava tranquilo, a segunda etapa ganhou tons dramáticos. Após o Lanús não fazer o fair play, o meia Ramiro fez uma falta dura e recebeu cartão amarelo. Contudo, o gremista seguiu reclamando e o árbitro expulsou o jogador. O Grêmio ficava com um atleta a menos em campo faltando um pouco mais de cinco minutos para o término da partida.

Aos 44 minutos, o Luan desperdiçou a chance de matar a partida. Em contra-ataque puxado por Fernandinho, o atacante tocou para o camisa 7 que recebeu livre na área e tentou um toque por cima do goleiro Andrada. A redonda passou tirando tinta da trave.

Com um a mais, o Lanús pressionou muito o Tricolor. Mesmo com cinco de acréscimos, não adiantou e o Grêmio se sagrou tricampeão da Copa Libertadores da América. (Fonte: Gazeta Esportiva)


.:: Seleção Brasileira – Brazilian National Team ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol aqui.
All the matches of the Brazilian National Team hear;
www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com


Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que deu seu Filho unigênito, para que todo aquele que Nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. (João 3.16)

Ficha Técnica: Grêmio 1 x 0 Lanús (ARG)

Grêmio vence Lanús e fica mais perto do tricampeonato da Libertadores;
Crédito: www.gettyimages.com/Buda-Mendes
Ficha Tecnica
Grêmio 1 x 0 Lanús
Final da Copa Libertadores da América 2017
Ficha Técnica









Competição (Tournament): Copa Libertadores da América 2017 – Final – 1º Jogo
Data (Date): Quarta-Feira, 22 de Novembro de 2017, 21:45 h (de Brasília)
Estádio (Stadium): Arena do Grêmio FBPA, Porto Alegre, Rio Grande do Sul
Público (Attendance): 56.256 pagantes (Total: 55.188) – Renda: R$ 6.526.427,00
Árbitro (Referee): Julio Alberto González Bascuñán (Chile)
Assistente 1 (Assistant Referee 1): Carlos Astroza (Chile)
Assistente 2 (Assistant Referee 2): Christian Schiemann (Chile)
Quarto Árbitro (Fourth Official): Diego Haro (Peru)
Assistente de Vídeo 1 (Video Assistant 1): Roddy Zambrano (Equador / Ecuador)
Assistente de Vídeo 2 (Video Assistant 2): Christian Lescano (Equador / Ecuador)
Advertências | Cautions | Sent Off Advertências | Cautions | Sent Off
40′ Walter Kannemann 23′ Lautaro Acosta
43′ Jailson 40′ Rolando García
73′ Cícero 75′ Maximiliano Velázquez
93′ Diego Braghieri
Gols| Goals | Goles Gols| Goals | Goles
1-0 Cícero, aos 36’/2º
Grêmio Foot-Ball Porto-Alegrense Club Atletico Lanús
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
Mc
At
01 Marcelo Grohe
02 Edílson
03 Pedro Geromel
04 Walter Kannemann
12 Bruno Cortez
25 Jailson
29 Arthur
17 Ramiro
21 Fernandinho (Éverton, 56′)
07 Luan
18 Lucas Barrios (Jael, 73′)
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
At
At
At
28 Esteban Andrada
04 José Luis Gómez
23 Rolando García Guerreño
06 Diego Braghieri
03 Maximiliano Velázquez (Aguirre, 78′)
10 Román Martínez
30 Iván Marcone
21 Nicolás Pasquini
16 Alejandro Silva
09 José Sand
07 Lautaro Acosta
Coach: Renato Gaúcho Coach: Jorge Almirón
Go
Df
Df
Mc
Mc
At
At
24 Paulo Victor
16 Léo Moura
22 Bressan
05 Michel
27 Cícero, aos 26’/2º
09 Jael, aos 28’/2º
11 Éverton, aos 11’/2º
Go
Df
Df
Mc
Mc
At
At
01 Fernando Monetti
02 Marcelo Herrera
22 Santiago Zurbriggen
19 Nicolás Aguirre, aos 33’/2º
24 Leandro Maciel
17 Germán Denis
25 Marcelino Moreno
Tempo Regulamentar Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altern Final
0 x 0 1 x 0 1 x 0
• Com esse resultado o Grêmio joga por um empate no jogo de volta pra ser campeão;
• Pra ser campeão o Lanús terá que vencer por dois ou mais gols de diferença;
• Esta foi a primeira vez que o Árbitro de Vídeo foi utilidado numa final de Libertadores;
• Lanús: Camiza Branca, Calção Branco e Meias Brancas (Macron);
• Grêmio: Camisa Tricolor, Calção Preto e Meias Pretas (Umbro);

.:: Galeria de Imagens ::.
As duas equipes perfiladas para a execução dos hinos nacionais;
Crédito: www.gettyimages.com/Buda-Mendes
Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense. Fundado em 15 de Setembro de 1903, em Porto Alegre/RS;
Crédito: www.gettyimages.com/Buda-Mendes
Club Atlético Lanús, fundado em 3 de janeiro de 1915, em Lanús, Argentina;
Crédito: www.gettyimages.com/Buda-Mendes

Crônica do Jogo

O sonho do tricampeonato da Copa Libertadores da América está muito perto de se concretizar para o Grêmio. Nesta quarta-feira, na Arena, o Tricolor gaúcho bateu o Lanús pelo placar de 1 a 0, na primeira partida da final continental. O gol da partida foi marcado por Cícero.

A Arena teve a presença de mais de 55 mil torcedores. Com o resultado, o time brasileiro dependerá de um empate no confronto na Argentina para conquistar o título do torneio da Libertadores. Como não existe o gol qualificado na decisão, qualquer derrota pela diferença mínima levará o duelo para as penalidades máximas.

Após conseguir a classificação para a final, o Grêmio optou por utilizar os titulares durante o Campeonato Brasileiro para manter o ritmo de jogo dos atletas. O técnico Renato Gaúcho teve em campo o time completo e escalou Fernandinho e Jailson no meio de campo. O Lanús, que preferiu poupar os jogadores no Campeonato Argentino durante 22 dias, para utilizá-los apenas nas decisões, também teve a equipe principal em campo.

O jogo – Os primeiros minutos foram do Grêmio tocando a bola, procurando espaço na retranca do Lanús. Aos poucos, o time argentino foi se soltando na partida e arriscando algumas jogadas ofensivas. Em menos de cinco minutos, a equipe grená teve dois escanteios e uma falta próxima à área gremista para cobrar. Contudo, os lances não resultaram em perigo ao gol defendido por Marcelo Grohe.

Aos 16 minutos, após um bate-rebate no setor esquerdo ofensivo do Grêmio, a bola sobrou para Luan. O camisa 7 dominou e concluiu colocado, mas o chute subiu muito e saiu para tiro de meta.

Em cobrança de escanteio, aos 20 minutos, Luan cruzou, mas a zaga adversária afastou para a entrada da área. Na sobra, Ramiro tentou pegar de primeira, contudo o chute foi desviado no meio do caminho e saiu pela linha de fundo.

O Lanús utilizava bastante o goleiro como um líbero. Após tentar sair jogando com os pés, Andrada foi surpreendido pela marcação alta gremista e fez passe errado. Porém, Ramiro pegou fraco na bola, que retornou para a posse do arqueiro adversário.

A primeira boa chance de gol da partida foi do Lanús, aos 33 minutos. Após jogada pela direita, Martínez recebeu na ponta direita da entrada da área e concluiu com força, rasteiro. O goleiro Marcelo Grohe fez boa defesa, salvando o time gaúcho.

O Lanús começou a gostar da partida. Em cobrança de escanteio, aos 39 minutos, o zagueiro Braghieri subiu mais alto e cabeceou para o chão. A bola entraria, mas novamente Marcelo Grohe salvou o Grêmio. O goleiro saltou no canto e, com o braço, desviou a trajetória.

Após empurra-empurra dentro da área gremista, os jogadores Walter Kannemann e o Rolando García receberam cartão amarelo. O zagueiro gremista estava pendurado e ficará fora da segunda partida, em Buenos Aires.

Aos 44 minutos, o goleiro Andrada tentou sair jogando com os pés novamente e entregou a bola para o Grêmio. A redonda foi parar nos pés do volante Arthur, que chutou de fora da área, mas para tiro de meta.

No último lance do primeiro tempo, os jogadores gremistas fizeram uma bela troca de passes e Ramiro entrou livre na área, mas caiu. O árbitro entendeu que não houve pênalti e mandou seguir a jogada, o que gerou muita reclamação pelo lado tricolor. Após encerrada a primeira etapa, o técnico Renato Gaúcho foi até a arbitragem e pediu para utilizar o recurso de vídeo.

O Grêmio demorou um pouco para voltar ao gramado no segundo tempo, e o quarto árbitro precisou chamar o time no vestiário. As duas equipes retornaram para a segunda etapa sem alterações.

O time gaúcho recomeçou o duelo pressionando o adversário. Aos cinco minutos, em cobrança de falta pela esquerda de ataque, o lateral direito Edílson mandou uma bomba, mas a bola saiu pela linha de fundo.

A primeira grande oportunidade do Grêmio ocorreu aos 10 minutos do segundo tempo. O lateral-esquerdo Bruno Cortez recebeu na entrada da área, e ninguém apareceu para tabelar. Então, ele arriscou o chute ao gol. O goleiro Andrada quase foi surpreendido, mas conseguiu dar um toque salvador e mandar para escanteio.

O Lanús tentava catimbar o jogo, e os atletas gremistas se irritavam com a postura do time adversário. Em ataque do Grêmio, aos 17 minutos, o zagueiro Pedro Geromel carregou a bola e ergueu na área para o volante Jailson desviar no meio do caminho. Porém, a redonda subiu muito e saiu pela linha de fundo.

O cronômetro marcava 28 minutos, e o técnico Renato Portaluppi já havia feito as três modificações possíveis no jogo, colocando Jael, Cícero e Everton no lugares de Lucas Barrios, Jailson e Fernandinho.

As mexidas do treinador gremista deram certo. Aos 37 minutos, após Edílson levantar a bola na esquerda da área, o centroavante Jael ajeitou de cabeça para Cícero empurrar para o fundo das redes e fazer a Arena explodir. Depois do gol, os torcedores acenderam sinalizadores e o confronto ficou um bom tempo parado.

No último lance da partida, o centroavante Jael sofreu pênalti e o árbitro não assinalou.

O duelo de volta ocorrerá na próxima quarta-feira, dia 29 de novembro, às 21h45 (de Brasília), no Estádio La Fortaleza, em Buenos Aires. O time gremista tem a vantagem de atuar por um empate para conquistar o título. (Fonte: Gazeta Esportiva)


.:: Seleção Brasileira – Brazilian National Team ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol aqui.
All the matches of the Brazilian National Team hear;
www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com

Floresta Campeão da Taça Fares Lopes de 2017

Jogadores do Floresta comemoram a conquista da Copa Fares Lopes;
Crédito: www.futebolcearense.com.br/Foto-Pedro Chaves
Ficha Tecnica
Floresta 1 x 1 Fortaleza
Final da Taça Fares Lopes de 2017
Ficha Técnica
• Competição (Tournament): Taça Fares Lopes de 2017 – Final – 2º Jogo
• Data (Date): Sábado, 4 de Novembro de 2017, 16:00 hs (Local)
• Estádio (Stadium): PLácido Aderaldo Castelo “Arena Castelão”, Fortaleza/CE
• Público (Attendance): 2.279 pagantes – Renda: R$ 49.024,00
• Árbitro (Referee): Glauco Nunes Feitosa/CE (CBF)
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Armando Lopes de Sousa/CE (CBF)
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Samuel Oliveira Costa/CE (CBF)
• Quarto Árbitro (Fourth Official): Antonio Carlos Custódio/CE (FCF)
Advertências | Cautions | Sent Off Advertências | Cautions | Sent Off
Otacílio Neto, aos 31’/2º Bruno Melo, aos 5’/2º
Felipe, aos 34’/2º Bruno Melo, aos 27’/2º
Renê Alves, aos 39’/2º
Zé Carlos, aos 44’/2º
Gols| Goals | Goles Gols| Goals | Goles
1-1 Édson Cariús, aos 28’/2º (Pênalti) 1-0 Pablo, a 1’min/1º
Floresta Esporte Clube Fortaleza Esporte Clube
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 David
02 Renêzinho
03 Regineldo
04 Cláudio Caça-Rato
06 Zé Carlos
05 Dim
07 Bruno Ocara
08 Felipinho (Iago Emanuel)
10 Otacílio Neto (Hiago Pavuna)
11 Paulo Vyctor (Nael)
09 Édson Cariús
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
At
At
At
01 Marcelo Boeck
02 Luis Antônio
03 Lígger
04 Bruno Melo [Expulso]
06 Danilo Silva
05 Ânderson Uchoa
22 Pablo
10 Ronny (Jonathan Santos)
20 Leandro Lima (Vinicius Baiano)
11 Hiago
19 Leandro Cearense (Jô)
Coach: Raimundo Vágner Coach: Daniel Frasson
09
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
23
Bryan
Mauro (gk)
Danrley
Hiago Pavuna, aos 31’/2º
Iago Emanuel, aos 34’/2º
Léo
Matheus Matos
Nicolas
Nael, aos 26’/2º
Samyr
Erison
Mathias
07
08
09
13
14
15
16
17
18
21
23
25
Jô, aos 25’/2º
Adenilson
Romarinho
Eduardo
Guilherme
Pedro
Sérgio
Jonathan Santos, no Intervalo
Tiago
Vinicius Baiano, aos 40’/1º
Max Walef (gk)
Gabriel Pereira
Tempo Regulamentar Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altern Final
0 x 1 1 x 0 1 x 1
• Com esse resultado o Floresta sagrou-se campeão da Taça Fares Lopes;
• Com a conquista o Floresta garantiu uma vaga na Copa do Brasil de 2018;
• Floresta: Camiza Verde, Calção Verde e Meias Verdes;
• Fortaleza: Camisa Tricolor, Calção Azul e Meias Brancas;
• O Floresta jogava pelo empate por ter melhor campanha na competição;

.:: Galeria de Imagens ::.
Jogadores do Floresta comemoram a conquista da Copa Fares Lopes;
Crédito: www.globoesporte.globo.com/TV-Verdes-Mares
Floresta ESporte Clube campeão da Taça fares LOpes 2017;
Crédito: diariodonordeste.verdesmares.com.br/Helene-Santos

Crônica do Jogo:

Com o título da Taça Fares Lopes, o Floresta leva uma das três vagas diretas do Estado na Copa do Brasil de 2018. Com larga história das categoerias de base, o time da Vila Manoel Sátiro chega a uma competição nacional depois de apenas três anos de futebol profissional. O Fortaleza encerra o ano de atividades com um retrospecto cabaleante. Apesar do acesso à Série B após oito anos de luta, o Tricolor do Pici foi eliminado no Campeonato Cearense nas semifinais e precocemente na Copa do Brasil e na Copa do Nordeste. E, agora, perdeu a final da Taça Fares Lopes para o Floresta. Temporada para dar aquela esquecida.

As duas equipes encerram, neste sábado (4), as atividades profissionais de 2017. Ambas só voltam em dezembro para iniciar a pré-temporada de 2018.

O jogo começou com pressão tricolor que rendeu o gol do Fortaleza com menos de um minuto. Ronny lançou Pablo, que chutou cruzado e mandou para as redes. Daí pra frente, a partida ficou aberta com o Floresta e Tricolor do Pici criando boas chances de ataque. Por pouco, o placar não se alterou ainda nos 45 minutos iniciais. Na volta para a etapa final, o time da Vila Manoel Sátiro mostrou que não estava entregue em campo. Começou a marcar sob pressão cada vez mais e a subir ao ataque. Na melhor jogada, Felipe ganhou da marcação de Bruno Melo e entrou na área. Acabou derrubado por ele. Pênalti que Edson Cariús cobrou com tranquilidade, deslocando Marcelo Boeck, e empatou. O resultado se manteve até o final e o Floresta levanta a taça de campeão. (Fonte: Globo Esporte)


.:: Seleção Brasileira – Brazilian National Team ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol aqui.
All the matches of the Brazilian National Team hear;
www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com

Ficha Técnica: Fortaleza 1 x 1 Floresta

Fortaleza e Floresta empatam na primeira final da Copa Fares Lopes;
Crédito: diariodonordeste.verdesmares.com.br
Ficha Tecnica
Fortaleza 1 x 1 Floresta
Final da Taça Fares Lopes de 2017
Ficha Técnica
• Competição (Tournament): Taça Fares Lopes de 2017 – Final – 1º Jogo
• Data (Date): Quarta-Feira, 1 de Novembro de 2017, 16:00 hs (Local)
• Estádio (Stadium): Presidente Vargas “PV”, Fortaleza/CE
• Público (Attendance): 7.985 pagantes – Renda: R$ 31.934,00
• Árbitro (Referee): Luíz César de Oliveira Magalhães/CE (CBF)
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Arnaldo Rodrigues de Souza/CE (CBF)
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Marcione Mardonio da Silva Ribeiro/CE (CBF)
• Quarto Árbitro (Fourth Official): Luciano da Silva Miranda/CE (FCF)
Advertências | Cautions | Sent Off Advertências | Cautions | Sent Off
Vinicius Del”Amore, aos 35’/1º Felipinho, aos 37’/1º
Ânderson Uchoa, aos 27’/2º Danrley, aos 38’/1º
Bruno Melo, aos 33’/2º Regineldo, aos 17’/2º
Guilherme, aos 34’/2º Cláudio Caça-Rato, aos 48’/2º
Gols| Goals | Goles Gols| Goals | Goles
1-1 Leandro Cearense, aos 39’/2º 1-0 Renêzinho, aos 33’/1º
Fortaleza Esporte Clube Floresta Esporte Clube
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
At
At
At
01 Marcelo Boeck
02 Felipe (Leandro Cearense)
03 Vinicius Del’Amore [Expulso]
04 Adalberto (Guilherme)
06 Danilo Silva
05 Ânderson Uchoa
22 Pablo
10 Adenilson
07 Jô
09 Lúcio Flávio (Bruno Melo)
11 Hiago
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 David
02 Danrley
03 Regineldo
04 Cláudio Caça-Rato
06 Zé Carlos
05 Dim
07 Bruno Ocara
08 Felipinho (Erison)
10 Otacílio Neto (Léo)
11 Renêzinho (Iago Emanuel)
09 Édson Cariús
Coach: Daniel Frasson Coach: Raimundo Vágner
08
13
14
15
16
17
18
19
20
21
23
25
Ronny
Eduardo
Guilherme, aos 30’/1º
Sérgio
Bruno Melo, aos 39’/1º
Jonathan Santos
Tiago
Leandro Cearense, aos 23’/2º
Leandro LIma
Vinicius Baiano
Max Walef (gk)
Gabriel Pereira
09
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
23
Bryan
Mauro (gk)
Matheus Matos
Pedro
Iago Emanuel, aos 40’/2º
Léo, aos 44’/2º
Gustavo
Nicolas
Nael
Samyr
Erison, aos 46’/2º
Mathias
Tempo Regulamentar Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altern Final
0 x 1 1 x 0 1 x 1
• Com esse resultado quem vencer o próximo jogo fica com a taça;
• Floresta: Camiza Verde, Calção Verde e Meias Verdes;
• Fortaleza: Camisa Tricolor, Calção Azul e Meias Brancas;
• O Floresta joga pelo empate por ter melhor campanha na competição;

.:: Galeria de Imagens ::.
As duas equipes perfiladas para a execução dos hinos nacionais;
Crédito: diariodonordeste.verdesmares.com.br

.:: Seleção Brasileira – Brazilian National Team ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol aqui.
All the matches of the Brazilian National Team hear;
www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com

Inglaterra Campeã Mundial sub 17 de 2017

Inglaterra derrota Espanha, de virada, e conquista o mundial pela primeira vez;
Crédito: www.fifa.com/Jan-Kruger/Getty Images
Ficha Tecnica
Inglaterra 5 x 2 Espanha
FIFA U-17 World Cup – India 2017
Ficha Técnica
• Competição (Tournament): Copa do Mundo u17, Índia 2017 – Final
• Data (Date): Sábado, 28 de Outubro de 2017, 20:00 hs (Local)
• Estádio (Stadium): Salt Lake Stadium, Kolkata (Índia / India)
• Público (Attendance): 66.684 expectadores presentes
• Árbitro (Referee): Enrique Cáceres (Paraguai / Paraguay)
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Eduardo Cardozo (Paraguai / Paraguay)
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Juan Zorrilla (Paraguai / Paraguay)
• Quarto Árbitro (Fourth Official): Mehdi Abid Charef (Argélia / Algeria)
• Comissário do Jogo (Match Commissioner): Goulam Kar (Índia / India)
Advertências | Cautions | Sent Off Advertências | Cautions | Sent Off
Rhian Brewster, aos 45’/2º Juan Miranda, aos 18’/2º
Mateu Jaume, aos 39’/2º
Gols| Goals | Goles Gols| Goals | Goles
1-2 Rhian Brewster, aos 43’/1º (Cabeça) 1-0 Sergio Gómez, aos 9’/1º (Pé Esquerdo)
2-2 Gibbs-White, aos 12’/2º (Pé Direito) 2-0 Sergio Gómez, aos 30’/1º (Pé Esquerdo)
3-2 Philip Foden, aos 23’/2º (Pé Direito)
4-2 Marc Guehi, aos 38’/2º (Pé Esquerdo)
5-2 Philip Foden, aos 43’/2º (Pé Direito)
Inglaterra – England u17 Espanha – Spain u17
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
Mc
At
01 Curtis Anderson
05 Marc Guéhi
06 Jonathan Panzo
15 Joel Latibeaudiere ©
18 Steven Sessegnon
04 George McEachran (C. Gallagher)
07 Philip Foden
08 Tashan Oakley-Boothe (A. Gomes)
14 Callum Hudson-Odoi
19 Morgan Gibbs-White (N. Kirby)
09 Rhian Brewster
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
Mc
At
01 Álvaro Fernández Calvo
02 Mateu Morey
03 Juan Miranda
04 Hugo Guillamón
05 Víctor Chust
06 Antonio Blanco Conde (C. Beitia)
08 Mohamed Moukhliss (Nacho)
18 César Gelabert (Lara)
07 Ferrán Torres
09 Abel Ruiz
10 Sergio Gómez Martín
Coach: Steve Cooper Coach: Santiago Denia
02
03
10
11
12
13
16
17
20
21
Timothy Eyoma
Lewis Gibson
Angel Gomes, aos 44’/2º
Jadon Sancho [susente]
Nya Kirby, aos 35’/2º
Josef Bursik (gk)
Danny Loader
Emile Smith-Rowe
Conor Gallagher, aos 41’/2º
William Crellin (gk)
11
12
13
14
15
16
17
19
20
21
Nacho Díaz, aos 39’/2º
Pedro Ruiz Delgado
Marc Vidal (gk)
Álvaro García Segovia
Eric García Martret
Diego Pampín
José Alonso Lara, aos 26’/2º
Carlos Beitia, aos 35’/2º
Víctor Perea
Alfonso Pastor Vacas (gk)
Tempo Regulamentar Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altern Final
1 x 2 4 x 0 5 x 2
• Com esse resultado o a Inglaterra sagrou-se campeã mundial sub 17 pela primeira vez;
• Inglaterra: Camiza Branca com Azul, Calção Branco e Brncas (Nike);
• Espanha: Camisa Vermelha, Calção Azul-Marinho e Meias Azul-Marinho (Adidas);
• Esse ano a Inglaterra foi campeão mundial sub 20 e 17 masculinas;

.:: Galeria de Imagens ::.
Jogadores da Inglaterra comemoram a conquista do título inédito do mundial;
Crédito: www.fifa.com/Buda-Mendes/Getty Images
Em pé: Joel Latibeaudiere, Rhian Brewster, Jonathan Panzo, Oakley-Boothe, Marc Guéhi e Curtis Anderson; Agachados: Steven Sessegnon, Philip Foden, Morgan Gibbs-White, George McEachran e Callum Hudson-Odoi;
Crédito: www.fifa.com/Buda-Mendes/Getty Images
Em pé: Álvaro Fernández, Hugo Guillamón, Victor Chust, César Gelabert, Juan Miranda, e Abel Ruiz; Agachados: Sergio Gómez, Ferrán Torres, Mateu Morey, 6-Antonio Blanco e Mohamed Moukhliss;
Crédito: www.fifa.com/Tom-Dulat/Getty Images
Rhin Brewster (Chuteira de Ouro), Gabriel Brzão (Luva de Ouro) e Phil Folden (Bola de Ouro);
Crédito: www.fifa.com/Buda-Mendes/Getty Images
Confira as imagens da final do campeonato mundial sub 17 masculino;
Crédito: www.youtube.com/FIFA

.:: Seleção Brasileira – Brazilian National Team ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol aqui.
All the matches of the Brazilian National Team hear;
www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com

CSA Campeão Brasileiro da Série C de 2017

Jogadores do CSA comemoram a conquista do Campeonato Brasileiro de 2017;
Crédito: globoesporte.globo.com/
Ficha Tecnica
CSA 0 x 0 Fortaleza
Campeonato Brasileiro Série C de 2017
Ficha Técnica







Competição (Tournament): Campeonato Brasileiro Série C 2017 – Final (2º Jogo)
Data (Date): Sábado, 21 de Outubro de 2017, 19:00 h (de Brasília)
Estádio (Stadium): Rei Pelé, Maceió, Alagoas
Público (Attendance): 15.097 pagantes – Renda: R$ 661.442,00
Árbitro (Referee): Luiz Flávio de Oliveira/SP (FIFA)
Assistente 1 (Assistant Referee 1): Danilo Ricardo Simon Manis/SP (FIFA)
Assistente 2 (Assistant Referee 2): Miguel Cataneo Ribeiro da Costa/SP
Quarto Árbitro (Fourth Official): Adriano de Assis Miranda/SP
Advertências | Cautions | Sent Off Advertências | Cautions | Sent Off
Jorge Felipe, aos 33’/1º Leandro Lima, aos 20’/1º
Leandro Souza, aos 25’/1º Felipe, aos 35’/1º
Dawhan, aos 20’/2º Bruno Melo, aos 36’/2º
Centro Sportivo Alagoano – CSA Fortaleza Esporte Clube
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
31 Mota
02 Celsinho
03 Leandro Souza
04 Jorge Fellipe
06 Raul Diogo (Rafinha)
05 Dawhan
08 Boquita
11 Marcos Antonio
10 Daniel Costa
07 Edinho (Didira)
09 Michel Douglas (Maxuell)
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Marcelo Boeck
02 Felipe (Gabriel Pereira)
03 Edimar
14 Adalberto
06 Bruno Melo
05 Anderson Uchôa
20 Leandro Lima
08 Ronny (Vinícius Pacheco)
22 Pablo
11 Hiago
19 Leandro Cearense (Vinícius Baiano)
Coach: Flávio Araújo Coach: Antônio Carlos Zago
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
Dalton (gk)
Dick
Rodrigo Lobão
Mateus
Rafinha, aos 26’/2º
Cristiano
Francisco Alex
Didira, aos 37’/1º
Rosinei
Gustavo
Michel Schmoller
Maxuell Samurai, aos 8’/2º
04
09
10
12
13
15
16
17
21
25
Lígger
Lúcio Flávio
Adenilson
Matheus Inácio (gk)
Vinicius Del’Amore
Rodrigo Mancha
Jéfferson
Vinicius Baiano, aos 30’/2º
Gabriel Pereira, aos 16’/2º
Vinicius Pacheco, aos 33’/2º
Tempo Regulamentar Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altern Final
0 x 0 0 x 0 0 x 0
• Com esse resultado o CSA sagrou-se campeão brasileiro da Série C pela 1ª vez;
• O CSA jogava por um empate, porque havia ganho o primeiro jogo por 2 x 1;
• CSA: Camiza listrada em Azul-Branco, Calção Azul e Meias Azuis (Nike);
• Fortaleza: Camisa Tricolor, Calção Branco e Meias Brancas;
• CSA, Fortaleza, São Bento/SP e Sampaio Correa garantiram vaga na Série B de 2018;

.:: Galeria de Imagens ::.
Centro Sportivo Alagoanao (CSA) campeão Brasileiro Série C de 2017;
Crédito: globoesporte.globo.com/
Jogadores do CSA dão a volta olímpica com a taça de campeão;
Credit: torcedores.uol.com.br/
O mascote do CSA, o Azulão, e o mascote do Fortaleza, o Leão;
Crédito: globoesporte.globo.com/

.:: Seleção Brasileira – Brazilian National Team ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol aqui.
All the matches of the Brazilian National Team hear;
www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com