Tabela da Copa do Mundo de 1938

.:: Copa do Mundo FIFA ::.
.:: França 1938 ::.
A Copa do Mundo de 1938 foi a terceira Copa do Mundo disputada, e contou com a participação de 16 países. 36 países participaram das eliminatórias. O campeonato ocorreu na França.
Foi um mundial tenso, marcado pela gravíssima situação internacional, que levaria a Europa e o mundo à Segunda Guerra Mundial, pouco mais de um ano depois do certame. A Áustria que fora anexada pela Alemanha de Hitler não participou do mundial, pois foi obrigada à ceder seus jogadores à seleção alemã. As grandes forças do mundial eram a Itália, campeã mundial, a Hungria, a Tchecoslováquia e o Brasil. Fonte: wikipedia.org
# Ficha da Copa do Mundo de 1934:
• País-Sede: França
• Participantes: 16
• Período de Disputa: de 27 de Maio à 10 de Junho de 1934.
• Total de Jogos: 18
• Gols Marcados: 84
• Média de Gols: 4,66 gols por partida
• Público Total: 375.700 expectadores
• Média de Público: 20.872 expectadores por partida
Campeão Vice 3º Lugar 4º Lugar
Itália Hungria Brasil Suécia
Estádios
Estádio Cidade País Capacidade
• Stade du Fort Carré Antibes França 7.000
• Parc Lescure Bordeaux França 34.694
• Cavée Verte Le Havre França 16.400
• Victor Boucquey Lille França 15.000
• Vélodrome Marseille França 60.031
• Parc des Princes Paris França 48.713
• Olympique de Colombes Paris França 60.000
• Vélodrome Municipal Reims França 18.000
• De la Meinau Strasbourg França 30.000
• Chapou Toulouse França 18.000
• Gerland Lyon França 40.000
# O Stade Parc Lescure é o atual Stade Chaban-Delmas.
# O Stade Cavée Verte é o atual Stade Jules Deschaseaux.
# O Stade Victor Boucquey foi demolido em 1975.
# O Stade de Colombes chama-se Estádio Olímpico Yves-du-Manoir.
# O Stade Municipal de Reims é o atual Stade Auguste-Delaune.
# O Stade Chapou é o atual Estádio Municipal de Toulouse.
# O jogo entre Suécia e Áustria que seria realizado no Estádio Gerland, em Lyon, não se realizou porque a sleção da Áustria desistiu de participar. Com isso, não foi realizado nenhum jogo no Estádio Gerland.

Oitavas de Final
04.06.1938 – Estádio Parc des Princes, em Paris
Suíça 1 x 1 Alemanha
• André Abegglen 43′ Match
0 x 0
• Josef Gauchel 29′
# No tempo normal terminou em 1 x 1; Na prorrogação 0 x 0.
05.06.1938 – Estádio Vélodrome Municipal, em Rennes
Hungria 6 x 0 Índias Holandesas
• Vilmos Kohut 14′
• Géza Toldi 16′
• György Sárosi 25′
• Gyula Zsengellér 30′
• Gyula Zsengellér 67′
• György Sárosi 88′
Match
05.06.1938 – Estádio Gerland, em Lyon
Suécia/font> w x o Áustria
• w x 0 Match • w x 0
# A Áustria desistiu de participar da copa.
05.06.1938 – Stade Chapou, em Toulouse
Cuba 3 x 3 Romênia
• Héctor Socorro 44′
• Tomás Fernández 87′
• Juan Tuñas 117′
Match • Silviu Bindea 35′
• Iuliu Baratky 88′
• Stefan Dobay 105′
# No tempo normal terminou em 2 x 2; Na prorrogação 1 x 1.
05.06.1938 – Estádio Olympique de Colombes, em Paris
França 3 x 1 Bélgica
• Émile Veinante 1′
• Jean Nicolas 16′
• Jean Nicolas 69′
Match • Henri Isemborghs 38′
05.06.1938 – Estádio Vélodrome, em Marseiha
Itália 2 x 1 Noruega
• Pietro Ferraris 2′
• Silvio Piola 94′
Match • Arne Brustad 83′
05.06.1938 – Estádio de la Meinau, em Estrasburgo
Brasil 6 x 5 Polônia
• Leônidas da Silva 18′
• Romeu Pellicciari 25′
• Perácio 44′
• Perácio 71′
• Leônidas da Silva 93′
• Leônidas da Silva 104′
Match • Fryderyk Scherfke (p) 23′
• Ernets Wilimowski 53′
• Ernets Wilimowski 59′
• Ernets Wilimowski 89′
• Ernets Wilimowski 118′
# No tempo normal terminou em 4 x 4; Na prorrogação 2 x 1.
05.06.1938 – Estádio Cavée Verte, em Le Havre
Tchecoslováquia 3 x 0 Holanda
• Josef Košťálek 93′
• Oldřich Nejedlý 111′
• Josef Zeman 118′
Match0 x 0
3 x 0
# No tempo normal terminou em 0 x 0; Na prorrogação 3 x 0.
Jogo Extra
09.06.1938 – Estádio Parc des Princes, em Paris
Alemanha 2 x 4 Suiça
• Wilhelm Hahnemann 8′
• Ernst Lörtscher (gc) 22′
Match • Eugen Walaschek 42′
• Alfred Bickel 64′
• André Abegglen 75′
• André Abegglen 78′
09.06.1938 – Estádio Chapou, em Toulouse
Cuba 2 x 1 Romênia
• Héctor Socorro 51′
• Carlos Oliveira 57′
Match • Stefan Dobay 35′
Quartas dee Final
12.06.1938 – Estádio Victor Boucquey, em Lille
Suiça 0 x 2 Hungria
Match • György Sárosi 40′
• Gyula Zsengellér 89′
12.06.1938 – Estádio du Fort Carré, em Antibes
Suécia 8 x 0 Cuba
• Tore Keller 9′
• Gustav Wetterström 32′
• Gustav Wetterström 37′
• Gustav Wetterström 44′
• Tore Keller 80′
• Tore Keller 81′
• Arne Nyberg 84′
• Harry Andersson 90′
Match
12.06.1938 – Estádio Olympique de Colombes, em Paris
França 1 x 3 Itália
• Oscar Heisserer 10′ Match • Gino Colaussi 9′
• Silvio Piola 51′
• Silvio Piola 72′
12.06.1938 – Estádio Olympique de Colombes, em Paris
Brasil 1 x 1 Tchecoslováquia
• Leônidas da Silva 30′ Match • Oldřich Nejedlý (p) 65′
# No tempo normal terminou em 1 x 1; Na prorrogação 0 x 0.
Jogo Extra
04.06.1938 – Estádio Parc Lescure, em Bordeaux
Brasil 2 x 1 Tchecoslováquia
• Leônidas da Silva 57′
• Roberto 62′
Match • Vlastimil Kopecký Goal 25′
Semifinal
16.06.1938 – Estádio Parc des Princes, em Paris
Hungria 5 x 1 Suécia
• Gyula Zsengellér 19′
• Ferenc Sas 37′
• Gyula Zsengellér 39′
• György Sárosi 65′
• Gyula Zsengellér 85′
Match • Arne Nyberg 1′
16.06.1938 – Estádio Vélodrome, em Marseiha
Itália 2 x 1 Brasil
• Gino Colaussi 55′
• Giuseppe Meazza (p) 60′
Match • Romeu Pellicciari 87′
Disputa do Terceiro Lugar
19.06.1938 – Estádio Parc Lescure, em Bordeaux
Suécia 2 x 4 Brasil
• Sven Jonasson 28′
• Arne Nyberg 38′
Match • Romeu Pellicciari 44′
• Leônidas da Silva 63′
• Leônidas da Silva 74′
• Perácio 80
Final
19.06.1938 – Estádio Olympique de Colombes, em Paris
Hungria 2 x 4 Itália
• Pál Titkos 8′
• György Sárosi 70′
Match • Gino Colaussi 6′
• Gino Colaussi 35′
• Silvio Piola 16′
• Silvio Piola 82′
# Com esse resultado a Itália sagrou-se Campeã Mundial pela 2ª vez.

Principais Artilheiros da Competição
Artilheiro Atleta Seleção G J
1 • Leônidas da Silva Brasil 7 4
2 • Gyula Zsengellér Hungria 6 4
3 • György Sárosi Hungria 5 4
4 • Silvio Piola Itália 5 4
5 • Ernest Wilimowski Polônia 4 1
6 • Gino Colaussi Itália 4 3
7 • Gustav Wetterström Suécia 3 2
8 • Arne Nyberg Suécia 3 3
• Chuteira de Ouro (Golden Shoe): Leônidas da Silva (BRA)
• Chuteira de Prata (Silver Shoe): Gyula Zsengellér (HUN)
• Chuteira de Bronze (Bronze Shoe): Sárosi (HUN) e Silvio Piola (ITA)


Cauzos da Copa
• O jornalista Vittorio Pozzo se tornou o primeiro (e até hoje único) técnico a conquistar mais de uma Copa. E o fez em torneios consecutivos.
• Contra a França, a Itália seria obrigada a usar uma camisa de outra cor, já que o azul estava reservado para a seleção da casa. Assim, os italianos se apresentaram com camisa, calção e meias negras, a cor do fascismo.
• A Áustria foi anexada pela Alemanha nazista em 1938 e deixou de ser um país independente. Por isso, seus jogadores foram incorporados pela seleção alemã e não pôde se apresentar contra a Suécia pelas oitavas-de-final. Foi o único W.O. da história das Copas.
• A Alemanha nazista se reforçou com jogadores austríacos em suas fileiras. Mas na sua partida de abertura, não passou de um empate em 1-1 com a Suíça. No jogo desempate, ocorrido cinco dias depois, a Alemanha chegou a abrir 2-0. Com o resultado, foi enviado um telégrafo a Adolf Hitler informando o resultado. Mas os suíços não se deixaram abater e viraram o placar, vencendo por 4-2, eliminando a equipe alemã.
• Cuba era a única equipe da Concacaf na competição. No jogo inicial conseguiram um empate em 3-3 com a Romênia. O destaque da equipe era o goleiro Benito Carvajales, que na partida impediu cinco gols certos dos romenos. Quatro dias depois, o goleiro não participou do jogo-desempate. Em seu lugar, jogou Juan Ayra. Carvajales estava comentando a partida para uma emissora de rádio de seu país. Neste jogo, Cuba eliminou a Romênia por 2-1, com gols de Héctor Socorro e Fernandez, com Dobay fazendo o gol romeno. Foi a primeira vez na história que uma equipe da Concacaf chegava às quartas-de-final do torneio.
• A Espanha era uma das favoritas ao Mundial, mas não pôde participar por estar vivendo sua Guerra Civil.
• O atacante polonês Ernest Wilimowski fez quatro gols na partida de estréia, mas sua seleção perdeu do Brasil por 5 x 6 e foi eliminada. Nenhum jogador tem uma média de gols por jogo tão alta em Copas.
• Nesse mesmo jogo, o Brasil usou pela primeira vez a camisa azul. Como seus adversários poloneses usavam camisas brancas (mesma cor que o Brasil usava na época), o jeito foi jogar com camisas azuis,sem escudo, que eram utilizadas nos treinamentos.
• Nesse mesmo jogo, o centroavante brasileiro Leônidas da Silva marcou um gol de pé descalço. No segundo tempo da partida, com a chuva que caiu no gramado, e o barro que inundou o campo, Leônidas teve a sua chuteira estourada, descolando a sola do cabedal. Enquanto sua chuteira era consertada, o atacante fez um gol sem as chuteiras, após o rebote de uma cobrança de falta.
• O Brasil enfrentou a Tchecoslováquia em Bordeaux, no jogo em que ficou conhecido como “Batalha Campal”. A fraca arbitragem do húngaro Paul Von Hertzka fez com que os jogadores de ambos os lados abusassem das jogadas duras. Resultado: 1-1 após a prorrogação, com Machado e Zezé Procópio do Brasil e Riha da Tchecoslováquia expulsos. O goleiro tcheco František Plánička deixou o campo com o braço quebrado, e o artilheiro tcheco Oldřich Nejedlý levou tanto pontapé que acompanhou seu companheiro de equipe a caminho do hospital. Com o empate, foi realizada uma nova partida de desempate dois dias depois. As duas equipes levaram seus jogadores reservas. Para surpresa geral, esse jogo transcorreu em paz e calmaria. Deu Brasil, por 2-1, com gols de Leônidas da Silva e Roberto, com Kopecky marcando para os tchecos.
• Depois da vitória italiana sobre o Brasil, o jornal “La Gazzetta dello Sport”, influenciado pela ideologia fascista, escreveu: “Saudamos o triunfo da inteligência branca italiana sobre a força bruta dos negros”.
• A Itália era a única seleção com um avião à disposição para os deslocamentos dentro da França. As demais equipes tinham de usar trem ou ônibus.
• Mas nem tudo foram flores para a Itália. Após vencer a França nas quartas-de-final em Paris, a Itália foi obrigada a viajar para Marselha para enfrentar o Brasil nas semifinais. Durante o vôo o avião sofreu uma pane, e foi obrigado a pousar em Toulouse. A Itália teve que viajar até Marselha de trem.
• Foi a primeira Copa do Mundo transmitida por rádio para vários países do mundo. No Brasil, os mais antigos diziam que a voz do locutor falhava constantemente, as vezes por até um minuto acontecendo, inclusive, casos do gol narrado não chegar ao Brasil e o ouvinte só saber minutos depois com a reconfirmação do resultado final.
Fonte: wikipedia.org/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: