Archive for the ‘x Palmeiras vs Santos’ Category

Santos Derrota Palmeiras nos Pênaltis e vai à Final pela 8ª Vez Seguida

O goleiro Vanderlei foi o héroi da classificação defendendo dois pênaltis;
Crédito: www.gazetaesportiva.com/Djalma-Vassão
Ficha Tecnica
Santos 2 x 2 Palmeiras
Na Decisão por Pênaltis: Santos 3 x 2 Palmeiras
Ficha Tecnica
• Competição (Tournament): Campeonato Paulista de 2016 – Semifinal – Jogo Único
• Data (Date): Domingo, 24 de Abril de 2016, as 16:00 hs (de Brasilia)
• Estádio (Stadium): Urbano Caldeira “Vila Belmiro”, em Santos/SP
• Público (Attendance): 13.690 pagantes – Renda: R$ 688.235,00
• Árbitro (Referee): Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza/SP
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Ânderson Jose de Moraes Coelho/SP
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Alex Ang Ribeiro/SP
• Quarto Árbitro (Fourth Oficial): Adriano de Assis Miranda/SP
• Advertências (Cautions): Egidio 17′, Elano 45’+1, Alecsandro 45’+3, Gabriel Girotto 45’+4, Gabriel Jesus 55′, Thiago Martins 57′, Matheus Sales 61′, Vítor 75′, Vágner 90′ e Vítor Hugo 90’+4
• Expulsão (Sent Off): Cuca, aos 43′ minutos do 2º tempo
Gols | Goals Gols | Goals
1-0 Gabriel Barbosa, aos 39’/1º 1-2 Rafael Marques, aos 40’/2º
2-0 Gabriel Barbosa, aos 28’/2º 2-2 Rafael Marques (cab), aos 42’/2º
Pênaltis | Penalties Pênaltis | Penalties
x-x Lucas Lima (Goleiro Defendeu) 1-0 Cleiton Xavier (Gol)
1-1 David Braz (Gol) x-x Lucas Barrios (Goleiro Defendeu)
2-2 Zeca (Gol) 2-1 Jean (Gol)
3-2 Víctor Ferraz (Gol) x-x Rafael Marques (Defesa)
x-x Fernando Prass (Na Trave)
Santos Futebol Clube Sociedade Esportiva Palmeiras
Go
Ld
Za
Za
Le
Mc
Mc
Mc
Mc
Mc
At
01 Vanderlei
04 Victor Ferraz
06 Gustavo Henrique
14 David Braz
37 Zeca
08 Renato
29 Thiago Maia (Léo Cittadini)
18 Vitor Bueno (Paulinho)
20 Lucas Lima
10 Gabriel Barbosa (Alison)
09 Ricardo Oliveira
Go
Ld
Za
Za
Le
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Fernando Prass
17 Jean
31 Thiago Martins
04 Vitor Hugo
06 Egídio
18 Gabriel Girotto
26 Matheus Sales
27 Robinho (Claiton Xavier)
23 Roger Guedes
33 Gabriel Jesus (Lucas Barrios)
29 Alecsandro (Rafael Marques)
Coach: Dorival Júnior Coach: Cuca
03
05
11
12
17
23
26
27
28
30
31
41
Caju
Alison, aos 77’/2º
Elano
Vladimir (gk)
Rafael Longuine
Ronaldo Mendes
Paulinho, aos 27’/2º
Léo Cittadini, aos 32’/2º
Lucas
Diederrick Joel
Maximiliano Rolón
Serginho
02
03
05
08
10
11
13
14
19
21
22
25
Lucas Marques
Edu Dracena
Arouca
Lucas Barrios, aos 35’/2º
Cleiton Xavier, aos 15’/2º
Zé Roberto
Roger Carvalho
14 Erik
19 Rafael Marques, aos 15’/2º
Thiago Santos
João Pedro
Vágner
Tempo Normal Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altnds Final
1 x 0 1 x 2 2 x 2 3 x 2 3 x 2
# No tempo regulamentar (90 minutos) terminou em 2 x 2; Não houve prorrogação; Na decisão por pênatis o Santos venceu por 3 x 2 e eliminou o Palmeiras;
# O Santos classificou-se para à final pela oitava vez seguido. Um recorde;
# Santos: Camisa, Calção e Meias Brancas com detalhes Pretos (Nike);
# Palmeiras: Camisa, Calção e Meia Verde com detalhes Brancos (Adidas);
# Links Externos (External Links): Federação-Paulista-de-Futebol/sumulas.pdf


Peixe pela 8ª Vez na Final

Com a Vila Belmiro 100% alvinegra e com recorde de público e renda, já que a torcida palmeirense não pôde incentivar seu time na semifinal deste domingo por causa da nova norma imposta pela Secretaria de Segurança do Estado, o Santos chegou a sua oitava final de Campeonato Paulista de forma consecutiva ao eliminar o Palmeiras.

Assim como nas decisões do Estadual e da Copa do Brasil em 2015, o confronto entre os dois rivais novamente foi definido nos pênaltis, depois de um empate por 2 a 2 no tempo normal. Lucas Lima desperdiçou, mas o Verdão viu Barrios, Rafael Marques e o goleiro Fernando Prass errarem suas cobranças.

Gabriel foi o nome do jogo para o Peixe com dois gols, um em cada tempo, mas Lucas Lima também se destacou com uma grande partida, participando das jogadas dos dois gols. Ricardo Oliveira, sempre alvo de muita provocação, pouco apareceu. Por outro lado, o time de Cuca pagou caro pelas desatenções de Matheus Sales no clássico e pela má partida do volante Gabriel. Rafael Marques, no entanto, entrou no fim para marcar duas vezes em dois minutos e decretar o empate no tempo normal de forma heroica.

Agora, o Peixe encara o Osasco Audax, que também eliminou o Corinthians nos pênaltis, na grande final. Diferente das fases anteriores, o campeão será definido em duas partidas. O time do presidente Vampeta tem o mando no próximo domingo e o segundo jogo acontecerá no fim se semana seguinte, na Vila Belmiro, a não ser que a diretoria queira transferir o jogo para outra praça, como o Pacaembu.

Com a derrota, o Palmeiras ficará pelo menos 20 dias sem entrar campo, já que sua próxima partida está marcada apenas para o dia 15 de maio, um domingo, contra o Atlético-PR, no Palestra Itália, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro. Enquanto isso, antes de iniciar a briga pelo título Paulista, a equipe de Dorival Júnior recebe o Santos-AP, na quinta-feira, pelo segundo jogo da primeira fase da Copa do Brasil.

Peixe pressiona e sai na frente

Com toda a Vila Belmiro a seu favor, o Santos iniciou o clássico como se esperava, partindo para cima e ditando o ritmo do jogo. O Palmeiras demorou para acertar a marcação de seus meio-campistas e, por isso, sofreu muita pressão até os 30 minutos.

E logo na primeira jogada de perigo teve polêmica. Vitor Bueno pegou sobra na entrada da área e encheu o pé. A bola explodiu no braço de Roger Guedes, mas o árbitro entendeu como lance involuntário pelo braço do jogador estar colado ao corpo e nada marcou, apesar de muita reclamação dos santistas.

Aos 9 minutos, Lucas Lima cobrou falta venenosa, rasteira, e Fernando Prass espalmou no susto. Dois minutos depois, Gabriel ficou em ótimas condições, de novo nas costas de Egídio, mas preferiu chutar a tocar para Vitor Bueno ou Ricardo Oliveira, que estavam livres, e desperdiçou outra chance.

Em seguida, nova polêmica. Lucas Lima entrou na área e cruzou. Fernando Prass cortou, mas a bola ficou viva. Gustavo Henrique cabeceou para o gol, mas Thiago Martins salvou. Na jogada, porém, Vitor Hugo acertou um chute na cabeça do zagueiro do Peixe, que foi a nocaute. Outro pênalti muito questionado pelos mandantes e não marcado pelo árbitro Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza.

Logo depois de Fernando Prass defender outra finalização do camisa 20 do Santos, o palmeiras chegou pela primeira vez com um chute fraco, defendido sem dificuldades por Vanderlei aos 25 minutos. Foi o último lance de destaque antes da parada para hidratação dos atletas devido a alta temperatura na Baixada.

No retorno, o Verdão, mesmo sem o apoio de sua torcida na Vila Belmiro, assustou. Roger Guedes fez fila. Passou por Zeca, Thiago Maia e Gustavo Henrique antes de chutar forte, no meio do gol, para grande defesa de Vanderlei. Mas, quando o Palmeiras parecia equilibrar o jogo, Matheus Sales cochilou e perdeu a bola no meio de campo. Lucas Lima arrancou com ela e enfiou para Gabriel, na direita. O camisa 10 limpou a jogada duas vezes, tirando Egídio e Vitor Hugo do lance, antes de finalizar no canto rasteiro de Fernando Prass para abrir o placar e dar a vantagem ao Santos antes do intervalo.

Palmeiras cala a Vila

Precisando de pelo menos um gol para levar a definição da vaga na final aos pênaltis, o Palmeiras voltou buscando mais o ataque. Em boa trama entre Alecsandro e Roger Guedes, a bola foi cruzada pelo chão, com perigo, e David Braz cortou providencialmente, já dentro da pequena área. Dois minutos depois, Gabriel ficou de frente para o gol e, apesar da distância, Gabriel Jesus arriscou. Vanderlei pegou em dois tempos.

O Santos, aos poucos, foi ganhando campo e equilibrando as ações. Liderado por um inspirado Lucas Lima, o Peixe avançou a marcação e empurrou o Palmeiras para dentro de seu campo. Cuca então agiu. Sacou Robinho e Alecsandro para colocar Claiton Xavier e Rafael Marques.

E sem qualquer interferência das substituições, o Palmeiras lamentou logo em seguida, aos 16 minutos, uma chance incrível de gol desperdiçada por Gabriel Jesus. O jovem atacante roubou a bola de David Braz e partiu sozinho em direção ao gol. Na hora de finalizar, foi traído pelo quique da bola e isolou, para alívio dos santistas.

O lance deixou a Vila Belmiro apreensiva e mais silenciosa. O time alvinegro pareceu ter sentido o momento também e já não conseguia mais manter o ritmo, com o Palmeiras, por outro lado, cada vez mais audacioso em busca do gol de empate.

E novamente quando alviverde parecia melhor em campo, o Santos foi às redes. Já sem a mesma intensidade, o Peixe voltou a aproveitar uma vacilo de Matheus Sales para tomar a bola e partir para o contra-ataque. Zeca infiltrou na área pela esquerda, recebeu de Lucas Lima e deixou o volante palmeirense Gabriel no chão antes de rolar para o outro Gabriel, seu companheiro, que bateu de primeira e ampliou a vantagem do Santos: 2 a 0.

Partindo para o tudo ou nada, Cuca mandou Lucas Barrios para o jogo na vaga de Gabriel Jesus. Dorival então sacou Thiago Maia e Gabriel, muito aplaudido, para colocar Léo Cittadini e Alison. A esta altura, o Santos já administrava o resultado diante de um Palmeiras nitidamente cansado e sem forças para reagir.

E quando a torcida santista já alternava entre gritos de “eliminado” e “olé”, Rafael Marques brilhou de forma inesperada. Primeiro, aos 42, venceu divida com os zagueiros adversários e bateu para o gol para descontar e colocar fogo no jogo. No lance seguinte, um minuto depois, subiu mais alto que a zaga alvinegra para aproveitar cruzamento de Claiton Xavier e empatar o clássico.

Nos minutos finais, até os acréscimos, o Palmeiras seguiu martelando em busca de uma virada heroica. O Santos sentiu o golpe, tanto dentro quanto fora de campo, nas arquibancadas. Mas, de forma emocionante, o jogo foi encerrado com o empate por 2 a 2 e pela terceira vez seguida uma decisão entre os dois rivais teve de ser decidida nos pênaltis.

Na cal

O Palmeiras começou batendo com Claiton Xavier, que marcou com segurança. Na sequência, Lucas Lima parou em Fernando Prass. Mas Barrios também perdeu, em boa defesa de Vanderlei, que encaixou. David Braz, Jean e Zeca converteram os seus, até Vanderlei pegar o de Rafael Marques. Ai, Victor Ferraz marcou o seu e Fernando Prass acabou como vilão ao isolar a sua cobrança.

Assim, o Palmeiras voltou a cair diante do Santos em cobrança de pênaltis na Vila Belmiro, assim como no Paulistão do ano passado. Enquanto isso, o Peixe vai para sua oitava final seguida de Estadual.

# Fonte: www.gazetaesportiva.com


.:: Seleção Brasileira de Futebol ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol cinco vezes campeã mundial. Jogos amistosos oficiais e não oficiais; Eliminatórias da Copa; Copa do Mundo, Copa América, Copa das Confederações, Torneios, Torneio Pré-Olímpico, Jogos Olímpicos, Jogos Pan-Americanos; Seleção Brasileira Feminina, Sub 17, Sub 20 e muito mais confira: www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com

Anúncios

20/02/2016 – Palmeiras 0 x 0 Santos

Palmeiras e Santos empatam pelo campeonato paulista;
Crédito: www.futebolinterior.com.br/Rodrigo-Villalba
Ficha Tecnica
Palmeiras 0 x 0 Santos
Campeonato Paulista 2016
Ficha Tecnica
• Competição (Tournament): Campeonato Paulista 2016 – Primeira Fase – 5ª Rodada
• Data (Date): Sábado, 20 de Fevereiro de 2016 as 17:00 hs (de Brasilia)
• Estádio (Stadium): SE Palmeiras – Arena Allianz Park, em São Paulo/SP
• Público (Attendance): 23.181 pagantes – Renda: R$ 1.317.272,44
• Árbitro (Referee): Raphael Claus (SP)
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Emerson Augusto de Carvalho (SP)
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Bruno Salgado Rizo (SP)
• Quarto Árbitro (Fourth Oficial): Luiz Vanderlei Martinucho (SP)
• Advertências (Cautions): Víctor Ferraz 34′, Matheus Sales 48′, Gabriel Jesus 63′, Ricardo Oliveira 73′, Elano 80′, Zé Carlos 83′, Léo Cittadini 84′, Gustavo Henrique 88′ e Alecsandro 90’+3
• Expulsão (Sent Off): Nenhuma (None)
Sociedade Esportiva Palmeiras Santos Futebol Clube
Go
Ld
Za
Za
Le
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Fernando Prass
02 Lucas Marques
13 Roger Carvalho
04 Vitor Hugo
11 Zé Roberto
21 Thiago Santos (Arouca)
26 Matheus Sales (Gabriel Jesus)
17 Jean
27 Robinho (Régis)
07 Dudu
29 Alecsandro
Go
Ld
Za
Za
Le
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Vanderlei
04 Victor Ferraz
28 Lucas Veríssimo
06 Gustavo Henrique
37 Zeca
29 Thiago Maia (Léo Cittadini)
08 Renato Dirnei
20 Lucas Lima
10 Gabriel Batbosa
09 Ricardo Oliveira (Joel)
41 Serginho (Patito Rodríguez)
Técnico (Coach): Marcelo Oliveira Técnico (Coach): Dorival Júnior
05
06
09
14
19
20
25
30
31
33
Arouca, aos 26’/2º
Egidio
Jonatan CRISTALDO
Erik
Ragael Marques
Agustín ALLIONE
Vágner (gk)
Régis, aos 31’/2º
Thiago Martins
Gabriel Jesus, aos 15’/2º
03
05
11
12
17
18
22
23
27
30
40
Wânderson
Alison
Elano
Vladimir (gk)
Rafael Longuine
Vítor
Patito RODRÍGUEZ, aos 16’/2º
Ronaldo Mendes
Léo Cittadini, aos 25’/2º
Diederrick JOEL, aos 30’/2º
Neto Berola
Observações
# Jogo válido pela Primeira Fase do Campeonato Paulista de 2016;
# Palmeiras: Camisa Verde, Calção Branco e Meias Verde (Adidas);
# Santos: Camisa listrada em Preto-Branco, Calção Preto e Meias Pretas (Nike);
# Links Externos (External Links): www.soccerway.com/matches/brazil/estaduais
# Download da Súmula: www.fpf.org.br/federação-paulista-de-futebol
# Todos os Jogos do Ceará Sporting Club: www.cearascpedia.wordpress.com
# Todos os Jogos da Seleção Brasileira: jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com
Tempo Normal Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altnds Final
0 x 0 0 x 0 0 x 0

.:: Seleção Brasileira de Futebol ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol cinco vezes campeã mundial. Jogos amistosos oficiais e não oficiais; Eliminatórias da Copa; Copa do Mundo, Copa América, Copa das Confederações, Torneios, Torneio Pré-Olímpico, Jogos Olímpicos, Jogos Pan-Americanos; Seleção Brasileira Feminina, Sub 17, Sub 20 e muito mais confira: www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com

Palmeiras Campeão da Copa do Brasil de 2015

Zé Roberto ergue a taça de campeão da Copa do Brasil de 2015;
Crédito: www.folha.uol.com.br
Ficha Tecnica
Palmeiras 2 x 1 Santos
Nas Penalidades: Palmeiras 4 x 3 Santos
Ficha Tecnica
• Competição (Tournament): Copa do Brasil de 2015 – Final – 2º Jogo (volta)
• Data (Date): Quarta-Feira, 25 de Novembro de 2015, às 22:00 hs (de Brasília)
• Estádio (Stadium): SE Palmeiras – Allianz Parque, São Paulo/SP
• Público (Attendance): 39.660 pagantes – Renda: R$ 5.336.631,25 reais
• Árbitro (Referee): Héber Roberto Lopes/SC (FIFA)
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Émerson Augusto de Carvalho/SP (FIFA)
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Marcelo Carvalho Van Gasse/SP (FIFA)
• Quarto Árbitro (Fourth Oficial): Ricardo Marques Ribeiro/MG (FIFA)
• Quinto Árbitro (Fifth Oficial): Carlos Augusto Nogueira Junior/SP (CBF1)
Advertências | Cautions Advertências | Cautions
Matheus Sales, aos 6’/2º Gabriel Barbosa, aos 45’/1º
João Pedro, aos 20’/2º
Dudu, aos 41’/2º
Gols | Goals | Goles Gols | Goals | Goles
1-0 Dudu, aos 10’/2º 1-2 Ricardo Oliveira, aos 40’/2º
2-0 Dudu, aos 38’/2º
Pênatis | Penalties Pênatis | Penalties
1-0 Zé Roberto (No Ângulo) x-x Marquinhos Gabriel (Pra Fora)
x-x Rafael Marques (Defesa) x-x Gustavo Henrique (Defesa)
2-1 Jackson (Lado Esquerdo) 1-1 Geuvânio (Canto Esquerdo)
3-2 Jonathan Cristaldo (Lado Esquerdo) 2-2 Lucas Lima (Canto Direito)
4-3 Fernando Prass (No Meio) 3-3 Ricardo Oliveira (No Meio)
Sociedade Esportiva Palmeiras Santos Futebol Clube
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Fernando Prass
22 João Pedro (Lucas Taylor)
26 Jackson
31 Vitor Hugo
11 Zé Roberto ©
36 Matheus Sales
05 Arouca
27 Robinho
33 Gabriel Jesus (Rafael Marques)
07 Dudu
08 Lucas Barrios (Cristaldo)
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
Mc
At
01 Vanderlei
04 Victor Ferraz
14 David Braz (Werley)
06 Gustavo Henrique
37 Zeca
29 Thiago Maia (Paulo Ricardo)
08 Renato Dirnei ©
20 Lucas Lima
31 Marquinhos Gabriel
17 Gabriel Barbaso (Geuvânio)
09 Ricardo Oliveira
Coach: Marcelo Oliveira Coach: Dorival Júnior
Go
Ld
Za
Le
Mv
Mv
Ma
Ma
At
At
At
At
47 Fábio (gk)
42 Lucas Taylor, aos 27’/2º
04 Nathan
66 Egídio
15 Amaral
28 Andrei Girotto
10 Cleiton Xavier
20 Agustín Allione
09 Jonathan Cristaldo, aos 23’/2º
17 Pablo Mouche
19 Rafael Marques, aos 41’/1º
29 Kelvin
Go
Ld
Za
Le
Mv
Mv
Mv
Ma
Ma
At
At
At
12 Vladimir (gk)
38 Daniel Guedes
02 Werley, aos 27’/1º
23 Chiquinho
05 Alison
21 Leandrinho
32 Paulo Ricardo, aos 35’/2º
18 Vitor Bueno
412 Serginho
11 Geuvânio, aos 19’/2º
39 Nilson
40 Neto Berola
Tempo Normal Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altnds Final
0 x 0 2 x 1 2 x 1 4 x 3 4 x 3
# No tempo regulamentar o Palmeiras venceu por 2 x 1; Como havia perdido o primeiro jogo por 1 x 0 a decisão foi para as pemalidades e o palmeiras venceu por 4 x 3 e sagrou-se campeão;
# Esta foi a primeira vez que a Copa do Brasil foi decidida nas penalidades;
# Com a conquista o Palmeiras garantiu uma vaga na Copa Libertadores de 2016;
# Palmeiras: Camisa, Calção e Meias Verdes com detalhes Brancos (Adiads);
# Santos: Camisa listrada em Preto-Branco, Calção Preto e Meia Alvinegras (Nike);
# Links Externos (External Links): www.gazetapress.com/galeria-de-imagens-da-final
# Links Externos (External Links): globoesporte.globo.com/final-da-copa-dp-brasil

.:: Galeria de Imagens ::.
Em pé: Fernando Prass, Nathan, Andrie Gitotto, Vítor Hugo, Rafael Marques, Amaral, Lucas Taylor, Matheus Sales, Mouche e Fábio; Agachados: João Pedro, Jackson. Robinho, Zé Roberto, Arouca, Gabriel Jesus, Cleiton Xavier, Allione, Egidio, Kelvin, Cristaldo, Lucas Barrios e Dudu;
Crédito: www.gazetapress.com/Djalma-Vassão/Gazeta-Press
Santos Futebol Clube vice Campeão da Copa do Brasil de 2015;
Crédito: www.gazetapress.com/Djalma-Vassão/Gazeta-Press
Fernando Prass defendeu um pênalti marcou o gol da vitória do Palmeiras;
Crédito: www.gazetapress.com/Djalma-Vassão/Gazeta-Press

Tricampeão da Copa do Brasil

A moderna arena do Palmeiras pulsou como o velho Estádio Palestra Itália na noite desta quarta-feira. Depois de vencer o Santos por 2 a 1 no tempo normal, o time da casa ganhou por 4 a 3 nos pênaltis com o goleiro Fernando Prass na cobrança decisiva e conquistou o tricampeonato da Copa do Brasil, primeiro título após a reforma do campo.

O atacante Dudu, vilão do vice paulista diante do próprio Santos, marcou os dois do Palmeiras. Nos minutos finais, Ricardo Oliveira fez o gol que provocou os pênaltis. Nas cobranças, além de defender o chute de Gustavo Henrique, Fernando Prass anotou o gol do título.

Fechado para reformas entre 2010 e 2014, o Palestra Itália foi reinaugurado em novembro do ano passado e diante do Santos recebeu 39.660 torcedores, um recorde da nova arena. Palco da conquista da Copa Libertadores 1999, o estádio não abrigava uma festa de título desde a conquista do Campeonato Paulista 2008.

Com o triunfo sobre o Santos, a Sociedade Esportiva Palmeiras comemora seu 12º título nacional, um recorde. Além do tri da Copa do Brasil (1998, 2012 e 2015), o clube ganhou a Taça Brasil (1960 e 1967), o Torneio Roberto Gomes Pedrosa (1967 e 1969), o Campeonato Brasileiro (1972, 1973, 1993 e 1994) e a Copa dos Campeões (2000).

O título é especial para Marcelo Oliveira, derrotado nas três decisões anteriores que disputou da Copa do Brasil (em 2011 e 2012 pelo Coritiba e em 2014 pelo Cruzeiro). Com o feito, ele se junta a Vanderlei Luxemburgo e Luiz Felipe Scolari na galeria de técnicos campeões pelo Palmeiras desde 1977 – Flávio Murtosa, auxiliar do gaúcho, também triunfou.

Se não teve regularidade para brilhar nos pontos corridos do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras jogou o suficiente para bater adversários como Cruzeiro, Internacional e Fluminense nas séries eliminatórias da Copa do Brasil. Assim, além do título, o primeiro da gestão de Paulo Nobre, iniciada em 2013, garantiu uma vaga na Copa Libertadores 2016.

Trajado com meias e calções brancos, como na final do histórico Campeonato Paulista 1993, o Palmeiras quase saiu na frente antes do minuto inicial. Pouco depois da saída de bola, Arouca cabeceou, Barrios desviou e Gabriel Jesus, livre, bateu para defesa do goleiro Vanderlei.

Inteligentemente, o Santos procurou explorar a fragilidade do jovem João Pedro na marcação. Aos sete minutos, Zeca desceu pela esquerda e cruzou para Marquinhos Gabriel finalizar. Após grande defesa de Fernando Prass, Victor Ferraz apanhou o rebote e acertou a trave.

O Palmeiras, como há muito não se via, ditou o ritmo do jogo e criou boas chances de marcar. Em uma oportunidade clara, aos 27 minutos, Robinho cruzou da direita para Lucas Barrios. O centroavante esperou o quique da bola e cabeceou para defesa de Vanderlei.

Gradualmente, o Santos aumentou o volume de jogo e equilibrou as ações, mas não conseguiu levar perigo a Fernando Prass até o final do primeiro tempo. Lesionado, o zagueiro David Braz foi substituído por Werley ainda na etapa inicial. Assim como Gabriel Jesus, trocado por Rafael Marques.

O marcador inalterado no primeiro tempo preocupou a torcida alviverde, mas o Palmeiras manteve a frieza e finalmente abriu o placar aos 11 minutos da etapa complementar. Lucas Barrios fez pivô e tocou para Robinho entrar na área. O meia cruzou e Dudu apenas empurrou para o gol. De tipoia, Gabriel Jesus deixou o banco para comemorar na beira do gramado.

Lucas Barrios, lesionado, saiu para entrada de Cristaldo. Em seguida, o técnico Marcelo Oliveira colocou Lucas Taylor no lugar de João Pedro, advertido com o amarelo. Dorival Júnior, por sua vez, tirou Thiago Maia e Gabriel e lançou Paulo Ricardo e Geuvânio.

O Palmeiras fez o segundo aos 39 minutos do segundo tempo. Em cobrança de falta pelo lado direito do ataque, Robinho levantou na área. De cabeça, Vitor Hugo desviou para o meio. Dudu acompanhou a jogada e completou para o fundo das redes.

A alegria alviverde durou pouco, já que o Santos fez sua torcida vibrar no setor visitante dois minutos depois. No lance que provou a decisão por pênaltis, Marquinhos Gabriel cobrou escanteio pelo lado esquerdo do ataque, Werley desviou de calcanhar e a bola sobrou livre para finalização certeira de Ricardo Oliveira.

Pelo Santos, Geuvânio, Lucas Lima e Ricardo Oliveira converteram seus pênaltis. Marquinhos Gabriel e Gustavo Henrique desperdiçaram. Pelo Palmeiras, Zé Roberto, Jackson, Cristaldo e Fernando Prass marcaram. Rafael Marques errou. E a Sociedade Esportiva Palmeiras ganhou por 4 a 3. (Fonte: Gazeta Esportiva)


.:: Campanha do Campeão ::.
Data Estádio Primeira Fase
04/03 Lomanto Júnior Vitória da Conquista/BA 1 x 4 SE Palmeiras
NH Arena do Palmeiras SE Palmeiras NH Vitória da Conquista/BA
Data Estádio Segunda Fase
29/04 Castelão Sampaio Corrêa/MA 1 x 1 SE Palmeiras
12/05 Arena do Palmeiras SE Palmeiras 5 x 1 Sampaio Corrêa/MA
Data Estádio Terceira Fase
27/05 Arena do Palmeiras SE Palmeiras 0 x 0 ASA de Arapiraca
15/07 Estádio do Café ASA de Arapiraca 0 x 1 SE Palmeiras
Data Estádio Oitavas de Final
19/08 Arena do Palmeiras SE Palmeiras 2 x 1 Cruzeiro/MG
26/08 Arena Mineirão Cruzeiro/MG 2 x 3 SE Palmeiras
Data Estádio Quartas de Final
23/09 Arena Beira-Rio Internacional/RS 1 x 1 SE Palmeiras
30/09 Arena do Palmeiras SE Palmeiras 3 x 2 Internacional/RS
Data Estádio Semifinal
21/10 Arena Maracanã Fluminense/RJ 2 x 1 SE Palmeiras
28/10 Arena do Palmeiras SE Palmeiras 2 x 1 Fluminense/RJ
Data Estádio Final
25/11 Vola Belmiro Santos (SP) 1 x 0 SE Palmeiras
02/12 Arena do Palmeiras SE Palmeiras 2 x 1 Santos (SP)
# 04/03 – O Palmeiras eliminou o Vitória da Conquista sem a necessidade do jogo de volta;
# 28/10 – O Palmeiras classificou-se vencendo o Fluminense nos pênaltis por 4 x 1;
# 02/12 – O Palmeiras foi campeão vencendo o Santos nos pênaltis por 4 x 3;

.:: Seleção Brasileira de Futebol ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol cinco vezes campeã mundial. Jogos amistosos oficiais e não oficiais; Eliminatórias da Copa; Copa do Mundo, Copa América, Copa das Confederações, Torneios, Torneio Pré-Olímpico, Jogos Olímpicos, Jogos Pan-Americanos; Seleção Brasileira Feminina, Sub 17, Sub 20 e muito mais confira: www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com

Com Pênalti Perdido e Tudo Santos Vence Palmeiras na Primeira Final da Copa do Brasil

Gabigol perdeu pênalti mas fez o gol da vitória do Santos na Final da Copa do Brasil;
Crédito: gazetapress.com/Ricardo-Saibun/Agif/Gazeta-Press
Ficha Tecnica
Santos 1 x 0 Palmeiras
Final da Copa do Brasil de 2015
Ficha Tecnica
• Competição (Tournament): Copa do Brasil de 2015 – Final – 1º Jogo (ida)
• Data (Date): Quarta-Feira, 25 de Novembro de 2015, às 22:00 hs (de Brasília)
• Estádio (Stadium): Santos FC – Urbano Caldeira “Vila Belmiro”, em Santos/SP
• Público (Attendance): 14.116 pagantes – Renda: R$ 1.631.560,00
• Árbitro (Referee): Luiz Flávio de Oliveira/SP (FIFA) depois Marcelo Aparecido/SP
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Émerson Augusto de Carvalho/SP (FIFA)
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Marcelo Carvalho Van Gasse/SP (FIFA)
• Quarto Árbitro (Fourth Oficial): Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza/SP (CBF1)
• Quinto Árbitro (Fifth Oficial): Danilo Ricardo Simon Manis/SP (Aspirante FIFA)
Advertências | Cautions Advertências | Cautions
Renato Dirnei, aos 15’/2º Fernando Prass, oas 32’/1º
Ricardo Oliveira, aos 19’/2º Matheus Sales, aos 37’/1º
Gabriel Barbosa, aos 34’/2º Lucas Barrios, aos 43’/1º
Víctor Ferraz, aos 36’/2º Arouca, aos 19’/2
Lucas Marques, aos 24’/2º
Lucas Marques, aos 42’/2º
Dudu, aos 45’/2º
Gols | Goals | Goles Gols | Goals | Goles
1-0 Gabriel Barbosa, aos 33’/2º
Santos Futebol Clube Sociedade Esportiva Palmeiras
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Vanderlei
04 Victor Ferraz
06 Gustavo Henrique
14 David Braz
37 Zeca
29 Thiago Maia (Nilson)
08 Renato Dirnei ©
20 Lucas Lima
31 Marquinhos Gabriel (Geuvânio)
10 Gabriel (Neto Berola)
09 Ricardo Oliveira
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
Mc
At
01 Fernando Prass
32 Lucas Marques [Expulso]
26 Jackson
31 Vitor Hugo
11 Zé Roberto ©
36 Matheus Sales (Amaral)
05 Arouca
27 Robinho
07 Dudu
33 Gabriel Jesus (Kelvin)
08 Lucas BARRIOS (Rafael Marques)
Coach: Dorival Júnior Coach: Marcelo Oliveira
Go
Ld
Za
Le
Mv
Mv
Ma
Ma
At
At
At
At
12 Vladimir
38 Daniel Guedes
02 Werley
23 Chiquinho
05 Alison
32 Paulo Ricardo
17 Rafael Longuine
27 Léo Cittadini
11 Geuvânio, aos 19’/2º
19 Marquinhos
39 Nilson, aos 46’/2º
40 Neto Berola, aos 40’/2º
Go
Ld
Za
Le
Mv
Mv
Ma
Ma
At
At
At
At
47 Fábio
22 João Pedro
04 Nathan
66 Egídio
15 Amaral, aos 45’/1º
28 Andrei Girotto
20 Agustín Allione
30 Fellype Gabriel
09 Jonathan Cristaldo
17 Pablo Mouche
19 Rafael Marques, aos 19’/2º
29 Kelvin, aos 12’/1º
Tempo Normal Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altnds Final
0 x 0 1 x 0 1 x 0
# Com esse resultado o Santos joga por um empate, no próximo jogo, para ser campeão;
# O Plameiras terá que vencer por dois gols, ou mais, de diferença pra ser campeão;
# Gabriel “Gabigol” chutou um pênalti, na trave, aos 5′ minutos do 1º tempo;
# Aos 21 minutos do 2º tempo houve a substituição do arbitro principal sr. Luiz Flávio de Oliveira pelo 4º arbitro sr. Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza, troca motivada pela lesão sofrida na coxa do sr. Luiz Flávio de Oliveira;
# Santos: Camisa, Calção e Meias Brancas com detalhes Pretos (Nike);
# Palmeiras: Camisa, Calção e Meias Verdes com detalhes Brancos (Adidas);
# Links Externos: www.globoesporte.globo.com/futebol
# Links Externos: www.gazetaesportiva.net/galeria-de-imagens-da-final
# Links Externos: www.soccerway.com/matches/copa-do-brasil
# Todos os Jogos do Ceará Sporting Club: www.cearascpedia.wordpress.com

.:: Galeria de Imagens ::.
Em pé: Renato, Vanderlei, Gustavo Henrique, David Braz, Ricardo Oliveira, Paulo Ricardo, Werley, Léo Cittadini, Vladimir, Neto Berola e Marquinhos; Agachados: Gabriel, Lucas Lima, Chiquinho, Victor Ferraz, Thiago Maia, Nilson, Geuvânio, Alison, Daniel Guedes, Zeca, Rafael Longuine e Marquinhos Gabriel Barbosa; Tec: Dorival Júnior
Crédito: www.gazetapress.com/Daniel-Vorley/Agif/Gazeta-Press

Peixe Larga na Frente

O Santos iniciou a briga pelo título da Copa do Brasil de maneira bem-sucedida na noite desta quarta-feira. Gabigol desperdiçou uma cobrança de pênalti na Vila Belmiro, mas se redimiu ao marcar o gol da vitória por 1 a 0 sobre o Palmeiras. Assim, o time alvinegro depende de um empate para conquistar o título.

O segundo confronto está marcado para as 22 horas (de Brasília) da próxima quarta-feira, no Estádio Palestra Itália, com ingressos já esgotados. Diferentemente do restante da Copa do Brasil, na decisão os gols anotados como visitante não têm peso diferenciado.

A exemplo da final do Campeonato Paulista, em que Dudu perdeu pênalti no Palestra Itália, Gabigol falhou na Vila Belmiro. O Santos dominou o jogo sem correr maiores riscos, mas conseguiu marcar o gol da vitória apenas a 12 minutos do fim do tempo regulamentar, com a redenção de seu camisa 10.

O duelo realizado na noite desta quarta-feira foi o sexto entre os clubes na temporada. Até o momento, o Santos, campeão paulista sobre o rival, venceu quatro jogos, todos na Vila Belmiro, e o Palmeiras levou a melhor duas vezes, ambas no Palestra Itália.

A decisão reúne os dois maiores ganhadores de títulos nacionais. O Palmeiras detém 11 taças do gênero, entre elas a Copa do Brasil (1998 e 2012). Já o Santos ostenta nove conquistas, inclusive a Copa do Brasil (2010), com Dorival Júnior no comando. Marcelo Oliveira, por sua vez, amarga três vices do torneio.

A primeira partida da final da Copa do Brasil teve um começo eletrizante na Vila Belmiro. Logo aos dois minutos, o Palmeiras teve falta do lado esquerdo e Robinho levantou na área. O goleiro Vanderlei deu rebote e o zagueiro Jackson, de cabeça, perdeu boa chance de abrir o placar.

Pouco depois, Lucas Lima quase marcou gol olímpico. Após nova cobrança de escanteio santista, aos quatro minutos, Arouca puxou a camisa de Ricardo Oliveira e o árbitro Luiz Flavio de Oliveira deu o pênalti. Na cobrança, Gabigol acertou a trave esquerda de Fernando Prass.

Espremida em seu setor, a torcida palmeirense comemorou a cobrança ineficiente de Gabigol como se fosse um gol. Aos 12 minutos, porém, os visitantes ficaram preocupados. Gabriel Jesus sofreu falta banal no campo de defesa, sentiu lesão no ombro e precisou ser substituído por Kelvin.

A despeito do pênalti perdido por Gabigol no começo da partida, o Santos manteve o domínio das ações com facilidade. O Palmeiras, como de costume, incapaz de articular boas jogadas a partir do meio de campo, apostou em lançamentos e chutões, sem sucesso.

O meia Lucas Lima foi participativo, mas o Santos não conseguiu movimentar o placar durante o primeiro tempo. Na última oportunidade do time da casa, Victor Ferraz fez boa jogada pela direita e cruzou para finalização de Ricardo Oliveira. Fernando Prass, milagrosamente, evitou o gol duas vezes.

Matheus Sales, advertido com o cartão amarelo na etapa inicial, acabou substituído por Amaral no intervalo, o que não foi suficiente para impedir uma nova chance do Santos logo aos dois minutos. Gabigol recebeu de Lucas Lima e chutou para mais uma defesa de Prass.

O Palmeiras procurou responder rápido e Dudu lançou Barrios dentro da área. O centroavante, tocado por trás pelo zagueiro David Braz, caiu e pediu pênalti, mas não foi atendido por Luiz Flavio de Oliveira. Aos 22 minutos, o árbitro solicitou a própria substituição e Marcelo Aparecido de Souza assumiu o apito.

Sem criatividade, o Palmeiras jogava para empatar. Aos 33 minutos, o Santos finalmente foi premiado por sua imposição e impetuosidade. Gabigol recebeu de Ricardo Oliveira na ponta da área, driblou o volante Amaral e definiu com categoria diante de Fernando Prass.

Aos 42 minutos, o lateral direito Lucas foi expulso por chutar a bola em cima de Lucas Lima, que entrou em campo pendurado por dois amarelos. Na última oportunidade do jogo, já nos acréscimos, Ricardo Oliveira driblou Fernando Prass e a bola sobrou limpa para Nilson, que conseguiu chutar para fora. Assim que o juiz apitou o fim, houve confusão entre os dois times. (Fonte: Gazeta Esportiva)


.:: Seleção Brasileira de Futebol ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol cinco vezes campeã mundial. Jogos amistosos oficiais e não oficiais; Eliminatórias da Copa; Copa do Mundo, Copa América, Copa das Confederações, Torneios, Torneio Pré-Olímpico, Jogos Olímpicos, Jogos Pan-Americanos; Seleção Brasileira Feminina, Sub 17, Sub 20 e muito mais confira: www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com

Ficha Tecnica: Santos 2 x 1 Palmeiras

.:: Campeonato Paulista de 2015 ::.
Santos vence Palmeiras nas penalidades e conquista título paulista.
Crédito: www.globoesporte.globo.com/Marcos-Ribolli
Ficha Técnica
Santos 2 x 1 Palmeiras
nas Penalidades: Santos 4 x 2 Palmeiras
Ficha Técnica
• Competição (Tournament): Campeonato Paulista 2015 – Final – Segundo Jogo
• Data (Date): Domingo, 3 de Maio de 2015, às 16:00 hs (de Brasília)
• Estádio (Stadium): Urbano Caldeira “Vila Belmiro”, em Santos/SP
• Público (Attendance): 14.662 pagantes – Renda: R$ 1.555.280
• Árbitro (Referee): Guilherme Ceretta de Lima (SP)
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Émerson Augusto de Carvalho (SP)
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Alex Ang Ribeiro (SP)
• Quarto Árbitro (Fourth Oficial): Sem Registro
• Advertências (Cautions): Dudu 4′, Valdivia 9′, Valencia 16′, Gabriel 25′, David Braz 30′, Víctor Ramos 61′ e Lucas 90’+2
• Expulsão (Sent Off): Geuvânio e Dudu, aos 45’/1º; e Victor Ramos, aos 31’/2º
Gols do Santos Gols do Palmeiras
1-0 David Braz, aos 29’/1º 1-2 Lucas, aos 19’/2º
2-0 Ricardo Oliveira, aos 43’/1º
Pênaltis do Santos Pênaltis do Palmeiras
1-1 David Braz 1-0 Cleiton Xavier
2-1 Gustavo Henrique x-x Rafael Marques
3-1 Victor Ferraz x-x Jackson
4-2 Lucas Lima 2-3 Leandro Pereira
Santos Futebol Clube Sociedade Esportiva Palmeiras
GO
LD
ZA
ZA
LE
MC
MC
MC
MC
AT
AT
12 Vladimir
14 Víctor Ferraz
02 Werley (Gustavo Henrique)
14 David Braz
23 Chiquinho
15 Edwin Valencia (Leandrinho)
08 Renato
20 Lucas Lima
11 Geuvânio
07 Robinho (Cicinho)
09 Ricardo Oliveira
GO
LD
ZA
ZA
LE
MC
MC
MC
MC
AT
AT
01 Fernando Prass
32 Lucas
03 Victor Ramos
31 Vitor Hugo
11 Zé Roberto
18 Gabriel (Amaral)
27 Robinho (Cleiton Xavier)
10 Jorge Valdivia (Jackson)
07 Dudu
19 Rafael Marques
17 Leandro Pereira
Técnico: Marcelo Fernandes Técnico: Oswaldo de Oliveira
04
06
10
21
22
33
49
Cicinho, aos 42’/2º
Gustavo Henrique, aos 7’/2º
Gabriel
Leandrinho, aos 38’/2º
Elano
Gabriel Gasparotto (gk)
Lucas Crispin
08
09
15
26
29
33
49
Cleiton Xavier, aos 7’/2º
Jonathan Cristaldo
Amaral, aos 28’/2º
Jackson, aos 35’/2º
Kelvin
Gabriel Jesus
Jailson (gk)
Tempo Normal Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Time A Time B
2 x 0 0 x 1 2 x 1 4 2
Observações
# No tempo regulamentar o santos venceu poe 2 x 1; Nou houve prorrogação; Nas penalidades o santos venceu por 4 x 2 e ficou com o título;
# Palmeiras: Camisa Verde, Calção Branco e Meias Brancas (Adidas);
# Santos: Camisa, Calção e Meias Brancas com detalhes Pretos.
# Imagens da Partida: www.globoesporte.globo.com
# Referência: www.esportes.terra.com.br/futebol
# Referência: www.lancenet.com.br
# Referência: www.soccerway.com/matches
Campanha do Santos Futebol Clube
01/02
04/02
08/02
11/02
14/02
22/02
01/03
08/03
11/03
14/03
21/03
26/03
29/03
05/04
08/04
12/04
19/04
26/04
03/05
1ª Rodada
2ª Rodada
3ª Rodada
4ª Rodada
5ª Rodada
6ª Rodada
7ª Rodada
8ª Rodada
9ª Rodada
10ª Rodada
11ª Rodada
12ª Rodada
13ª Rodada
14ª Rodada
15ª Rodada
Quartas de Final
Semifinal
Final
Final
Vila Belmiro
Romildo Ferreira
Benedito Teixeira
Vila Belmiro
Primeiro de Maio
Pacaembu
Pacaembu
Santa Cruz
Vila Belmiro
Bento de Abreu
Pacaembu
Moisés Lucarelli
Vila Belmiro
Itaquerão
Vila Belmiro
Vila Belmiro
Vila Belmiro
Arena Palmeiras
Vila Belmiro
Santos FC
Santos FC
Santos FC
Santos FC
Santos FC
Santos FC
Santos FC
Santos FC
Santos FC
Santos FC
Santos FC
Santos FC
Santos FC
Santos FC
Santos FC
Santos FC
Santos FC
Santos FC
Santos FC
2 x 0
0 x 0
2 x 1
0 x 0
1 x 0
3 x 1
4 x 2
3 x 0
2 x 1
4 x 1
1 x 0
1 x 3
2 x 2
1 x 1
2 x 0
3 x 0
2 x 1
0 x 1
2 x 1
Ituano FC
Mogi Mirim EC
Red Bull Brasil
São Paulo FC
São Bernardo FC
Portuguesa Desp.
CA Linense
Botafogo FC
SE Palmeiras
Marília AC
GO Audax
AA Ponte Preta
EC São Bento
SC Corinthians
Rio Claro FC
XV de Piracicaba
São Paulo FC
SE Palmeiras
SE Palmeiras
# 03/05: O Santos venceu o Palmeiras nas penalidades por 4 x 2 e sagrou-se campeão;
# Referênvia: www.wikipedia.org/Campeonato-Paulista-2015

.:: Deixe um Comentário ::.
Se você gostou desse post ou do site indique para seus amigo.
Deixe uma crítica ou uma sugestão.


Ficha Técnica: Palmeiras 1 x 0 Santos

.:: Campeonato Paulista de 2015 ::.
Com gol irregular, Palmeiras vence Santos na primeira final paulista.
Crédito: www.lancenet.com.br
Ceará Sporting Club
Palmeiras 1 x 0 Santos
Final do Campeonato Paulista de 2015
Ficha Técnica
• Competição (Tournament): Campeonato Paulista 2015 – Final – Primeiro Jogo
• Data (Date): Domingo, 26 de Abril de 2015, às 16:00 hs (de Brasília)
• Estádio (Stadium): Arena do Palmeiras, em São Paulo/SP
• Público (Attendance): 39.479 pagantes – Renda: R$ 4.181.281,25
• Árbitro (Referee): Vinicius Furlan (SP)
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Carlos Augusto Nogueira Júnior (SP)
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Anderson José de Moraes Coelho (SP)
• Quarto Árbitro (Fourth Oficial): Guilherme Ceretta de Lima (SP)
• Advertências (Cautions): Cleiton Xavier 20′, Vítor Hugo 42′, Gabriel 62′, Lucas Lima 76′ e Víctor Ramos 89′
• Expulsão (Sent Off): Paulo Ricardo, aos 11′ minutos do 2º tempo
Gols do Palmeiras Gols do Santos
1-0 Leandro Pereira, aos 29’/1º
Sociedade Esportiva Palmeiras Santos Futebol Clube
GO
LD
ZA
ZA
LE
MC
MC
MC
MC
AT
AT
01 Fernando Prass
32 Lucas
03 Victor Ramos
31 Vitor Hugo
11 Zé Roberto
18 Gabriel
05 Arouca (Cleiton Xavier)
27 Robinho (Kelvin)
07 Dudu
19 Rafael Marques
17 Leandro Pereira (Gabriel Jesus)
GO
LD
ZA
ZA
LE
MC
MC
MC
MC
AT
AT
12 Vladimir
04 Cicinho
32 Paulo Ricardo
14 David Braz
13 Victor Ferraz (Jubal)
25 Lucas Otávio
08 Renato
23 Chiquinho
20 Lucas Lima
11 Geuvânio (Gabriel)
09 Ricardo Oliveira (Leandrinho)
Técnico: Oswaldo de Oliveira Técnico: Marcelo Fernandes
08
16
26
29
33
39
49
Cleiton Xavier, aos 17’/1º
Víctor Luis
Jackson
Kelvin, aos 35’/2º
Gabriel Jesus, aos 22’/2º
Ryder Matos
Jailson (gk)
03
10
21
22
29
33
36
Caju
Gabriel, aos 34’/2º
Leandrinho,aos 42’/2º
Elano
Thiago Maia
Gabriel Gasparotto
Jubal, aos 13’/2º
Tempo Normal Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Time A Time B
1 x 0 0 x 0 1 x 0
Observações
# Com esse resultado o Palmeiras joga por um empate, no próximo jogo, para ser campeão;
# O Palmeiras chutou fora uma penalidade quando já estava 1 x0;
Palmeiras: Camisa Verde, Calção Branco e Meias Brancas (Adidas);
# Santos: Camisa listrada em Preto-Branco, Calção Preto e Meias Pretas.
# Referência: www.esportes.terra.com.br/futebol
# Referência: www.lancenet.com.br
# Referência: www.soccerway.com/matches

.:: Deixe um Comentário ::.
Se você gostou desse post ou do site indique para seus amigo.
Deixe uma crítica ou uma sugestão.


Ficha Técnica: Santos 2 x 1 Palmeiras


.:: Campeonato Paulista 2015 ::.

Ricardo Oliveira fez o gol que deu a vitória ao santos no clássico paulista.
Crédito: www.lancenet.com.br/Ivan-Storti/LANCE!Press
Ceará Sporting Club
Santos 2 x 1 Palmeiras
Campeonato Paulista de 2015
Ficha Técnica
• Competição: Campeonato Paulista de 2015 – Primeira Fase – 9ª Rodada
• Data: Quarta-Feira, 11 de Março de 2015, às 22:00 hs (de Brasília)
• Estádio: Urbano caldeira “Vila Belmiro”, em Santos/SP
• Público/Renda: 11.816 pagantes – Renda: R$ 360.960,00 reais
• Árbitro: Thiago Duarte Peixoto (SP)
• Assistente 1: Danilo Ricardo Simon Manis (SP)
• Assistente 2: Luis Alexandre Nilsen (SP)
• 4º Árbitro: Vinícius Furlan (SP)
• Cartões Amarelos: Geuvânio 23′, Renato 27′, Arouca 31′, Ricardo Oliveira 32′, Dudu 73′, Valencia 82′, Lucas Lima 85′ e David Braz 90’+3
• Expulsão: Nenhuma
Gols do Santos Gols do Palmeiras
1-1 Renato, aos 26’/1º 1-0 Vítor Hugo, aos 7’/1º
2-1 Ricardo Oliveira, aos 16’/2º
Santos Futebol Clube Sociedade Esportiva Palmeiras
GO
LD
ZA
ZA
LE
MC
MC
MC
MC
AT
AT
01 Vanderlei
04 Cicinho
02 Werley
14 David Braz
13 Victor Ferraz
15 Edwin VALENCIA
08 Renato
45 Geuvânio (Gabriel)
20 Lucas Lima
07 Robinho (Thiago Ribeiro)
09 Ricardo Oliveira (Elano)
GO
LD
ZA
ZA
LE
MC
MC
MC
AT
AT
AT
01 Fernando Prass
32 Lucas
02 Fernando TOBIO
31 Vitor Hugo
11 Zé Roberto
18 Gabriel
05 Arouca
27 Robinho (Gabriel Jesus)
20 Agustín ALLIONE (João Paulo)
07 Dudu
09 Jonathan CRISTALDO (Leandro Pereira)
Técnico: Marcelo Fernandes Técnico: Oswaldo de Oliveira
06
10
11
12
22
25
37
Gustavo Henrique
Gabriel, aos 26’/2º
Thiago Ribeiro, aos 46’/2º
Vladimir (gk)
Elano, aos 32’/2º
Lucas Otávio
Zé Carlos
03
06
13
17
23
33
49
Víctor Ramos
João Paulo, aos 14’/2º
Maikon leite
Leandro Pereira, aos 20’/2º
Renato
Gabriel Jesus, aos 35’/2º
Jailson (gk)
Observações
# Jogo válido pela primeira fase do campeonato paulista.
# Santos: Camisa, Calção e Meias Brancas com detalhes Pretos (Nike);
# Palmeiras: Camisa , Calção e Meias Verdes com detalhes Brancos e Dourados (Adidas).
# Referência: www.lancenet.com.br
# Referência: www.br.soccerway.com/matches

.:: Confira o Vídeo da Partida ::.


.:: Deixe um Comentário ::.
Se você gostou desse post ou do site indique para seus amigo.
Deixe uma crítica ou uma sugestão.


%d blogueiros gostam disto: