Archive for the ‘Recopa Sulamericana Finais’ Category

Grêmio Campeão da Recopa Sul-Americana de 2018

Jogadores do Gr~emio comemoram a conquista do bi-campeonato da Recopa;
Crédito: www.gettyimages.com/Nelson-Almeida
Ficha Técnica – Ceará Sporting Club
Escudo Grêmio 0 x 0 Independiente
Nas Penalidades: Grêmio 5 x 4 Independiente
Escudo
Ficha Técnica do Site










Competição (Tournament): Recopa Sul-Americana de 2018 – Final – 2º Jogo
Data (Date): Quarta-Feira, 21 de Fevereiro de 2018, 21:45 (de Brasília)
Estádio (Stadium): Grêmio FBPA – Arena do Grêmio, Porto Alegre/RS (BRA)
Público (Attendance): 40.009 pagantes (Total: 42.921) – Renda: R$ 1.964.449,00
Árbitro Principal (Referee): Enrique Patricio Cáceres Villafañe (Paraguai / Paraguay)
Assistente 1 (Assistant Referee 1): Eduardo Cardozo (Paraguai / Paraguay)
Assistente 2 (Assistant Referee 2): Juan Zorrilla (Paraguai / Paraguay)
Quarto Árbitro (Fourth Oficial): Éber Aquino (Paraguai / Paraguay)
Assistente de Vídeo 1 (Video Assistant 1): Andrés Cunha (Uruguai / Uruguay)
Assistente de Vídeo 2 (Video Assistant 2): Nicolás Tarán (Uruguai / Uruguay)
Assistente de Vídeo 3 (Video Assistant 3): José Argote (Venezuela)
Advertências | Cautions | Sent Off | Amonestaciones
1′ Alisson 15′ Diego Martín Rodríguez
24′ Pedro Geromel 23′ Gastón Silva
35′ Paulo Miranda 34′ Fernando Gaibor
41′ Fernando Amorebieta
Pênaltis | Penalties | Penales
1-0 Maicon 1-1 Fernando Gaibor
2-1 Cícero 2-2 Maximiliano Meza
3-2 Jael 3-3 Nicolás Domingo
4-3 Éverton 4-4 Silvio Romero
5-4 Luan x-x Martín Benítez (Perdeu)
Grêmio Foot-Ball Porto-Alegrense Club Atletico Indepndiente
Gk
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
Mc
At
01 Marcelo Grohe
02 Leonardo Moura (Miranda, 22′)
03 Pedro Geromel
04 Walter Kannemann
06 Bruno Cortez (Lima, 116′)
08 Maicon ©
25 Jailson (Jael, 62′)
23 Alisson (Maicosuel, 81′)
17 Cícero
11 Éverton
07 Luan Vieira
Gk
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
Mc
At
25 Martín Campaña ©
16 Fabricio Bustos (Gutiérrez, 108′)
02 Alan Franco
14 Fernando Amorebieta [Expulso, 41′]
20 Gastón Silva
05 Nicolás Domingo
15 Diego Rodríguez (Benítez, ht)
08 Maximiliano Meza
10 Fernando Gaibor
21 Jonathan Menéndez (Romero, 75′)
11 Leandro Fernández (Figal, 45′)
Coach: Renato Gaúcho Coach: Ariel Holan
Gk
Df
Df
Mc
Mc
Mc
At
12 Paulo Victor
13 Paulo Miranda, aos 22’/1º
20 Marcelo Oliveira
05 Michel
14 Lima, no Intervalo/Pror
18 Maicosuel, aos 36’/2º
09 Jael, aos 17’/2º
Gk
Df
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Damián Albil
04 Jorge Figal, aos 45’/1º
06 Juan Sánchez Miño
07 Martín Benítez, no Intervalo
24 Jonás Gutiérrez, aos 3’/2º/Pror
18 Silvio Romero, aos 30’/2º
22 Juan Manuel Martínez
Tempo Normal Prorrogação Penalidades
1º Tempo 2º Tempo Final 1º Tempo 2º Tempo Final Normal Altnds Final
0 x 0 0 x 0 0 x 0 0 x 0 0 x 0 0 x 0 5 x 4 5 x 4
→ Nos 90 minuos terminou em 0x0; O mesmo na prorrogação; Nos pênaltis GRêmio 5 x 4;
→ Com esse resultado o Grêmio sagrou-se campeão da Recopa pela segunda vez;
→ Esta é a quarta final do Independiente (3º vice) e a segunda do Grêmio (2º título);
→ Melhor Jogador do Jogo (Man of the Match): Sem Registro;
→ Independiente: Camisa Vermelha, Calção Vermelho e Meias Vermelhas;
→ Grêmio: Camisa Tricolor, Calção Preto e Meias Brancas;
→ Grêmio (Brasil): Campeão da Copa Libertadores da América de 2017;
→ Independiente (Argentina): Campeão da Copa Sul-Americana de 2017;
→ A Recopa Sul-Americana é um torneio, anual, criando pela CONMEBOL disputado entre o Campeão da Copa Libertadores e o campeão da Copa Sul-Americana do ano anterior;
→ A partir de 2003 o segundo representante passou a ser o Campeão da Copa Sul-Americana;
→ Próximo Jogo: 21/02 – Grêmio x Independiente, Arena do Grêmio; (Ficha do Jogo)
→ Grêmio e Independiente decidiram a Recopa de 1996 e o time brasileiro foi o campeão;
→ 07/04/1996 – Grêmio 4 x 1 Independiente, Estádio de Kobe, Japão; (Ficha do Jogo)

.:: Galeria de Imagens ::.
Jogadores do Grêmio comemoram a conquista da Recopa Sul-Americana de 2018;
Crédito: www.gettyimages.com/Nelson-Almeida
Grêmio Foot-Ball Porto-Alegresne bi-campeão da Recopa Sul-Americana;
Crédito: www.gettyimages.com/Nelson-Almeida
Club Atletico Independiente vice-campeão da Recopa Sul-Americana;
Crédito: www.gettyimages.com/Nelson-Almeida
Momento em que Marcelo Grohe defende o P~enalti que deu o título oa Grêmio;
Crédito: www.gettyimages.com/Nelson-Almeida
Confira os lances da final da Recopa Sul-Americana;
Crédito: www.youtube.com/@pnlopes


Crônica do Jogo


Em Avellaneda, o Grêmio empatou com o Independiente em 1 a 1 depois de jogar 60 minutos com um atleta a mais em campo. Na noite dessa quarta-feira, em Porto Alegre, a equipe de Renato Gaúcho voltou a ter vantagem numérica e por causa de uma expulsão com interferência do árbitro de vídeo, mas, novamente não conseguiu a vitória no tempo regulamentar. Não foi no tempo normal, não foi na prorrogação, mas foi nos pênaltis. Marcelo Grohe defendeu a última cobrança dos argentinos, que coube a Benítez, e deu a vitória por 5 a 4 ao Tricolor Gaúcho depois do persistente 0 a 0.

Se o Grêmio começou mal a temporada e é lanterna no Campeonato Estadual, quem sabe as coisas não mudam a partir de mais um título. É o Grêmio campeão da Copa do Brasil em 2016, campeão da Copa Libertadores em 2017 e agora campeão da Recopa Sul-Americana em 2018, de novo em cima do Independiente, como em 1996.

Diferente do confronto da semana passada, dessa vez o Grêmio mostrou o ímpeto de mandante e partiu para o abafa desde o apito inicial. Não demorou e a primeira grande oportunidade de gol já aconteceu aos sete minutos. Everton saiu cara a cara com o gol, driblou o goleiro Campaña e bateu para as redes, mas Amorabieta salvou em cima da linha.

O lance era o retrato do que viria pela frente. Muito sufoco e drama. O Tricolor Gaúcho pressionava, tinha mais posse de bola e criava chances perigosas. O Independiente, então, percebendo que nem mesmo sua retranca estava funcionando, partiu para a velha catimba argentina.

Os jogadores do Rei de Copas passaram a praticar a famosa “cera” a todo momento. Além disso, todo lance de disputa de bola era desculpa para muita pressão e discussão com a arbitragem. Em pouco tempo, o clima esquentou e o árbitro começou a distribuir cartões amarelos. Foram seis ao todo só na primeira etapa.

Neste cenário, as equipes viveram um dèjá vu pouco antes do intervalo. Assim como no duelo na Argentina, o árbitro de vídeo voltou a trabalhar na final da Recopa. Dessa vez para analisar uma solada do zagueiro Fernando Amorebieta em cima de Luan, que ficou com a marca das travas nas costelas.

Depois de ser chamado pelo VAR uruguaio Andrés Cunha, o árbitro paraguaio Enrique Cáceres assistiu ao lance novamente e rapidamente concluiu que o argentino agrediu Luan. Amorebieta foi expulso de forma direta, assim como aconteceu com o centroavante Emmanuel Gigliotti no duelo de ida, também pouco antes do intervalo.

E se o Grêmio não soube usar a vantagem numérica jogando em Avellaneda, não foi diferente nessa quarta, em Porto Alegre. Com exceção a uma grande chance de Everton, que culminou na defesa de Campaña, o time de Renato Gaúcho teve muita dificuldade em criar oportunidades e parou na forte defesa argentina, que conseguiu levar a decisão à prorrogação.

Mesmo com um jogador a menos, desgastado e fora de casa, o Independiente jogou com muita sabedoria e encarou o Grêmio de igual para igual no tempo extra. É verdade que Jael chegou a cabecear uma bola no travessão, mas Romero também teve uma chance incrível, de dentro da pequena área, e furou na hora “H”.

O problema é que o árbitro Enrique Cáceres não teve coragem de dar um pênalti claro para o Grêmio em jogada que Jael foi empurrado nas costas ao saltar para escorar cruzamento à área. Apesar de toda a reclamação, não teve jeito. O jogo seguiu.

O segundo tempo da prorrogação mostrou que o fato do Independiente estar em meio de temporada acabou sendo fundamental para a equipe argentina suportar o cansaço diante do Grêmio, que apesar de ter um jogador a mais por tanto tempo, não conseguiu se sobressair na parte física, já que seus principais jogadores voltaram da pré-temporada há apenas um mês.

Dessa forma, com direito a uma defesaça de Campaña em cobrança de falta de Jael que contou com desvio na barreira, os visitantes não sofreram mais do que esperavam. Melhor, por pouco não conseguiram um gol heroico em cobrança de escanteio. Meza cabeceou livre e viu a bola raspar a trave de Grohe, que já estava batido. Assim, os argentinos levaram tudo para os pênaltis, onde aí sim a disputa voltaria a ficar de igual para igual.

Na marca da cal, só um falhou. E para alegria dos gremistas na Arena, não foi nenhum jogador brasileiro. Depois de Maicon, Cícero, Jael, Everton e Luan converterem suas cobranças, assim como Fernando Gaibor, Maxiliano Meza, Domingo e Romero pelo Independiente, Benítez foi o encarregado para o último chute e parou nas mãos de Marcelo Grohe, que espalmou a bola para o travessão e deu início a uma grande festa.

Grêmio campeão da Copa do Brasil de 2016, campeão da Libertadores em 2017 e agora campeão da Recopa Sul-Americana em 2018. O Independiente lutou heroicamente com um jogador a menos, mas sucumbiu na Arena, em Porto Alegre. (Fonte: Gazeta Esportiva)


.:: Seleção Brasileira – Brazilian National Football Team ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol aqui.
All the matches of the Brazilian National Team hear;
www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com


Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que deu seu Filho unigênito, para que todo aquele que Nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. (João 3.16)


For God so loved the world, that he gave his only begotten Son, that whosoever believeth in him should not perish, but have everlasting life. (John, 3:16)
Anúncios

Final da Recopa: Independiente 1 x 1 Grêmio

Grêmio sai na frente mas permite empate na primeira final da Recopa;
Crédito: www.amambainoticias.com.br/Gazeta-Press
Ficha Técnica – Ceará Sporting Club
Escudo Independiente 1 x 1 Grêmio
Final da Recopa Sul-Americana 2018
Escudo
Ficha Técnica do Site










Competição (Tournament): Recopa Sul-Americana de 2018 – Final – 1º Jogo
Data (Date): Quarta-Feira, 14 de Fevereiro de 2018, 22:00 (de Brasília)
Estádio (Stadium): Libertadors de America, Avellaneda, Buenos Aires (Argentina)
Público (Attendance): 47.000 expectadores – Renda: Sem Registro
Árbitro Principal (Referee): Roddy Alberto Zambrano Olmedo (Equador / Ecuador)
Assistente 1 (Assistant Referee 1): Byron Romero (Equador / Ecuador)
Assistente 2 (Assistant Referee 2): Christian Lescano (Equador / Ecuador)
Quarto Árbitro (Fourth Oficial): Luis Quiroz (Equador / Ecuador)
Assistente de Vídeo 1 (Video Assistant 1): Mario Díaz de Vivar (Paraguai / Paraguay)
Assistente de Vídeo 2 (Video Assistant 2): Milcíades Saldívar (Paraguai / Paraguay)
Assistente de Vídeo 3 (Video Assistant 3): Gery Vargas (Bolivia)
Advertências | Cautions | Sent Off | Amonestaciones
28′ Emmanuel Gigliotti 31′ Leonardo Moura
69′ Leandro Fernández 38′ Pedro Geromel
45’+2 Nicolás Domingo 88′ Alisson
89′ Fernando Amorebieta
Gols | Goals | Goles
1-1 Cortez (contra) 32’/1º 1-0 Luan 21’/1º
Club Atletico Indepndiente Grêmio Foot-Ball Porto-Alegrense
Gk
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
Mc
At
25 Martín Campaña ©
16 Fabricio Bustos (Figal, 83′)
02 Alan Franco
14 Fernando Amorebieta
20 Gastón Silva
05 Nicolás Domingo
10 Fernando Gaibor (Gutiérrez, 67′)
07 Martín Benítez (Fernández, 64′)
08 Maximiliano Meza
21 Jonathan Menéndez
09 Emmanuel Gigliotti [Expulso, 28′]
Gk
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
Mc
At
01 Marcelo Grohe
02 Leonardo Moura
03 Pedro Geromel
04 Walter Kannemann
06 Bruno Cortez
25 Jailson
14 Lima (Alisson, 53′)
08 Maicon ©
17 Cícero (Maicosuel, 85′)
11 Éverton (Jael, 85′)
07 Luan Vieira
Coach: Ariel Holan Coach: Renato Gaúcho
Gk
Df
Mc
Mc
At
At
At
01 Damián Albil
04 Jorge Figal, aos 38’/2º
06 Juan Sánchez Miño
24 Jonás Gutiérrez, aos 22’/2º
11 Leandro Fernández, aos 19’/2º
18 Silvio Romero
22 Juan Manuel Martínez
Gk
Df
Df
Mc
Mc
Mc
At
12 Paulo Victor
20 Marcelo Oliveira
22 Bressan
05 Michel
18 Maicosuel, aos 40’/2º
23 Alisson, aos 8’/2º
09 Jael, aos 40’/2º
Tempo Normal Prorrogação Penalidades
1º Tempo 2º Tempo Final 1º Tempo 2º Tempo Final Normal Altnds Final
1 x 1 0 x 0 1 x 1
→ Com esse resultado quem vencer o próximo jogo, em Porto Alegre, será o campeão;
→ Esta é a 4ª final do Independiente (1995, 1996, 2011, 2018) e a 2ª do Grêmio (1996, 2018);
→ Melhor Jogador do Jogo (Man of the Match): Sem Registro;
→ Independiente: Camisa Vermelha, Calção Vermelho e Meias Vermelhas;
→ Grêmio: Camisa Tricolor, Calção Preto e Meias Brancas;
→ Grêmio (Brasil): Campeão da Copa Libertadores da América de 2017 – (Ficha do Jogo)
→ Independiente (Argentina): Campeão da Copa Sul-Americana de 2017 – (Ficha do Jogo);
→ A Recopa Sul-Americana é um torneio, anual, criando pela CONMEBOL disputado entre o Campeão da Copa Libertadores e o campeão da Copa Sul-Americana do ano anterior;
→ A partir de 2003 o segundo representante passou a ser o Campeão da Copa Sul-Americana;
→ Próximo Jogo: 21/02 – Grêmio x Independiente, Arena do Grêmio; (Ficha do Jogo)
→ Grêmio e Independiente decidiram a Recopa de 1996 e o time brasileiro foi o campeão;
→ 07/04/1996 – Grêmio 4 x 1 Independiente, Estádio de Kobe, Japão; (Ficha do Jogo)

.:: Galeria de Imagens ::.
Crédito: www.gettyimages.com/Juan-Mabromata
Em pé: Marcelo Grohe, Jeromel, Walter Kannemann, Jailson e Maicon;
Agachados: Éverton, Luan, Leonardo Moura, Cortez, Lima e Cícero;
Crédito: www.gettyimages.com/Juan-Mabromata
Confira os lances da final da Recopa Sul-Americana;
Crédito: www.youtube.com/@pnlopes


Crônica do Jogo


O Grêmio ganhou dois presentes na noite dessa quarta-feira, mas só soube aproveitar um deles na primeira partida da final da Recopa Sul-Americana. No momento que sofria forte pressão do Independiente ainda no primeiro tempo, Luan aproveitou passe errado de Amorebieta na saída de bola e colocou os gaúchos na frente em pleno estádio Libertadores da América, em Avellaneda. Em seguida, aos 32 minutos, o árbitro de vídeo flagrou uma cotovelada de Gigliotti em Kannemann e o centroavante foi expulso. O problema é que a equipe de Renato Gaúcho não soube aproveitar a superioridade numérica e ainda acabou levando o empate por causa de gol contra de Cortez. No fim, o resultado ficou mesmo no 1 a 1.

Na próxima quarta-feira, às 21h45 (horário de Brasília), o campeão da Copa Libertadores e o dono do título da Copa Sul-Americana voltam a duelar em Porto Alegre, na Arena do Grêmio. Como não há gol qualificado, qualquer empate levará a decisão à prorrogação, e se assim se manter, aos pênaltis.

Mesmo em reformulação, em poucos minutos Grêmio e Independiente deixaram claro que qualquer adversidade seria deixada de lado pelo o que estava em jogo: o título da Recopa Sul-Americana. Os donos da casa começaram melhor, pressionando e com amis posse de bola. O Grêmio demorou a se encontrar e por pouco não pagou caro por isso. Aos 16, Meza cabeceou no travessão de Marcelo Grohe.

Mas, aos 21, o Tricolor Gaúcho ganhou um presentão. O zagueiro Amorebieta errou o passe para o seu companheiro na saída de bola e deixou Luan com toda liberdade para avançar à área e bater na saída do goleiro Campaña para abrir o placar.

O jogo que se desenhava complicado para os brasileiros, de repente, virou. Apenas dez minutos após sair na frente, o Grêmio passou a ficar com um jogador a mais em campo. Isso porque o centroavante Gigliotti foi flagrado pelo árbitro de vídeo acertando uma cotovelada em Kannemann. Após rever o lance, Roddy Zambrano expulsou o jogador argentino.

Partida nas mãos do Grêmio, certo? Errado. A equipe de Renato Gaúcho não soube aproveitar o momento, sequer conseguiu ficar com mais posse de bola e, por incrível que pareça, passou a ser ainda mais pressionada.

Dessa forma, heroicamente o Independiente chegou ao empate aos 32 minutos. Gaibor cobrou falta na área e Cortez cabeceou contra a própria meta. Grohe ainda tocou na bola, mas não conseguiu evitar o empate.

A verdade é que a igualdade ficou barata para os gaúchos no intervalo, mesmo tendo saído na frente e ficado com um jogador a mais.

Na segunda etapa as coisas mudaram. O Grêmio até chegou a sofrer uma pressão inicial, mas aos poucos foi colocando a bola no chão e fazendo valor o fato de ter um jogador a mais em campo. O cansaço também foi batendo na equipe argentina, que teve de se conformar em recuar para evitar uma derrota em casa.

O Independiente tentou alguma coisa no ataque na base das bolas aéreas. Qualquer falta, mesmo no meio de campo, era usada para mandar a bola na área. A defesa tricolor, no entanto, conseguiu ganhar todas e não teve grandes problemas.

No fim, ficou um gostinho de que o Grêmio poderia ter conseguido um resultado melhor por ter ficado tanto tempo com um jogador a mais. Por outro lado, a situação ficou confortável para o jogo da volta, dia 21. (Fonte: Gazeta Esportiva)


.:: Seleção Brasileira – Brazilian National Football Team ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol aqui.
All the matches of the Brazilian National Team hear;
www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com


Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que deu seu Filho unigênito, para que todo aquele que Nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. (João 3.16)


For God so loved the world, that he gave his only begotten Son, that whosoever believeth in him should not perish, but have everlasting life. (John, 3:16)

Nacional de Medellín Campeão da Recopa Sul-America de 2017

Jogadores do Atletico Nacional comemoram a conquista da Recopa Sulamericana;
Crédito: www.gettyimages.com/Luis-Acosta
Ficha Tecnica
Atlético 4×1 Chapecoense
Final da Recopa Sul-Americana de 2017
Ficha Técnica







Competição (Tournament): Recopa Sul-Americana de 2017 – Final – 2º Jogo
Data (Date): 10 de maio de 2017, 19:45 hs (Local)
Estádio (Stadium): Atanasio Girardot, Medellín (Colômbia)
Público (Attendance): 40.450 expectadores – Capacidade: 40.450 pessoas
Árbitro (Referee): Roberto Tobar (Chile)
Assistente 1 (Assistant Referee 1): Marcelo Barraza (Chile)
Assistente 2 (Assistant Referee 2): Claudio Ríos (Chile)
Quarto Árbitro (Fourth Official): Jorge Osorio (Chile)
Advertências | Cautions | Sent Off Advertências | Cautions | Sent Off
55′ Andrés Ibargüen 23′ Arthur
83′ Arley Rodríguez 28′ Reinaldo
84′ Elkin Blanco 45′ Moisés Riberio
56′ André Girotto
65′ Nathan
87′ André Girotto (2º Amarelo)
Gols| Goals | Goles Gols| Goals | Goles
1-0 Moreno, a 1’min/1º 1-4 Túlio de Melo, aos 37’/2º
2-0 Ibargüén, aos 30’/1º
3-0 Moreno, aos 21’/2º (Cabeça)
4-0 Ibargüén, aos 34’/2º
Clube Atletico Nacional SA Associação Chapecoense de Futebol
Gk
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
At
At
At
25 Franco Armani
02 Daniel Bocanegra
05 Francisco Nájera
12 Alexis Henríquez ©
19 Farid Díaz
08 Diego Arias (Nieto, 90′)
18 Aldo Leão Ramírez (Blanco, 70′)
10 Macnelly Torres
07 Arley Rodríguez
17 Dayro Moreno
11 Andrés Ibargüen (Dájome, 90+2′)
Gk
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Arthur Moraes
02 João Pedro
03 Douglas Grolli
04 Nathan
06 Reinaldo
08 Andrei Girotto [Expulso, 87′]
05 Moisés Ribeiro
18 Luiz Antônio (Apodi, 46′ ht)
19 Osman Júnior
09 Wellington Paulista (Niltinho, 82′)
17 Arthur (Túlio, 75′)
Coach: Reinaldo Rueda Coach: Vágner Mancini
Gk
Df
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Cristian Bonilla
23 Edwin Velasco
14 Elkin Blanco, aos 25’/2º
15 Juan Pablo Nieto, aos 45’/2º
20 Alejandro Bernal
09 Luis Carlos Ruiz
16 Cristian Dájome, aos 47’/2º
Gk
Df
Df
Df
Mc
At
At
12 Elias
14 Fabrício Bruno
16 Diego Renan
22 Apodi, no Intervalo
15 Neném
10 Túlio de Melo, aos 30’/2º
11 Niltinho, aos 37’/2º
Tempo Regulamentar Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altern Final
2 x 0 2 x 1 4 x 1
• Com esse resultado o nacional de Medellín sagrou-se campeão do torneio pela 1ª vez;
• Nacional de Medellín: Camisa Verde-Branco, Calção Branco e Meias Brancas;
• Chapecoense: Camisa Verde Musgo, calção Verde Musgo e Meias Verde Musgo;
• Chapecoense: Campeã da Copa Sul-Americana de 2016;
• Atlético Nacional: Campeão da Copa Libertadores da América de 2016;
A Recopa Sulamericana é um torneio anual, criado pela Conmebol, disputado pelo Campeão da Copa Libertadores e pelo campeão da Copa Sul-Americana do ano anterior;

.:: Galeria de Imagens ::.
Crédito: www.gettyimages.com/Gabriel-Aponte
Nacional de Medellín campeão da Recopa Sul-Americana de 2017;
Crédito: www.gettyimages.com/Gabriel-Aponte
Associação Chapecoense de Futebol vice-campeã da Recopa Sul-Americana 2017;
Crédito: www.gettyimages.com/Gabriel-Aponte
Jogadores e comissão técnica comemoram a conquista da Recopa Sul-Americana 2017;
Crédito: www.gettyimages.com/Gabriel-Aponte
Crédito: www.youtube.com

.:: Seleção Brasileira – Brazilian National Team ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol aqui.
All the matches of the Brazilian National Team hear;
www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com


Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que deu seu Filho unigênito, para que todo aquele que Nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. (João 3.16)

Ficha Técnica: Chapecoense 2 x 1 Atlético Nacional (COL)

Chapecoense vence Atletico Nacional e sai na frente na final da Recopa;
Credit: www.gazetaesportiva.com/Nelson-Almeida/AFP
Ficha Tecnica
Chapecoense 2 x 1 Atletico
Final da Recopa Sul-Amercana de 2017
Ficha Técnica







Competição (Tournament): Recopa Sul-Amercana de 2017 – Final – 1º Jogo
Data (Date): Terça-Feira 4 de Abril de 2017, as 19:15 hs (de Brasilia)
Estádio (Stadium): Municipal Arena Condá, em Chapecó/SC
Público (Attendance): 19.005 expectadores – Renda: R$ 547.330,00
Árbitro (Referee): Mario Alberto Diaz de Vivar (Paraguai / Paraguay)
Assistente 1 (Assistant Referee 1): Milciades Saldivar (Paraguai / Paraguay)
Assistente 2 (Assistant Referee 2): Roberto Casiano Cañete (Paraguai / Paraguay)
Quarto Árbitro (Fourth Official:): José Méndez (Paraguai / Paraguay)
Advertências | Cautions | Sent Off Advertências | Cautions | Sent Off
32′ Apodi 23′ Daniel Bocanegra
88′ Diego Arias
90′ Alexis Henríquez
Gols| Goals | Goles Gols| Goals | Goles
1-0 Reinaldo, aos 24’/1º (Pênalti) 1-1 Macnelly Torres, aos 14’/2º
2-1 Luiz Otávio, aos 29’/2º (Cabeça)
Associação Chapecoense de Futebol Clube Atletico Nacional de Medellín
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
At
At
At
01 Arthur Moraes ©
02 João Pedro
03 Douglas Grolli (Luiz Otávio, 46′ ht)
04 Nathan
06 Reinaldo
08 Andrei Girotto
18 Luiz Antônio (Moisés Ribeiro, 65′)
22 Apodi
07 Rossi
10 Túlio de Melo (Wellington Paulista, 72′)
17 Arthur
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
At
At
At
25 Franco Armani
02 Daniel Bocanegra
12 Alexis Henríquez ©
03 Felipe Aguilar
19 Farid Díaz
20 Alejandro Bernal (Mosquera, 77′)
08 Diego Arias
11 Andrés Ibarguén (Rodríguez, 89′)
09 Luis Carlos Ruiz
10 Macnelly Torres
11 Dayro Moreno (Ramírez, 71′)
Coach: Vágner Mancini Coach: Reinaldo Rueda
Go
Df
Df
Mc
Mc
At
At
12 Elias
16 Diego Renan
21 Luiz Otávio, no Intervalo
05 Moisés Ribeiro, aos 20’/2º
19 Osman Júnior
09 Wellington Paulista, aos 27’/2º
11 Niltinho
Go
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
01 Cristian Bonilla
05 Francisco Nájera
14 Elkin Blanco
18 Aldo Leão Ramírez, aos 26’/2º
21 Jhon Mosquera, aos 32’/2º
23 Edwin Velasco
07 Arley Rodríguez, aos 44’/2º
Tempo Regulamentar Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altern Final
1 x 0 1 x 1 2 x 1
• Com esse resultado a Chape joga por um empate, no próximo jogo, pra ser campeã;
• Chapecoense: Campeão da Copa Sul-Americana de 2016;
• Atlético Nacional: Campeão da Copa Libertadores da América de 2016;
• Próximo Jogo: 10/05 – Nacional x Chapecoense, Atanasio Girardot, Medellín; (Ficha do Jogo)
• A Recopa Sulamericana é um torneio realizado pela Conmebol entre o campeão da Copa Sulamericana e o campeão da Copa Libertadores;
Os dois times deveriam ter se enfrentado nas finais da Copa Sul-Americana 2016, em 30 de novembro e 7 de dezembro. No entanto, na véspera do jogo de ida, o avião com a delegação da Chape caiu nos arredores de Medellín (Colômbia);
A Recopa Sul-Americana é um torneio, anual, realizado pela Conmebol, entre os Campeões da Copa LIbertadores da América e o campeão da Copa Sul-Americana do ano anterior a final.

.:: Galeria de Imagens ::.
Crédito: www.gettyimages.com/Buda-Mendes
Crédito: www.gettyimages.com/Buda-Mendes
Associação Chapecoense de Futebol, fundada em 10 de maio de 1973, em Chapecó, Brasil;
Crédito: www.gettyimages.com/Buda-Mendes
Clube Atletico Nacional, fundado em 8 de março de 1947, em Medellín, Colômbia;
Crédito: www.gettyimages.com/Buda-Mendes
Crédito: www.youtube.com/Fox-Sports

.:: Seleção Brasileira – Brazilian National Team ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol aqui.
All the matches of the Brazilian National Team hear;
www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com


Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que deu seu Filho unigênito, para que todo aquele que Nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. (João 3.16)

River Plate Campeão da Recopa Sul-Americana 2016

O capitão Ponzio ergue a taça de campeão da Recopa Sulamericana de 2016;
Crédito: www.gettyimages.com/Marcelo-Endelli
Ficha Tecnica
River Plate 2 x 1 Santa Fé
Final da Recopa Sul-Americana de 2016
Ficha Técnica







Competição (Tournament): Recopa Sul-Americana de 2016 – Final – 2º Jogo
Data (Date): Quinta-Feira, 25 de Agosto de 2016, 21:15 hs
Estádio (Stadium): CA River Plate – Monumental de Núñez, Buenos Aires (Argentina)
Público (Attendance): 62.000 expectadores
Árbitro (Referee): Víctor Hugo Carrillo Casanova (Peru)
Assistente 1 (Assistant Referee 1): Jonny Bossio (Peru)
Assistente 2 (Assistant Referee 2): Coty Carrera (Peru)
Quarto Árbitro (Fourth Official): Miguel Santiváñez (Peru)
Advertências | Cautions | Sent Off Advertências | Cautions | Sent Off
9′ Milton Casco 14′ Yeison Gordillo
74′ Gonzalo Martínez 67′ Juan Manuel Falcón
Gols| Goals | Goles Gols| Goals | Goles
1-0 Driussi, aos 3’/1º 1-2 Salaberry, aos 19’/2º (Cabeça)
2-0 Alario, aos 5’/2º (Cabeça)
Club Atletico River Plate Independiente Santa Fé
Gk
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Augusto Batalla
04 Jorge Moreira
02 Jonathan Maidana
03 Arturo Mina
20 Milton Casco
23 Leonardo Ponzio ©
08 Ignacio Fernández
22 Andrés D’Alessandro (Andrade, 69′)
10 Gonzalo Martínez (Mora, 79′)
11 Sebastián Driussi (Alonso, 69′)
13 Lucas Alario
Gk
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Róbinson Zapata
04 Carlos Mario Arboleda
02 Horacio Salaberry
06 William Tesillo
25 Dairon Mosquera
08 Leonardo Pico (Falcón, 60′)
17 Juan Daniel Roa
03 Yeison Gordillo
10 Omar Pérez © (Salazar, 46′ ht)
11 Jonathan Gómez
24 Humberto Osorio
Coach: Marcelo Gallardo Coach: Gustavo Costas
Gk
Df
Mc
Mc
At
At
At
25 Enrique Bologna
24 Gonzalo Montiel
05 Nicolás Domingo
17 Tomás Andrade, aos 24’/2º
07 Rodrigo Mora, aos 34’/2º
09 Marcelo Larrondo
19 Iván Alonso, aos 24’/2º
Gk
Df
Df
Df
Mc
Mc
At
22 Leandro Castellanos
19 Javier López
07 Leyvin Balanta
05 Yulián Anchico
14 Baldomero Perlaza
13 Sebastián Salazar, no Intervalo
09 Juan Manuel Falcón, aos 15’/2º
Tempo Regulamentar Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altern Final
1 x 0 1 x 1 2 x 1
• Com esse resultado o River Plate sagrou-se campeão da Recopa Sulamericana pela 2ª vez;
River Plate (ARG): Camisa Branca, Calção Preto e Meias Brancas;
Independiente Santa Fé: Camisa Vermelha, Calção Branco e Meias Vermelhas;
• Independiente Santa Fé: Campeão da Copa Sul-Americana de 2015;
• River Plate: Campeão da Copa Libertadores da América de 2015;
A Recopa Sulamericana é um torneio anual, criado pela Conmebol, disputado pelo Campeão da Copa Libertadores e pelo campeão da Copa Sul-Americana do ano anterior;

.:: Galeria de Imagens ::.
Clube Atletico River Plate, Argentina, Campeão da Recopa Sulamericana 2016;
Crédito: www.gettyimages.com/Marcelo-Endelli
Independiente de Santa Fé, Colômbia, vice-campeão da Recopa Sulamericana 2016;
Crédito: www.gettyimages.com/Marcelo-Endelli
Crédito: www.youtube.com/Narração-em-Espanhol

.:: Seleção Brasileira – Brazilian National Team ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol aqui.
All the matches of the Brazilian National Team hear;
www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com


Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que deu seu Filho unigênito, para que todo aquele que Nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. (João 3.16)

Ficha Técnica: Santa Fé (COL) 0 x 0 River Plate (ARG)

Independiente e River Plate empatam na primeira final da Recopa Sulamericana;
Crédito: www.gettyimages.com/Guillermo-Muñoz
Ficha Tecnica
Santa Fé 0 x 0 River Plate
Final da Recopa Sul-Americana de 2016
Ficha Técnica







Competição (Tournament): Recopa Sul-Americana de 2016 – Final – 1º Jogo
Data (Date): Quinta-Feira, 18 de Agosto de 2016, 19:45 hs (Local)
Estádio (Stadium): Némesio Camacho “El Campín“, Bogotá (Colômbia)
Público (Attendance): 18.868 expectadores – Capacidade: 36.343 pessoas
Árbitro (Referee): Wilton Pereira Sampaio (Brasil / Brazil)
Assistente 1 (Assistant Referee 1): Kléber Lúcio Gil (Brasil / Brazil)
Assistente 2 (Assistant Referee 2): Bruno Boschilia (Brasil / Brazil)
Quarto Árbitro (Fourth Official): Raphael Claus (Brasil / Brazil)
Advertências | Cautions | Sent Off Advertências | Cautions | Sent Off
44′ Yeison Gordillo 51′ Arturo Mina
67′ Dairon Mosquera 82′ Jonathan Maidana
Independiente Santa Fé Club Atletico River Plate
Gk
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Róbinson Zapata
04 Carlos Mario Arboleda
02 Horacio Salaberry
06 William Tesillo
25 Dairon Mosquera
17 Juan Daniel Roa
03 Yeison Gordillo
23 Cristian Borja (Rodríguez, 57′)
10 Omar Pérez © (Falcón, 70′)
11 Jonathan Gómez
24 Humberto Osorio (Salazar, 84′)
Gk
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Augusto Batalla
04 Jorge Moreira
02 Jonathan Maidana
03 Arturo Mina
20 Milton Casco
23 Leonardo Ponzio ©
08 Ignacio Fernández
22 Andrés D’Alessandro (Andrade, 62′)
10 Gonzalo Martínez
11 Sebastián Driussi (Mora, 62′)
13 Lucas Alario (Alonso, 81′)
Coach: Gustavo Costas Coach: Marcelo Gallardo
Gk
Df
Df
Mc
Mc
At
At
22 Leandro Castellanos
19 Javier López
05 Yulián Anchico
14 Baldomero Perlaza
13 Sebastián Salazar, aos 39’/2º
09 Juan Manuel Falcón, aos 25’/2º
21 Joao Rodríguez, aos 12’/2º
Gk
Df
Mc
Mc
Mc
At
At
25 Enrique Bologna
24 Gonzalo Montiel
18 Camilo Mayada
05 Nicolás Domingo
17 Tomás Andrade, aos 17’/2º
07 Rodrigo Mora, aos 17’/2º
19 Iván Alonso, aos 36’/2º
Tempo Regulamentar Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altern Final
0 x 0 0 x 0 0 x 0
• Com esse resultado quem vencer o p´roximo jogo fica com a taça;
River Plate (ARG): Camisa Branca com uma faixa Vermelha, Calção Preto e Meias Vermelhas;
Independiente Santa Fé: Camisa Vermelha, Calção Branco e Meias Brancas;
• Independiente Santa Fé: Campeão da Copa Sul-Americana de 2015;
• River Plate: Campeão da Copa Libertadores da América de 2015;
• Próximo Jogo: 23/08 – River Plate x Santa Fé, Monumental, Buenos Aires; (Ficha do Jogo)
A Recopa Sulamericana é um torneio anual, criado pela Conmebol, disputado pelo Campeão da Copa Libertadores e pelo campeão da Copa Sul-Americana do ano anterior;

.:: Galeria de Imagens ::.
Clube Atletico River Plate, fundado em 25 de maio de 1901, em Buenos Aires, Argentina;
Crédito: www.gettyimages.com/Guillermo-Legaria
Independiente de Santa Fé, fundado em 28 de fevereio de 1941, em Bogotá, Colômbia;
Crédito: www.gettyimages.com/Gal-Schweiser

.:: Seleção Brasileira – Brazilian National Football Team ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol aqui.
All the matches of the Brazilian National Team hear;
www.futeboldaselecaobrasileira.blogspot.com

River Plate Campeão da Recopa Sul-Americana 2015

O capitão do River Plate ergue a taça de campeão da Recopa Sulamericana de 2015;
Crédito: www.gettyimages.com/Juan-Mabromata
Ficha Tecnica
San Lorenzo 0 x 1 River
Final da Recopa Sul-Americana de 2015
Ficha Técnica







Competição (Tournament): Recopa Sul-Americana de 2015 – Final – 2º Jogo
Data (Date): Quarta-Feira, 11 de Fevereiro de 2015, 21:00 hs (Local)
Estádio (Stadium): CA San Lorenzo, Nuevo Gasómetro, Buenos Aires (Argentina)
Público (Attendance): 40.000 expectadores
Árbitro (Referee): Néstor Fabián Pitana (Argentina)
Assistente 1 (Assistant Referee 1): Hernán Pablo Maidana (Argentina)
Assistente 2 (Assistant Referee 2): Juan Pablo Belatti (Argentina)
Quarto Árbitro (Fourth Official): Fernando Andrés Rapallini (Argentina)
Advertências | Cautions | Sent Off Advertências | Cautions | Sent Off
37′ Julio Buffarini 37′ Carlos Sánchez
63′ Sebastián Blanco 56′ Gabriel Mercado
83′ Héctor Villalba 75′ Leonel Vangioni
90′ Julio Buffarini (2º Amarelo) 81′ Jonathan Maidana
81′ Marcelo Barovero
81′ Ramiro Funes Mori (Expulso Direto)
Gols| Goals | Goles Gols| Goals | Goles
1-0 Carlos Sánchez, aos 22’/2º
Club Atletico San Lorenzo de Almagro Club Atletico River Plate
Gk
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
Mc
At
12 Sebastián Torrico
07 Julio Buffarini [Expulso, 90′]
02 Mauro Cetto
06 Matías Caruzzo
21 Emmanuel Más
22 Franco Mussis (Quignon, 15′)
05 Juan Ignacio Mercier ©
15 Héctor Villalba
23 Sebastián Blanco
11 Pablo Barrientos (Matos, 56′)
09 Martín Cauteruccio
Gk
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Marcelo Barovero ©
25 Gabriel Mercado
02 Jonathan Maidana
06 Ramiro Funes Mori [Expulso, 81′]
21 Leonel Vangioni
08 Carlos Sánchez
05 Matías Kranevitter
16 Ariel Rojas
15 Leonardo Pisculichi (Martínez, 61′)
07 Rodrigo Mora (Pezzella, 84′)
19 Teófilo Gutiérrez (Mayada, 74′)
Coach: Edgardo Bauza Coach: Marcelo Gallardo
Gk
Df
Mc
Mc
At
At
At
01 Leo Franco
03 Mario Yepes
19 Fabricio Fontanini
25 Facundo Quignon, 15’/1º (Verón, 66′)
24 Juan Cavallaro
16 Gonzalo Verón, aos 21’/2º
18 Mauro Matos, aos 11’/2º
Gk
Df
Df
Df
Mc
Mc
At
12 Julio Chiarini
03 Éder Álvarez Balanta
20 Germán Pezzella, aos 39’/2º
10 Gonzalo Martínez, aos 16’/2º
18 Camilo Mayada, aos 29’/2º
23 Leonardo Ponzio
09 Fernando Cavenaghi
Tempo Regulamentar Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altern Final
0 x 0 0 x 1 0 x 1
• Com esse resultado o River Plate sagrou-se campeão da Recopa Sulamericana pela 1ª vez;
• River Plate: Camisa Branca com uma faixa Vermelha, Calção Branco e Meias Brancas;
• San Lorenzo: Camisa listrada em Azul-Vermelho, Calção Azul e Meias Azuis;
• River Plate (Argentina): Campeão da Copa Sul-Americana de 2014;
• San Lorenzo (Argentina): Campeão da Copa Libertadores da América de 2014;
A Recopa Sulamericana é um torneio anual, criado pela Conmebol, disputado pelo Campeão da Copa Libertadores e pelo campeão da Copa Sul-Americana do ano anterior;

.:: Galeria de Imagens ::.
Clube Atletico River Plate, Argentina, Campeão da Recopa Sulamericana 2015;
Crédito: www.gettyimages.com/Gabriel-Rossi
Clube Atletico San Lorenzo de Almagro, Argentina, vice-campeão da Recopa Sulamericana 2015;
Crédito: www.gettyimages.com/Gabriel-Rossi
Crédito: www.gettyimages.com/Gabriel-Rossi
Crédito: www.youtube.com/Narração-em-Espanhol

.:: Seleção Brasileira – Brazilian National Team ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol aqui.
All the matches of the Brazilian National Team hear;
www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com


Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que deu seu Filho unigênito, para que todo aquele que Nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. (João 3.16)
%d blogueiros gostam disto: