Archive for the ‘Jogos Goiás EC’ Category

Goiás Campeão Goiano de 2017

Jogadores do Goiás erguem a taça do tricampeonato estadual;
Credit: globoesporte.globo.com/Fernando-Vasconcelos
Ficha Tecnica
Goiás 1 x 0 Vila Nova
Final do Campeonato Goiano 2017
Ficha Técnica
• Competição (Tournament): Campeonato Goiano 2017 – Final – 2º Jogo
• Data (Date): Domingo, 7 de Maio de 2017, as 16:00 hs (de Brasilia)
• Estádio (Stadium): Serra Dourada, em Goiânia, Goiás
• Público (Attendance): 25.049 pagantes – Renda – R$ 517.405,00
• Árbitro (Referee): Eduardo Tomaz (Aspirante FIFA)
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Bruno Pires (FIFA)
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Cristhian Passos (CBF)
• Quarto Árbitro (Fourth Official:): Bruno Rezende (CBF)
Advertências | Cautions | Sent Off Advertências | Cautions | Sent Off
Hélder, aos 39’/1º Bruno Prado, aos 7’/2º
Léo Gamalho, aos 39’/2º Magno Silva, aos 27’/2º
Vandinho, no Intervalo
Patrick Leonardo, no Intervalo
Gols| Goals | Goles Gols| Goals | Goles
1-0 Jean Carlos, aos 40’/1º
Goiás Esporte Clube Vila Nova Futebol Clube
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Marcelo Rangel
13 Hélder (Pedro Bambu)
14 Éverton Sena
04 Alex Alves
06 Patrick
08 Victor Bolt
20 Léo Sena
11 Tiago Luís (Juan)
07 Carlos Eduardo
10 Jean Carlos (Jarlan)
09 Léo Gamalho
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Elisson
02 Magno Silva
03 Alemão
04 Wesey Matos
06 Bruno Prado
05 Geovane
08 Marcos Serrato (Foguete)
10 Everton (Matheus Ânderson)
11 Moisés
07 Patrick Brey (Ruan)
09 Wallyson
Coach: Silvio Criciúma Coach: Mazola Júnior
02
03
12
15
16
17
18
19
21
Pedro Bambu, aos 11’/2º
Deivid
Ivan (gk)
Jéferson Júnior
Juan Maldonado, aos 36’/2º
Jarlan, aos 26’/2º
Aylon
Otacildo
Toró
12
13
14
15
16
17
18
19
20
Wendell (gk)
Foguete, aos 23’/2º
Halisson
PH
Jonathan
Matheus Ânderson, aos 10’/2º
Ruan, no Intervalo
Vandinho [Expulso]
Patrick Leonardo [Expulso]
Tempo Regulamentar Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altern Final
1 x 0 0 x 0 1 x 0
• Com esse resultado o Goiás sagrou-se tri-campeão estadual 2015/2016/2017;
• Vila Nova: Camisa Vermelha, Calção Vermelho e Meias Vermelhas;
• Goiás: Camisa Verde, Calção Verde e Meias Verdes (Topper);
• Baixe a Súluma em PDF: www.fgf.esp.br/federação-goiana-de-futebol
• Ficha do Primeiro Jogo: www.fichadojogo.wordpress.com/vila-nova-0-x-3-goias/
• Ajude a manter o site clicando nos links (Help us. Click in the Links);

.:: Galeria de Imagens ::.
Goiás Esporte Clube, vinte e sete vezes campeão goiano;
Credit: www.diariodegoias.com.br/Rosiron-Rodrigues/download-poster

.:: Deixe um Comentário ::.
Se você gostou desse post ou do site indique para seus amigo.
Deixe uma crítica ou uma sugestão.

Anúncios

Ficha Técnica: Vila Nova 0 x 3 Goiás

Goiás vence Vila Nova e abre grande vantagem na final do estadual;
Credit: www.futebolinterior.com.br
Ficha Tecnica
Vila Nova 0 x 3 Goiás
Final do Campeonato Goiano 2017
Ficha Técnica
• Competição (Tournament): Campeonato Goiano 2017 – Final – 1º Jogo
• Data (Date): Domingo, 30 de Abril de 2017, as 16:00 hs (de Brasilia)
• Estádio (Stadium): Serra Dourada, em Goiânia, Goiás
• Público (Attendance): 20.895 pagantes (Total: 22.492) – Renda: R$ 426.015,00
• Árbitro (Referee): Wilton Sampaio (FIFA)
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Fabrício Vilarinho (FIFA)
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Leone Carvalho (CBF)
• Quarto Árbitro (Fourth Official:): Jéfferson FErreira (CBF)
Advertências | Cautions | Sent Off Advertências | Cautions | Sent Off
Alemão, aos 18’/1º Hélder, aos 25’/1º
Víctor Bolt, aos 35’/1º Aylon, aos 37’/1º
Vandinho, aos 43’/2º
Gols| Goals | Goles Gols| Goals | Goles
1-0 Alemão (contra), aos 47’/1º
2-0 Tiago Luis, aos 22’/2º
3-0 Carlos Eduardo, aos 47’/2º
Vila Nova Futebol Clube Goiás Esporte Clube
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Elisoon
02 Magno Silva
03 Alemão
04 Bruno Prado
06 Jonathan
05 Billy
08 Paulo Henrique
10 Everton (Marcos Serrato)
11 Moisés (Ruan);
07 Mateus Anderson (Vandinho)
09 Wallyson
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Marcelo Rangel
13 Hélder (Toró)
14 Éverton Sena
04 Alex Alves
06 Patrick
08 Victor Bolt
20 Léo Sena
11 Tiago Luís (Jarlan)
07 Carlos Eduardo
18 Aylon (Jean Carlos)
09 Léo Gamalho
Coach: Mazola Júnior Coach: Silvio Criciúma
12
13
14
15
16
17
18
19
20
Wendell (gk)
Foguete
Patrick Bray
Halisson
Marcos Serrato, aos 32’/2º
Moraes Júnior
Ruan, aos 37’/2º
Vandinho, aos 11’/2º
Patrick Leonardo
05
10
12
15
16
17
19
21
23
Ramires Alves
Jean Carlos, no Intervalo
Ivan (gk)
Jéferson Júnior
Juan Maldonado
Jarlan, aos 37’/2º
Otacildo
Toró, aos 25’/2º
Felipe Macedo
Tempo Regulamentar Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altern Final
0 x 1 0 x 2 0 x 3
• Com esse resultado o Goiás poderá perder por até dois gols de diferença que será campeão;
• O Vila Nova terá que vencer por quatro ou mais gols de diferença pra ser campeão;
• Vila Nova: Camisa Vermelha, Calção Vermelho e Meias Vermelhas;
• Goiás: Camisa Verde, Calção Verde e Meias Verdes (Topper);
• Baixe a Súluma em PDF: www.fgf.esp.br/federação-goiana-de-futebol
• Ajude a manter o site clicando nos links (Help us. Click in the Links);

.:: Galeria de Imagens ::.
A taça que será dada ao campeão goiano de 2017;
Credit: www.globoesporte.globo.com

.:: Deixe um Comentário ::.
Se você gostou desse post ou do site indique para seus amigo.
Deixe uma crítica ou uma sugestão.

Goiás Campeão Goiano de 2016

jogadores do Goiás comemoram a conquista do estadual;
Crédito: www.globoesporte.globo.com
Ficha Tecnica
Goiás 1 x 1 Anápolis
Nas Penalidades: Goiás 5 x 4 Anápolis
Ficha Tecnica
• Competição (Tournament): Campeonato Goiano de 2016 – Final – 2º Jogo
• Data (Date): Domingo, 8 de Maio de 2016, as 16:00 hs (de Brasilia)
• Estádio (Stadium): Serra Dourada, em Goiânia/GO
• Público (Attendance): 16.504 pagantes (Total: 17.687) – Renda: R$ 215.175,00
• Árbitro (Referee): Bruno Rezende/GO
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Fabrício Vilarinho/GO
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Tiago Gomes/GO
• Quarto Árbitro (Fourth Oficial): Sem Registro
• Advertências (Cautions): Michel Platini 64′, Patrick 85′
• Expulsão (Sent Off): Nenhuma (None)
Gols | Goals Gols | Goals
1-0 Léo Sena, aos 19’/1º 1-1 Hélder, aos 46’/1º
Pênaltis | Penalties Pênaltis | Penalties
1-1 Daniel Carvalho (no Meio do Gol) 1-0 Lucas Sotero (Ângulo Esquerdo)
2-2 Ânderson Salles (Canto Esquerdo) 2-1 David (no Ângulo Direito)
3-3 Wendel (Canto Esquerdo) 3-2 Jânio (Canto Direito)
4-4 David Duarte (Canto Direito) 4-3 Marcelo Ferreira (no Meio)
5-4 Rafhael Lucas (Canto Direito) x-x Leandro Eusébio (Defendeu)
Goiás Esporte Clube Anápolis Futebol Clube
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Ivan
02 Sueliton
03 David Duarte
04 Anderson Salles
06 Juninho (Patrick)
05 David (Daniel Carvalho)
08 Wendel
11 Wagner
20 Léo Sena
07 Carlos Eduardo (Cassiano)
09 Rafhael Lucas
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
Felipe Garcia
Marcelo Ferreira
Renato Justi
Leandro Euzébio
Rafael Furlan (David)
Toró
Felipe Baiano
Hélder
Lucas Sotero
Marcelinho (Rafael)
Michel Platini (Jânio)
Técnico: Enderson Moreira Técnico: Waldemar Lemos
10
12
13
14
15
16
17
18
19
Daniel Carvalho, aos 29’/2º
Paulo Henrique (gk)
Wesley Matos
Ramires
Patrick, aos 9’/2º
Thalles
Cassiano, aos 17’/2º
Cléo
Jhon Cley
sb
sb
sb
David, aos 23’/2º
Rafael, aos 34’/2º
Jânio, aos 34’/2º
Tempo Normal Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altnds Final
1 x 1 0 x 0 1 x 1 5 x 4 5 x 4
# No tempo regulamentar terminou em 1 x 1; Não houve prorrogação; Nas penalidades o Goiás venceu o Anápolis por 5 x 4 e sagrou-se campeão estadual pela vigésima sexta vez;
# Goiás e Anápolis garantiram vaga na Copa do Brasil de 2017;
# Súmula da Federação Goiana de Futebol (FGF): www.fgf.esp.br/sumula.pdf
# Links Externos (External Links): www.soccerway.com/Finais-dos-Estaduais
# Links Externos (External Links): globoesporte.globo.com/Finais-dos-Estaduais

.:: Galeria de Imagens ::.
As taças de campeão e vice do campeonato goianso de 2016;
Crédito: globoesporte.globo.com/#trserra

Título nas Penalidades

Nos pênaltis, o Goiás venceu o Anápolis por 5 a 4, no estádio Serra Dourada, e é o campeão Goiano de 2016. Após empatar em 0 a 0 o jogo de ida, os clubes terminaram o jogo de volta com o placar em 1 a 1, forçando a decisão nas penalidades máximas. Esse foi o 26º título do Goiás do campeonato estadual.

Em confronto muito disputado, os dois times tiveram diversas chances de levar o confronto. O Goiás saiu na frente, aos 19 minutos, com gol de Léo Sena, que completou o cruzamento rasteiro de Juninho. Ainda no primeiro tempo, aos 46, o Anápolis empatou. Em bonita jogada, Platini deixou Hélder livre na cara do gol e o volante mandou para as redes.

Nas penalidades, o Goiás foi superior e bateu o Anápolis por 5 a 4. Nenhum erro dos atletas do Esmeraldino: Daniel Carvalho, Anderson Salles, Wendel, David Duarte e Rafhael Lucas acertaram as suas batidas. Do lado do Anápolis, Lucas Sotero, David, Jânio e Marcelo Ferreira fizeram as suas cobranças, enquanto Leandro Euzébio desperdiçou.

O Goiás teve a melhor campanha do estadual na fase de grupos, terminando na liderança do grupo A, com 32 pontos. Na semifinal, o clube enfrentou o Vila Nova, empatando o jogo de ida e batendo o Tigre na volta.

O Anápolis pareceu não se intimidar no Serra Dourada e começou melhor. Marcelinho conseguiu um bom chute de longe, mas foi Helder quem quase fez um golaço. Aos 10 minutos, em cobrança de lateral jogada direto na área, o camisa 7 emendou uma bicicleta e quase encobriu Ivan. Seria um lindo gol.

O sustou acordou o Goiás, que foi para cima e não demorou para abrir o placar. Aos 19 minutos, Juninho fez boa jogada pelo lado esquerdo da área, cruzou rasteiro na altura da marca do pênalti para a chegada de Léo Sena completando para o gol.

Logo em seguida, o Anápolis perdeu grande chance de empatar. Em falha da zaga, a bola sobrou livre para Marcelinho, que tocou para Platini livre finalizar, mas o atacante demorou muito e foi bloqueado. Na sobra, a bola ainda voltou para Marcelinho, mas ele chutou para cima.

Depois da parada técnica, aos 22, os ânimos dos atletas arrefeceram. Até que aos 46 minutos, o Anápolis marcou o seu gol. Em grande jogada, Marcelinho lançou para Michel Platini, que escorou de primeira para Hélder, que, livre, chutou de canhota para as redes.

Na volta dos vestiários, o Galo subiu melhor e quase virou o confronto. Aos três minutos, Marcelinho teve boa arrancada e rolou para Marcelo, que chutou perigosamente. Ivan espalmou para frente, Felipe Baiano chegou para concluir, mas isolou a bola.

O Goiás respondeu imediatamente. David cobrou falta direto na área, Rafhael Lucas ganhou de todo mundo, cabeceou com muito perigo e Felipe fez um milagre. Aos 15, outra grande chance do Anápolis. Em lateral jogado direto na área, Felipe Baiano completou para o gol e obrigou o goleiro Ivan a se esticar todo para evitar a virada.

A metade final da segunda etapa teve pouquíssimas chances de gol. O cansaço e a tensão dos atletas determinaram uma postura mais precavida das duas equipes, que pareciam consentir em decidir o estadual nos pênaltis. Com três minutos de acréscimo, o árbitro Bruno Rezendo apitou o fim do tempo regulamentar.

Nas penalidades, o Goiás foi superior e bateu o Anápolis por 5 a 4. Nenhum erro dos atletas do Esmeraldino: Daniel Carvalho, Anderson Salles, Wendel, David Duarte e Rafhael Lucas acertaram as suas batidas. Do lado do Anápolis, Lucas Sotero, David, Jânio e Marcelo Ferreira fizeram as suas cobranças, enquanto Leandro Euzébio desperdiçou.

# Fonte: www.gazetaesportiva.com/reportagem


.:: Seleção Brasileira de Futebol ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol cinco vezes campeã mundial. Jogos amistosos oficiais e não oficiais; Eliminatórias da Copa; Copa do Mundo, Copa América, Copa das Confederações, Torneios, Torneio Pré-Olímpico, Jogos Olímpicos, Jogos Pan-Americanos; Seleção Brasileira Feminina, Sub 17, Sub 20 e muito mais confira: www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com

01/05/2016 – Anápolis 0 x 0 Goiás

Goiás aguenta a pressão do Anápolis e segura empate
Crédito: www.globoesporte.globo.com
Ficha Tecnica
Anápolis 0 x 0 Goiás
Campeonato Goiano de Futebol de 2016
Ficha Tecnica
• Competição (Tournament): Campeonato Goiano de 2016 – Final – 1º Jogo
• Data (Date): Domingo, 1 de Maio de 2016, as 16:00 hs (de Brasilia)
• Estádio (Stadium): Jonas Duarte, em Anápolis/GO
• Público (Attendance): 9.580 pagantes – Renda: R$ 205.620,00
• Árbitro (Referee): Eduardo Tomaz De Aquino Valadão/GO (CBF)
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Bruno Pires/GO (FIFA)
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Marcio Soares Maciel/GO (CBF)
• Quarto Árbitro (Fourth Oficial): Jéfferson Ferreira (CBF)
• Advertências (Cautions): Leandro Eusébio 65′ e Cléo 65′
• Expulsão (Sent Off): Nenhuma (None)
Anápolis Futebol Clube Goiás Esporte Clube
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Felipe Garcia
02 Marcelo Ferreira
04 Renato Justi
03 Leandro Euzébio
06 David
05 Toró ©
08 Felipe Baiano
07 Hélder
10 Lucas Sotero
11 Marcelinho (Rafael)
09 Michel Platini
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Ivan
02 Johnathan (Sueliton)
03 Deivid Duarte
04 Anderson Salles
06 Juninho
05 Davi ©
08 Ramires
11 Cléo
10 Wágner
07 Carlos Eduardo (Cassiano)
09 Rafhael Lucas (Patrick)
Técnico: Waldemar Lemos Técnico: Enderson Moreira
12
13
14
15
16
17
18
19
20
João Vítor (gk)
Caique
Igor
João Neto
Pither
Calytinho
Rafael Assis, aos 36’/2º
Pedro Henrique
Danilo
12
13
14
15
16
17
18
19
20
Paulo Henrique (gk)
Wesley Matos
Sueliton, aos 17’/2º
Willian
Patrick, aos 17’/2º
Thalles
Cassiano, aos 42’/2º
Léo Sena
Jhon Cley
Tempo Normal Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altnds Final
0 x 0 0 x 0 0 x 0
# Com esse resultado quem vencer o próximo jogo fica com a taça;
# Se houver um novo empate, por qualquer placar, a decisão será nas penalidades;
# Súmula da Federação Goiana de Futebol (FGF): www.fgf.esp.br/sumula.pdf
# Links Externos (External Links): www.soccerway.com/Finais-dos-Estaduais
# Links Externos (External Links): globoesporte.globo.com/Finais-dos-Estaduais

.:: Galeria de Imagens ::.
Imagem aérea do estádio Jonas Duarte, em Anápolis, palco da final;
Crédito: www.globoesporte.globo.com
Imagem interna do estádio Jonas Duarte, em Anápolis, palco da final;
Crédito: www.globoesporte.globo.com
os dois times perfilados para a execução dos hinos nacionais;
Crédito: www.globoesporte.globo.com

Empate bom para o Goiás

Anápolis e Goiás até fizeram jogo movimentado, mas não conseguiram alterar o placar na tarde deste domingo no estádio Jonas Duarte. Muito por conta da trave e do travessão, que evitaram gols de Carlos, para o Alviverde, e Marcelinho e Michel Platini, para o Galo da Comarca. Dessa forma, a partida de ida da final do Campeonato Goiano terminou 0 a 0.

O primeiro tempo começou em ritmo alucinante, com boas chances logo nos minutos iniciais. Michel Platini, do Anápolis, assustou o goleiro Ivan com bom cabeceio, que foi rente à trave. O Goiás respondeu com Carlos, que recebeu na área, bateu de canhota, e a bola raspou o travessão. O time da casa foi levemente superior e teve mais volume de jogo. Pouco inspirado e sem poder ofensivo, o Goiás criava quase nada e ainda viu Platini ter outra boa oportunidade de cabeça.

Na etapa final, o duelo continuou equilibrado, mas coube ao Anápolis as grandes chances de sair com a vitória. Marcelinho e Michel Platini quase fizeram. Porém, novamente o travessão e a trave foram obstáculos intransponíveis e evitaram gols. O goleiro Felipe ainda fez boa defesa em cobrança de falta de Anderson Salles, e o placar permaneceu inalterado até o fim.

O segundo e decisivo embate entre Anápolis e Goiás será no próximo domingo, 8 de maio, no Serra Dourada. Mesmo com a melhor campanha, a única vantagem da equipe esmeraldina será jogar em casa. Quem vencer, fica com a taça. Novo empate leva para a disputa de pênaltis.

# Fonte: www.globoesporte.globo.com/reportagem


.:: Seleção Brasileira de Futebol ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol cinco vezes campeã mundial. Jogos amistosos oficiais e não oficiais; Eliminatórias da Copa; Copa do Mundo, Copa América, Copa das Confederações, Torneios, Torneio Pré-Olímpico, Jogos Olímpicos, Jogos Pan-Americanos; Seleção Brasileira Feminina, Sub 17, Sub 20 e muito mais confira: www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com

Ficha do Jogo: 6oiás 6 x 0 Palmeiras

Goiás massacra Palmeiras, sem dó nem piedade, no Serra Dourada;
Crédito: www.spnoticias.com.br
Ficha Tecnica
Goiás 6 x 0 Palmeiras
Campeonato Brasileiro Série A de 2014
Acervo do vozão by @pnlopes









Competição (Tournament): Campeonato Brasileiro Série A de 2014 – 23ª Rodada
Data (Date): Domingo, 21 de Sertembro de 2014, as 18:30 hs (de Brasilia)
Estádio (Stadium): Serrra Dourada, em Goiânia (Goiás)
Público (Attendance): 7.845 pagantes – Renda: R$ 169.365,00
Árbitro (Referee): Igor Junio Benevenuto (MG)
Assistente 1 (Assistant Referee 1): Marcio Eustaquio Santiago (Fifa-MG)
Assistente 2 (Assistant Referee 2): Guilherme Dias Camilo (MG)
Assistente Adicional 1 (Aditional Assistant 1): Janio Pires Gonçalves (TO)
Assistente Adicional 2 (Aditional Assistant 2): Luciano Oliveira dos Santos (TO)
Quarto Árbitro (Fourth Oficial): Breno Veira de Souza (GO)
Advertências | Cautions | Sent Off Advertências | Cautions | Sent Off
54′ Jackson 40′ Diogo
69′ David França 72′ Agustín Allione
79′ Moisés
90′ Wellington Jr
Gols | Goals | Goles Gols | Goals | Goles
1-0 Ramon, aos 7’/1º
2-0 Esquerdinha, aos 11’/1º
3-0 Erik, aos 27’/1º
4-0 David (Falta), aos 36’/1º
5-0 Thiago mendes, aos 4’/2º
6-0 Wellinton, aos 45’/2º
Goiás Esporte Clube Sociedade Esportiva Palmeiras
Go
Ld
Za
Za
Le
Mc
Mc
Mc
Mc
Mc
At
01 Renan
02 Moisés
03 Jackson
04 Pedro Henrique
06 Léo Veloso
05 Amaral
08 David França
07 Thiago Mendes (Murilo)
10 Esquerdinha
09 Ramon (Wellinton Júnior)
11 Erik (Samuel)
Go
Ld
Za
Za
Le
Mc
Mc
Mc
Mc
Mc
At
22 Deola
54 João Pedro
03 Lúcio
28 Mauricio VICTORINO
35 Victor Luis
23 Renato
15 Josimar (Bernardo)
20 Agustín ALLIONE
Juninho (Bruno César)
17 Diogo
09 Jonathan CRISTALDO (Henrique)
Coach: Ricardo Drubscky Coach: Dorival Júnior
12
13
14
15
16
17
18
19
20
Édson Lisboa (gk)
Lucas Lima
Alex Cardoso
Túlio Lima
Liniker
Samuel Rosa, aos 35’/2º
Wellinton, aos 35’/2º
Bruno Mine
Murilo, aos 23’/2º
14
18
19
21
27
30
31
47
53
55
Pablo MOUCHE
Felipe Menezes
Henrique Dourado, no Intervalo
Patrick Vieira
Mazinho
Bruno César, no Intervalo
Bernardo, no Intervalo
Fábio
Nathan
Matheus Sales
Tempo Normal Prorrogação Penalidades
1º Tempo 2º Tempo Final 1º Tempo 2º Tempo Final Normal Altnds Final
4 x 0 2 x 0 6 x 0
# O Palmeiras usa uma numeração fixa para seus jogadores;
# Goias: Camisa Verde, Calção Branco e Meias Verdes;
# Palmeiras: Camisa Branca, Calção Verde e Meias Brancas;
# Links Externos (External Links): www.soccerway.com/matches/2014
# Links Externos (External Links): globoesporte.globo.com/o-jogo-em-tempo-real
# Todos os Jogos da Seleção Brasileira: jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com

.:: Galeria de Imagens ::.
A internet não perdoou a goleada sofrida pelo Palmeiras no Serra Dourada;

.:: Crônica do Jogo ::
O Palmeiras sofreu neste domingo uma derrota daquelas que incomodarão o torcedor por muito tempo. Jogando no Estádio Serra Dourada pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro, o time do técnico Dorival Júnior perdeu por 6 a 0, sofrendo quatro gols ainda no primeiro tempo. O resultado colocou a equipe paulista na lanterna da competição, com 22 pontos.

O Goiás, por sua vez, fez sua parte e somou mais três pontos, chegando a 30 no Brasileiro. Assim, distanciou-se da zona de rebaixamento e pode começar a almejar uma proximidade com o G-4.

As fases do jogo: O Palmeiras nem teve tempo de respirar, sofrendo dois gols antes dos 15 min de partida. Primeiro, aos 6 min, em passe que Ramon recebeu na área e tocou no canto. Depois, aos 11 min, em troca de passes que terminou na conclusão de pé direito de Esquerdinha.

O time paulista acusou o golpe, e a defesa não deixou qualquer esperança no torcedor. Aos 26 min, Victor Luís errou a saída de bola pela esquerda e entregou nos pés de Erik Lima. Enquanto a zaga parava para a disparada, o jovem atacante do Goiás avançou e entrou na área para bater. Indefeso, Deola nada pôde fazer.

Pensa que acabou? O Goiás não precisava nem se esforçar para marcar os gols. Aos 36 min, Lúcio afastou mal a bola e mandou a bola para trás. Deola defendeu e a arbitragem marcou o recuo. Na cobrança de falta, David mandou no ângulo e tirou ainda mais esperanças dos palmeirenses.

No intervalo, Dorival Júnior tentou o que podia e promoveu três mudanças na equipe. Saíram Josimar, Juninho e Cristaldo, entrando Bruno César, Bernardo e Henrique. Exposto, o Palmeiras levou o quinto gol aos 3 min da segunda etapa, em rebote de Deola que Thiago Mendes chutou de primeira.

A partir daí não sobrou muito para o Goiás fazer em campo. O Palmeiras tentou criar, principalmente com Bernardo e Henrique, mas parou sempre em Renan. O Goiás certamente estava safisfeito com o resultado, e ainda fez o sexto gol com Wellinton Júnior aos 44 min. Detalhe: o Palmeiras ainda terminou o jogo com Victorino contundido e Allione expulso.

O melhor: Renan Dá para um time que venceu por 6 a 0 ter o goleiro como destaque? No Goiás, dá. Quando o placar já; estava construído, o Palmeiras aproveitou a acomodação esmeraldina e buscou chances de gol. O goleiro fez sua parte e defendeu com segurança sempre que foi exigido.

O pior: Victor Luís – Errou feio demais no terceiro gol, e não mostrou qualquer redenção ao longo da partida. Lúcio também comprometeu, mas ao menos se redimiu no segundo tempo.

A chave do jogo: A Inteligência do Goiás – Até o jogo deste domingo, o Palmeiras havia levado seis gols nos 15 primeiros minutos dos jogos do Campeonato Brasileiro, liderando este amargo quesito. O Goiás (que havia levado cinco e era o vice-líder) aproveitou a fragilidade emocional do rival e construiu o placar sem esforço.

Toque dos técnicos: Reagir era quase impossível, é verdade, mas as três trocas que Dorival Júnior promoveu no intervalo viraram um problema quando Victorino sentiu a coxa. O time melhorou com Bernardo e Henrique, mas muito em virtude do ritmo mais lento do Goiás. Ponto para Gilberto Fonseca, que substituiu Ricardo Drubscky e que soube colocar em campo um time muito ligado.

Para lembrar: Até este domingo, a maior vitória do Goiás sobre o Palmeiras havia sido em 2004. Na ocasião, o time goiano foi a São Paulo e venceu por 3 a 0, com gols de Leandro Azevedo, Paulo Baier e Somália. O Palmeiras terminou aquele Campeonato Brasileiro em quarto, duas posições à frente dos goianos. (Fonte: www.uol.com.br/esporte)


.:: Seleção Brasileira – Brazilian National Football Team ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol aqui.
All the matches of the Brazilian National Team hear;
www.futeboldaselecaobrasileira.blogspot.com.br


Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que deu seu Filho unigênito, para que todo aquele que Nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. (João 3.16)


For God so loved the world, that he gave his only begotten Son, that whosoever believeth in him should not perish, but have everlasting life. (John, 3:16)

Ficha do Jogo: Vila Nova 1 x 6 Goiás

Goiás massacra Vila Nova pelo campeonato goiano;
Crédito: www.sagresonline.com.br/Jornal-O-Popular
Acervo do vozão by @pnlopes
Escudo Vila Nova 1 x 6 Goiás
Campeonato Goiano 2009
Escudo
Acervo do vozão by @pnlopes







Competição (Tournament): Campeonato Goiano 2009 – 1º Turno – 1ª Fase – 5ª Rodada
Data (Date): Domingo, 8 de Fevereiro de 2009 – 17 hs (Horário de Verão de Brasília)
Estádio (Stadium): Serra Dourada, Goiânia, Goiás
Público (Attendance): 17.911 pagantes – Renda: R$ 222.587,50
Árbitro Principal (Referee): Marcos Rassi (GO)
Assistente 1 (Assistant Referee 1): Fabríco Vilarinho (GO)
Assistente 2 (Assistant Referee 2): Cristhian Passos (GO)
Quarto Árbitro (Fourth Oficial): Adelson Gonçalves (GO)
Advertências | Cautions | Sent Off Advertências | Cautions | Sent Off
03′ Thiago Carvalho 33′ Felipe
35′ Leandro Eusébio
52′ Vitor
59′ Romerito
67′ Júlio César
83′ Iarley
Gols | Goals | Goles Gols | Goals | Goles
1-0 Thiago Carvalho 04’/1º 1-1 Felipe 34’/1º
2-1 Leandro Eusébio 36’/1º
3-1 Vitor (cabeça) 06’/2º
4-1 Romerito 13’/2º
5-1 Júlio César 22’/2º
6-1 Iarley 38’/2º
Vila Nova Futebol Clube Goiás Esporte Clube
01
06
04
03
02
05
07
10
08
11
09
Lauro;
Valença,
Thiago Carvalho e
Kleber Romero (Galvão);
Osmar,
Cleber Goiano,
Leandro,
Rosembrick (Alisson) e
Luciano Ratinho (Pereira);
Carlão e
Vanderlei.
01
05
03
04
06
07
08
10
02
09
11
Harlei;
Leandro Euzébio,
Henrique (Gomes) e
Ernando;
Julio César (Zé Carlos),
Everton,
Ramalho (Fábio Bahia),
Romerito e
Vítor;
Iarley e
Felipe.
Coach: Gilson Kleina Coach: Hélio dos Anjos
12
13
14
15
16
17
18
Wéverton (gk)
Léo Matos
Wéverson
Alisson, no Intervalo
Diego
Pereira, aos 20’/2º
Galvão, no Intervalo
12
13
14
15
16
17
18
Rodrigo Calaça (gk)
Fábio Bahia, aos 32’/2º
Valmir Lucas
Gomes, aos 25’/2º
Rafinha
Zé Carlos, aos 33’/2º
Ânderson Gomes
Tempo Normal Prorrogação Penalidades
1º Tempo 2º Tempo Final 1º Tempo 2º Tempo Final Normal Altnds Final
1 x 2 0 x 4 1 x 6
Ø
Ø
Ø
Até os dias de hoje essa é a maior goleada do clássico goiano;
Vila Nova: Camisa Laranja, Calção Branco e Meias Laranjas;
Goiás: Camisa Verde, Calção Verdes e Meias Verdes;

.:: Galeria de Imagens ::.
Vítor comemora o terceiro gol do Goiás na goleada com o Vila Nova;
Crédito: www.flogao.com.br/twitter

.:: Crônica do Jogo ::
Após quatro meses sem marcar, Iarley faz o sexto gol do Goiás no clássico

O maior clássico do Centro-Oeste fez justiça a toda a expectativa criada no Serra Dourada. O Goiás simplesmente fez 6 a 1 no Vila Nova e sobrou em campo. Mas quem inaugurou o placar foi o Tigre, logo aos 4 minutos de jogo Thiago Carvalho aproveitou bem cobrança de falta de Rosembrick e mandou a bola para o fundo da rede de Harlei.

O Goiás quase empatou aos 31 minutos, o goleiro Lauro protagonizou um lance sensacional. Após troca de passes, a bola sobrou para Iarley que chutou para a boa defesa do goleiro. No rebote Leandro Euzébio chutou e Lauro novamente espalmou, na sobra Felipe arrematou para o gol mas o goleiro vilanovense mais uma vez impediu o empate dos esmeraldinos.

Não demorou muito para sair o empate do Goiás. Aos 34 minutos, Iarley chutou, a bola desviou na zaga e sobrou para Felipe. O atacante driblou dois adversários e chutou no ângulo, sem chances para Lauro. Não deu nem tempo para comemorar o primeiro gol, dois minutos depois Leandro Euzébio virou para o time de Hélio dos Anjos. Após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Leandro que chutou cruzado para o fundo das redes.

Na volta para a segunda etapa mesmo estando em vantagem no marcador, o time do Goiás não abaixou o ritmo e aos 6 minutos marcou o terceiro gol liquidando a partida. Romerito ganhou jogada pela esquerda e cruzou na medida para Vítor fazer de cabeça.

O massacre esmeraldino não parou por aí, aos 13 minutos Iarley puxou contra-ataque e passou para Romerito. O meia escolheu o canto e chutou sem chances para Lauro. Não demorou nem dez minutos para o Goiás marcar mais um gol, dessa vez com Júlio César. O ala-esquerda recebeu passe de Felipe e mandou para o fundo das redes do Tigre, fazendo o seu primeiro gol no campeonato.

Ainda teve tempo para o veterano Iarley deixar o seu gol. Depois de quatro meses sem marcar, Iarley chutou prensado para fazer o sexto gol esmeraldino. O Goiás é o líder do Grupo B com 16 pontos em 5 jogos, enquanto o Vila ocupa a quarta colocação do Grupo A com apenas 4 pontos. (Fonte: www.lancenet.com.br)


.:: Seleção Brasileira – Brazilian National Football Team ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol aqui.
All the matches of the Brazilian National Team hear;
www.futeboldaselecaobrasileira.blogspot.com.br


Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que deu seu Filho unigênito, para que todo aquele que Nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. (João 3.16)


For God so loved the world, that he gave his only begotten Son, that whosoever believeth in him should not perish, but have everlasting life. (John, 3:16)

Flamengo Campeão da Copa do Brasil de 1990

Jogadores do Flamengo dão a volta olímpica com a taça de campeão da Copa do Brasil;
Crédito da Imagem: acervo.oglobo.globo.com/fotogalerias
Ficha Técnica – Ceará Sporting Club
Escudo Goiás 0 x 0 Flamengo
Resultado Agregado: Goiás 0 x 1 Flamengo
Escudo
Ficha Técnica do Site







Competição (Tournament): Copa do Brasil de 1990 – Final – 2º Jogo (volta)
Data (Date): Quarta-Feira, 7 de Novembro de 1990, às 21:00 hs (de Brasília)
Estádio (Stadium): Serra Dourada, em Goiânia, Goiás
Público (Attendance): 45.504 pagnates – Renda: Cr$ 47.829.200,00
Árbitro Principal (Referee): Renato Marsiglia/RS
Assistente 1 (Assistant Referee 1): Adão Alipio Soares dos Reis
Assistente 2 (Assistant Referee 2): Justimiano Almeida Gularte
Quarto Árbitro (Fourth Oficial): Sem Registro
Advertências | Cautions | Sent Off Advertências | Cautions | Sent Off
Jorge Batata Zinho
Wallace Ailton
Renato Gaúcho
Gaúcho
Gols | Goals | Goles Gols | Goals | Goles
Nenhum Nenhum
Goiás Esporte Clube Clube de Regatas do Flamengo
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
Eduardo
Wilson Goiano (Rubens Carlos)
Richard
Jorge Batata
Dalton
Fagundes
Luvanor
Wallace
Josué (Agnaldo)
Niltinho
Túlio Maravilha
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
Zé Carlos
Ailton
Vítor Hugo
Rogério Lourenço
Piá
Uidemar
Júnior
Zinho
Bobô (Nélio)
Renato Gaúcho
Gaúcho (Marquinhos)
Técnico: Sebastião Lapola Técnico: Jair Pereira
Df
At
Rubens Carlos
Agnaldo
Mc
At
Marquinhos
Nélio
Tempo Normal Prorrogação Penalidades
1º Tempo 2º Tempo Final 1º Tempo 2º Tempo Final Normal Altnds Final
0 x 0 0 x 0 0 x 0
Ø
Ø
Ø
Ø
Ø
Com esse resultado o Flamengo sagrou-se campeão da Copa do Brasil pela 1ª vez;
Com a conquista o Flamengo garantiu vaga na Copa Libertadores da América de 1991;
Goiás: Camisa Verde, Calção Branco e Meias Verdes;
Flamengo: Camisa Rubro-Negra, Calção Branco e Meias Rubro-Negras;
Primeira Final: 01/11 – Flamengo 1 x 0 Goiás, Estádio Mário Helênio; (Ficha do Jogo)

.:: Galeria de Imagens ::.
Em pé: Júnior, Zé Carlos, Rogério, Vítor Hugo, Aílton e Piá;
Agachados: Renato Gaúcho, Gaúcho, Bobô, Zinho e Uidemar; Técnico: Jair Pereira
Crédito da Imagem: www.crflamengo.net/copa-brasil-1990

.:: Campanha ::.
Data Fase Estádio Mandante Placar Visitante
21/06/1990 Primeira Gávea Flamengo 5 x 1 Capelense/AL
05/07/1990 Primeira Manoel Moreira Capelense/AL 0 x 4 Flamengo
10/07/1990 Oitavas Gávea Flamengo 2 x 0 Taguatinga/DF
15/07/1990 Oitavas Elmo Serejo Taguatinga/DF 1 x 1 Flamengo
25/07/1990 Quartas Fonte Nova Bahia/BA 1 x 1 Flamengo
28/07/1990 Quartas Mário Helênio Flamengo 1 x 0 Bahia/BA
13/09/1990 Semifinal Mário Helênio Flamengo 3 x 0 Náutico/PE
16/09/1990 Semifinal Aflitos Náutico/PE 2 x 2 Flamengo
01/11/1990 Final Mário Helênio Flamengo 1 x 0 Groiás/GO
07/11/1990 Final Serra Dourada Groiás/GO 0 x 0 Flamengo
# Clube de Regatas do Flameno, campeão invícto.
# Principais Artilheiros do Fla: Gaúcho 6; Leonardo 3; Zinho 3; Zanata 1; Alcindo 1; Marceminho Carioca 1; Ailton 1; Bobô 1; Djalminha 1; Renato Gaúcho 1 e Fernando 1 gol marcado.
# Passe o mouse no resultado do jogo para saber quem marcou os gols.

.:: Os Campeões – The Champions ::.
Nome Completo Apelido Posição
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
José Carlos da Costa Araújo
Welesley Antônio Simplício
Aílton dos Santos Ferraz
Roberto da Silva Ribeiro
Josimar Higino Pereira
Marcus Vinícius Pedro Nogueira
Leonardo Nascimento de Araújo
Nélson Luís Kerchner
Vítor Hugo Siqueira
Rogério Moraes Loureiro
Fernando César de Matos
José Leandro de Souza Ferreira
André Alves da Cruz
Uidemar Pessoa de Oliveira
Leovegildo Lins da Gama Júnior
Marcos Correia dos Santos
Djalma Dias Feitosa
Carlos Eduardo Marangon
Crizam César de Oliveira Filho
Renato Portaluppi
Luis Carlos Tofolli
Raimundo Nonato Tavares da Silva
Nélio da Silva Melo
Marcelo Pereira Surcin
Alcindo Sartori
Zé Carlos
Neneca
Aílton
Zanata
Josimar
Piá
Leonardo
Nelsinho
Vítor Hugo
Rogério Lourenço
Fernando
Leandro
André Cruz
Uidemar
Júnior
Marquinhos
Djalminha
Edu Marangon
Zinho
Renato Gaúcho
Gaúcho
Bobô
Nélio
Marcelinho Carioca
Alcindo
Goleiro
Goleiro
Lateral Direito
Lateral Direito
Lateral Direito
Lateral Esquerdo
Lateral Esquerdo
Lateral Esquerdo
Zagueiro
Zagueiro
Zagueiro
Zagueiro
Zagueiro
Meio-Campo
Meio-Campo
Meio-Campo
Meio-Campo
Meio-Campo
Meio-Campo
Atacante
Atacante
Atacante
Atacante
Atacante
Atacante
Jair Pereira da Silva Jair Pereira Técnico
# Fonte de Pesquisa: Flapedia

.:: Seleção Brasileira – Brazilian National Football Team ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol aqui.
All the matches of the Brazilian National Team hear;
www.futeboldaselecaobrasileira.blogspot.com.br


Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que deu seu Filho unigênito, para que todo aquele que Nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. (João 3.16)


For God so loved the world, that he gave his only begotten Son, that whosoever believeth in him should not perish, but have everlasting life. (John, 3:16)
%d blogueiros gostam disto: