Archive for the ‘Jogos CSA’ Category

CSA Campeão Brasileiro da Série C de 2017

Jogadores do CSA comemoram a conquista do Campeonato Brasileiro de 2017;
Crédito: globoesporte.globo.com/
Ficha Tecnica
CSA 0 x 0 Fortaleza
Campeonato Brasileiro Série C de 2017
Ficha Técnica







Competição (Tournament): Campeonato Brasileiro Série C 2017 – Final (2º Jogo)
Data (Date): Sábado, 21 de Outubro de 2017, 19:00 h (de Brasília)
Estádio (Stadium): Rei Pelé, Maceió, Alagoas
Público (Attendance): 15.097 pagantes – Renda: R$ 661.442,00
Árbitro (Referee): Luiz Flávio de Oliveira/SP (FIFA)
Assistente 1 (Assistant Referee 1): Danilo Ricardo Simon Manis/SP (FIFA)
Assistente 2 (Assistant Referee 2): Miguel Cataneo Ribeiro da Costa/SP
Quarto Árbitro (Fourth Official): Adriano de Assis Miranda/SP
Advertências | Cautions | Sent Off Advertências | Cautions | Sent Off
Jorge Felipe, aos 33’/1º Leandro Lima, aos 20’/1º
Leandro Souza, aos 25’/1º Felipe, aos 35’/1º
Dawhan, aos 20’/2º Bruno Melo, aos 36’/2º
Centro Sportivo Alagoano – CSA Fortaleza Esporte Clube
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
31 Mota
02 Celsinho
03 Leandro Souza
04 Jorge Fellipe
06 Raul Diogo (Rafinha)
05 Dawhan
08 Boquita
11 Marcos Antonio
10 Daniel Costa
07 Edinho (Didira)
09 Michel Douglas (Maxuell)
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Marcelo Boeck
02 Felipe (Gabriel Pereira)
03 Edimar
14 Adalberto
06 Bruno Melo
05 Anderson Uchôa
20 Leandro Lima
08 Ronny (Vinícius Pacheco)
22 Pablo
11 Hiago
19 Leandro Cearense (Vinícius Baiano)
Coach: Flávio Araújo Coach: Antônio Carlos Zago
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
Dalton (gk)
Dick
Rodrigo Lobão
Mateus
Rafinha, aos 26’/2º
Cristiano
Francisco Alex
Didira, aos 37’/1º
Rosinei
Gustavo
Michel Schmoller
Maxuell Samurai, aos 8’/2º
04
09
10
12
13
15
16
17
21
25
Lígger
Lúcio Flávio
Adenilson
Matheus Inácio (gk)
Vinicius Del’Amore
Rodrigo Mancha
Jéfferson
Vinicius Baiano, aos 30’/2º
Gabriel Pereira, aos 16’/2º
Vinicius Pacheco, aos 33’/2º
Tempo Regulamentar Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altern Final
0 x 0 0 x 0 0 x 0
• Com esse resultado o CSA sagrou-se campeão brasileiro da Série C pela 1ª vez;
• O CSA jogava por um empate, porque havia ganho o primeiro jogo por 2 x 1;
• CSA: Camiza listrada em Azul-Branco, Calção Azul e Meias Azuis (Nike);
• Fortaleza: Camisa Tricolor, Calção Branco e Meias Brancas;
• CSA, Fortaleza, São Bento/SP e Sampaio Correa garantiram vaga na Série B de 2018;

.:: Galeria de Imagens ::.
Centro Sportivo Alagoanao (CSA) campeão Brasileiro Série C de 2017;
Crédito: globoesporte.globo.com/
Jogadores do CSA dão a volta olímpica com a taça de campeão;
Credit: torcedores.uol.com.br/
O mascote do CSA, o Azulão, e o mascote do Fortaleza, o Leão;
Crédito: globoesporte.globo.com/

.:: Seleção Brasileira – Brazilian National Team ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol aqui.
All the matches of the Brazilian National Team hear;
www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com
Anúncios

CRB Campeão Alagoano de 2013

.:: Campeonato Alagoano 2013 ::.
Jogadores do CRB comemoram o 27º título estadual da sua história;
Crédito: globoesporte.globo.com/Ailton-Cruz/Gazeta-de-Alagoas
Ficha Tecnica
CRB 0 x 1 CSA
Nos Pênaltis: CRB 4 x 3 CSA
Ficha Técnica – Match Report
• Competição (Tournament): Campeonato Alagoano de 2013 – Segundo Jogo da Final
• Data (Date): Sabado, 18 de Maio de 2013, às 16:00 hs (de Brasília)
• Estádio (Stadium): Rei Pelé “Trapichão”, em Maceió/AL
• Público (Attendance): 2.543 pagantes – Renda: R$ 31.080,00
• Árbitro (Referee): Péricles Bassols Cortez/RJ (FIFA)
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Altemir Hausmann/PR (FIFA)
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Fábio Pereira/TO (FIFA)
• Quarto Árbitro (Fourth Oficial): Charles Hebert Cavalcante Ferreira/AL (CBF)
• Advertências (Cautions): Everton Luiz 10′, Rodolfo 38′, Jairo 39′, Elyeser 49′ e Audálio 122′
• Expulsão (Sent Off): Nenhuma (None)
Gols | Goals Gols | Goals
1-0 Elyeser, aos 34’/2º
Pênatis – Penaties Pênatis – Penaties
1-1 Debilson (Gol) 1-0 Alx Oliveira (Gol)
2-1 Paulo Sérgio (Gol) x-x Adalberto (Perdeu)
x-x Johnnattan (Perdeu) 2-2 Diego Clementino (Gol)
3-3 Marcus Vinicius (Gol) 3-2 Everaldo (Gol)
4-3 Schwenck (Gol) x-x Ânderson (Perdeu)
Clube de Regatas Brasil Centro Sportivo Alagoano
GO
LD
ZA
ZA
LE
MC
MC
MC
MC
AT
AT
01 Rodrigo Galatto (Tiago)
02 Paulo Sérgio ©
03 Marcus Vinicius
04 Audálio
06 João Victor
05 Everton Luiz
08 Johnnattan
11 Jairo (Uálisson Pikachu)
10 Walter Minhoca
07 Carlão (Denilson)
09 Schwenck
GO
LD
ZA
ZA
LE
MC
MC
MC
MC
AT
AT
01 Flávio ©
02 Leandrinho (Marielson)
03 Leandro
04 Adalberto
06 Rogerinho (Ânderson)
05 Róbson
08 Elyeser
11 Rodolfo (Fabiano)
10 Alex
07 Diego Clementino
09 Everaldo
Técnico: Ademir Fonseca Técnico: Beto Almeida
12
13
14
15
16
17
18
Tiago, aos 41’/1º
Gladstone
Diego Aragão
Ananias
Cristiano Tite
Uálisson Pikachu, aos 8’/2º
Denilson, aos 33’/2º
12
13
14
15
16
17
18
Jorge Miguel (gk)
Cleberson
Levi
Fabiano, aos 22’/2º
Marielson, aos 49’/1º
Anderson, aos 14’/2º
Mendes.
Tempo Normal Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altnds Final
0 x 0 0 x 1 0 x 1 0 x 0 0 x 0 0 x 0 4 x 3 4 x 3
# No tempo normal o CSA venceu por 1 x 0, como havia perdido o primeiro jogo a partida foi para a prorrogação que terminou em 0 x 0; Nas penalidades o CRB venceu por 4 x 3;
# Com esse resultado o CRB sagrou-se bicampeão estadual 2012/2013;
# Tiago defendeu os pênaltis de Adalberto e Anderson e foi o herói da conquista.
# Súmula do Jogo (Match Report): www.futeboldealagoas.net/download/sumula.pdf
# Campeões pelo Brasil e pelo Mundo: site: www.eternoscampeoes.wordpress.com

.:: Galeria de Imagens ::.
Clube de Regatas Brasil campeão Alagoano de 2013;
Crédito: globoesporte.globo.com/Ailton-Cruz/Gazeta-de-Alagoas

CRB Bicampeão!

Provavelmente os torcedores de CRB e CSA sentiram a emoção que nunca vivenciaram antes. O CSA venceu no tempo normal por 1 a 0, levou a partida para prorrogação e foi decidir nos pênaltis. E aí? Brilhou a estrela do goleiro regatiano Tiago, que pegou duas penalidades e contou com a competência de Schwenck, que cravou o gol do Bi-campeonato alvirrubro em 2013.

E esse título teve um gostinho especial para o time da Pajuçara, porque neste ano comemora-se o Centenário do CSA. Agora as duas equipes só se preparam para o Campeonato Brasileiro. O CRB estreia na série C no dia 2 de Junho contra o Águia de Marabá. Enquanto o CSA volta a campo também no próximo mês, mais precisamente no dia 9 de Junho, contra o Vitória da Conquista-BA pela série D.

O JOGO

O CRB tenta o primeiro ataque. Everton Luiz lança Schwenck, mas o atacante alvirrubro está em impedimento no primeiro minuto. Rhodolfo cobra escanteio aos 3 minutos para o CSA e o lateral-direito Paulo Sérgio faz o corte para o time regatiano.

João Victor toca para Carlão aos 4 minutos e o atacante regatiano chuta fraco para a defesa do goleiro Flávio do CSA. Elyeser bate falta para o time azulino aos 5 minutos e o meia Alex Henrique cabeceia sem direção.

Paulo Sérgio lança Schwenck aos 8 minutos e o goleiro Flávio sai e fica com a bola. Rhodolfo cobra falta para o CSA aos 11 minutos e a redonda passa com perigo no canto esquerdo do goleiro Galatto do CRB.

Jairo do CRB dribla Rogerinho e chuta de perna direita aos 12 minutos da etapa inicial. A redonda passa por cima do gol azulino. Paulo Sérgio cruza na área do CSA, Schwenck desvia e o atacante Carlão toca para fora aos 17 minutos.

O meia Jairo passa para Paulo Sérgio e o lateral-direito do CRB arrisca o chute de fora da área e isola a bola aos 23 minutos. Em seguida, o camisa 11 alvirrubro arma contra ataque e toca para Schwenck, que se choca com o zagueiro Leandro do CSA.

Elyeser levanta na área do CRB e o atacante Diego Clementino cabeceia livre, mas a arbitragem já marcava impedimento aos 26 minutos. Walter Minhoca toca para João Victor, que invade a área do CSA e chuta para a defesa do goleiro Flávio aos 28.

Walter Minhoca deixa o atacante Schwenck na cara do gol aos 36 minutos e ele chuta por cima da trave do CSA. Rogerinho cruza na área do CRB e o zagueiro Leandro sobe e cabeceia a redonda para a linha de fundo aos 39 minutos.

João Victor invade a área do CSA, cruza aos 43 minutos, o meia Jairo demora demais para finalizar e o zagueiro azulino Leandro se joga para cortar o lance. O árbitro Péricles Bassols encerra o primeiro tempo aos 51 minutos.

Paulo Sérgio cobra falta para o CRB no primeiro minuto e o atacante Schwenck empurra o goleiro Flávio. Everaldo faz grande jogada aos 2 minutos e chuta de fora da área. A bola passa no canto direito do goleiro Tiago.

De novo ele, Paulo Sérgio bate nova falta aos 4 minutos e a zaga do CSA faz o corte. Schwenck rouba a bola de Rogerinho e cruza para Carlão que toca de cabeça aos 6 minutos e a bola raspa a trave do CSA. A torcida do galo vai a loucura com o lance.

Alex Henrique toca para Diego Clementino aos 9 minutos, a bola esbarra no zagueiro Marcus Vinícius e bate na trave do goleiro Tiago. Quase o CSA abre o placar. Johnnattan faz grande jogada aos 13 minutos e toca para Schwenck que chuta em cima de Flávio.

O zagueiro do CRB Marcus Vinícius solta uma bomba de fora da área aos 15 minutos e o goleiro Flávio faz uma defesa espetacular. Paulo Sérgio cobra falta para o galo aos 19 minutos e a redonda tira tinta da trave do gol azulino.

Em seguida, o atacante Everaldo do CSA chuta de longe e a bola vai para a linha de fundo. Everton Luiz rouba a redonda para o CRB aos 27 minutos e toca para Schwenck que vai até a linha de fundo e cruza errado.

Johnnattan arranca para a área do CSA em velocidade aos 33 minutos, fica cara-cara com o goleiro Flávio e chuta para fora. GOLLL DO CSA!!! Diego Clementino toca para Elyeser, que solta uma bomba aos 34 minutos e abre o placar no Estádio Rei Pelé.

Walter Minhoca cobra escanteio aos 44 minutos e o zagueiro Audálio do CRB tenta de bicicleta, mas sem sucesso. Aos 48 minutos, o árbitro Péricles Bassols encerra o tempo normal com a vitória do CSA por 1 a 0 sobre o CRB.

Prorrogação:

O atacante Denílson recebe de Walter Minhoca, gira em cima de Robson e chuta para fora no primeiro minuto de jogo. Paulo Sérgio bate falta para o CRB aos 3 minutos e a redonda vai parar nas mãos do goleiro Flávio.

Paulo Sérgio levanta na área do CSA e o goleiro Flávio fica com a bola aos 10 minutos da etapa inicial da prorrogação. Aos 15 minutos, o árbitro Péricles Bassols encerra a primeira etapa da prorrogação.

Paulo Sérgio cruza para Denílson, que toca de cabeça para fora aos 2 minutos da prorrogação. Ualisson Pikachu arrisca de fora da área aos 4 minutos e a redonda esbarra na zaga azulina. Anderson Oliveira chuta de fora da área e isola para linha de fundo aos 8.

Após cobrança de falta, Denílson cabeceia para fora aos 10 minutos. Ualisson Pikachu tenta de fora da área aos 11 minutos e a redonda segue para a linha de fundo para o gol azulino. Aos 15 minutos o árbitro pega a bola e encerra a prorrogação com empate por 0 a 0.

# Fonte: www.alagoasweb.com


.:: Seleção Brasileira de Futebol ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol cinco vezes campeã mundial. Jogos amistosos oficiais e não oficiais; Eliminatórias da Copa; Copa do Mundo, Copa América, Copa das Confederações, Torneios, Torneio Pré-Olímpico, Jogos Olímpicos, Jogos Pan-Americanos; Seleção Brasileira Feminina, Sub 17, Sub 20 e muito mais confira: www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com

Ficha Tecnica: CSA 2 x 4 CRB

.:: Campeonato Alagoano 2013 ::.
Schwenck marca dois gols no clássico contra o CSA na primeira final;
Crédito: globoesporte.globo.com/Ailton-Cruz/Gazeta-de-Alagoas
Ficha Tecnica
CSA 2 x 4 CRB
Campeonato Alagoano Chevrolet de 2013
Ficha Técnica – Match Report
• Competição (Tournament): Campeonato Alagoano de 2013 – Primeiro Jogo da Final
• Data (Date): Sábado, 11 de Maio de 2013, às 16:00 hs (de Brasília)
• Estádio (Stadium): Rei Pelé “Trapichão”, em Maceió/AL
• Público (Attendance): 10.028 pagantes (Total: 13.150) – Renda: RS 180.185,00
• Árbitro (Referee): Wilton Pereira Sampaio (FIFA-GO)
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Márcio Eustáquio Santiago (FIFA-MG)
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Fabrício Vilarino da Silva (FIFA-GO)
• Quarto Árbitro (Fourth Oficial): José Reinaldo Figueiredo/AL (CBF)
• Advertências (Cautions): Marcus Vinícius 11′, Schwenck 21′, Diego Clementino 64′, João Victor 85′ e Marcos Antônio 90’+2
• Expulsão (Sent Off): Nenhuma (none)
Gols | Goals Gols | Goals
1-1 Alex Oliveira, aos 20’/1º 1-0 Schwenck, aos 8’/1º
2-4 Diego Clementino, aos 38’/2º 2-1 Schwenck, aos 18’/2º
3-1 Everton Luiz, aos 22’/2º
4-1 Walter Minhoca, aos 31’/2º
Centro Sportivo Alagoano Clube de Regatas Brasil
GO
LD
ZA
ZA
LE
MC
MC
MC
MC
AT
AT
01 Flávio ©
02 Leandrinho
03 Leandro
04 Adalberto
06 Fabiano
05 Robson
08 Elyeser
11 Rodolfo (Marielson)
10 Alex Oliveira
07 Diego Clementino
09 Everaldo
GO
LD
ZA
ZA
LE
MC
MC
MC
MC
AT
AT
01 Galatto
02 Paulo Sérgio
03 Marcus Vinicius
04 Audálio
06 João Victor
05 Everton Luiz
08 Johnnattan
11 Jairo (Uálisson Pikachu)
10 Walter Minhoca (Marcos Antônio)
07 Carlão
09 Schwenck (Denilson)
Técnico: Beto Almeida Técnico: Ademir Fonseca
12
13
14
15
16
17
18
Jorge Miguel (gk)
Cleberson
Levi
Rogerinho
Marielson, aos 19’/2º
Anderson
Mendes
12
13
14
15
16
17
18
Tiago (gk)
Gladstone
Diego Aragão
Ananias
Marcos Antônio, aos 36’/2º
Uálisson Pikachu, aos 8’/2º
Denilson, aos 26’/2º
Tempo Normal Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altnds Final
1 x 1 1 x 3 2 x 4
# Com esse resultado o CRB joga por um empate no próximo para ser campeão.
# CSA terá que vencer no tempo normal e na prorrogação pra ser campeão;
# Súmula do Jogo (Match Report): www.futeboldealagoas.net/download/sumula.pdf
# Campeões pelo Brasil e pelo Mundo: site: www.eternoscampeoes.wordpress.com

O Jogo

O clássico entre CSA e CRB não foi equilibrado. O Galo ignorou o fato de o adversário ser o mandante da primeira partida da decisão do Estadual e venceu por 4 a 2, neste sábado, no Estádio Rei Pelé. Schwenck (duas vezes), Everton Luiz e Walter Minhoca marcaram para o time regatiano, com Alex Henrique e Diego Clementino descontando para o CSA.

Apesar da vitória marcante, a vantagem alvirrubra não é tão grande. Se o Azulão derrotar o rival por qualquer placar na finalíssima do próximo sábado (18), no Rei Pelé, vai forçar a prorrogação. Se houver empate no tempo extra, o título será decidido nos pênaltis.

O Galo vai ser bicampeão alagoano com um simples empate e também tem a seu favor o fato de ser mandante do próximo clássico. Na segunda partida do mata-mata, 70% dos ingressos são da torcida regatiana.

Autor do terceiro gol do CRB, o volante Everton Luiz reclamou do regulamento da competição.

– Não nos ajuda muito mesmo, mas, pelo menos, precisamos apenas de um empate para conquistar o bicampeonato. Vamos lutar muito para isso. Vencemos a primeira parte do confronto e estou muito feliz porque marquei um gol que vinha tentando há muito tempo. Agora é descansar e se preparar para a final.

Primeiro tempo em alta velocidade:

O CSA partiu para cima no início da partida e rondou com perigo o gol do CRB, que recuou suas linhas para conter o ímpeto do adversário. O Azulão explorava muito as subidas dos laterais Leandrinho, pela direita, e Fabiano, pela esquerda, mas os homens de ataque perdiam a disputa com a zaga regatiana.

Aos 7 minutos, Leandrinho foi à linha de fundo e cruzou: Everaldo dominou na área, mas chutou em cima da defesa, desperdiçando uma boa chance. Um minuto depois, o CRB chegou pela primeira vez nos contra-ataques e abriu o placar. Paulo Sérgio recebeu a bola pela direita e cruzou com perfeição: Schwenck se antecipou aos zagueiros do CSA e tocou no canto direito de Flávio.

Mas o Azulão não se entregou e foi buscar o empate com jogada de ponta, aos 20 minutos. Everaldo cruzou da esquerda e Alex Henrique deu um toque com categoria para tirar do goleiro Galatto: 1 x 1.

Galo arrasador no segundo tempo

O CRB voltou melhor para a segunda etapa. O técnico Ademir Fonseca promoveu logo a entrada do atacante Pikachu no lugar do meia Jairo, figura apagada no clássico, e deu mais ímpeto ofensivo ao time alvirrubro.

Na primeira estocada, aos 10 minutos, Pikachu dominou a bola entre os zagueiros e bateu seco, por baixo, Flávio fez a defesa parcial e Carlão não pegou o rebote. O Galo continuou pressionando e marcou o segundo gol aos 17 minutos. Paulo Sérgio voltou a cruzar com perfeição pela direita e Schwenck subiu mais que a zaga para cumprimentar o goleiro Flávio: 2 a 1 para o CRB.

O CSA sentiu o golpe e levou outra forte pancada na sequência. Homem-surpresa, o volante Everton Luiz ganhou uma dividida no ataque, avançou e bateu cruzado: a bola desviou na zaga e tirou o goleiro da jogada: 3 a 1. O Azulão estava nocauteado em pé e sofreu mais um gol aos 31 minutos. Walter Minhoca bateu falta por baixo, a bola passou entre as pernas de Everaldo e enganou o goleiro Flávio: 4 a 1.

A torcida do CSA já deixava o estádio, mas a máquina de fazer gols das equipes não parou por aí. Everaldo fez linda jogada aos 38 minutos e deixou Diego Clementino na cara do gol: o centroavante tirou Galatto da jogada com um toque e marcou o segundo do Azulão.

# Fonte: globoesporte.globo.com/jogo/alagoano-2013


.:: Seleção Brasileira de Futebol ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol cinco vezes campeã mundial. Jogos amistosos oficiais e não oficiais; Eliminatórias da Copa; Copa do Mundo, Copa América, Copa das Confederações, Torneios, Torneio Pré-Olímpico, Jogos Olímpicos, Jogos Pan-Americanos; Seleção Brasileira Feminina, Sub 17, Sub 20 e muito mais confira: www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com

%d blogueiros gostam disto: