Archive for the ‘Jogos Atlético PR’ Category

Ficha Técnica: Atlético 0 x 3 Coritiba

Coxa faz três no Furacão e coloca as mãos na taça de campeão paranaense;
Credit: www.gazetadopovo.com.br/Hugo-Harada
Ficha Tecnica
Atlético 0 x 3 Coritiba
Final do Campeonato Paranaense 2017
Ficha Técnica
• Competição (Tournament): Campeonato Paranaense 2017 – Final – 1º Jogo
• Data (Date): Domingo, 30 de Abril de 2017, as 16:00 hs (de Brasilia)
• Estádio (Stadium): Joaquim Américo “Arena da Baixada”, Curitiba, Paraná
• Público (Attendance): 29.031 pagantes – Renda: R$ 895.125,00
• Árbitro (Referee): Rodolpho Toski Marques (PR)
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Victo Hugo Imazu dos Santos (PR)
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Diego Grubba Schikovski (PR)
• Quarto Árbitro (Fourth Official:): Edivaldo Elias da Silva (PR)
Advertências | Cautions | Sent Off Advertências | Cautions | Sent Off
Wânderson, aos 13’/2º Kléber, aos 3’/2º
Felipe Gedoz, aos 20’/2º
Felipe Gedoz, aos 23’/2º
Gols| Goals | Goles Gols| Goals | Goles
1-0 Werley (cabeça), aos 16’/1º
2-0 Iago, aos 28’/1º
3-0 Kléber, aos 6’/2º
Clube Atlético Paranaense Coritiba Football Club
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
12 Wéverton
47 Gustavo Casardo
13 Paulo André (Zé Ivaldo)
25 Wânderson
08 Sidcley
05 Deivid
21 João Pedro (Douglas Coutinho)
10 Felipe Gedoz [Expulso]
20 Matheus Rosseto
11 Nikão (Eduardo da Silva)
23 Grafite
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
84 Wilson
13 Rodirgo Ramos
28 Juninho
34 Werley
66 William Matheus
05 Alan Santos (Tiago Real)
20 Matheus Galdezani (Jonas)
18 Ânderson
07 Iago
83 Kléber Galdiador (Neto Berola)
91 Henrique Almeida
Coach: Paulo Autuori Coach: Pachequinho
01
22
27
25
70
77
95
96
97
Santos (gk)
Eduardo da Silva, no Intervalo
Zé Ivaldo, aos 37’/2º
Marcão
Yago
Douglas Coutinho, aos 47’/1º
Renan Paulino
Crysan
Nicolas
06
08
09
17
21
27
71
76
89
90
98
Edinho
Tiago Real, aos 22’/2º
Neto Berola, aos 28’/2º
Daniel
Walisson Maia
Jonas, aos 19’/2º
Henrique
Márcio
William Menezes
Filigrana
Dodô
Tempo Regulamentar Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altern Final
0 x 2 0 x 1 0 x 3
• Com esse resultado o Coritiba joga por um empate, no próximo jogo, pra ser campeão;
• O Atlético terá que vencer por quatro ou mais gols de diferença pra ficar com a taça;
• Caso o Atlético vença por três gols de diferença a decisão irá para as penalidades;
• Atlético (Furacão): Camisa Rubro-Negra, Calção Preto e Meias Pretas;
• Coritiba (Coxa): Camisa Branca, Calção Branco e Meias Brancas;
• Súmula do Jogo em PDF (Match Report): www.federacaopr.com.br/download
• Clube Atlético Paranaense, fundado em 26 de março de 1924, em Curitiba/PR: Web Site
• Coritiba Football Club, fundado em 12 de outubro de 1909, em Curitiba/PR: Web Site
• Ajude a manter o site clicando nos links. Obrigado!

.:: Galeria de Imagens ::.
Os capitães Kléber e Wéverton com o quarteto de arbitragem;
Clique Aqui (Click Hear): www.federacaopr.com.br
João Pedro e Alan Santos dividem a bola no alto e o jogar atleticano fica desacordado;
Credit: globoesporte.globo.com/final-do-gauchao
João Pedro é colocado na maca, imobilizado, para ser levado ao hospital;
Credit: globoesporte.globo.com/final-do-gauchao

.:: Seleção Brasileira – Brazilian National Team ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol aqui.
All the matches of the Brazilian National Team hear;
www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com

Ficha Técnica: San Lorenzo (ARG) 0 x 1 Atlético Paranaense

.:: Copa Libertadores da América 2017 ::.
Atlético Paranaense vence San Lorenzo fora de casa e assume liderança do grupo;
Credit:www.zimbio.com/Juan-Mabromata/AFP
Ficha Tecnica
San Lorenzo 0 x 1 Atletico
Copa Libertadores da America 2017
Ficha Técnica
• Competição (Tournament): Copa Libertadores 2017 – Grupo 4 – 2ª Rodada
• Data (Date): Quarta-Feira 15 de Março de 2017, as 19:30 hs (de Brasilia)
• Estádio (Stadium): Pedro Bidegaín, em Buenos Aires (Argentina)
• Público (Attendance): Sem Registro (No Registry)
• Árbitro (Referee): Roddy Alberto Zambrano (Equador / Ecuador)
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Cristian Lezcano Guerrero (Equador / Ecuador)
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Ricardo Fabián Baren (Equador / Ecuador)
• Quarto Árbitro (Fourth Official:): Juan Carlos Albarracín (Equador / Ecuador)
Advertências | Cautions | Sent Off Advertências | Cautions | Sent Off
Franco Mussis, aos 10’/1º Pablo Felipe, aos 17’/1º
Felipe Gedoz, aos 22’/1º
Thiago Heleno, aos 13’/2º
Gols| Goals | Goles Gols| Goals | Goles
1-0 Lucho González (cabeça), aos 4’/1º
Clube Atletico San Lorenzo Almagro Clube Atlético Paranaense
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
Mc
At
12 Sebastián Torrico
18 Matías Corujo (Botta)
02 Marcos Angeleri
06 Matías Caruzzo
17 Paulo Díaz
07 Franco Mussis
11 Ezequiel Cerrutti
16 Fernando Belluschi
20 Nestor Ortigoza (Bergessio)
30 Bautista Merlini (Ávila)
09 NIcolás Blandi
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
Mc
At
12 Weverton
02 Jonathan
13 Paulo André
04 Thiago Heleno
06 Sidcley
07 Otávio
20 Matheus Rossetto (Wânderson)
03 Lucho González
11 Nikão (Douglas Coutinho)
10 Felipe Gedoz (Grafite)
08 Pablo Felipe
Coach: Diego Aguirre Coach: Paulo Autuori
04
05
10
14
15
19
22
Fabricio Coloccini
Juan Maercier
Leandro Romagnoli
Ezequiel Ávila, aos 37’/2º
Gonzalo Bergessio, aos 28’/2º
Rubén Botta, no Intervalo
Nicolás Navarro (gk)
01
05
18
22
23
25
28
Santos (gk)
Luiz Otávio
Cryzan
Léo
Grafite, aos 20’/2º
Wanderson, aos 36’/2º
Douglas Coutinho, aos 28’/2º
Tempo Regulamentar Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altern Final
0 x 1 0 x 0 0 x 1
• Com esse resultado o Atlético Paranaense assumiu a liderança grupo;
• Atletico: Camisa Branca, Calção Branco e Meias Brancas;
• San Lorenzo: Camisa listrada em Azul-Vermelho, Calção e Meia Azuis;
• No outro jogo do Grupo: Universidad Catolica 1 x 0 Flamengo, em Santiago do Chile;
Tabela de Classificação do Torneio
Times (País) Pts Jgs Vit Emp Der GP GC S
. Atlético Paranaense (Brasil) 4 2 1 1 0 3 2 1
. Universidad Catolica (Chile) 4 2 1 1 0 3 2 1
. CR Flamengo/RJ (Brasil) 3 2 1 0 1 4 1 3
. CA San Lorenzo (Argentina) 0 2 0 0 2 0 5 -5
# Os dois melhores colocados classificam-se para a fase seguinte;

.:: Galeria de Imagens ::.
Clube Atletico san Lorenzo de Almagro, Argentina, fundado em 1908;
Credit:www.zimbio.com/Juan-Mabromata/AFP
Clube Atletico Paranaense, Curitiba, Paraná, fundado em 1924;
Credit:www.zimbio.com/Juan-Mabromata/AFP

.:: Deixe um Comentário ::.
Se você gostou desse post ou do site indique para seus amigo.
Deixe uma crítica ou uma sugestão.

Ficha Técnica: Atlético (PR) 2 x 2 Universidad Catolica (CHI)

.:: Copa Libertadores da América 2017 ::.
Atlético Paranaense e Universidad Catolica empatam na estréia na Libertadores;
Credit: www.zimbio.com/Alexandre Schneider/Getty Images
Ficha Tecnica
Atlético 2 x 2 U. Católica
Copa Libertadores da America 2017
Ficha Técnica
• Competição (Tournament): Copa Libertadores 2017 – Grupo 4 – 1ª Rodada
• Data (Date): Terça-Feira, 7 de Março de 2017, as 21:00 hs (de Brasilia)
• Estádio (Stadium): Joaquim Américo “Arena da Baixada”, Curitiba, Paraná (BRA)
• Público (Attendance): 24.118 pagantes – Renda: Renda: R$ 483.590,00
• Árbitro (Referee): Ulises Mereles (Paraguai / Paraguay)
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Rodney Aquino (Paraguai / Paraguay)
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Dario Gaona (Paraguai / Paraguay)
• Quarto Árbitro (Fourth Official:): Arnaldo Samaniego (Paraguai / Paraguay)
Advertências | Cautions | Sent Off Advertências | Cautions | Sent Off
Thiago Heleno, aos 47’/2º Enzo kalinski, aos 22’/2º
Guillermo Maripán, aos 26’/2º
Guillermo Maripán, aos 44’/2º
José Fuenzalida, aos 45’/2º
Gols| Goals | Goles Gols| Goals | Goles
1-0 Lucho González, aos 4/1º 1-2 David Llanos, aos 40’/2º
2-0 Nikão, aos 30’/2º 2-2 Ricardo Noir, aos 44’/2º
Clube Atlético Paranaense Club Deportivo Universidad Catolica
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
Mc
At
12 Weverton
02 Jonathan
13 Paulo André
04 Thiago Heleno
06 Sidcley
07 Otávio (Wanderson)
03 Lucho González (Rossetto)
19 Carlos Alberto (Coutinho)
11 Nikão
10 Felipe Gedoz
08 Pablo Felipe
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
Mc
At
01 Carlos Toselli
27 Juan Espinoza (Llanos)
02 Germán Lanaro
03 Guillermo Maripán [Expulso]
24 Allonso Parot
23 Enzo Kalinski
06 Cesar Fuentes (Cordero)
18 Diego Buonanotte
19 José Fuenzalida
16 Ricardo Noir
09 Santiago Silva (Gutiérrez)
Coach: Paulo Autuori Coach: Mario Salas
01
18
20
21
22
25
28
Santos (gk)
Crysan
Matheus Rossetto, aos 18’/2º
João Pedro
Léo
Wanderson, aos 40’/2º
Douglas Coutinho, aos 25’/2º
04
05
11
13
14
21
22
Cristian Álvarez
Fabián Manzano
Fernando Cordero, aos 33’/2º
Benjamin Kuscevic
David Llanos, aos 22’/2º
Franco Cosntanzo (gk)
Roberto Gutiérrez, aos 40’/2º
Tempo Regulamentar Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altern Final
1 x 0 1 x 2 2 x 2
• Estréia das duas equipes na Libertadores da América de 2017;
• Atlético: Camis listrada em Vermelho-Preto, Calção e Meias Prretas;
• Catolica: Camisa, Calção e Meia Brancas com detalhes em Azul;
Próximos Jogos: Pela Libertadores, o Atlético-PR volta a campo na próxima quarta-feira, diante do San Lorenzo-ARG, às 19h30 (horário de Brasília), no estádio Nuevo Gasómetro, na Argentina, pela segunda rodada do Grupo 4 da Libertadores da América. A Universidad Católica encara o Flamengo, no mesmo dia, às 21h45, no estádio San Carlos de Apoquindo.

.:: Galeria de Imagens ::.
Credit: www.zimbio.com/Alexandre Schneider/Getty Images
Credit: www.zimbio.com/Alexandre Schneider/Getty Images

.:: Deixe um Comentário ::.
Se você gostou desse post ou do site indique para seus amigo.
Deixe uma crítica ou uma sugestão.

Furacão Atropela Coxa na Primeira Decisão

Furacão atropela Coxa e abre boa vantagem para o segundo jogo;
Crédito: www.globoesporte.globo.com

Atlético 3 x 0 Coritiba
Primeira Final do Campeonato Paranaense de 2016
Ficha Tecnica
• Competição (Tournament): Campeonato Paranaense de 2016 – Final – Primeiro Jogo
• Data (Date): Domingo, 1 de Maio de 2016, as 16:00 hs (de Brasilia)
• Estádio (Stadium): Joaquim Américo “Arena da Baixada”, em Curitiba/PR
• Público (Attendance): 26.357 pagantes (Total: 29.074) – Renda: R$ 1.043.910,00
• Árbitro (Referee): Rafael Traci/PR (FPF)
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Ivan Carlos Bohn/PR (FPF)
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Jefferson Cleiton Piva da Silva/PR (FPF)
• Quarto Árbitro (Fourth Oficial): Nilo Neves de Souza Júnior/PR (FPF)
• Advertências (Cautions): Deivid 45′, Pablo André 60′, Reginaldo 67′, Hernani 69′, Vinicius 69′, Hernani 75′, Vilches 87′, João Paulo 90′ e Wérverton 90′
• Expulsão (Sent Off): Hernani, aos 30′ minutos do 2º tempo
Gols | Goals Gols | Goals
1-0 Thiago Heleno (cab), aos 7’/1º
2-0 Ewandro, aos 19’/2º
3-0 Hernani (Falta), aos 23’/2º
Clube Atlético Paranaense Coritiba Football Club
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
12 Weverton
33 Léo (Cleberson)
13 Paulo André
44 Thiago Heleno (Vilches)
08 Sidcley
23 Hernani [Expulso]
05 Deivid
92 Pablo
96 Ewandro (Jadson)
11 Nikão
18 Walter
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
At
At
At
01 Elisson
22 Reginaldo
28 Juninho
03 Luccas Claro (Walisson Maia)
30 Carlinhos
31 João Paulo
05 Alan Santos
37 Thiago Lopes (Ruy)
08 Vinícius (Leandro)
07 Negueba
30 Kleber Gladiador
Técnico: Paulo Autuori Técnico: Gilson Kleina
01
02
03
04
10
22
25
32
39
42
77
88
Santos (gk)
Eduardo
Christian Vilches, aos 29’/2º
Cléberson, aos 42’/2º
Marcos Guilherme
Bruno Mota
Bruno Pereirinha
Giovanny
Jádson, aos 31’/2º
Pará
Ânderson Lopes
Crysan
04
11
12
15
16
18
20
21
26
35
77
98
Rafael Marques
Leandro, aos 27’/2º
Rafael Martins
César Benitez
Amaral
Jorge Ortega
Rafael Veiga
Walisson Maia, aos 17’/2º
Ruy, aos 22’/2º
Ícaro
Guilherme Parede
Dodô
Tempo Normal Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altnds Final
1 x 0 2 x 0 3 x 0
# Com esse reesultado o Atlético joga por um empate, no próximo jogo, para ser campeão;
# O Coritiba terá que vencer por três ou mais gols de diferença pra ser campeão;
# Atletico: Camisa listrada em Vermelho-Preto, Calção e Meias Pretas;
# Coritiba: Camisa, Calção e Meia Brancas com detalhes Verde-Preto;
# Links Externos (External Links): www.soccerway.com/finais-dos-estaduais-2016
# Links Externos (External Links): globoesporte.globo.com/finais-dos-estaduais-2016
# Súmula da Federação Paranaense de Futebol (FPF): www.federacaopr.com.br/sumula.pdf

.:: Galeria de Imagens ::.
Imagem interna da Arena da Baixada do Atlético Paranaense;
Crédito: globoesporte.globo.com/twitter/Atleti
O colombiano Valderrama veio prestigiar a final paranaense;
Crédito: globoesporte.globo.com/twitter/Atleti

Furacão Atropela Coxa

O Atlético Paranaense fez valer o fator casa na Arena da Baixada e bateu o rival Coritiba por 3 a 0, na primeira partida das finais do Campeonato Paranaense 2016. O resultado é um grande passo para o Rubro-Negro acabar com o jejum de títulos, já que não levanta uma taça desde o Estadual de 2009.

Depois de uma primeira etapa brigada, mas com poucas chances reais, depois do intervalo, aos sete minutos, Léo cruzou e Thiago Heleno cabeceou para as redes, abrindo o placar. Aos 19 minutos, Ewandro aproveitou falha defensiva para aparecer com liberdade e ampliar. De falta, aos 23 minutos, Hernani fez um belo gol para fechar a contagem.

As equipes voltam a se encontrar no próximo final de semana, desta vez no Estádio Couto Pereira. O Furacão pode perder por até dois gols de diferença que ainda assim ficará com o título Estadual.

O jogo – O técnico Paulo Autuori surpreendeu ao promover algumas alterações não esperadas, como a entrada de Ewandro no lugar de Marcos Guilherme e Hernani na vaga de Jadson, ambos por opção técnica. Com a bola rolando, o clima era tenso em campo, com algumas disputas mais viris. Faísca entre Negueba e Hernani, que levou a pior com um corte na cabeça. Na sequência, Léo e Kléber também trocaram gentilezas. Futebol mesmo somente aos seis minutos, em chute de primeira de Walter que exigiu grande defesa de Elisson.

O Furacão tinha maior posse e tentava pressionar, enquanto o Coxa se postava na defesa. Aos 14 minutos após troca de passes, Pablo arriscou o chute de longe, por cima a meta. Aos 19 minutos, Léo cruzou, Walter se desequilibrou e a bola sobrou para Ewandro, que arrematou com perigo. Em uma rara chegada alviverde, aso 23 minutos, Kléber ensaiou um chute e foi travado por Paulo André.

O torcedor, que não lotou a Arena, tentava empurrar, mas o ritmo da partida caiu bastante. Para tentar quebrar um pouco a monotonia, Walter soltou uma bomba, aos 32 minutos, para grande defesa de Elisson. O Atlético tentava ir para o intervalo com vantagem e voltou a acelerar. Aos 42 minutos, Sidcley partiu para a jogada individual e cruzou para Ewandro chegar chutando forte, por cima do gol.

Para a segunda etapa, as equipes retornaram sem modificações. Aos cinco minutos, Reginaldo chutou de longe e mandou por cima da meta. Até que, aos sete minutos, Nikão cobrou falta para Léo, que cruzou na medida para Tiago Heleno testar para o fundo das redes e abrir o placar. O Furacão seguia mais ousado e, aos 10 minutos, foi a vez de Hernani bater de longe e isolar.

Após lançamento para Ewandro, aos 19 minutos, o atacante aproveitou cochilo da defesa para aparecer na frente do goleiro e tocar no canto para marcar o segundo. O Alviverde tentou responder, um minuto depois, com Negueba, que chutou para boa intervenção de Weverton. Mas, aos 23 minutos, Hernani cobrou falta com perfeição para fazer o terceiro.

Hernani recebeu o segundo cartão amarelo, aos 30 minutos, deixando o Rubro-Negro com um a menos em campo. Aos 33 minutos, Ruy partiu em velocidade, mas se precipitou e chutou de longe, sem perigo. Aos 41 minutos, Ruy cobrou fala e Pablo subiu no segundo andar para afastar o perigo da área atleticana. O Furacão soube administrar o resultado e saiu de campo com grande vantagem para o segundo jogo.

# Fonte: www.gazetaesportiva.com/Luiz-Felipe-Fagundes


.:: Seleção Brasileira de Futebol ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol cinco vezes campeã mundial. Jogos amistosos oficiais e não oficiais; Eliminatórias da Copa; Copa do Mundo, Copa América, Copa das Confederações, Torneios, Torneio Pré-Olímpico, Jogos Olímpicos, Jogos Pan-Americanos; Seleção Brasileira Feminina, Sub 17, Sub 20 e muito mais confira aqui: www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com

Fluminense Campeão da Primeira Liga de 2016

Jogadores do Fluminense comemoram a conquista da Primeira Liga;
Crédito: www.tagthebird.com
Ficha Tecnica
Fluminense 1 x 0 Atlético/PR
Final da Primeira Liga de 2016
Ficha Tecnica
• Competição (Tournament): Primeira Liga de 2016 – Final – Jogo Único
• Data (Date): Quarta-Feira, 20 de Abril de 2016, as 21:45 hs (de Brasilia)
• Estádio (Stadium): Municipal Radialista Mário Helênio, Juiz de Fora/MG
• Público (Attendance): 23.985 pagantes – Renda: R$ 553.785,00
• Árbitro (Referee): Sandro Meira Ricci/SC (FIFA)
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Rafael da Silva Alves/RS
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Helton Nunes/SC
• Quarto Árbitro (Fourth Oficial): Gabriel Murta Barbosa Maciel
• Advertências (Cautions): Jádson 14′, Pierre 51′ e Marcos Júnior 90’+1
• Expulsão (Sent Off): Nenhuma (None)
• Gols (Goals): 1-0 Marcos Júnios, aos 35′ minutos do 2º tempo
Fluminense Football Club Clube Atlético Parabaense
Go
Ld
Za
Za
Le
Mc
Mc
Mc
At
At
At
01 Diego Cavalieri
06 Giovanni (Douglas)
03 Gum
33 Henrique
25 Wellington Silva
05 Pierre
07 Cícero ©
11 Gérson (Edson)
40 Gustavo Scarpa
17 Osvaldo (Marcos Junior)
20 Magno Alves
Go
Ld
Za
Za
Le
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
12 Wéverton ©
02 Eduardo
13 Paulo André
44 Thiago Heleno
08 Sidcley
07 Otávio (Deivid)
39 Jadson (André Lima)
29 Vinícius (Pablo)
11 Nikão
10 Marcos Guilherme
18 Walter
Coach: Levir Culpi Coach: Paulo Autuori
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
12 Júlio César
16 Léo
04 Marlon
44 Nogueira
31 Renato Chaves
08 Édson, aos 20’/2º
27 Douglas, aos 31’/2º
30 Eduardo
15 Higor Leite
23 Felipe Amorim
35 Marcos Júnior, aos 20’/2º
19 Richarlison
Go
Df
Df
Mc
Mc
At
At
At
At
At
01 Santos
03 Christián Vilches
42 Pará
05 Deivid, aos 33’/2º
23 Hernani
92 Pablo Felipe, aos 29’/2º
32 Giovanny
88 Crysan
96 Ewandro
99 André Lima, aos 39’/2º
Tempo Normal Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altnds Final
0 x 0 1 x 0 1 x 0
# Com esse resultado o Fluminense sagrpu-se campeão da Primeira Liga;
# Fluminense e Atlético usam uma numeração fixa para seus jogadores;
# Fluminense: Camisa Tricolor, Calção Branco e Meias Brancas;
# Atlético: Camisa Branca, Calção Preto e Meias Pretas;
# A primeira edição da Primeira Liga do Brasil (Copa Sul-Minas-Rio) é um torneio realizado entre os clubes de Minas Gerais, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná e Rio de Janeiro entre 27 de janeiro e 20 de abril de 2016, autorizada pela CBF. (Fonte: wikipedia.org)

.:: Galeria de Imagens ::.
Fluminense Football Club campeão da Primeira Liga de 2016;
Crédito: www.lance.com.br/Paulo-Sérgio/LANCE!Press
Clube Atlético Paranaense vice campeão da Primeira Liga de 2016;
Crédito: www.futnet.com.br/Paulo-Sérgio/LANCE!Press

Como foi o Jogo

O Fluminense é o primeiro campeão da história da Primeira Liga. Na final da edição inaugural da competição organizada pelos clubes da antiga Liga Sul-Minas com a adesão de duas equipes do Rio de Janeiro, o Tricolor das Laranjeiras bateu o Atlético Paranaense por 1 a 0 na final disputada no estádio Radialista Mario Helênio, em Juiz de Fora e levantou a taça inédita. O gol do título foi anotado por Marcos Júnior, aos 35′ minutos, que entrou no segundo tempo no lugar de Osvaldo para decidir.

Para quem podia imaginar ainda um campo neutro, a presença a maciça de torcedores do Fluminense, que ainda entravam no estádio com a bola rolando, derrubava qualquer dúvida sobre quem era o mandante. Mas, quem mostrou o cartão de visitas primeiro foi o Furacão, com Walter, que aos dois minutos experimentou o chute de longe, nas mãos de Diego Cavalieri. Os cariocas, entretanto, logo acordaram. Aos oito minutos, Osvaldo apareceu em velocidade, foi travado e ficou no chão pedindo penalidade, não marcada.

A primeira chance real mesmo veio aos nove minutos, com Cícero cabeceando na área e Gérson desviando para grande defesa de Weverton. Walter tentava se movimentar e abrir espaço para quem vinha de trás no lado rubro-negro e, aso 12 minutos, tabelou com Marcos Guilherme, que na sequência arrematou por cima da meta. Pressão tricolor aos 17 minutos, com bate-rebate na área atleticana e Paulo André afastando para salvar.

O Fluminense tinha mais volume de jogo e, aos 25 minutos, Osvaldo entrou pela direita e cruzou para Wellington Silva, que se esticou todo e não conseguiu completar para as redes. Um minuto depois, o próprio Osvaldo tentou a finalização, com uma bicicleta desequilibrada que Weverton afastou da área rapidamente. O troco veio aos 31 minutos, em chute rasteiro de Eduardo que chegou a tirar uma casquinha do poste.

Depois de equilibrar as ações foi a vez do Atlético passar a pressionar. Aos 36 minutos, Walter recebeu de frente para a área, abriu espaço e soltou o pé por cima do gol. Mais próximo chegou Vinícius, aos 38 minutos, pegando sobra de bola e mandando o petardo no travessão. Desorganizados, os cariocas seguraram o empate até o intervalo para tentar modificar o panorama.

Para a etapa final, nenhuma mudança em campo e, do lado de fora, a torcida do Fluminense ainda chegando. Aos seis minutos, Scarpa lançou para Magno Alves, que invadiu a área, passou pelo goleiro, mas errou no momento de dar o último passe, facilitando a recuperação da defesa atleticana. Saída errada do Rubro-Negro, aos oito minutos, a bola sobrou para Scarpa, mas Weverton deixou a meta para fazer a defesa.

Como a conversa no intervalo não surtiu efeito, o técnico Levir Culpi promoveu duas mudanças de uma só vez, com as entradas de Edson e Marcos Junior nos lugares de Gerson e Osvaldo. Aos 23 minutos, Marcos Junior recebeu seu primeiro lançamento, mas a bola fugiu de seus pés. Sem brilha esta vez, Vinicius foi substituído aos 29 minutos para a entrada de Pablo no Atlético.

O ritmo não era o mesmo na etapa final e passado os 30 minutos as equipes já se preocupavam em não tomar gols, já que o empate pelo menos levava a partida para a cobrança das penalidades. Mas, aos 35 minutos, em contra-ataque mortal, Marcos Junior colocou velocidade, saiu da marcação e tocou na saída do goleio para abrir o placar. O Furacão partiu para o desespero com a entrada do atacante André Lima no lugar do volante Jadson, mas não foi possível reverter. Flu primeiro campeão e Furacão amargando um jejum iniciado em 2009.

# Reportagem: www.gazetaesportiva.com


.:: Seleção Brasileira de Futebol ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol cinco vezes campeã mundial. Jogos amistosos oficiais e não oficiais; Eliminatórias da Copa; Copa do Mundo, Copa América, Copa das Confederações, Torneios, Torneio Pré-Olímpico, Jogos Olímpicos, Jogos Pan-Americanos; Seleção Brasileira Feminina, Sub 17, Sub 20 e muito mais confira: www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com

%d blogueiros gostam disto: