Archive for the ‘Finais Série A’ Category

Corinthians Campeão Brasileiro de 2017

Corinthians derrota Flu, de virada, e conquista seu sétimo título brasileiro;
Crédito: www.netflu.com.br
Ficha Tecnica
Corinthians 3×1 Fluminense
Campeonato Brasileiro Série A de 2017
Ficha Técnica









Competição (Tournament): Campeonato Brasileiro Série A de 2017 – 35ª Rodada
Data (Date): Quarta-Feira, 15 de Novembro de 2017, 21:45 h (de Brasília)
Estádio (Stadium): Arena do Corinthians “Itaquerão”, São Paulo/SP
Público (Attendance): 45.775 pagantes – Renda: R$ 2.882.688,00
Árbitro (Referee): Bráulio da Silva Machado/SC
Assistente 1 (Assistant Referee 1): Kléber Lucio Gil/SC (FIFA)
Assistente 2 (Assistant Referee 2): Neuza Ines Back/SC (FIFA)
Assistente Adicional 1 (Additional Assistant 1): William Machado Steffen/SC
Assistente Adicional 2 (Additional Assistant 2): Evandro Tiago Bender/SC
Quarto Árbitro (Fourth Official): Henrique Neu Ribeiro/SC
Advertências | Cautions | Sent Off Advertências | Cautions | Sent Off
Gabriel, aos 13’/1º Léo, aos 45’/1º
Henrique Dourado, aos 46’/1º
Reginaldo, aos 12’/2º
Pedro, aos 34’/2º
Henrique Buss, aos 34’/2º
Lucas, aos 45’/2º
Gols| Goals | Goles Gols| Goals | Goles
1-1 Jô, a 1’min/2º (Cabeça) 1-0 Henrique, a 1’min/1º (Cabeça)
2-1 Jô, aos 4’/2º (cabeça)
3-1 Jádson, aos 40’/2º
Sport Club Corinthians Paulista Fluminense Football Club
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
Mc
At
40 Caíque
23 Fágner
34 Pedro Henrique
03 Pablo
13 Guilherme Arana
05 Gabriel
29 Camacho (Jadson)
11 Ángel Romero
26 Rodriguinho
25 Clayson (Maycon)
07 Jô (Danilo)
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
Mc
At
12 Diego Cavalieri
02 Lucas
40 Reginaldo
33 Henrique Buss
15 Léo
23 Marlon Freitas (Pedro)
37 Wendel
20 Júnior Sornoza (Matheus Alessandro)
10 Gustavo Scarpa
35 Marcos Júnior (Peu)
09 Henrique Dourado
Coach: Fábio Carille Coach: Abel Braga
02
08
10
12
14
17
18
20
21
22
30
31
Léo Príncipe
Cássio Ramos (gk)
Maycon, aos 39’/2º
Jádson, no Intervalo
Léo Santos
Giovanni Augusto
Kazim Richards
Danilo, aos 48’/2º
Felipe Ramon
Marciel
Filipe
Marquinhos
05
07
18
22
27
28
32
42
44
Pierre
Marquinho
Jefferson Orejuela
Júlio César (gk)
Peu, aos 28’/2º
Matheus Alessandro, aos 20’/2º
Pedro, aos 34’/2º
Diogo Pereira
Nogueira
Tempo Regulamentar Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altern Final
0 x 1 3 x 0 3 x 1
• Com esse resultado o Corinthians sagrou-se campeão brasileiro pela sétima vez;
• Com a conquista o Corinthians garantiu uma vaga na Copa Libertadores da América de 2018;
• O Corinthians garantiu o título com três rodadas para o término do brasileirão;
• Corinthians: Camiza Branca, Calção Preto e Meias Brancas (Nike);
• Fluminense: Camisa Tricolor, Calção Azul e Meias Brancas;

Crônica do Jogo

O Corinthians passou a propagar que nada “nunca foi fácil” quando enfrentou um período de instabilidade no Campeonato Brasileiro, mas a sua sétima conquista do torneio não chegou a ser difícil. Sem ter a liderança ameaçada em nenhum momento sequer do seu irregular segundo turno, o time paulista derrotou o Fluminense por 3 a 1 na noite desta quarta-feira, em Itaquera, para assegurar o troféu.

O jogo decisivo até teve ares de sofrimento. O Corinthians levou um gol de cabeça do zagueiro Henrique – novamente, de escanteio, problema crônico do time dirigido por Fábio Carille – logo no princípio do primeiro tempo. Com menos de quatro minutos da etapa complementar, porém, o centroavante Jô já havia anotado duas vezes para os donos da casa, na primeira virada corintiana no campeonato. Jadson fechou o marcador.

Os gols deixaram Jô à frente de Henrique Dourado, do próprio Fluminense, na relação de artilheiros do Brasileiro (18 a 17) – o Corinthians jamais fez um goleador da competição. Na tabela de classificação, o inalcançável heptacampeão agora computa 71 pontos ganhos, contra 61 do Grêmio, que havia derrotado o São Paulo por 1 a 0 mais cedo, em Porto Alegre.

Com a vitória, os jogadores do Corinthians serão os primeiros da história a vestir faixas de heptacampeão brasileiro. Explica-se: o Santos e o Palmeiras, que se orgulham de somar oito e nove troféus nacionais, eram considerados bi e tetracampeões, respectivamente, antes da unificação de títulos promovida pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), no final de 2010.

Mas o Campeonato Brasileiro ainda não acabou. O Corinthians visitará o Flamengo no domingo, na Ilha do Governador, e receberá o seu merecido troféu em 26 de novembro, diante do Atlético-MG, em Itaquera. Já o Fluminense, com os seus 43 pontos ganhos, jogará contra a Ponte Preta, ameaçada de rebaixamento, na segunda-feira, no Maracanã.

O jogo – O público corintiano presente em Itaquera ainda entoava os nomes dos jogadores escalados por Fábio Carille, fato raro, quando o Fluminense teve a sua primeira chance de abrir o placar. Apenas um e outro torcedores se deram ao trabalho de brandir as mãos e braços esticados, em gesto corriqueiro para afastar o azar, quando Marcos Júnior se apresentou para a cobrança de escanteio. Henrique, no entanto, surpreendeu também o jovem goleiro Caíque, que hesitou em bola alçada na pequena área, e cabeceou para dentro.

“Não para de lutar!”, rebateu boa parte da torcida do Corinthians, de imediato, no final da gritaria que sucedeu o gol do Fluminense. O intuito era empurrar o líder do Campeonato Brasileiro, ainda sem ter nem sequer uma virada de placar na competição, em direção ao feito inédito justamente no dia em que tinha a possibilidade de sacramentar a conquista.

O Corinthians, no entanto, mostrava dificuldades para encontrar os rumos da vitória. Teimava que seriam pelo lado direito do campo, onde estava o esforçado Romero, já que quase não acionava o apagado Clayson na esquerda. Pelo meio, Rodriguinho parecia reviver as atuações sem brilho de boa parte de sua campanha no returno.

Foi justamente pela direita, com Romero, que o Corinthians criou a sua melhor oportunidade de empatar a partida no primeiro tempo. O paraguaio passou a bola para Fagner, que fez o cruzamento rasteiro já dentro da área. Jô se esticou para completar a jogada na segunda trave, mas não alcançou.

Ainda era pouco, contudo, para uma equipe que almejava ser campeã brasileira com três rodadas de antecedência para o final do campeonato. Fábio Carille sabia disso. No intervalo, o técnico trocou o volante Camacho pelo meia Jadson e lançou o Corinthians ao ataque. Não demorou a ser recompensado.

Logo no primeiro minuto, Jô mudou a direção do Corinthians ao passar a bola para Clayson na esquerda. O centroavante correu em direção ao gol para ele mesmo aproveitar o cruzamento do seu companheiro. Cabeceou no canto e igualou o marcador. “Chupa! Chupa!”, celebrou o ídolo Basílio, que comentava a partida em Itaquera para uma rádio da capital.

Dois minutos se passaram, e Caíque chutou a bola para a frente. Jô desviou e encontrou Clayson outra vez. Depois de o atacante chutar no travessão, o goleador do Campeonato Brasileiro demonstrou oportunismo para tirar proveito do rebote e, de cabeça, colocar a bola na rede. (Fonte: Gazeta Esportiva)

A torcida do Corinthians já não se contentava em berrar “gol”. Alguns queriam repetir o que fizeram diante do Avaí, na rodada passada, e louvar o “campeão”. Outros, porém, pretendiam incluir um velho conhecido na festa alvinegra. “Danilo! Danilo! Danilo!”, passaram a fazer coro, pedindo a entrada do veterano, bicampeão brasileiro como corintiano.

Carille preferiu esperar para mexer no Corinthians novamente. Afinal, o seu time tinha a segurança dos tempos em que espantava o Brasil ao passar um turno inteiro invicto. O colega Abel Braga, ao contrário, entrou em ação. Substituiu Sornoza, Marcos Junior e Marlon Freitas por Matheus Alessandro, Peu e Pedro e viu o Fluminense ganhar posse de bola, mas não efetividade.

O Corinthians esteve mais próximo do gol. Aos 37 minutos, Jadson bateu colocado e acertou a trave. Aos 39, depois que Maycon ocupou a vaga de Clayson, o antes contestado armador não errou o alvo. Recebeu a bola e finalizou cruzado para acertar o canto e incendiar Itaquera. Quase literalmente.

Com os proibidos sinalizadores, a torcida do Corinthians iniciou uma bela festa em seu estádio. Fogos eram ouvidos do lado de fora do estádio. Basílio, o ídolo que havia gritado “chupa”, chegou a deixar a cabine de imprensa momentaneamente. “É campeão! É campeão! É campeão!”, escutava-se onde ele estava. No gramado, o consagrado Danilo enfim entrou no lugar de Jô, aos 48 minutos, para sacramentar a festa na Zona Leste como capitão.


.:: Seleção Brasileira – Brazilian National Team ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol aqui.
All the matches of the Brazilian National Team hear;
www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com
Anúncios

Corinthians Empata com Vasco da Gama e é Campeão Brasileiro de 2015

.:: Brasileirão Série A de 2015 ::.
Corinthians empata com Vasco, em São Januário, e é campeão brasileiro;
Crédito: www.gazetaesportiva.net/Foto/Fernando-Dantas/Gazeta-Press
Ficha Tecnica
Vasco 1 x 1 Corinthians
Campeonato Brasileiro Série A de 2015
Match Report
• Competição (Tournament): Camp. Brasileiro Série A de 2015 – 35ª Rodada
• Data (Date): Quinta-Feira, 19 de Novembro de 2015, às 22:00 hs (de Brasília)
• Estádio (Stadium): Vasco da Gama “São Januário”, no Rio de Janeiro/RJ
• Público (Attendance): 17.225 pagantes – Renda: Sem Registro
• Árbitro (Referee): Ânderson Daronco/RS (FIFA)
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Alessandro Álvaro Rocha de Matos/BA (FIFA)
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Fabiano da Silva Ramires/ES (Especial-2)
• Quarto Árbitro (Fourth Oficial): Nélson Nogueira Dias (Especial-2)
• Advertências (Cautions): Rodrigo 36′, Jádson 48′, Diguinho 50′, Edilson 57′ e Lucca 86′
• Expulsão (Sent Off): Rodrigo, aos 17′ minutos do 2º tempo
Gols – Goals – Vasco Gols – Goals – Corinthians
Gol 1-0 Júlio César, aos 26’/2º 1-1 Vágner Love (cab), aos 36’/2
Clube de Regatas Vasco da Gama Sport Club Corinthians Paulista
GO
LD
ZA
ZA
LE
MC
MC
MC
MC
AT
AT
01 Martin SILVA
02 Madson
04 Luan
03 Rodrigo
06 Júlio César
05 Diguinho (Rafael Vaz)
08 Serginho
07 Andrezinho
10 Nenê
11 Dubier RIASCOS (Eder Luis)
09 Rafael Silva (Jorge Henrique)
GO
LD
ZA
ZA
LE
MC
MC
MC
MC
AT
AT
12 Cássio Ramos
33 Edílson
28 Felipe
04 Gil
13 Guilherme Arana
05 Ralf (Bruno Henrique)
07 Elias (Lucca)
10 Jádson
08 Renato Augusto (Rodriguinho)
21 Malcom
99 Vágner Love
Técnico: Jorginho Amorin Técnico: Adenor Bacchi “Tite”
21
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
Jordi (gk)
Bruno Ferreira
Rafael Vaz, aos 19’/2º
João Carlos
Christiano
Éder Luis, aos 24’/2º
Leandrão
Mateus Vital
Bruno Gallo
Pablo GUIÑAZU
Jorge Henrique, aos 11’/2º
Julio DOS SANTOS
02
03
06
11
16
20
23
25
26
27
30
32
Edu Dracena
Yago
Uendel
Ángel ROMERO
Cristian
Danilo
Fágner
Bruno henrique, aos 30’/2º
Rodriguinho, aos 14’/2º
Wálter
Lucca, aos 25’/2º
Matheus Vidotto
Observações
# Com esse resultado e a derrota do Atlético Mineiro para o São Paulo por 4 x 2, no Morumbi, o Corinthians sagrou-se campeão brasileiro com 3 rodadas de antecipação;
# Vasco: Camisa Branca com uma listra Preta, Calção Preto e Meias Brancas;
# Corinthians: Camisa listrada em Preto-Branco, Calção Branco e Meias Pretas;
# Links Externos: www.globoesporte.globo.com/futebol
# Links Externos: www.gazetaesportiva.net/Galeria/Gernando-Dantas/GazetaPress
# Links Externos: www.soccerway.com/matches/2015/brazil/serie-a
# Súmula da Partida: cbf.com.br/confederação-brasileira-de-futebol/sumulas.pdf
# Todos os Jogos do Ceará Sporting Club: www.cearascpedia.wordpress.com
# Todos os Jogos da Seleção Brasileira: jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com
Tempo Normal Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altnds Final
0 x 0 1 x 1 1 x 1
.:: Galeria de Imagens ::.
Jogadores do Corinthians comemoram a conquista do campeonato brasileiro;
Crédito: www.gazetaesportiva.net/Foto/Fernando-Dantas/Gazeta-Press
Jogadores erguem o treinador Tite o responsável maior pelo título;
Crédito: www.gazetaesportiva.net/Foto/Fernando-Dantas/Gazeta-Press

.:: Deixe um Comentário ::.
Se você gostou desse post ou do site indique para seus amigo.
Deixe uma crítica ou uma sugestão.


Ficha Tecnica: Botafogo/PB 2 x 0 Juventude/RS

Jogadores do Glorioso comemora o título brasileiro.
Crédito: www.globoesporte.globo.com/Larissa-Keren/GE-PB
Ficha Tecnica
Botafogo 2 x 0 Juventude
Final do Campeonato Brasileiro Série D de 2013

Match Report
• Competição (Tournament): Campeonato Brasileiro Série D de 2013 – Final – 2º Jogo
• Data (Date): Domingo, 3 de Novembro de 2013, às 17:00 hs (de Brasilia)
• Estádio (Stadium): José Américo de Almeida “Almeidão”, em João Pessoa/PB
• Público (Attendance): 19.619 pagantes (401 NP) – Renda: R$ 430.492,00
• Árbitro (Referee): Felipe Gomes da Silva (ASP-FIFA / RJ)
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Flavio Gomes Barroca (CBF1 / RN)
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Luis Carlos Câmara Bezerra (CBF2 / RN)
• 4º Árbitro (Fourth Oficial): Renan Roberto de Souza (CBF1 / PB)
• Advertências (Cautions): Lima 38′, Fausto 59′, Pio 72′, Rafael Aidar 45’+1 e Warley 45’+3
• Expulsão (Sent Off): Nenhuma
Gols | Goals | Botafogo Gols | Goals | Juventude
1-0 Mário Larramendi, aos 20’/1º
2-0 Rafael, aos 45’/2º
Botafogo da Paraíba Juventude Esporte Clube.
GO
LD
ZA
ZA
LE
MC
MC
MC
MC
AT
AT
01 Rémerson;
02 Ferreira,
03 Mário Larramendi,
04 André Lima e
06 Celico;
05 Zaquel,
08 Doda,
10 Pio (Hércules) e
11 Lenílson (Izaías);
07 Rafael Aidar e
09 Fausto (Warley).
GO
LD
ZA
ZA
LE
MC
MC
MC
MC
AT
AT
01 Airton;
02 Juliano,
03 Claudinho,
04 Diogo e
06 Gerley (Gustavo Ermel);
05 Rodrigo Possebon,
08 Mika (Paulo Josué),
11 Rogerinho (Brenner) e
07 Dê;
10 Douglas e
09 Zulu.
Coach: Marcelo Vilar Coach: Lisca
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
Genivaldo (gk)
Éverton
José Antônio
Izaias
Fábio Neves
Gil Bala
Warley, aos 14’/2º
Paulinho Macaíba
Hércules, aos 24’/2º
Romarinho
12
13
14
15
16
17
18
Mauricio (gk)
Flávio
Vacaria
Paulo José, no Intervalo
Abraão
Gustavo Ermel, aos 17’/2º
Brenner Marlos, aos 30’/2º
Observações
# Com esse resultado o Botafogo sagrou-se campeão brasileiro da Série D.
# No primeiro jogo, em Caxias do Sul: Juventude 2 x 1 Botafogo.
# Botafogo: Camisa com listras Verticais em Preto e Branco, Calção Preto e Meias Brancas.
# Juventude: Camisa Branca, Calção Verde e Meias Brancas.
# Referencias: Crédito: www.cbf.com.br
Tempo Normal Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altndos Final
1 x 0 1 x 0 2 x 0
Botafogo Futebol Clube Campeão Brasileiro da Série D de 2013.
Crédito: www.jornaldaparaiba.com.br
Os Campeões Brasileiros da Série D de 2013
Nome Completo Alcunha Posição
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
32
33
34
Genivaldo Venceslau Ribeiro
Andrezon dos Santos
Rémerson César dos Santos
Édson Oliveira Barreto
José Antônio Batista dos Santos
Antonieliton Ferreira
Marcel Ferreira
Éverton Moura Ferreira da Silva
André Lima Silva
Wânderson Mikael Itapirema Andrade
Genilton Marques de Santana Silva
Mario Esteban Larramendi
Julieu Gomes Rodrigues
Marcelo Batista
Jackson Bonifácio Cruz
Francisco Hércules de Oliveira Silva
Francisco Hércules de Araújo
Zaqueu José de Oliveira
Izaías Gabriel Ramos de Oliveira
Fábio Néves Florentino
Josimar Alves Dias
Lenílson Batista de Souza
Josemar dos Santos Silva
Michel Platini Xavier
Ivan José dos Santos Filho
Jéfferson José Lopes de Andrade
Rafael José Leite Aidar
Warley Silva dos Santos
Fausto Luis Momente Silva
Edgar Lima de Melo
Paulo Roberto Silva de Oliveira
Thiago dos Santos Menezes
Diego Silva
Evandro Franca de Araújo
GENIVALDO
ANDREZON
RÉMERSON
ÉDSON
TONINHO
FERREIRA
MARCEL
ÉVERTON
ANDRÉ LIMA
SEDAN
GENILTON
MÁRIO LARRAMENDI
LEOZINHO
CELICO
JACKSON
HÉRCULES
PIO
ZAQUEU
IZAÍAS
FÁBIO NEVES
DODA
LENÍLSON
GIL BALA
MICHEL
PEU
ROMARINHO
RAFAEL AIDAR
WARLEY
FAUSTO
EDGAR
PAULINHO MACAIBA
THIAGUINHO
DIEGO
EVANDRO
Goleiro
Goleiro
Goleiro
Goleiro
Lateral Direito
Lateral Direito
Zagueiro
Zagueiro
Zagueiro
Zagueiro
Zagueiro
Zagueiro
Lateral Esquerdo
Lateral Esquerdo
Volante
Volante
Volante
Volante
Volante
Meio-Campo
Meio-Campo
Meio-Campo
Meio-Campo
Meio-Campo
Meio-Campo
Atacante
Atacante
Atacante
Atacante
Atacante
Atacante
Atacante
Atacante
Atacante
Marcelo Vilar Lima Lopes Marcelo Vilar Técnico
# Referência: www.botafogodaparaiba.com
Juventu Esporte Clube Vicecampeão Brasileiro da Série D de 2013.
Crédito: www.juventude.com.br

.:: Seleção Brasileira ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol cinco vezes campeã mundial. Jogos amistosos oficiais e não oficiais; Eliminatórias da Copa; Copa do Mundo, Copa América, Copa das Confederações, Torneios, Torneio Pré-Olímpico, Jogos Olímpicos, Jogos Pan-Americanos; Seleção Brasileira Feminina, Sub 17, Sub 20 e muito mais confira: www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com

Campeonato Brasileiro de 1971

.:: Campeonato Brasileiro de 1971 ::.
Dadá Maravilha sobe pra marcar o gol da vitória e do título do Atlético.
Crédito: ftt-futeboldetodosostempos.blogspot.com.br
Ficha Tecnica
Botafogo 0 x 1 Atlético
Campeonato Brasileiro de 1971 – Triangular Final
Match Report
• Competição (Tournament): Campeonato Brasileiro de 1971 – Triangular Final – Última Rodada
• Data (Date): 19 de Dezembro de 1971
• Estádio (Stadium): Jornalista Mário Filho “Maracanã”, Rio de Janeiro/RJ
• Público (Attendance): 46.458 pagantes – Renda: CR$ 294.420,00 Cruzeiros
• Árbitro (Referee): Armando Marques de Mesquita (SP)
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Sem Registro
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Sem Registro
• Quarto Árbitro (Fourth Oficial): Sem Registro
• Advertências (Cautions): Sem Registro
• Expulsão (Sent Off): Mura e Carlos Roberto (ambos do Botafogo)
Gols | Goals | Botafogo Gols | Goals | Atlético
Gol 1-0 Dario (cabeça), aos 18/2º
Botafogo de Futebol e Regatas Clube Atlético Mineiro
GO
LD
ZA
ZA
LE
MC
MC
MC
AT
AT
AT
Wendell
Mura (Expulso)
Djalma Dias
Queirós
Valtencir
Carlos Roberto (Expulso)
Marco Aurélio (Didinho)
Careca (Tuca)
Zequinha
Jairzinho
Nei Oliveira
GO
LD
ZA
ZA
LE
MC
MC
MC
AT
AT
AT
Renato
Humberto Monteiro
Grapete
Vantuir
Oldair
Vanderlei
Humberto Ramos
Ronaldo
Lola (Spencer)
Dario “Dadá Maravilha”
Tião
Técnico: Paraguaio Técnico: Telê Santana
1
2
Didinho
Tuca
1 Spencer
Tempo Normal Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altnds Final
0 x 0 0 x 1 0 x 1
Observações
# Com esse resultado o Atlético Mineiro sagrou-se o 1º campeão brasileiro;
# O Campeonato Brasileiro de 1971 foi decidido em um triangular entre Atlético Mineiro, Botafogo/RJ e São Paulo/SP;
# Dáda Maravilha foi o artilheiro da cometição com 15 gols marcados;
# Botafogo: Camisa Branca, Calção Preto e Meias Brancas;
# Atlético: Camisa listrada em Preto-Branco, Calção Preto e Meias Brancas;
# Links Externos: www.globoesporte.globo.com/futebol
# Links Externos: www.lance.com.br/flamengo-x-santa-cruz
# Todos os Jogos do Ceará Sporting Club: www.cearascpedia.wordpress.com
# Todos os Jogos da Seleção Brasileira: jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com
.:: Galeria de Imagens ::.
Em pé: Renato, Humberto Monteiro, Grapete, Vanderlei, Vantuir, Oldair e Telê Santana (Técnico); Agachados: Ronaldo, Humberto Ramos, Dario “Dadá Maravilha”, Beto e Romeu.
Crédito: globoesporte.globo.com/futebol/Foto/Divulgação/Flick
Telê Santana ergue a taça de campeão do primeiro Campeonato Brasileiro.
Crédito: blogdopaulinho.files.wordpress.com

Ø Campanha do Galo Mineiro 27 J 12 V 10 E 5 D 39 GP 22 GC

Ø Primeira Fase – Fase Eliminatória
● (08.08.1971) – Atlético 1 x 1 América (Dario)
● (15.08.1971) – Grêmio 1 x 1 Atlético (Lola)
● (21.08.1971) – Flamengo 0 x 1 Atlético (Lola)
● (25.08.1971) – Atlético 4 x 0 Bahia (Oldair, Lola [2] e Dario)
● (28.08.1971) – Sport 1 x 1 Atlético (Vanderlei)
● (01.09.1971) – Atlético 2 x 0 São Paulo (Dario [2])
● (05.09.1971) – Atlético 2 x 1 Santos (Dario [2])
● (08.09.1971) – América-RJ 2 x 0 Atlético
● (12.09.1971) – Atlético 2 x 2 Botafogo (Dario [2])
● (19.09.1971) – Ceará 0 x 2 Atlético (Dario e Oldair)
● (22.09.1971) – Corinthians 0 x 0 Atlético
● (25.09.1971) – Atlético 2 x 2 Santa Cruz (Romeu e Humberto Ramos)
● (03.10.1971) – Coritiba 1 x 0 Atlético
● (10.10.1971) – Atlético 1 x 1 Cruzeiro (Oldair)
● (16.10.1971) – Fluminense 2 x 0 Atlético
● (23.10.1971) – Atlético 5 x 1 Portuguesa (Ronaldo, Dario, Romeu [2] e Spencer)
● (31.10.1971) – Atlético 3 x 1 Internacional (Pedrilho [2] e Dario)
● (06.11.1971) – Vasco 0 x 0 Atlético
● (14.11.1971) – Atlético 0 x 0 Palmeiras

Ø Segunda Fase – Fase Semifinal

● (21.11.1971) – Atlético 2 x 1 Vasco (Ronaldo e Humberto Ramos)
● (25.11.1971) – Santos 2 x 1 Atlético (Ronaldo)
● (28.11.1971) – Internacional 1 x 4 Atlético (Oldair, Dario [2] e Ronaldo)
● (01.12.1971) – Atlético 2 x 0 Santos (Oldair [2])
● (04.12.1971) – Vasco 1 x 1 Atlético (Zé Maria)
● (09.12.1971) – Atlético 0 x 1 Internacional

Ø Fase Final – Triangular Final

● (12.12.1971) – Atlético 1 x 0 São Paulo (Oldair)
● (19.12.1971) – Botafogo 0 x 1 Atlético (Dario)

Ø Os Campeões Brasileiros

● Adilson Pereira – BIBI
● Angélio Paulino de Souza – ÂNGELO
● Antenor Machado Filho – ANTENOR
● Danival de Oliveira – DANIVAL
● Dario José dos Santos – DADÁ MARAVILHA
● Héctor Carlos Cincunegui de Los Santos – CINCUNEGUI
● Humberto da Silva Ramos – HUMBERTO RAMOS
● Humberto Monteiro – HUMBERTO
● Ismael do Amaral Filho – ISMAEL
● Jésus Carlos da Silva – CARECA
● José Borges Couto – GRAPETE
● José Maria Pena – ZÉ MARIA
● Lacy Gomes Guimarães – LACY
● Luis de Matos Luchesi – MUSSULA
● Oldair Barchi – OLDAIR
● Onormandes Souza Lima – NORMANDES
● Paulo Roberto Durães Castilho – GUARÁ
● Pedrilho Gonçalves Filho – PEDRILHO
● Raimundo José Correa – LOLA
● Raul Fernandes da Costa Filho – RAÚL FERNANDES
● Renato da Cunha Valle – RENATO
● Roberto Hermont Arantes – BETO
● Romeu Evangelista – ROMEU
● Ronaldo Gonçalves Drumond – RONALDO
● Ronaldo Zolini – ZOLINI
● Salvador Luis de Almeida – SALVADOR
● Sebastião Rocha – TIÃO
● Spencer Coelho – SPENCER
● Vanderlei Paiva Monteiro – VANDERLEI
● Vantuir Galdino Ramos – VANTUIR
● Técnico: TELÊ SANTANA da Silva


.:: Deixe um Comentário ::.
Se você gostou desse post ou do site indique para seus amigo.
Deixe uma crítica ou uma sugestão.


Finais do Campeonato Brasileiro

Final do Campeonato Brasileiro de 2008
goias-ec-go Goiás 0 x 1 São Paulo sao-paulo-fc-sp
Ficha do Jogo
● Competição: Campeonato Brasileiro de 2009 – 38ª Rodada – Última Rodada
● Data: Domingo, 7 de Dezembro de 2008 – 16:00 h (de Brasília0 – TV
● Estádio: Bezerrão (Gama-DF)
● Renda/público: não divulgados – Público: sem registro
● Árbitro: Jaílson Macedo Freitas (Fifa-SC)
● Auxiliares: Milton Otaviano Santos (Fifa-RN) e Alessandro Rocha Matos (Fifa-BA).
● Cartões amarelos: Rodrigo (SPO); Paulo Baier, Vítor, Henrique, Rafael Marques (GOI)
● Expulsão: não houve
● Gol: Borges, 22′/1ºT (0-1)
● Goiás (GO) ● São Paulo (SP)
● [Go] Harlei;
● [Za] Ernando,
● [Za] Henrique e
● [Za] Rafael Marques;
● [Mc] Vitor,
● [Mc] Ramalho,
● [Mc] Fahel (Romerito),
● [Mc] Paulo Baier e
● [Mc] Júlio César (Adriano Gabiru);
● [At] Thiago Feltri e
● [At] Fausto (Alex Terra).
● [Go] Rogério Ceni;
● [Za] André Dias,
● [Za] Rodrigo e
● [Za] Miranda;
● [Mc] Joilson (Jancarlos),
● [Mc] Richarlyson,
● [Mc] Hernanes,
● [Mc] Hugo e
● [Mc] Jorge Wagner;
● [At] Dagoberto (Bruno) e
● [At] Borges.
● Tec: Hélio dos Anjos ● Tec: Muricy Ramalho
● [] Adriano Gabiru {01/2º tempo}
● [] Alex Terra {18/2º tempo}
● [] Romerito {28/2º tempo}
● [] Jancarlos {36/2º tempo}
● [] Bruno {39/2º tempo}
Ø (1) OBS: Com esse empate o São Paulo sagrou-se tri-campeão. Este também foi o 6º título conquistado pelo tricolor paulista.
Ø (2) No gol marcado o atacante Borges estava em impedimento, não marcado pelo bandeira. Por que será que os árbitros só erram a favor?
Ø (3) O campeonato brasileiro foi disputado por pontos corridos.

Final do Campeonato Brasileiro de 2008
sao-paulo-fc-sp São Paulo 3 x 0 América-RN america-de-natal-rn
Ficha do Jogo
● Competição: Campeonato Brasileiro de 2007 – 34ª Rodada
● Data: 31 de Ouitubro de 2007 –
● Estádio: Cícero Pompeu de Toledo “Morumbi” (São Paulo-SP)
● Público: 69.874 pagantes – R$ 1.042.850,00 Reais
● Árbitro: Lourival Dias Filho (BA)
● Auxiliares: sem registro.
● Cartões amarelos: Róbson (AME)
● Expulsão: não houve
● Gol: (1-0) Hernanes 38/1º; (2-0) Miranda 04/2º e (3-0) Dagoberto 31′/1ºT (0-1)
● São Paulo FC (SP) ● América FC (RN)
● [Go] Rogério Ceni;
● [Za] Breno (Danilo Silva),
● [Za] André Dias e
● [Za] Miranda;
● [Mc] Leandro,
● [Mc] Hernanes,
● [Mc] Richarlyson,
● [Mc] Jorge Wagner e
● [Mc] Júnior (Souza);
● [At] Dagoberto e
● [At] Aloísio (Borges).
● [Go] Sérvulo;
● [Za] Carlos Eduardo,
● [Za] Rogélio e
● [Za] Robson;
● [Mc] Ney Santos,
● [Mc] Marquinhos Mossoró,
● [Mc] Joellan (Vasconcelos),
● [Mc] Tony,
● [Mc] Leandro Sena (Washington) e
● [Mc] Berg;
● [At] Geovane.
● Tec: Muricy Ramalho ● Tec: Paulo Moroni
● [] Danilo Silva
● [] Souza
● [] Borges
● [] Vasconcelos
● [] Washington
Ø (1) OBS: Com esse empate o São Paulo sagrou-se Bi-Campeão Brasileiro. Este também foi o 5º título conquistado pelo tricolor paulista.
Ø (3) O São Paulo foi campeão com 4 rodadas de antecipação.
Ø (2) O campeonato brasileiro foi disputado por pontos corridos.

%d blogueiros gostam disto: