Archive for the ‘Finais Mundial de Clubes’ Category

Ficha Tecnica: Corinthians 1 x 0 Chelsea


.:: Mundial de Clubes FIFA 2012 ::.

Corinthians vence Chelsea e conquista mundial de clubes de 2012.
Crédito da Imagem: www.fifa.com/Mike-Hewit/via/Getty-Images
Ficha Tecnica
Corinthians 1 x 0 Chelsea
FIFA Club World Cup Japan 2012
Match Report
• Competição (Tournament): Mundial de Clubes FIFA 2012 – Final
• Data (Date): Domingo, 16 de Dezembro de 2012, as 8:30 hs (de Brasilia) TV10
• Estádio (Stadium): Estádio Internacional de Yokoama, em Yokoama (Japão)
• Público (Attendance): 68.275 expectadores pagantes
• Árbitro (Referee): Cuneyt Cakir (Turquia/TUR)
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Bahattin Duran (Turquia/TUR)
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Tarik Ongun (Turquia/TUR)
• 4º Árbitro (Fourth Oficial): Alireza Faghani (Irã/IRN)
• Advertências (Cautions): Jurge Henrique 56′ e David Luiz 72′
• Expulsão (Sent Off): Gary Cahill, aos 44′ Minutos do 2º tempo
Gols | Goals | Corinthians Gols | Goals | Chelsea
1-0 Paolo Guerrero (cab), aos 23’/2º
Sport Club Corinthians Pta Chelsea Football Club
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
12 Cássio Ramos;
02 Alessandro ©,
03 Chicão,
13 Paulo André e
06 Fábio Santos;
05 Ralf,
08 Paulinho,
20 Danilo e
23 Jorge Henrique;
11 Émerson Sheik (Wallace) e
09 Paolo Guerrero (Martínez).
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Petr Cech ©;
24 Gary Cahill (Expulso) e
02 Branislav Ivanovic (Azpilicueta),
04 David Luiz e
03 Ashley Cole;
08 Lampard
07 Ramires,
13 Victor Moses (Oscar) e
10 Juan Mata;
17 Eden Hazard (Marin) e
09 Fernando Torres.
Coach: Tite Coach: Rafael “Rafa” Bemítez
01
04
07
10
15
17
21
22
26
28
29
31
Júlio César (gk)
Wallace, aos 45′/2º
Juan Manuel Martínez, aos 41′/2º
Douglas
Ânderson Polga
Willian Arão
Edenilson
Danilo Fernandes (gk)
Guilherme Andrade
Felipe
Giovanni
Romarinho
11
12
19
21
22
23
26
28
34
35
40
56
Oscar, aos 27’/2º
John Obi Mikel
Paulo Ferreira
Marko Marin, aos 41’/2º
Ross Turnbull (GK)
Daniel Sturridge
John Terry
Cesar Azpilucueta, aos 37’/2º
Ryan Bertrand
Lucas Piazon
Hilário (GK)
George Saville
Observações
• Com esse resultado o Corinthians sagrou-se campeão mundial.
• Bi-campeões: Danilo e Fábio Santos, ambos, pelo São Paulo em 2005.
• Cássio foi eleito o melhor jogador da final e ganhou um Toyota zerinho.
• Numa decisão em que o melhor jogador é o goleiro imagina aí!
• Neste torneio a FIFA introduziu um micro-chip na bola (4 mil dólares).
• Súmula da Partida: www.fifa.com/tournaments/clubworldcup/japan-2012
Tabela do Mundial de Clube da FIFA 2012
# A final foi transmitida, ao vivo, para todo o Brasil pala TV Bandeirantes e Globo.
Tempo Normal Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Time A Time B
0 x 0 1 x 0 1 x 0


.:: Seleção Brasileira ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol cinco vezes campeã mundial. Jogos amistosos oficiais e não oficiais; Eliminatórias da Copa; Copa do Mundo, Copa América, Copa das Confederações, Torneios, Torneio Pré-Olímpico, Jogos Olímpicos, Jogos Pan-Americanos; Seleção Brasileira Feminina, Sub 17, Sub 20 e muito mais confira: www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com

mundial de clubes de 1963

Mundial de Clubes de 1963
A quarta Taça Intercontinental, ou Copa Intercontinental, e ocorreu em 1963. Foi disputado em duas partidas regulamentadas e uma de desempate. Participou, assim como nos outros anos, o campeão europeu e o sul-americano. (Fomte: wikipedia.org)
• Santos: Campeão da Copa Libertadores de 1963.
• Milan/ITA: Campeão da Taça dos Campeões da Europa 1962/63.

Santos Bi-Campeão Mundial
credito da imagem: http://www.walldesk.com.br/
Santos 1 x 0 Milan
Ficha Técnica
• Competição: 4ª Taça Intercontinental – Final – Jogo Desempate
• Data: 16 de Novembro de 1963
• Local: Estádio Mário Filho “Maracanã”, Rio de Janeiro/RJ
• Público: 120.421 pagantes
• Árbitro: Juan Regis Brozzi (da Argentina)
• Assistentes: sem registro
• Cartões Amarelos: não houve
• Expulsão: Cesare Maldini (ACM), aos 30/1º e Ismael (SAN) aos 44’/1º
Gols do Santos Gols do Milan
• 1-0 Dalmo (P), aos 31′/1º
Santos (BRA) Milan (ITA)
• (GO) Gilmar;
• (LD) Ismael {Expulso},
• (ZA) Mauro Ramos,
• (ZA) Haroldo e
• (LE) Dalmo;
• (MC) Lima e
• (MC) Mengálvio;
• (AT) Dorval,
• (AT) Coutinho,
• (AT) Almir Pernambuquinho e
• (AT) Pepe.
• Luigi Balzarini (Barluzzi);
• Victor Benítez,
• Mario Trebbi,
Cesare Maldini (c) {Expulso} e
• Ambrogio Pelagalli;
• Giovanni Trapattoni e
• Bruno Mora;
• Giovanni Lodetti,
• Altafini Mazzola,
• Amarildo e
• Giuliano Fortunato.
Lula Luis Carniglia (ARG)
Substituições Substituições
• Não Houve • Mario Barluzzi
Observações
• Com esse resultado o Santos sagrou-se Bi-campeão mundial de clubes.
Santos Provoca 3º Jogo
os brasileiros Mazzola (esquerda) e Amarildo (direita) com a camisa do Milan em 1963. Eles jogaram a final contra o Santos e ficaram com o vice.
credito da imagem: http://esportes.r7.com/
Santos 4 x 2 Milan
Ficha Técnica
• Competição: 4ª Taça Intercontinental – Final – 2º Jogo
• Data: 14 de Novembro de 1963
• Local: Estádio Mário Filho “Maracanã”, Rio de Janeiro/RJ
• Público: 132.728 pagantes
• Árbitro: Juan Regis Brozzi (da Argentina)
• Assistentes: sem registro
• Cartões Amarelos: Não Houve
• Expulsão: Não Houve
Gols do Santos Gols do Milan
• 1-2 Pepe, aos 5′/2º
• 2-2 Almir, aos 9′/2º
• 3-2 Lima, aos 20′/2º
• 4-2 Pepe, aos 23′/2º
• 1-0 Altafini Mazzola 12’/1º
• 2-0 Bruno Mora 17’/1º
Santos (BRA) Milan (ITA)
• (GO) Gilmar;
• (LD) Ismael,
• (ZA) Mauro Ramos,
• (ZA) Haroldo e
• (LE) Dalmo;
• (MC) Lima e
• (MC) Mengálvio;
• (AT) Dorval,
• (AT) Coutinho,
• (AT) Almir Pernambuquinho e
• (AT) Pepe.
• Giorgio Ghezzi;
• Mario David,
• Mario Trebbi,
Cesare Maldini (c) e
• Ambrogio Pelagalli;
• Giovanni Trapattoni e
• Bruno Mora;
• Giovanni Lodetti,
• Altafini Mazzola,
• Amarildo e
• Gianni Rivera.
Lula Luis Carniglia (ARG)
Substituições Substituições
• Não Houve • Não Houve
Observações
• Como havia perdido o 1º jogo em Milão com esse resultado o Santos provocou um jogo-desempate para decidir o mundial de clubes.
Milan Larga na Fente
Cesare Maldini e Giovanni Trapattoni atualmente são técnicos de futebol mundialmente conhecidos. Já o Pelé é o Pelé né?
Milan 4 x 2 Santos
Ficha Técnica
• Competição: 4ª Taça Intercontinental – Final – 1º Jogo
• Data: 16 de Outubro de 1963
• Local: Estádio Giuseppe Meazza “San Siro, em Milão, Itália
• Público: 51.917 pagantes
• Árbitro: Alfred Haberfellner (da Austria)
• Assistentes: sem registro
• Cartões Amarelos: Não Houve
• Expulsão: Não Houve
Gols do Milan Gols do Santos
• 1-0 Trapattoni, aos 3’/1º
• 2-0 Amarildo, aos 5’/1º
• 3-1 Amarildo, aos 22’/2º
• 4-1 Mora, aos 37’/2º
• 1-2 Pelé, aos 10’/2º
• 2-4 Pelé (P), aos 39’/2º
Milan (ITA) Santos (BRA)
• Giorgio Ghezzi;
• Mario David,
• Mario Trebbi,
Cesare Maldini (c) {Expulso} e
• Ambrogio Pelagalli;
• Giovanni Trapattoni e
• Bruno Mora;
• Giovanni Lodetti,
• Altafini Mazzola,
• Amarildo e
• Gianni Rivera.
• (GO) Gilmar;
• (LD) Lima,
• (ZA) Geraldino,
• (ZA) Haroldo e
• (LE) Calvet;
• (MC) Zito (c) e
• (MC) Mengálvio;
• (AT) Dorval,
• (AT) Coutinho,
• (AT) Pelé e
• (AT) Pepe.
Luis Carniglia (ARG) Lula
Substituições Substituições
• Não Houve • Não Houve
Observações
• Com esser resultado o Milan joga pelo empate no próximo jogo para ficar com o título.
Os Imortais Campeões Mundiais
Q Nome Completo Apelido J G
01
02
03
04
05
06
07
08
09
10
11
12
13
14
15
Gylmar dos Santos Neves
Antônio Lima dos Santos
Mengálvio Pedro Figueiró
Dorval Rodrigues
Antonio Wilson Honorio
José Macia
Ismael Mafra Cabral
Mauro Ramos de Oliveira
Dalmo Gaspar
Almir Morais de Albuquerque
Theodorico Haroldo de Oliveira
Raul Donazar Calvet
Geraldo Antônio Martins
José Ely de Miranda
Edson Arantes do Nascimento
Gilmar
Lima
Mengálvio
Dorval
Coutinho
Pepe
Ismael
Mauro Ramos
Dalmo
Almir Pernambuquinho
Haroldo
Calvet
Geraldino
Zito
Pelé
3
3
3
3
3
3
2
2
2
2
2
1
1
1
1
4
1
0
0
0
3
0
0
0
1
0
0
0
0
2
TC Luís Alonso Pérez Lula 3
• Parabens aos Imortais Campeões!
• Os Bi-Campeões: Gilmar, Lima, Mauro Ramos, Calvet, Dalmo, Mengálvio, Zito, Dorval, Coutinho, Pelé, Pepe e o tecnico Lula.

Mundial de Clubes de 1992

Mundial de Clubes de 1962
A terceira Taça Intercontinental, ou Copa Intercontinental, ocorreu em 1962. Foi disputada em duas partidas entre o campeão europeu e o campeão sul-americano. (Fomte: wikipedia.org)
• Santos: Campeão da Copa Libertadores de 1962.
• Benfica: Campeão da Taça dos Campeões da Europa 1961/62.

Santos Campeão de 1962
credito da imagem: http://leofutebolmemoria.blogspot.com.br
Benfica 2 x 5 Santos
Ficha Técnica
• Competição: 3ª Taça Intercontinental – Final – 2º Jogo
• Data: 11 de outubro de 1962
• Local: Estádio da Luz, em Lisboa, Portugal
• Público: ≈70.000 expectadores presentes
• Árbitro: Pierre Schwinte (da França)
• Assistentes: sem registro
• Cartões Amarelos: Nenhum
• Expulsão: Não Houve
Gols do Benfica Gols do Santos
• 1-5 Eusébio, aos 40’/2º
• 2-5 Santana, aos 44’/2º
• 0-1 Pelé, aos 15’/1º
• 0-2 Pelé, aos 25’/1º
• 0-3 Coutinho, aos 3’/2º
• 0-4 Pelé, aos 19’/2º
• 0-5 Pepe, aos 32’/2º
Benfica (POR) Santos (BRA)
• (GO) Costa Pereira;
• (LD) Jacinto Santos,
• (ZA) Gernano Figueiredo,
• (ZA) Raúl Machado e
• (LE) Fernando Cruz;
• (MC) Antonio Simões e
• (MC) José Augusto
• (AT) Joaquim Santana,
• (AT) Eusébio,
• (AT) Mário Coluna e
• (AT) Domiciano Cavém.
• (GO) Gilmar;
• (LD) Olavo,
• (ZA) Mauro Ramos,
• (ZA) Calvet e
• (LE) Dalmo;
• (MC) Lima e
• (MC) Zito;
• (AT) Dorval,
• (AT) Coutinho,
• (AT) Pelé e
• (AT) Pepe.
Fernando Riera (CHI) Lula
Substituições Substituições
• Não Houve • Não Houve
Observações
• Com esse resultado o Santos sagrou-se campeão mundial pela 1ª vez.
1º Jogo. Santos Larga na Frente
Santos 3 x 2 Benfica
Ficha Técnica
• Competição: 3ª Taça Intercontinental – Final – 1º Jogo
• Data: 19 de Setembro de 1962 às 21:00 hs
• Local: Estádio Mário Filho “Maracanã”, no Rio de Janeiro/RJ
• Público: sem registro
• Árbitro: Rubén Cabrera (dp Paraguai)
• Assistentes: sem registro
• Cartões Amarelos: Nenhum
• Expulsão: Não Houve
Gols do Santos Gols do Benfica
• 1-0 Pelé, aos 31’/1º
• 2-1 Coutinho, aos 19’/2º
• 3-1 Pelé, aos 40’/2º
• 1-1 Santana, aos 13’/2º
• 3-2 Santana, aos 42’/2º
Santos (BRA) Benfica (POR)
• (GO) Gilmar;
• (LD) Lima,
• (ZA) Mauro Ramos,
• (ZA) Calvet e
• (LE) Dalmo;
• (MC) Mengálvio e
• (MC) Zito;
• (AT) Dorval,
• (AT) Coutinho,
• (AT) Pelé e
• (AT) Pepe.
• (GO) José Rita;
• (LD) Ângelo Martins,
• (ZA) Humberto Fenandes,
• (ZA) Raúl Machado e
• (LE) Fernando Cruz;
• (MC) Antonio Simões e
• (MC) José Augusto
• (AT) Joaquim Santana,
• (AT) Eusébio,
• (AT) Mário Coluna e
• (AT) Domiciano Cavém.
Lula Fernando Riera (CHI)
Substituições Substituições
● Não Houve ● Não Houve
Observações
● Como esse resultado o Santos jogo pelo empate rm Lisboa.
● Fontes de Pesquisa: rsssf.com/ e wikipedia.org/
Os Imortais Campeões Mundiais
Q Nome Completo Apelido Data de Nascimento
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
Gylmar dos Santos Neves
Antônio Lima dos Santos
Mauro Ramos de Oliveira
Raul Donazar Calvet
Dalmo Gaspar
Mengálvio Pedro Figueiró
José Ely de Miranda
Dorval Rodrigues
Antonio Wilson Honorio
Edson Arantes do Nascimento
José Macia
Olavo Martins de Oliveira
Gylmar
Lima
Mauro Ramos
Calvet
Dalmo
Mengálvio
Zito
Dorval
Coutinho
Pelé
Pepe
Olavo
22/08/1930
18/01/1942
30/08/1930
03/11/1934
19/10/1932
17/12/1939
08/08/1932
26/02/1935
11/06/1943
23/10/1940
25/02/1935
09/11/1927
Tc Luís Alonso Pérez Lula 01/03/1922

Campanha do Santos para Chegar a Final
PRIMEIRA FASE – Santos x Deportivo Municipal (Bolívia)
18/02 Municipal 3 x 4 Santos 21/02 Santos 6 x 1 Municipal
• J. Torres
• Ruiz Diaz
• L. Aguilera
• Tite
• Lima
• Mengalvio
• Pagão
• Pagão (2)
• Pepe
• Coutinho
• Dorval (2)
• A. Torres
SEMIFINAL – Santos x Universidad Catolica (Chile)
08/07 U.Catolica 1 x 1 Santos 12/07 Santos 1 x 0 U.Catolica
• Juan Nawacki • Lima • Zito
FINAL – Santos x Peñarol (Uruguai)
28/07 Peñarol 1 x 2 Santos 02/08 Santos 2 x 3 Peñarol
1-0 • A.Spencer 18′ 1-1
2-1
• Coutinho 29′
• Coutinho 70′
1-1
2-2
• Dorval 27′
• Mengálvio 50′
1-0
2-1
3-2
• José Sasia 18′
• A.Spencer 49′
• A.Spencer 73′
FINAL – Jogo Desempate
30/08 Santos 3 x 0 Peñarol
1-0
2-0
3-0
• Caetano (og) 11′
• Pelé 48′
• Pelé 88′

Mundial de Clubes de 1961

Peñarol Campeão de 1961

Taça Intercontinental de 1961
A segunda Taça Intercontinental, ou Copa Intercontinental, ocorreu em 1961. Foi diputado em duas partidas regulamentares e uma de desempate entre o campeão europeu e o sul-americano para decidir qual seria o melhor clube de futebol do mundo. (fonte: wikipedia.org)
• Peñarol: Campeão da Copa Libertadores de 1961
• Benfica: Campeão da Taça dos Campeões da Europa 1960/61.

TIME BASE DO PEÑAROL CAMPEÃO MUNDIAL DE 1961
Luis María Maidana, William Martínez, Núber Cano, Edgardo González, Néstor Gonçalves, Walter Aguerre, Luis Alberto Cubilla, Alberto Pedro Spencer, Ernesto Ledesma, José Francisco Sasía, Juan Víctor Joya. Técnico: Roberto Scarone.
credito da imagem: http://mundialinterclubes.tripod.com//
Peñarol 2 x 1 Benfica
Ficha Técnica
• Competição: 2ª Taça Intercontinental – Final – Jogo Desempate
• Data: 19 de setembro de 1961 às 21:00 hs (Horário Local)
• Local: Estádio Centenario, em Montevidéu, no Uruguai
• Público: 60.241 expectadores presentes
• Árbitro: José Luis Praddaude (da Argentina)
• Assistentes: sem registro
• Cartões Amarelos: Nenhum
• Expulsão: Não Houve
Gols do Peñarol Gols do Benfica
• 1-0 5′ Sasía, aos 5’/1º
• 2-1 Sasía, aos 40’/1º (Pênalti)
• 1-1 Eusébio, aos 35’/1º
Peñarol (Uruguai) Benfica (Portugal)
• (GO) Luis Maidana;
• (LD) William Martínez,
• (ZA) Núber Cano,
• (ZA) Edgardo González e
• (LE) Néstor Gonçalves;
• (MC) Walter Aguerre e
• (MC) Luis Cubilla;
• (AT) Ernesto Ledesma,
• (AT) José Sasía,
• (AT) Alberto Spencer e
• (AT) Juan Joya.
• (GO) Costa Pereira;
• (LD) Ângelo Martins,
• (ZA) Humberto Fernandes,
• (ZA) José Neto e
• (LE) Fernando Cruz;
• (MC) António Simões e
• (MC) José Augusto;
• (AT) Eusébio,
• (AT) José “Águas”,
• (AT) Mário Coluna e
• (AT) Domiciano Cavém.
Roberto Scarone Béla Guttmann (HUN)
Substituições Substituições
• Não Houve • Não Houve
Tempo Normal Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Equipe A Equipe B
2 x 1 0 x 0 2 x 1
Observações e Curiosidades
• Com esse resultado o Peñarol sagrou-se campeão mundial pela 1ª vez.
• Brasileiros no Jogo: Nenhum
2º Jogo. Peñarol Goleia em Casa
Peñarol 5 x 0 Benfica
Ficha Técnica
• Competição: 2ª Taça Intercontinental – Final – Jogo de Volta
• Data: 17 de setembro de 1961
• Local: Estádio Centenario, em Montevidéu, no Uruguai
• Público: sem registro
• Árbitro: Carlos Nai Foino (da Argentina)
• Assistentes: sem registro
• Cartões Amarelos: Nenhum
• Expulsão: Não Houve
Gols do Peñarol Gols do Benfica
• 1-0 Sasía, aos 10’/1º (Pênlti)
• 2-0 Joya, aos 19’/1º
• 3-0 Joya, aos 28’/1º
• 4-0 Spencer, aos 42’/1º
• 5-0 Spencer, aos 13’/2º
Peñarol (Uriguai) Benfica (Portugal)
• (GO) Luis Maidana;
• (LD) William Martínez,
• (ZA) Núber Cano,
• (ZA) Edgardo González e
• (LE) Néstor Gonçalves;
• (MC) Walter Aguerre e
• (MC) Luis Cubilla;
• (AT) Ernesto Ledesma,
• (AT) José Sasía,
• (AT) Alberto Spencer e
• (AT) Juan Joya.
• (GO) Costa Pereira;
• (LD) Ângelo Martins,
• (ZA) Antonio Saraiva,
• (ZA) Mário João e
• (LE) Fernando Cruz;
• (MC) José Neto e
• (MC) José Augusto;
• (AT) Joaquim Santana,
• (AT) Antonio Mendes,
• (AT) Mário Coluna e
• (AT) Domiciano Cavém.
Roberto Scarone Miguel Muñoz
Substituições Substituições
● Não Houve ● Não Houve
Tempo Normal Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Equipe A Equipe B
4 x 0 1 x 0 5 x 0
Observações e Curiosidades
● Como havia perdido o 1º jogo em Lisboa, com esse resultado o Peñarol provocou um Jogo Extra para decudir o título. Nessa época o regukamento não previa o critério de Saldo de Gols, nem prorrogação e nem penalidades..
● Brasileiros no Jogo: Nenhum
● Fontes de Pesquisa: rsssf.com/ e wikipedia.org/
1º Jogo. Benfica Vence em Casa
Benfica 1 x 0 Peñarol
Ficha Técnica
• Competição: 2ª Taça Intercontinental – Final – Jogo de Ida
• Data: 4 de setembro de 1961
• Local: Estádio da Luz, em Lisboa, Portugal
• Público: ≈40.000 expectadores
• Árbitro: Othmar Huber (da Suiça)
• Assistentes: sem registro
• Cartões Amarelos: Nenhum
• Expulsão: Não Houve
Gols do Benfica Gols do Peñarol
• 1-0 Coluna, aos 15’/2º
Benfica (Portugal) Peñarol (Uriguai)
• (GO) Costa Pereira;
• (LD) Ângelo Martins,
• (ZA) Antonio Saraiva,
• (ZA) Moario João e
• (LE) Fernando Cruz;
• (MC) José Neto e
• (MC) José Augusto;
• (AT) Joaquim Santana,
• (AT) José “Águas”,
• (AT) Mário Coluna e
• (AT) Domiciano Cavém.
• (GO) Luis Maidana;
• (LD) William Martínez,
• (ZA) Núber Cano,
• (ZA) Edgardo González e
• (LE) Néstor Gonçálvez;
• (MC) Walter Aguerre e
• (MC) Luis Cubilla;
• (AT) Ángel Cabrera,
• (AT) José Sasía,
• (AT) Alberto Spencer e
• (AT) Ernesto Ledesma.
Miguel Muñoz Roberto Scarone
Substituições Substituições
● Não Houve ● Não Houve
Tempo Normal Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Equipe A Equipe B
0 x 0 1 x 0 1 x 0
Observações e Curiosidades
● Como esse resultado o Benfica joga pelo empate no próximo jogo para ficar com o título.
● Brasileiros no Jogo: Nenhum
● Fontes de Pesquisa: rsssf.com/ e wikipedia.org/
Campanha do Peñarol na Libertadores de 1961
Quartas de Final
19/04/1961 em Montevideu 30/04/1961 em Lima
Peñarol 5 Universitario 0 Universitario 2 Peñarol 0
• Alberto Spencer
• Alberto Spencer
• Juan Joya
• Juan Joya
• Sasia
• Ángel Uribe
• Iwasaki
Semifinal
21/05/1961 em Montevidéu 27/05/1961 em Assunção
Peñarol 3 Olimpia 1 Olimpia 1 Peñarol 2
• Juan Joya
• Núber Cano
• Luis Cubilla
• Antonio González • Claudio Lezcano • José Sasía
• Luis Cubilla
Final
04/06/1961 em Montevideu 11/06/1961 em São Paulo
Peñarol 1 Palmeiras 0 Palmeiras 1 Peñarol 1
• Alberto Spencer, aos 44’/2º • Nardo, aos 24’/2º • José Sasia, aos 5’/1º
Adversários do Club Atlético Peñarol:
• Club Universitario de Deportes (de Lima, no Peru), nas Quartas de Final
• Club Olimpia (de Assunção, no Paraguai), na Sefinal
• Sociedade Esportiva Palmeiras (de São Paulo, Brasil), na Final
• Fontes de Pesquisa: rsssf.com/

Mindial de Clubes de 1960

Real Madrid Campeão de 1960

Taça Intercontinental de 1960
A primeira Taça Intercontinental, ou Copa Intercontinental, ocorreu em 1960. Foi diputado em partidas entre o campeão europeu e o sul-americano para decidir qual seria o melhor clube de futebol do mundo. (fomte: wikipedia.org)
Peñarol: Campeão da Copa Libertadores de 1960
Real Madrid: Campeão da Taça dos Campeões da Europa 1959/1960.

Foto do Real Madrid primeiro Campeão Mundial em 1960.
Em pé: Domínguez, Marquitos, Santamaría, Pachin, Vidal e Zárraga;
agachados: Canário, Del Sol, Di Stefano, Puzkas e Gento.
credito da imagem: http://imortaisdofutebol.files.wordpress.com/
Real Madrid 5 x 1 Peñarol
Ficha Técnica
● Competição: 1ª Taça Intercontinental – Final – Jogo de Volta
● Data: 4 de setembro de 1960 – 20:30 h (UTC+1)
● Local: Estádio Chamartín, em Madrid, Espanha
● Público: ≈90.000 expectadores presentes
● Árbitro: Ken Aston (da Inglaterra)
● Assistentes: sem registro
● Cartões Amarelos: Nenhum
● Expulsão: Não Houve
Gols Marcados
(1-0) Puskas, aos 2’/1º
(2-0) Di Stéfano, aos 3’/1º
(3-0) Puskas, aos 8’/1º
(4-0) Herrera, aos 40’/1º
(5-0) Gento, aos 9’/2º
(1-5) Spencer, aos 21’/2º
Real Madrid (Espanha) Peñarol (Uriguai)
● (GO) Rogelio Domínguez;
● (LD) “Marquitos” Alonso,
● (ZA) José Santamaría,
● (ZA) “Pachín” Pérez e
● (LE) José María Vidal;
● (MC) José Zárraga e
● (MC) Luis del Sol;
● (AT) Jesús Herrera,
● (AT) Alfredo Di Stéfano,
● (AT) Ferenc Puskás e
● (AT) Francisco Gento.
●(GO) Luis Maidana;
● (LD) William Martínez,
● (ZA) Salvador,
● (ZA) Santiago Pino e
● (LE) Majewski;
● (MC) Walter Aguerre e
● (MC) Luis Cubilla;
● (AT) Carlos Linazza,
● (AT) Juan Hohberg,
● (AT) Alberto Spencer e
● (AT) Carlos Borges.
Miguel Muñoz Roberto Scarone
Substituições Substituições
● Não Houve ● Não Houve
Tempo Normal Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Equipe A Equipe B
4 x 0 1 x 1 5 x 1
Observações e Curiosidades
● Com esse resultado o Real Madrid sagrou-se campeão mundial pela 1ª vez.
● Brasileiros no Jogo: Milton Alves Da Silva “Salvador” (do Peñarol)
1º Jogo da Final
Peñarol 0 x 0 Real Madrid
Ficha Técnica
● Competição: 1ª Taça Intercontinental – Final – Jogo de Ida
● Data: 3 de julho de 1960 – 19:30 h (UTC-3)
● Local: Estádio Centenario, em Montevidéu, no Uruguai
● Público: 71.872 expectadores presentes
● Árbitro: José Luis Praddaude (da Argentina)
● Assistentes: sem registro
● Cartões Amarelos: Nenhum
● Expulsão: Não Houve
Gols Marcados
.Nenhum .Nenhum
Peñarol (Uriguai) Real Madrid (Espanha)
●(GO) Luis Maidana;
● (LD) William Martínez,
● (ZA) Salvador,
● (ZA) Santiago Pino e
● (LE) Néstor Gonçálvez;
● (MC) Walter Aguerre e
● (MC) Luis Cubilla;
● (AT) Carlos Linazza,
● (AT) Juan Hohberg,
● (AT) Alberto Spencer e
● (AT) Carlos Borges.
● (GO) Rogelio Domínguez;
● (LD) “Marquitos” Alonso,
● (ZA) José Santamaría,
● (ZA) “Pachín” Pérez e
● (LE) José María Vidal;
● (MC) José Zárraga e
● (MC) Luis del Sol;
● (AT) Canário,
● (AT) Alfredo Di Stéfano,
● (AT) Ferenc Puskás e
● (AT) Manolín Bueno.
Roberto Scarone Miguel Muñoz
Substituições Substituições
● Não Houve ● Não Houve
Tempo Normal Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Equipe A Equipe B
0 x 0 0 x 0 0 x 0
Observações e Curiosidades
● Com esse resultado quem vencer o próximo jogo fica com o título.
● Brasileiros no Jogo: Milton Alves Da Silva “Salvador” (do Peñarol) e Darcy Silveira dos Santos “Cabário” (do Real Madrid)
● Fontes de Pesquisa: rsssf.com/ e wikipedia.org/
Campanha do Real Madrid na Copa dos Campeões
Oitavas de Final
21/10/1959 em Madrid 04/11/1959 em Luxemburgo
Real Madrid 7 La Jeunesse 0 La Jeunesse 2 Real Madrid 5
• Alfredo di Stéfano 25
• Ferenc Puskás 34′
• Jesús Herrera 43′
• Enrique Mateos 53′
• Ferenc Puskás 62′
• Jesús Herrera 77′
• Ferenc Puskás 83′
• Marcel Theis 10′
• Albert Schaak 15′
• José María Vidal 12′
• Enrique Mateos 18′
• Alfredo di Stéfano 20′,
• Ferenc Puskás 29′
• Enrique Mateos 31′
Quartas de Final
04/02/1960 na França 02/03/1960 em Madrid
Nice 3 Real Madrid 2 Real Madrid 4 Nice 0
• Victor Nurenberg 54′
• Victor Nurenberg 67′ (P)
• Victor Nurenberg 72′
• Jesús Herrera 15′
• José Héctor Rial 30′
• José “Pepillo” García 21′
• Francisco Gento 40′
• Alfredo di Stéfano 45′
• Ferenc Puskás 51′
Semifinal
21/04/1960 em Madrid 27/04/1960 em Barcelona
Real Madrid 3 Barcelona 1 Barcelona 1 Real Madrid 3
• Alfredo di Stéfano 17′
• Ferenc Puskás 28′
• Alfredo di Stéfano 86′
• Eulogio Martínez 36′ • Sándor Kocsis 89′ • Ferenc Puskás 25′
• Francisco Gento 68′
• Ferenc Puskás 75′
Final
18 de Maio de 1960 – Hampden Park (em Glasgow/Escócia)
Real Madrid 7 Eintracht Frankfurt 3
• Alfredo di Stéfano 27′
• Alfredo di Stéfano 30′
• Ferenc Puskás 45′
• Ferenc Puskás 56′(P)
• Ferenc Puskás 60′
• Ferenc Puskás 71′
• Alfredo di Stéfano 75′
• Richard Kress 18′
• Erwin Stein 72′
• Erwin Stein 76′
Adversários do Real Madrid
• AS La Jeunesse D’Esch (Luxemburgo), nas Oitavas de Final
• Olympique Gymnaste Club de Nice (França), nas Quartas de Final
• Futbol Club Barcelona (Espanha), na Sefinal
• Eintracht Frankfurt (Alemanha Ocidental), na Final
• Fontes de Pesquisa: rsssf.com/

Mundial de Clubes – Mundial Intercontinental

Final do Mundial de Clubes de 2008
manchester-united Manchester 1 x 0 LDU Quito ldu-quito-equ
Ficha do Jogo
● Data: 21 de Dezembro de 2008
● Estádio: Internacional de Yokohama (Yokohama, Japão)
● Público: 68.682 expectadores presentes
● Árbitro: Ravshan IRMATOV (Uzbequistão)
● Assistentes: Abdukhamidullo (UZB) e Bahadyr KOCHKOROV (Kazaquistão)
● Quarto Árbitro: Yuichi NISHIMURA (Japão)
● Cartões Amarelos: Bieler 2′, Campos 36′, Cevallos 44′, Calle 66′ e W. Araujo 71′ (LDU); Ânderson 70′ (Manchester United).
● Expulsão: Vidic (Manchester), aos 4 do 2º tempo
● Gols: (1-0) Rooney 27/2º tempo.
LDU Quito (EQU) Manchester United (ING)
● [01] Jose CEVALLOS [gk];
● [02] Norberto ARAUJO
● [03] Renan CALLE (Ambrossi)
● [07] Luis BOLANOS (Navia)
● [08] Patricio URRUTIA (C)
● [13] Neicer REASCO (Larrea)
● [14] Diego CALDERON
● [15] William ARAUJO
● [16] Claudio BIELER
● [21] Alejandro MANSO
● [23] Jairo CAMPOS
● [01] Edwin VAN DER SAR (GK)
● [03] Patrice EVRA
● [05] Rio FERDINAND (C)
● [07] CRISTIANO RONALDO
● [08] ANDERSON (Fletcher)
● [10] Wayne ROONEY
● [13] PARK Ji Sung
● [15] Nemanja VIDIC
● [16] Michael CARRICK
● [21] RAFAEL (Neville)
● [32] Carlos TEVEZ (Evans)
Tec: Edgardo BAUZA (ARG) Tec: Alex FERGUSSON (ING)
● [04] Paul AMBROSI (32/2º tempo)
● [05] Alfonso OBREGON {não jogou}
● [09] Agustin DELGADO {não jogou}
● [10] Edder VACA {não jogou}
● [11] Danny VACA {não jogou}
● [17] Christian SUAREZ [A] {não jogou}
● [19] Reinaldo NAVIA (43/2º tempo)
● [20] Pedro LARREA (37/2º tempo)
● [22] Alexander DOMINGUEZ (GK) {não jg}
● [24] Alejandro ESPINOSA [A] {não jogou}
● [25] Daniel VITERI (GK) {não jogou}
● [28] Israel CHANGO {não jogou}
● [02] Gary NEVILLE (40/2º tempo)
● [09] Dimitar BERBATOV {não jogou}
● [11] Ryan GIGGS {não jogou}
● [17] NANI {não jogou}
● [18] Paul SCHOLES {não jogou}
● [19] Daniel WELBECK {não jogou}
● [22] John O’SHEA {não jogou}
● [23] Jonny EVANS (06/2º tempo)
● [24] Darren FLETCHER (43/2º tempo)
● [28] Darron GIBSON {não jogou}
● [29] Tomasz KUSZCZAK (GK) {não jogou}
● [40] Ben AMOS (GK) {não jogou}
Ø OBS: Com esse resultado o Manchester sagrou-se campeão Mundial.

Final do Mundial de Clubes Fifa de 2007
milan Milan 4 x 2 Boca Juniors boca-juniors-arg
Ficha do Jogo
● Data: 16 de Dezembro de 2007
● Estádio: Internacional de Yokohama (Yokohama, Japão)
● Público: 68.263 expectadores presentes
● Árbitro: Marco Antonio RODRÍGUEZ (México)
● Assistentes: José Luis XAMARGO (MEX) e Pedro REBOLLAR (MEX)
● Quarto Árbitro: Mark SHIELD (Austria)
● Cartões Amarelos: Ambrosini 22′ e Kaká 62′ (Milan); Ibarra 40′, Battaglia 55′ e Paletta 73′ (Boca Juniors)
● Expulsão: Kaladze (Milan) 32/2º e Ledesma (Boca) 43/2º tempo
● Gols: (1-0) Inzaghi 21’/1º; (1-1) Palacio 22’/1º; (2-1) Nesta 05/2º; (3-1) kaká 16/2º; (4-1) Inzaghi 26/2º e (2-4) Ledesma 40/2º.
Boca Juniors (ARG) Milan (ITA)
● [12] Mauricio CARANTA (GK)
● [04] Hugo IBARRA
● [20] Jonatan MAIDANA
● [29] Gabriel PALETTA e
● [03] Claudio MOREL;
● [05] Sebastian BATTAGLIA
● [15] Alvaro GONZALEZ (Ledesma)
● [24] Ever BANEGA e
● [19] Neri CARDOZO (Gracián);
● [09] Martin PALERMO (C) e
● [14] Rodrigo PALACIO.
● [01] DIDA (GK)
● [25] Daniele BONERA
● [04] Kakha KALADZE
● [13] Alessandro NESTA e
● [03] Paolo MALDINI [C];
● [08] Gennaro GATTUSO (Émerson)
● [23] Massimo AMBROSINI
● [21] Andrea PIRLO e
● [10] Clarence SEEDORF (Brocchi);
● [22] KAKA e
● [09] Filippo INZAGHI (Cafu).
Tec: Miguel A. RUSSO (ARG) Tec: Carlo ANCELOTTI (ITA)
● [01] Javier GARCIA (GK) {não jogou}
● [02] Matias SILVESTRE {não jogou}
● [06] Matias CAHAIS {não jogou}
● [08] Pablo LEDESMA (22/2º tempo)
● [11] Leandro GRACIAN (23/2º tempo)
● [16] Juan KRUPOVIESA {não jogou}
● [17] Mauro BOSELLI {não jogou}
● [21] Carlos BUENO {não jogou}
● [22] Fabian VARGAS [N] {não jogou}
● [23] Jesus DATOLO {não jogou}
● [25] Pablo MIGLIORE (GK) {não jogou}
● [27]Nicolas BERTOLO {não jogou}
● [02] CAFU (31/2º tempo)
● [05] EMERSON (20/2º tempo)
● [11] Alberto GILARDINO {não jogou}
● [16] Zeljko KALAC (GK) {não jogou}
● [17] Dario SIMIC {não jogou}
● [18] Marek JANKULOVSKI {não jogou}
● [19] Giuseppe FAVALLI {não jogou}
● [20] Yoann GOURCUFF {não jogou}
● [27] SERGINHO {não jogou}
● [29] Valerio FIORI (GK) {não jogou}
● [32] Cristian BROCCHI (42/2º tempo)
● [44] Massimo ODDO {não jogou}
Ø OBS: Com esse resultado o Milan sagrou-se campeão Mundial.

Final Mundial de Clubes de 1981

Ficha Técnica: Flamengo 3 x 0 Liverpool-ING
Ø Data: 13 de Dezembro de 1981
Ø Local: Estádio nacional ( Tóquio, Japão )
Ø Público: 60.000 expectadores
Ø Árbitro: Mario VÁSQUEX ( México )
Ø Assistentes: sem registro
Ø Cartões: sem registro.
Ø Expulsão: não houve.
Ø Gols: [FLA] Nunes 13′, Adílio 36′ e Nunes 42′ do 1º tempo
[BRA] FLAMENGO [ING] LIVERPOOL
[Go] Raul
[Ld] Leandro
[Za] Mozer
[Za] Marinho e
[Le] Júnior;
[Mc] Andrade
[Mc] Adílio e
[Mc] Zico [Cap];
[At] Tita
[At] Nunes e
[At] Lico.
[Go] Grobbelaar
[Ld] Neal
[Za] Thompsom
[Za] Hansen e
[Le] Lawrenson;
[Mc] Kennedy
[Mc] Lee
[Mc] McDermott ( Johnson ) e
[Mc] Souness;
[At] Johnston e
[At] Kenny Dalglish.
[Tc]: Paulo Cesar Carpegiani [Tc]: Paisley
¬ Johnson



OBS: 1° título mundial conquistado pelo Flamengo. Zico foi eleito o melhor jogador do jogo e ganhou um carro Toyota.

Final do Mundial de Clubes de 1993

Ficha Técnica: São Paulo 3 x 2 Milan
Ø Data: 12 de Dezembro de 1993
Ø Local: Estádio Nacional ( Tóquio, Japão )
Ø Público: 52.275 expectadores
Ø Árbitro: Joel Quiniou ( França )
Ø Assistentes: sem registro
Ø Cartões: sem registro.
Ø Expulsão: não houve.
Ø Gols: 1-0 Palhinha 19’/1º; 1-1 Massaro 3′, 2-1 Toninho Cerezo 14′ 2-2 Papin 36′ e 3-2 Muller 41’/2º.
[BRA] SÃO PAULO [ITA] MILAN
[Go] Zetti
[Ld] Cafu
[Za] Válber
[Za] Ronaldão e
[Le] André Luis;
[Mc] Doriva
[Mc] Dinho
[Mc] Toninho Cerezo e
[Mc] Leonardo;
[At] Muller e
[At] Palhinha ( Juninho Paulista ).
[Go] Rossi
[Ld] Panucci
[Za] Costacurta
[Za] Franco Baresi e
[Le] Paolo Maldini;
[Mc] Albertini ( Orlando )
[Mc] Donadoni e
[Mc] Desailly;
[At] Daniele Massaro
[At] Papin e
[At] Raducioiu ( Tassoti )
[Tc]: Telê Santana [Tc]: Fabio Capello [ITA]
[Mc] Juninho Paulista [ 19/26 ]

¬ Orlando [ 34/26 ]
¬ Tassotti [ 34/26 ]



OBS: Com esse resultado o São Paulo sagrou-se bi-campeão mundial de clubes.

Final do Mundial de Clubes da FIFA – 2000

Ficha Técnica: vasco (3) 0 x 0 (4) Corinthians
Ø Data: 14 de Janeiro de 2000
Ø Local: Mário Filho “Maracanã” ( Rio de Janeiro/RJ )
Ø Público: sem registro
Ø Árbitro: Dick Jol ( Holanda )
Ø Assistentes: sem registro
Ø Cartões Amarelos: Paulo Miranda, Amaral, felipe e Edmundo (VAS); Índio, Adílson, Rincón e Luisão (COR).
Ø Expulsão: não houve.
Ø Nos Pênaltis: Corinthians: Rincón, Fernando Baiano, Luizão e Edu.
Vasco: Romário, Alex Oliveira e Viola.
[BRA] VASCO DA GAMA [BRA] CORINTHIANS
[Go] Hélton
[Ld] Paulo Miranda
[Za] Mauro Galvão
[Za] Odvan e
[Le] Gilberto;
[Mc] Felipe ( Alex Oliveira )
[Mc] Amaral
[Mc] Juninho ( Viola ) e
[Mc] Ramon ( Donizete “Pantera” );
[At] Edmundo “Animal” e
[At] Romário.
[Go] Dida
[Ld] Índio
[Za] Adilson Batista
[Za] Fábio Luciano e
[Le] Kléber;
[Mc] Freddy Rincón [Cap]
[Mc] Vampeta ( Gilmar )
[Mc] Marcelinho Carioca e
[At] Ricardinho ( Edu );
[At] Edilson ( Fernando Baiano ) e
[At] Luizão.
[Tc]: Antônio Lopes [BRA] [Tc]: Oswaldo Oliveira [BRA]
[At] Viola [ 5/1º/Prorrogação ]
[Mc] Alex Oliveira [ 11/1º/Prorrogação ]
[At] Donizete “Pantera” [ 5/2º/Prorrogação]

[Mc] Edu [ no Intervalo ]
[Mc] Gilmar [ 1’/1º/Prorrogação ]
[At] Fernando Baiano [ 7’/2º/Prorrogação ]



OBS: No tempo normal terminou em 0 x 0, O mesmo aconteceu na prorrogação de 30 minutos. Na disputa de pênaltis o Corinthians venceu por 4 x 3. Com esse resultado o Corinthians sagrou-se campeão do 1º mundial organizado pela FIFA. (2) Edmundo e Gilberto perderam sua penalidades pelo Vasco. Marcelinho Carioca perdeu pelo corinthians.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 246 outros seguidores