Archive for the ‘Brasil na Sulamericana’ Category

Independiente Campeão da Copa Sul-Americana de 2017

O capitão Tagliafico ergue a taça de campeão da Sulamericana de 2017;
Crédito: www.gettyimages.com/Fabio-Teixeira
Ficha Tecnica
Flamengo 1×1 Independiente
Final da Copa Sul-Americana de 2017
Ficha Técnica










Competição (Tournament): Copa Sul-Americana 2017 – Final – 2º Jogo (Volta)
Data (Date): Quarta-Feira, 13 Dezembro de 2017, 21:45 h (de Brasília) 20:45 Local
Estádio (Stadium): Mário Filho “Maracanã”, Rio de Janeiro/RJ
Público (Attendance): 54.963 pagantes (Total: 62.567) – Renda: R$ 6.694.300,00
Árbitro (Referee): Wilmar Alexander Roldán Pérez (Colômbia / COL)
Assistente 1 (Assistant Referee 1): Alexander Guzmán (Colômbia / COL)
Assistente 2 (Assistant Referee 2): Cristian de la Cruz (Colômbia / COL)
Quarto Árbitro (Fourth Official): Gustavo Murillo (Colômbia / COL)
Assistente de Vídeo 1 (Video Assistant 1): Daniel Fedorczuk (Uruguai / Uruguay)
Assistente de Vídeo 2 (Video Assistant 2): Roberto Tobar (Chile / CHI)
Assistente de Vídeo 3 (Video Assistant 3): Nicolás Tarán (Uruguai / Uruguay)
Advertências | Cautions | Sent Off Advertências | Cautions | Sent Off
73′ Éverton (Falta cometida) 72′ Lucas Albertengo (Falta)
77′ Vinicius Jr. (Reclamação) 77′ Maximiliano Meza (Falta)
90′ Juan (Falta Cometida) 79′ Martín Campaña (Retardamento)
87′ Ezequiel Barco (Antijogo)
Gols| Goals | Goles Gols| Goals | Goles
1-0 Lucas Paquetá, aos 28’/1º 1-1 Barco, aos 38’/1º
Clube de Regatas do Flamengo Club Atletico Independiente
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
Mc
At
24 César
21 Pará
15 Réver ©
04 Juan
13 Miguel Trauco (Vinicius Jr, 54′)
05 Willian Arão
26 Gustavo Cuéllar (Éverton Ribeiro, 78′)
10 Diego Ribas
29 Lucas Paquetá (Lincoln, 84′)
22 Éverton
25 Felipe Vizeu
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
Mc
At
25 Martín Campaña
16 Fabricio Bustos
02 Alan Franco (Silva, 84′)
14 Fernando Amorebieta
03 Nicolás Tagliafico ©
15 Diego Martín Rodríguez
29 Nicolás Domingo
07 Martín Benítez (Albertengo, 33′)
08 Maximiliano Meza (Miño, 82′)
27 Ezequiel Barco
09 Emmanuel Gigliotti
Coach: Reinaldo Rueda Coach: Ariel Holan
Go
Df
Df
Mc
Mc
At
At
01 Thiago
02 Rodinei
30 Rhodolfo
07 Éverton Ribeiro, aos 33’/2º
08 Márcio Araújo
16 Lincoln, aos 39’/2º
20 Vinícius Júnior, aos 9’/2º
Go
Df
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Damián Albil
05 Gastón Silva, aos 39’/2º
06 Juan Sánchez Miño, aos 37’/2º
10 Walter Erviti
23 Nery Domínguez
11 Leandro Fernández
24 Lucas Albertengo, aos 33’/1º
Tempo Regulamentar Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altern Final
1 x 1 0 x 0 1 x 1
• Com esse resultado o Independiente sagrou-se campeão da Sulamericana pela 2ª vez;
• Com a conquista o Independiente garantiu vaga na Copa Libertadores de 2018;
• Esta foi a primeira vez que o Árbitro de Vídeo foi utilidado numa final da Sulamericana;
Independiente: Camiza Branca, Calção Azul e Meias Brancas (Puma);
• Flamengo: Camisa Rubro-Negra, Calção Branco e Meias Rubro-Negras (Adidas);
• Flamengo e Independiente já decidiram um título sulamericano a Supercopa Libertadores 1995;
• 1º Jogo da Final da Supercopa Libertadores: Independiente vs Flamengo – (Ficha do Jogo)
• 2º Jogo da Final da Supercopa Libertadores: Flamengo vs Independiente – (Ficha do Jogo)

.:: Galeria de Imagens ::.
Jogadores e comissão técnica do Independiente comemoram a coquista da sulamericana;
Crédito: www.gettyimages.com/Buda-Mendes
Clube Atlético Independiente, fundado em 4 de Agosto de 1904, em Avellaneda, Argentina;
Crédito: www.gettyimages.com/Buda-Mendes
Clube de Regatas do Flamengo, fundado em 17 de Novembro de 1895, no Rio de Janeiro/RJ;
Em Pé: Felipe Vizeu, Lucas Paquetá, Willian Araão, Juan, Réver e César;
Agachados: Gustavo Cuéllar, Éverton, Pará, Diegoe Miguel Trauco;
Crédito: www.gettyimages.com/Buda-Mendes

Crônica do Jogo

Mais uma vez, o Independiente calou o Maracanã. Como aconteceu em 1998, o time argentino saiu vencedor no duelo com o Flamengo. O empate por 1 a 1, no jogo desta quarta-feira, garantiu ao “Rei de Copas” o bicampeonato da Copa Sul-Americana. No jogo de ida, em Buenos Aires, a equipe portenha havia vencido por 2 a 1. Os gols foram marcados por Lucas Paquetá para o Flamengo e Barco, de pênalti, para o Independiente, ambos no primeiro tempo.

O resultado acabou espelhando o que aconteceu em campo. O Flamengo foi melhor no primeiro tempo, mas não soube transformar em gol as chances criadas. No segundo tempo, o time argentino foi mais organizado e criou as melhores oportunidades de gol diante de um Flamengo nervoso e que cometeu muitos erros.

Debaixo de muita vibração da torcida rubro-negra, a partida começou com os dois times mostrando muita disposição. Aos quatro minutos, o Flamengo criou o primeiro momento de perigo em chute perigoso de Lucas Paquetá que o goleiro Campaña defendeu com segurança. O lance animou a equipe da casa e dois minutos depois foi a vez de Felipe Vizeu se antecipar aos zagueiros e desviar para o gol, mas a bola saiu, embora com muito perigo para o gol argentino.

O Independiente, muito pressionado pela marcação da equipe brasileira, não encontrava espaço para se organizar dentro de campo. Só aos 11 minutos é que a equipe portenha fez o goleiro Cesar trabalhar para defender um cruzamento fechado de Bustos.

Aos 13 minutos, o Flamengo desperdiçou uma grande oportunidade. Felipe Vizeu lançou Everton entre os zagueiros. O atacante penetrou livre, mas chutou nas mãos de Campaña. Logo depois foi a vez de Lucas Paquetá receber na entrada da área, se livrar da marcação e bater com perigo, mas a bola bateu na rede pelo lado de fora.

O domínio do Flamengo era total. Aos 18 minutos, Paquetá foi derrubado ao lado da área. Diego levantou na área e Juan cabeceou por cima do travessão.

O time dirigido por Reinaldo Rueda atuava de forma agressiva. Lucas Paquetá e Everton atuavam abertos pelas extremas, enquanto Felipe Vizeu ficava entre os zagueiros na área do Independiente.

Aos 21 minutos, o time argentino criou a sua primeira chance de gol. Meza investiu pela esquerda e chutou cruzado, mas César fez boa defesa. O Flamengo respondeu com Diego que se livrou de Amorebieta e chutou, mas o zagueiro conseguiu se recuperar e bloquear o chute do meia.

O Flamengo marcou o primeiro gol aos 30 minutos. Diego cobrou falta, Réver e Juan tentaram a cabeçada, mas a bola acabou nos pés de Lucas Paquetá que empurrou para colocar a bola nas redes e levar o Maracanã ao delírio.

Embalado pela vantagem, o time da Gávea seguiu atacando em busca do segundo gol. O técnico do Independiente decidiu alterar a equipe, trocando o atacante Benitez por Albertengo.

E aos 40 minutos, o time argentino marcou o gol do empate. Lucas Paquetá derrubou Meza na área e, depois de consultar o árbitro de vídeo, Vilmar Roldán confirmou a penalidade máxima. Barco cobrou com categoria e deixou tudo igual.

Aos 47 minutos, na última jogada importante da etapa inicial, Everton arriscou o chute, mas foi bloqueado pela zaga.

Segundo tempo

O Flamengo voltou sem alterações para o segundo tempo. E logo aos três minutos, quase desempatou em grande jogada de Lucas Paquetá que invadiu a área, ganhou dos zagueiros, mas seu chute acabou defendido por Campaña. Aos seis minutos, Trauco cruzou e Paquetá cabeceou para fora. Preocupado com a pouca objetividade do ataque, o técnico Reinaldo Rueda trocou o lateral esquerdo Trauco pelo atacante Vinicius Júnior. Everton recuou para a vaga de Trauco.

Aos 14 minutos, o Independiente criou uma grande chance para marcar. Giglioti tomou a bola de Réver, passou por Cuéllar e tocou na saída de César, mas Juan conseguiu salvar, desviando para escanteio. O Flamengo respondeu com uma cabeçada perigosa de Vinicius Júnior, após cruzamento de Pará. Aos 21 foi a vez de Willian Arão cabecear com perigo, após cruzamento de Paquetá.

O Indepediente atuava mais recuado, mas ao recuperar a bola, buscava sair rapidamente para surpreender a defesa carioca. Aos 29 minutos, o goleiro César se chocou com Réver e bateu a cabeça com violência no gramado, chegando a perder a consciência, mas se recuperou e voltou ao gol.

Rueda tentou dar mais agressividade ao time e colocou Éverton Ribeiro no lugar do volante Cuéllar. Logo depois, Réver perdeu grande chance para desempatar, cabeceando para fora, quando estava livre na pequena área.

Aos 37. Gigliotti tentou surpreender César do meio de campo, mas o goleiro do Flamengo conseguiu fazer a defesa. Rueda colocou o jovem Lincoln para tentar aumentar a pressão sobre o gol argentino.

Aos 43 minutos, Gigliotti arrancou pelo meio, entrou na área e bateu para fora, desperdiçando uma grande oportunidade. Nos acréscimos, após confusão na área, a bola sobrou para Réver que chutou para fora no último lance da partida. (Fonte: Gazeta Esportiva)


.:: Seleção Brasileira – Brazilian National Team ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol aqui.
All the matches of the Brazilian National Team hear;
www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com


Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que deu seu Filho unigênito, para que todo aquele que Nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. (João 3.16)
Anúncios

Ficha Técnica: Independiente (ARG) 2 x 1 Flamengo

Felipe Vizeu disputa jogada com Diego Rodríguez na primeira final da Sulamericana;
Crédito: www.gettyimages.com/Buda-Mendes
Ficha Tecnica
Independiente 2×1 Flamengo
Final da Copa Sul-Americana de 2017
Ficha Técnica










Competição (Tournament): Copa Sul-Americana 2017 – Final – 1º Jogo
Data (Date): Quarta-Feira, 6 Dezembro de 2017, 21:45 h (de Brasília) 20:45 Local
Estádio (Stadium): Libertadores de América, Avellaneda (Argentina)
Público (Attendance): 45.000 pagantes – Renda: Sem Registro
Árbitro (Referee): Mario Díaz de Vivar (Paraguai / Paraguay)
Assistente 1 (Assistant Referee 1): Milcíades Saldívar (Paraguai / Paraguay)
Assistente 2 (Assistant Referee 2): Darío Gaona (Paraguai / Paraguay)
Quarto Árbitro (Fourth Official): Éber Aquino (Paraguai / Paraguay)
Assistente de Vídeo 1 (Video Assistant 1): Enrique Cáceres (Paraguai / Paraguay)
Assistente de Vídeo 2 (Video Assistant 2): Roddy Zambrano (Equador / Ecuador)
Assistente de Vídeo 3 (Video Assistant 3): Eduardo Cardozo (Paraguai / Paraguay)
Advertências | Cautions | Sent Off Advertências | Cautions | Sent Off
19′ Nicolás Tagliafico 23′ Diego Ribas
85′ Fernando Amorebieta
90′ Fabricio Bustos
Gols| Goals | Goles Gols| Goals | Goles
1-1 Gigliotti, aos 28’/1º 1-0 Réver, aos 8’/1º (Cabeça)
2-1 Meza, aos 7’/2º
Club Atletico Independiente Clube de Regatas do Flamengo
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
Mc
At
25 Martín Campaña
16 Fabricio Bustos
02 Alan Franco (Amorebieta, 84′)
05 Gastón Silva
03 Nicolás Tagliafico ©
15 Diego Martín Rodríguez
06 Juan Sánchez Miño
07 Martín Benítez (Martínez, 72′)
08 Maximiliano Meza (Domingo, 78′)
27 Ezequiel Barco
09 Emmanuel Gigliotti
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
Mc
At
24 César
21 Pará
15 Réver ©
04 Juan
13 Miguel Trauco
05 Willian Arão
26 Gustavo Cuéllar
07 Éverton Ribeiro
10 Diego Ribas (Vinicius Jr, 72′)
29 Lucas Paquetá (Éverton, 56′)
25 Felipe Vizeu
Coach: Ariel Holan Coach: Reinaldo Rueda
Go
Df
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Damián Albil
14 Fernando Amorebieta, aos 39’/2º
10 Walter Erviti
23 Nery Domínguez
29 Nicolás Domingo, aos 33’/2º
11 Leandro Fernández
24 Juan Manuel Martínez, aos 27’/2º
Go
Df
Df
Mc
Mc
Mc
At
01 Thiago
02 Rodinei
30 Rhodolfo
08 Márcio Araújo
22 Éverton, aos 11’1/2º
27 Rômulo
20 Vinícius Júnior, aos 27’/2º
Tempo Regulamentar Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altern Final
1 x 1 1 x 0 2 x 1
• Com esse resultado o Independiente joga por um empate para ser campeão;
• O Flamengo terá ue vencer por dois ou mais gols de diferença pra ser campeão;
• Esta foi a primeira vez que o Árbitro de Vídeo foi utilidado numa final da Sulamericana;
Independiente: Camiza Vermelha, Calção Azul e Meias Vernelhas (Puma);
• Flamengo: Camisa Branca, Calção Branco e Meias Brancas (Adidas);
• Flamengo e Independiente já decidiram um título sulamericano a Supercopa Libertadores 1995;
• 1º Jogo da Final da Supercopa Libertadores: Independiente vs Flamengo – (Ficha do Jogo)
• 2º Jogo da Final da Supercopa Libertadores: Flamengo vs Independiente – (Ficha do Jogo)

.:: Galeria de Imagens ::.
Clube Atlético Independiente, fundado em 4 de Agosto de 1904, em Avellaneda, Argentina;
Crédito: www.gettyimages.com/Buda-Mendes
Clube de Regatas do Flamengo, fundado em 17 de Novembro de 1895, no Rio de Janeiro/RJ;
Em Pé: Juan, Willian Arão, Felipe Vizeu, Réver (capitão) e César;
Agachados: Cuellar, Lucas Paquetá, Diego, Pará, Éverton Ribeiro e Miguel Trauco;
Crédito: www.gettyimages.com/Buda-Mendes
Estádio Libertadores da América, em Avellaneda, com capacidade para: 52.364 pessoas;
Crédito: www.jsistools.com/estadio-libertadores-de-america

Crônica do Jogo

Flamengo e Independiente disputaram o primeiro jogo da final da Copa Sul-americana na noite desta quarta-feira, em Avellaneda, na Argentina. O confronto terminou com vitória da equipe da casa por 2 a 1, de virada. Réver abriu o placar para o time brasileiro no primeiro tempo, e com Gigliotti, no primeiro tempo, e Meza, no segundo, o Independiente virou o placar.

O título da competição continental será decidido daqui há uma semana, no Rio de Janeiro. Flamengo e Independiente jogarão na próxima quarta-feira, dia 13, às 21h45 (Brasília), no Maracanã.

Como não há vantagem por gol marcado fora de casa, o Independiente será campeão se vencer ou empatar por qualquer placar. O Flamengo precisa vencer por dois gols de diferença. Se no acumulado der empate, haverá prorrogação e pênaltis.

Flamengo e Independiente fizeram um jogo bastante movimentado em Avellaneda. O primeiro tempo foi equiilibrado, com a equipe brasileira começando melhor e abrindo o placar aos 8. Mas os argentinos correram atrás, pressionaram e chegaram ao empate aos 28.

Nos primeiros minutos, o Flamengo buscou com sucesso controlar a posse de bola, enquanto o Independiente tentava pressionar a saída de bola rubro-negra. Com maior volume de jogo, os cariocas avançam pela esquerda com paquetá, e o jovem prata da casa sofre falta na chegada da área, aos 7 minutos. Trauco cobra e levanta no segundo pau. A defesa argentina vacila e Réver sobe sozinho para cabecear cruzado e ver a bola morrer no fundo da rede.

O gol calou a torcida local, que até então não parava de cantar. Os jogadores argentinos sentiram o golpe no primeiro momento, mas não demoraram a recuperar a compostura e partiram em busca do empate.

Forçando o jogo pela direita em cima de Trauco, o Independiente chegou com perigo aos 14. Meza foi para o mano a mano, levou vantagem e sobre peruano e cruzou. Gigliotti furou e na sobra Miño foi travado dentro da área por Pará. Fla começa a passar sufoco.

O rubro-negro respondeu aos 20. Arão recuperou uma bola no meio e iniciou o contra-ataque. Everton Ribeiro sofreu falta na intermediária pela direita, e na cobrança, a bola é alçada na área e Juan aparece livre atrás dos zagueiros. O veterano se estica e tenta desviar para o gol, mas manda para fora.

A partir deste lance, a pressão do Independiente aumentou, e o caminho seguia pela direita do ataque. Aos 23, Miño cruza e a defesa afasta. Dois minutos depois, Trauco comete falta perto da linha da grande área. Gastón Silva arrisca direto no canto esquerdo de César, mas o goleiro estava bem posicionado e fez boa defesa.

O Flamengo tentava recuperar a posse de bola, mas aos 28 Everton Ribeiro errou passe no ataque e deu o contra-ataque aos argentinos, que avançam em velocidade e chegam na área. Gigliotti recebe livre no meio e, defrente para o gol, acerta o canto de César para decretar o empate.

Os cariocas passam a trocar mais passes, e aos 32 Everton Ribeiro faz jogada pela direita e toca na área para a enrtada de Diego. O meia recebe e arma o chute, mas é bloquedo por um zagueiro argentino.

Aos 38, Vizeu recebe de Paquetá na entrada da área com espaço para avançar, ajeita e tenta o chute, mas a bola vai fraca e pela linha de fundo.

O Independiente ameaça no final. Everton Ribeiro faz falta em Tagliafico no bico da grande área. Cobrança é feita com um cruzamento rasteiro, que passa por todo mundo e para em César.

As duas equipes retornam dos vestiários sem alterações, e o jogo segue com o mesmo panorama. O Independiente busca a vitória em casa e parte pra cima logo no início, e pressiona um Flamengo com dificuldades de manter a posse de bola e criar jogadas.

Aos 3, tabela no ataque e Gastón Silva recebe livre para o chute, mas erra o alvo e manda para fora. O mesmo Gastón Silva acerta outro chute um minuto depois, e desta vez César faz a defesa.

O gol da virada saiu aos 7 minutos. Barco faz grande jogada pela esquerda, se livra de marcação dupla e cruza para a entrada da área. Meza, sozinho, acerta belo voleio sem deixar a bola tocar no chão e manda no canto de César.

Com a vantagem no placar, os argentinos diminuíram o ritmo e passaram a focar nos contra-ataques. Do outro lado, Reinaldo Rueda acionou Everton, que vinha de contusão e estava no banco, e sacou Paquetá.

Com os argentinos recuando, O Flamengo subiu de produção e passou a controlar mais a bola e a chegar mais ao ataque. Aos 19, Everton Ribeiro fez boa jogada pela direita e tocou para Vizeu livre na área. O atacante demorou um pouco para concluir e seu chute foi interceptado por um zagueiro, que mandou para escanteio.

Na sequência, Everton Ribeiro dá belo passe por cobertura para a entrada de Everton, na esquerda da área. O rubro-negro tenta a conclusão, mas o marcador argentino se estica todo e impede o chute.

Aos 27, Rueda faz a segunda alteração e coloca Vinícius Júnior em campo e tira Diego, que já dava sinais de desgaste. Com isso, Everton Ribeiro passa a atuar pelo meio.

A jóia do Fla bota velocidade no jogo, e aos 30 recebe na área e chuta cruzado, mas Campaña defende.

O Independiente dá sinais de cansaço e o Flamengo parte para cima, mas segue parando na defesa argentina. Aos 40, Everton parte na velocidade e é derrubado por trás quando ia entrar na área. Depois de muita catimba argentina, Trauco cobra por cobertura, mas a bola sai fraca e Campaña defende com tranquilidade.

O Fla seguiu buscando o empate. Aos 48, escanteio pela direita e Juan tentou o cabeceio, mas a bola saiu fraca e o goleiro argentino fez a defesa. (Fonte: Gazeta Esportiva)


.:: Seleção Brasileira – Brazilian National Team ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol aqui.
All the matches of the Brazilian National Team hear;
www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com


Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que deu seu Filho unigênito, para que todo aquele que Nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. (João 3.16)

Ficha Tecnica: Bahia 0 x 0 Portuguesa-Desp/SP

.:: Copa Sulamericana 2013 ::.
Participantes do Brasil e a Taça – Crédito: www.lazeresportes.com
Ficha Tecnica
Bahia 0 x 0 Portuguesa
Copa Sulamericana 2013 – Segunda Fase – Zona Brasileira
Match Report
• Competição (Tournament): Copa Sulamericana 2013 – 2ª Fase – 2º Jogo
• Data (Date): Quarta-Feira, 28 de Agosto de 2013 – 21:50 hs (de Brasília)
• Estádio (Stadium): Octávio Mangabeira “Arena Fonte Nova”, Salvador/BA
• Público (Attendance): 4.657 pagantes – Renda: R$ 116.822,50
• Árbitro (Referee): Péricles Corteza (BRA)
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Rodrigo Jóia (BRA)
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Rodrigo Corrêa (BRA)
• Advertências (Cautions): Démerson 55′, Lima 60′, Angulo 62′
• Expulsão (Sent Off): Nenhuma
Esporte Clube Bahia Associação Portuguesa de Desportos
GO
LD
ZA
ZA
LE
MC
MC
MC
MC
MC
AT
01 Marcelo Lomba;
19 Juan Angulo,
29 Démerson,
03 Titi e
06 Jussandro (Raul);
15 Feijão,
17 Diones,
08 Anderson Talisca (Wallyson),
23 Freddy Adu (Potita) e
28 Fabrício Lusa;
27 Obina.
GO
LD
ZA
ZA
LE
MC
MC
MC
MC
MC
AT
12 Gledson;
21 Corrêa,
03 Lima,
13 Diego Augusto e
16 Magal;
17 Willian Arão (Gabriel),
30 Renan,
15 Carlos Alberto,
25 Jean Mota e
27 Ivan (Héverton);
19 Bruno Moraes (Neilson).
Coach: Cristóvão Borges Coach: Guto Ferreira
02
11
12
16
18
25
26
Madson
Wallyson, no Intervalo
Omar (gk)
Raul, no Intervalo
Potita, aos 25’/2º
Rafael Donato
Diego
14
20
22
23
24
28
29
Gustavo
Héverton, aos 14’/2º
Tom (gk)
Alê
Aurelio
Neilson, aos 22’/2º
Gabriel, aos 24’/2º
Observações
# Com esse resultado o Bahia classificou-se para as Oitavas de Final.
# Súmula – Match Report: www.conmebol.com/copa-sudamericana
# Referências: www.futebolinterior.com.br
# Referências: www.wikipedia.org/Copa-Sul-Americana-2013
Tempo Normal Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altern. Final
0 x 0 0 x 0 0 x 0

.:: Seleção Brasileira ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol cinco vezes campeã mundial. Jogos amistosos oficiais e não oficiais; Eliminatórias da Copa; Copa do Mundo, Copa América, Copa das Confederações, Torneios, Torneio Pré-Olímpico, Jogos Olímpicos, Jogos Pan-Americanos; Seleção Brasileira Feminina, Sub 17, Sub 20 e muito mais confira: www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com

Ficha Tecnica: Náutico (1) 2 x 0 (3) Sport

Participantes do Brasil e a Taça – Crédito: www.lazeresportes.com
Ficha Tecnica
Náutico 2 x 0 Sport
Nas Penalidades: Náutico 1 x 3 Sport Recife
Match Report
• Competição (Tournament): Copa Sulamericana 2013 – 2ª Fase – 2º Jogo
• Data (Date): Quarta-Feira, 28 de Agosto de 2013 – 21:50 hs (de Brasília)
• Estádio (Stadium): Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata,/PE
• Público (Attendance): 8.320 pagantes – Renda: R$ 217.195,00
• Árbitro (Referee): Heber Roberto Lopes (PR)
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Marcio Santiago
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Marcelo Van Gasse
• Advertências (Cautions): Peri 27′, Tobi 45’+1, Patric 71′ e Leandro 77′
• Expulsão (Sent Off): Peri, aos 36′ minutos do 2º tempo
Gols (Goals) Náutico Gols (Goals) Sport
1-0 Elicarlos, aos 47’/1º
2-0 Olivera, aos 17’/2º
Pênaltis do Náutico Pênaltis do Sport
1º Olivera (Goleiro Defendeu) 1º Felipe Azevedo (1-0)
2º Tiago Real (Goleiro Defendeu) 2º Marcelo Cordeiro (2-0)
3º Jônatas Belusso (1-2) 3º Patric (3-1)
4º Rogério (Goleiro Defendeu)
Club Náutico Capibaribe Sport Club do Recife
GO
LD
ZA
ZA
LE
MC
MC
MC
MC
AT
AT
01 Ricardo Berna;
22 Oziel (Derley, ht),
30 João Felipe (William Alves, ht),
23 Leandro Amaro e
28 Bruno Colaço;
05 Elicarlos,
07 Martinez,
29 Diego Morales (Belusso, 74′) e
10 Tiago Real;
19 Juan Olivera e
09 Rogério.
GO
LD
ZA
ZA
LE
MC
MC
MC
MC
AT
AT
01 Magrão;
02 Patric,
04 Gabriel Santos,
05 Tobi e
16 Peri (Expulso);
14 Ânderson Pedra,
21 Rithely,
19 Lucas Lima (M. Cordeiro, 79′) e
29 Camilo (Patrick Silva, 78′);
11 Felipe Azevedo e
09 Roger (Marcos Aurélio, 57′).
Coach: Jorginho Amorim Coach: Marcelo Martelotte
04
08
11
12
15
18
20
William Alves, no Intervalo
Derley, no Intervalo
Maikon Leite
Gideão (gk)
Louis Angelo Peña
Jones Carioca
Jonatas Belusso, aos 28’/2º
03
10
15
17
23
26
27
Marcelo Cordeiro, aos 34’/2º
Marcos Aurélio, aos 11’/2º
Renan Teixeira
Nunes
Saulo (gk)
Vinícius
Patrick Silva, aos 33’/2º
Observações
# No yrmpo normal o Náutico venceu por 2 x 0 o mesmo placar do jogo anterior. A decisão, então, foi para as penalidades e o Sport venceu por 3 x 1 classificando-se para as Oitavas de Final.
# Magrão defendeu as penalidades de Oliveira, Tiago Real e Rogério.
# Náutico: Camisa listrada em Branco e Vermelho, Calção e Meias Brancas;
# Sport: Camisa Rubro-Negra, Calção e Meias Pretas.
Súmula – Match Report: www.conmebol.com/copa-sudamericana
# Referências: www.wikipedia.org/Copa-Sul-Americana-2013
Tempo Normal Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altern. Final
1 x 0 1 x 0 2 x 0 1 x 3 1 x 3

.:: Seleção Brasileira ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol cinco vezes campeã mundial. Jogos amistosos oficiais e não oficiais; Eliminatórias da Copa; Copa do Mundo, Copa América, Copa das Confederações, Torneios, Torneio Pré-Olímpico, Jogos Olímpicos, Jogos Pan-Americanos; Seleção Brasileira Feminina, Sub 17, Sub 20 e muito mais confira: www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com

Ficha Tecnica: Ponte Preta 0 x 0 Criciúms

.:: Copa Sulamericana 2013 ::.
Participantes do Brasil e a Taça – Crédito: www.lazeresportes.com
Ficha Tecnica
Ponte Preta 0 x 0 Criciúma
Copa Sulamericana 2013 – Segunda Fase – Zona Brasileira
Match Report
• Competição (Tournament): Copa Sulamericana 2013 – 2ª Fase – 2º Jogo
• Data (Date): Terça-Feira, 27 de Agosto de 2013 – 19:30 hs (de Brasília)
• Estádio (Stadium): Moisés Lucarelli, em Campinas/SP
• Público (Attendance): Sem Registro
• Árbitro (Referee): Marcelo de Lima Henrique (RJ)
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Fabrício Vilarim da Silva (GO)
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Fábio Pereira (TO)
• 4º Árbitro (Fourth Oficial): Ricardo Marques Ribeiro
• Advertências (Cautions): Matheus Ferraz 35′, Élton 65′, Bruno Renan 67′ e Ramírez 87′
• Expulsão (Sent Off): Nenhuma
Associação Atlética Ponte Preta Criciúma Esporte Clube
GO
ZA
ZA
ZA
MC
MC
MC
MC
MC
AT
AT
01 Roberto Tigrão;
13 Régis,
17 Betão e
04 Diego Sacoman;
06 Uendel,
05 Baraka,
08 Fernando Bob,
30 Giovanni (Fernando) e
10 Luis Ramírez (Magal);
11 Chiquinho e
28 Everton Santos (Dennis).
GO
LD
ZA
ZA
LE
MC
MC
MC
MC
AT
AT
24 Gallato;
02 Sueliton (Tony),
03 Matheus Ferraz,
13 Leonardo Moura e
06 Marlon;
25 Bruno Renan,
08 Élton e
11 Morais;
07 Lins,
21 Fabinho (Cassiano) e
19 Marcel (Douglas).
Coach: Jorginho Amorim Coach: Sílvio Criciúma
02
16
20
22
23
24
27
Artur
Ferron
Magal, aos 44’/2º
Fernando, aos 28’/2º
Rafinha
Edson Bastos (gk)
Dennis, no Intervalo
10
12
18
22
23
26
27
Douglas, aos 35’/2º
Helton Leite (gk)
Cassiano, aos 22’/2º
Ezequiel
Ozéia
Henik
Tony, aos 33’/2º
Observações
# Com esse resultado a Ponte classificou-se para as Quartas de Final.
# Esta é a 1ª vez que a Ponte Preta participa de uma competição internacional.
# Súmula – Match Report: www.conmebol.com/copa-sudamericana
# Referências: http://www.soccerway.com/copa-sul-americana
# Referências: www.wikipedia.org/Copa-Sul-Americana-2013
Tempo Normal Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altern. Final
0 x 0 0 x 0 0 x 0 3 x 3 1 x 0 4 x 3

.:: Seleção Brasileira ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol cinco vezes campeã mundial. Jogos amistosos oficiais e não oficiais; Eliminatórias da Copa; Copa do Mundo, Copa América, Copa das Confederações, Torneios, Torneio Pré-Olímpico, Jogos Olímpicos, Jogos Pan-Americanos; Seleção Brasileira Feminina, Sub 17, Sub 20 e muito mais confira: www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com

Ficha Tecnica: Coritiba (4) 1 x 0 (3) Vitória

.:: Copa Sulamericana 2013 ::.
Participantes do Brasil e a Taça – Crédito: www.lazeresportes.com
Ficha Tecnica
Coritiba 1 x 0 Vitória
Nas Penalidades: Coritiba FC 4 x 3 EC Vitória
Match Report
• Competição (Tournament): Copa Sulamericana 2013 – 2ª Fase – 2º Jogo
• Data (Date): Terça-Feira, 27 de Agosto de 2013 – 21:50 hs (de Brasília)
• Estádio (Stadium): Major Antônio Couto Pereira, em Curitiba/PR
• Público (Attendance): 7.443 pagantes (Total: 8.891) – Renda: R$ 83.908,00
• Árbitro (Referee): Paulo César de Oliveira (Fifa-SP)
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Altemir Hausmann (Fifa-SC)
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Kléber Lúcio Gil (Fifa-SC)
• 4º Árbitro (Fourth Oficial): Wilton Pereira Sampaio (FIFA-GO)
• Advertências (Cautions): Chico 5′, Júnior Urso 24′, Víctor Ramos 26′, Víctor Ferraz ht, Fabribio 49′, Marquinhos 64′, Leandro Almeida 69′ e Diogo Goiano 73′
• Expulsão (Sent Off): Nenhuma
Gols (Goals) Coritiba Gols (Goals) Vitória
1-0 Júlio César, a 1′ minuto/2º
Penalidades do Coritiba Penalidades do Vitória
1-1 Vítor Júnior 1-0 Fabrício
2-2 Bill 2-1 Luis Alberto
x-x Arthur (Perdeu) x-x Maxi Biancucchi (Perdeu)
x-x Victor Ferraz (Perdeu) x-x Pedro Oldoni (Perdeu)
3-3 Júlio César 3-2 Marquinhos
4-3 Gil x-x Elizeu (Perdeu)
Coritiba Football Club Esporte Clube Vitória
GO
LD
ZA
ZA
LE
MC
MC
MC
MC
AT
AT
01 Vanderlei;
02 Victor Ferraz,
04 Leandro Almeida,
25 Chico e
26 Diogo Goiano;
23 Junior Urso,
08 Gil,
07 Victor Junior e
11 Julio Cesar;
17 Geraldo (Arthur) e
13 Bill.
GO
LD
ZA
ZA
LE
MC
MC
MC
MC
AT
AT
01 Wilson;
28 Dimas,
03 Victor Ramos,
04 Fabrício e
06 Euller;
26 Luiz Alberto,
22 Eliseu,
30 Felipe Lima (Marquinhos) e
10 Renato Cajá (Vander);
07 Maxi Biancucchi e
09 Dinei (Pedro Oldoni).
Coach: Marquinhos Santos Coach: Caio Júnior
05
06
09
12
15
16
18
19
21
22
27
Luizinho
Raúl Iberbia
Vinicius
Vaná (gk)
Marcos Paulo
Zé Rafael
Darío Botinelli
Keirrison
Luccas Claro
Sergio Escudero
Arthur, aos 30’/2º
08
12
14
16
18
20
24
25
27
Luis Cáceres
Gustavo (gk)
Reniê
Edson Magal
Vander, aos 30’/2º
Pedro Oldoni, aos 5’/2º
Gabriel Soares
Matheus
Marquinhos, aos 16’/2º
Observações
# No tempo regulamentar o Coritiba venceu por 1 x 0; Como o Vitória, no jogo passado, havia vencido pelo mesmi placar a decisão foi para as penalidades e o Coritiba venceu por 4 x 3 e classificou-se para as Oitavas de Final.
# Súmula – Match Report: www.conmebol.com/copa-sudamericana
# Referências: www.soccerway.com/copa-sul-americana
# Referências: www.wikipedia.org/Copa-Sul-Americana-2013
Tempo Normal Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altern. Final
0 x 0 1 x 0 1 x 0 3 x 3 1 x 0 4 x 3

.:: Seleção Brasileira ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol cinco vezes campeã mundial. Jogos amistosos oficiais e não oficiais; Eliminatórias da Copa; Copa do Mundo, Copa América, Copa das Confederações, Torneios, Torneio Pré-Olímpico, Jogos Olímpicos, Jogos Pan-Americanos; Seleção Brasileira Feminina, Sub 17, Sub 20 e muito mais confira: www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com

Ficha Tecnica: Portuguesa/SP 1 x 2 Bahia

.:: Copa Sulamericana 2013 ::.
Participantes do Brasil e a Taça – Crédito: www.lazeresportes.com
Ficha Tecnica
Portuguesa 1 x 2 Bahia
Copa Sulamericana 2013 – Segunda Fase – Zona Brasileira
Match Report
• Competição (Tournament): Copa Sulamericana 2013 – 2ª Fase – 1º Jogo
• Data (Date): Quinta-Feira, 22 de Agosto de 2013 – 21:50 hs (de Brasília)
• Estádio (Stadium): Dr. Osvaldo Teixeira Duarte “Canindé”, em São Paulo/SP
• Público (Attendance): 1.178 pagantes – Renda: R$ 27.220,00
• Árbitro (Referee): Wilton Pereira Sampaio (GO)
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Márcio Santiago
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Kléber Gil
• Advertências (Cautions): Talisca 49′, Cañete 81′, Lucas Fonseca 85′ e Lima 89′
• Expulsão (Sent Off): Nenhuma
Gols (Goals) Portuguesa Gols (Goals) Bahia
1-1 Carlos Alberto, aos 15’/2º 1-0 Wallyson, aos 40’/1º
2-1 Obina, aos 45’/2º
Associação Portuguesa de Desportos Esporte Clube Bahia
GO
LD
ZA
ZA
LE
MC
MC
MC
MC
MC
AT
12 Glédson;
21 Correa,
03 Lima,
13 Diego Augusto e
16 Magal (Bergson);
17 Willian Arão (Aurélio),
30 Renan,
25 Jean Mota,
15 Carlos Alberto e
11 Cañete;
19 Bruno Moraes (Neílson).
GO
LD
ZA
ZA
LE
MC
MC
MC
AT
AT
AT
01 Marcelo Lomba;
02 Madson,
04 Lucas Fonseca,
03 Titi e
16 Raul (Jussandro);
15 Feijão,
17 Diones e
05 Rafael Miranda;
08 Ânderson Talisca (Freddy Adu),
11 Wallyson e
27 Obina.
Coach: Guto Ferreira Coach: Cristóvão Borges
14
18
20
22
23
24
28
Gustavo
Bergson, no Intervalo
Héverton
Tom (gk)
Alê
Aurelio, aos 29’/2º
Neilson, aos 32’/2º
06
12
19
20
23
28
29
Jussandro, aos 24’/2º
Omar (gk)
Juan Angulo
Fernandão
Freddy Adu, aos 19’/2º
Fabricio
Démerson
Observações
# Com esse resultado o Bahia joga por um empate, no próximo, para se classificar.
# A Portuguesa terá que vencer por dois gols de diferença para se classificar.
# Se a Portuguesa vencer por 2 x 1 a decisão será nas penalidades.
# Súmula – Match Report: www.conmebol.com/copa-sudamericana
# Referências: www.futebolinterior.com.br
# Referências: www.wikipedia.org/Copa-Sul-Americana-2013
Tempo Normal Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altern. Final
0 x 1 1 x 1 1 x 2

.:: Seleção Brasileira ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol cinco vezes campeã mundial. Jogos amistosos oficiais e não oficiais; Eliminatórias da Copa; Copa do Mundo, Copa América, Copa das Confederações, Torneios, Torneio Pré-Olímpico, Jogos Olímpicos, Jogos Pan-Americanos; Seleção Brasileira Feminina, Sub 17, Sub 20 e muito mais confira: www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com