Tricordiano Goleia Atlético Mineiro no Horto

O time de Três Corações surpreendeu e goleou o Galo no Horto;
Crédito: pordentrodeminas.com
Ficha Tecnica
Atletico 2 x 4 Tricordiano
Campeonato Mineiro de 2016
Ficha Tecnica
• Competição (Tournament): Campeonato Mineiro de 2016 – Primeira Fase – 11ª Rodada
• Data (Date): Domingo, 10 de Abril de 2016, as 16:00 hs (de Brasilia)
• Estádio (Stadium): Raimundo Sampaio “Independência”, em Belo Horizonte/MG
• Público (Attendance): Sem Registro – Renda: Sem Registro
• Árbitro (Referee): Felipe Fernandes de Lima (FMF)
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Ricardo Junio de Souza (FMF)
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Magno Arantes Lira (FMF)
• Quarto Árbitro (Fourth Oficial): Wágner Ferreira de Souza (FMF)
• Advertências (Cautions): Rodrigo 24′, Pablo 43′, Leandro Donizete 46′, Víctor 65′, Marcos 45’+3 e Arnold 45’+5
• Expulsão (Sent Off): Nenhuma (None)
Gols | Goals Gols | Goals
1-0 Juan Cazares, aos 27’/1º 1-1 Marcinho, aos 32’/1º
2-3 Robinho, aos 49’/2º 2-1 Juninho, aos 2’/2º
3-1 Marquinhos, aos 8’/2º
4-2 Arnold, aos 50’/2º
Clube Atletico Mineiro Clube Atletico Tricordiano
Go
Ld
Za
Za
Le
Mc
Mc
Mc
At
At
At
01 Victor
19 Carlos César
15 Edcarlos
26 Tiago
31 Mansur (Robinho)
08 Leandro Donizete
30 Eduardo
18 Lucas Cândido
11 Juan Cazares
23 Clayton
16 Pablo Diogo (Capixaba)
Go
Ld
Za
Za
Le
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Marcão
02 Rodrigo Paulista
04 Nilo
03 Carlos Bruno
06 Marquinhos
05 João Paulo
08 Bruno Moreno
07 Júnior Lemos
10 Juninho Arcanjo (Arnold)
11 Marcinho (Capela)
09 Léo Guerreiro (Dinei)
Diego Vicente Aguirre Paulo César Catanoce
07
32
34
35
36
37
38
39
41
Robinho, aos 10’/2º
Uilson Pedruzzi
Renan
Gabriel Costa
Yago Henrique
Alessandrp
Lucas Oliveira
Capixaba, no Intervalo
Lauro
12
13
14
15
16
17
18
20
Rogério (gk)
Adinaldo
Arnold, aos 38’/2º
Leonardo
Diego
Dinei, aos 23’/2º
Capela, aos 21’/2º
Dênis
Tempo Normal Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altnds Final
1 x 1 1 x 3 2 x 4

Resumo do Jogo

Inesperado! Assim foi o resultado no duelo de Galos na tarde deste domingo (10) no Independência. O Tricordiano levou a melhor sobre o Atlético, venceu por 4 a 2 e garantiu a sua permanência na elite do futebol mineiro. Nem o torcedor mais otimista da equipe do Sul de Minas poderia esperar um resultado igual a esse. Aliás, a torcida do Galo de Três Corações fez a sua festa no Horto. Os gols da partida foram marcados por Marcinho, Juninho, Marquinhos e Arnold. Já Juan Cazares e Robinho descontaram para o Galo de BH.

Mesmo com a derrota, o Atlético fechou a primeira fase do Campeonato Mineiro 2016 na vice-liderança com 20 pontos ganhos. Já o Tricordiano garantiu a sua permanência na elite do estadual e se despediu desta edição da competição na 7º colocação com 13 pontos e por pouco não conseguia ainda a classificação para a Série D do Brasileirão. Os outros times que fecharam o G-4 foram a URT, adversário atleticano na semifinal, o América e o Cruzeiro, que se enfrentam.

Aliás, o Galo já tem um desfalque certo para o primeiro jogo da semifinal do Mineiro. O volante Leandro Donizete levou o terceiro amarelo contra o Tricordiano e está fora. É provável que o jogo de ida entre Atlético e URT seja realizado no domingo que vem, dia 17, às 18h30, em Patos de Minas. Isso ainda deverá ser confirmado pela Federação Mineira de Futebol (FMF) nesta segunda-feira (11).

Apesar disso, antes de voltar a pensar no Mineiro, o Atlético agora foca 100% na Libertadores e enfrentará o Melgar-PER em jogo importante na próxima quinta-feira (14), às 19h30, no Mineirão. O Galo precisa vencer para não só garantir a classificação, mas também terminar na liderança do grupo 5. Boa parte dos ingressos já foram vendidos e a expectativa é de bom público no duelo entre mineiros e peruanos.

Tudo igual

O duelo de Galos no Independência começou meio lento. As principais chances do Tricordiano eram em chutes de longe. O Atlético também teve como melhor oportunidade no início uma cobrança de falta. Falta qualidade no passe para as duas equipes.

A primeira boa chance foi do Atlético aos 7 minutos, quando Cazares cobrou falta e Marcão espalmou bem para escanteio. O Tricordiano também assustou na bola parada com Juninho, ex-Atlético, cobrando no canto e a bola saindo com perigo perto do gol de Victor.

Mesmo com dificuldades para passar pela marcação do Tricordiano, que tava bem fechadinho atrás, o Atlético conseguiu abrir o placar. Aos 26 minutos, o árbitro Felipe Fernandes de Lima marcou pênalti de Nilo em Tiago após cruzamento na área. O equatoriano Juan Cazares cobrou com categoria e fez a festa da torcida atleticana. Mas a alegria alvinegra durou pouca.

O time do Sul de Minas conseguiu buscar o empate pouco depois. Aos 32 minutos, Juninho apareceu bem pela direita, rolou para área e Marcinho chutou prensado com Carlos César, a bola subiu e tirou o goleiro Victor do lance. Tudo igual no Independência e disputa contra o rebaixamento pegando fogo com o gol do Tricordiano.

Tricordiano faz a festa

O Atlético até tentou pressionar na etapa final, mas pecou demais nas finalizações e no último passe. O Tricordiano foi muito inteligente em campo, se manteve fechadinho e com muita velocidade definiu o jogo nos contragolpes. Nem mesmo as mudanças de Aguirre com as entradas de Capixaba e Robinho mudaram muita coisa em campo.

O Tricordiano virou o jogo logo no primeiro minuto do segundo tempo, quando Leandro Donizete derrubou Léo Guerreiro na área e o árbitro acabou marcando pênalti. Juninho cobrou com categoria e colocou o Galo do Sul de Minas na frente do placar. Pouco depois, veio o terceiro gol do time de Três Corações. Aos 8 minutos, Marquinhos apareceu bem pelo lado esquerdo e chutou direto ou tentou cruzar e a bola foi direta e surpreendeu Victor.

O Atlético até tentou diminuir o placar, mas não conseguiu caprichar na finalização. A primeira chance foi com Robinho, que arriscou chute para boa defesa de Marcão. Depois, Lucas Cândido acertou o travessão duas vezes em lances diferentes. Clayton também tentou, mas foi outro a parar no goleiro Marcão.

O Galo de BH até conseguiu voltar a balançar as redes depois de muito insistir . Já, aos 49 minutos, Após cruzamento na área e bate e rebate, Robinho completou para o gol. Porém, logo em seguida, o Tricordiano aproveitou-se de bobeira da defesa alvinegra para selar o placar. Arnold avançou pela esquerda, entrou na área e bateu forte cruzado para o fundo do gol. Resultado inesperado. Festa da equipe do Sul de Minas no final do jogo. (Fonte: pordentrodeminas.com)


.:: Seleção Brasileira de Futebol ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol cinco vezes campeã mundial. Jogos amistosos oficiais e não oficiais; Eliminatórias da Copa; Copa do Mundo, Copa América, Copa das Confederações, Torneios, Torneio Pré-Olímpico, Jogos Olímpicos, Jogos Pan-Americanos; Seleção Brasileira Feminina, Sub 17, Sub 20 e muito mais confira: www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: