Atlético Mineiro Atropela Villa Nova no Mineirão

Atlético Mineiro goleia Villa Nova no Mineirão pelo estadual;
Crédito: www.gazetaesportiva.com/Bruno-Cantini
Ficha Tecnica
Villa Nova 2 x 7 Atlético
Campeonato Mineiro 2016
Ficha Tecnica
• Competição (Tournament): Campeonato Mineiro 2016 – Primeira Fase – 10ª Rodada
• Data (Date): Sábado, 2 de Abril de 2016, as 16:00 hs (de Brasilia)
• Estádio (Stadium): Magalhães Pinto “Mineirão”, em Belo Horioznte/MG
• Público (Attendance): Sem Registro pagantes – Renda: R$ Sem Registro
• Árbitro (Referee): Igor Junio Benevenuto/MG (Aspirante FIFA)
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Celso Luiz da Silva/MG (CBF1)
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Sidmar dos Santos Neurer/MG (CBF2)
• Quarto Árbitro (Fourth Oficial): Leonardo Rotondo Pinto/MG (FMF)
• Advertências (Cautions): Clayton 29′, Rafael Morisco 33′, Tiago Baiano 42′, Soares 62′, Lucas Pratto 67′ e Leandro Donizete 78′
• Expulsão (Sent Off): Nenhuma (None)
Gols | Goals Gols | Goals
1-4 Soares, aos 6’/2º 1-0 Júnior Urso, aos 57″seg/1º
2-4 Mancini (pen), aos 8’/2º 2-0 Robinho, aos 21’/1º
3-0 Robinho, aos 27’/1º
4-0 Rafael Morisco (contra), 43’/1º
5-2 Robinho, aos 10’/2º
6-2 Lucas Pratto, aos 18’/2º
7-2 Lucas Partto, aos 37’/2º
Villa Nova Atlético Club Clube Atlético Mineiro
Go
Ld
Za
Za
Le
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Thiago Leal
02 Tiago Baiano
03 Thiagão
04 Rafael Morisco
18 Antônio Carlos (Boiadeiro)
05 Luis Felipe
08 Marielson (Jhonatas)
10 Mancini
11 Thiago Silvy (Roger Guerreiro)
09 Soares
07 Fábio Júnior
Go
Ld
Za
Za
Le
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
32 Uilson Pedruzzi
02 Marcos Rocha
03 Leonardo Silva (Edcarlos)
26 Tiago
06 Douglas Santos (Carlos César)
05 Rafael Carioca
08 Leandro Donizete
21 Júnior Urso
07 Robinho
23 Clayton (Capixaba)
09 Lucas Pratto
Coach: Wilson Gottardo Coach: Diego Aguirre
06
12
13
14
15
16
17
19
20
21
23
Marcelo
Fabiano (gk)
Dênio
Joseph
Marcelo Rosa
Jhonata, no Intervalo
Boiadeiro, aos 39’/2º
Márcio
Roberson
Róger Guerreiro, no Intervalo
Luis Guilherme
15
16
18
19
30
31
35
36
39
41
Edcarlos, aos 19’/2º
Pablo Diogo
Lucas Cândido
Carlos César, aos 19’/2º
Eduardo
Mansur
Gabriel Costa
Yago Henrique
João Víctor, aos 26’/2º
Lauro (gk)
Observações
# Com esse resultado o Atlético Mineiro classificou-se para as semifinais;
# Villa Nova: Camisa listrada em Vermelho-Branco, Calção Branco e Meias Brancas;
# Atlético: Camisa listrada em Preto-Branco, Calção Preto e Meias Pretas;
# Links Externos (External Links): www.soccerway.com/matches
# Links Externos (External Links): sge.esumula.com.br/sumulas/Sumula-do-Jogo.pdf
# Todos os Jogos da Seleção Brasileira: jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com
Tempo Normal Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altnds Final
0 x 4 2 x 3 2 x 7

Confira Como foi o Jogo

Após passar em branco no clássico do último final de semana, quando foi derrotado pelo Cruzeiro, o Atlético Mineiro encarou o Villa Nova e venceu de goleada. Com bela atuação de Robinho, autor de três gols, e artilheiro do Campeonato Mineiro, o Galo venceu por 7 a 2 e se classificou para a semifinal da competição.

Em jogo de nove gols, o Atlético teve um início arrasador. Com apenas 50 segundos de jogo, Junior Urso fez o primeiro gol da partida. A partir daí, a estrela de Robinho começou a brilhar, e o atacante anotou dois gols em sequência. O quarto gol também saiu dos pés de Robinho, mas contou com um desvio da zaga, antes de morrer no fundo das redes. Já na segunda etapa, o Villa Nova descontou com dois gols, um deles anotado por Mancini. O Galo respondeu com mais um gol de Robinho. Em seguida, o argentino Lucas Pratto fez mais dois e fechou a conta: 7 a 2.

Com o resultado, o Atlético chegou a 20 pontos e garantiu vaga na semifinal da competição. Já o Villa Nova, segue com 14 pontos e ainda sonha com a classificação, restando apenas uma rodada.

O jogo:

O Atlético-MG precisou de apenas 50 segundos para abrir o marcador. O goleiro Thiago Leal salvou a primeira finalização do Galo e mandou para escanteio. Na cobrança, Junior Urso subiu no terceiro andar e testou para o fundo das redes. Após o revés sofrido, o Villa Nova conseguiu se encontrar na partida. O placar só se manteve inalterado por conta do goleiro Uilson, de apenas 21 anos, que substituía o titular Victor, e o reserva imediato Giovanni. Aos 17 minutos, Thiago Silvy finalizou de fora da área e o goleiro espalmou. Um minuto depois, em cobrança de falta em dois toques, Fábio Junior soltou uma bomba e Uilson realizou grande defesa em dois tempos.

O Villa Nova seguia melhor na partida, enquanto o Galo não conseguia encaixar o contra-ataque. A chance para ampliar saiu dos pés de Robinho. Após receber do camisa 7, Douglas Santos cruzou, a bola desviou e o goleiro Thiago Leal realizou grande defesa, porém, a redonda se apresentou livre para Robinho, que só teve o trabalho de rolar para o fundo do gol.

A tarde estava mesmo sorrindo para Robinho. O árbitro Igor Junio Benevenuto assinalou falta dentro da área defensiva do Villa Nova. O marcador foi cobrar rápido e acabou mandando no pé de Robinho, que mostrou a velha habilidade e encobriu o goleirão. Golaço do atacante!

O Galo ampliou antes de ir para os vestiários. Robinho levantou a bola para a área e o zagueiro Rafael Morisco cabeceou contra o próprio patrimônio para anotar o quarto gol do Atlético na partida.

Para quem achava que o 4 a 0 no placar iria fazer com que o segundo tempo fosse ser morno, estava muito enganado. O Villa Nova buscou a reação na segunda etapa. Logo aos seis minutos, Mancini deu belo passe para o atacante Soares, que apostou na velocidade e tocou na saída do goleiro Uilson.

Um minuto depois, Roger Guerreiro foi derrubado dentro da área e o juiz assinalou pênalti. O camisa 10 Mancini, ex-Inter de Milão, se encarregou da cobrança e não desperdiçou, anotando o segundo do time da casa. Em respeito ao Atlético, time que o revelou, o meio-campista não comemorou.

Com o susto sofrido, o Galo voltou a ser superior na partida, e Robinho voltou a brilhar. Marcos Rocha cobrou lateral para o meio da área e a bola sobrou para o atacante, que marcou seu terceiro gol na partida, e trouxe de volta a tranquilidade para o Atlético. Após o gol, os visitantes foram mais agudos. Depois de grande defesa de Thiago Leal, no lance seguinte, Marcos Rocha foi segurado dentro da área e o juiz viu a penalidade máxima. Na cobrança, Lucas Pratto soltou um foguete – sexto do Galo.

Mesmo com a elástica vantagem no placar, o Atlético queria mais – e conseguiu. O argentino Lucas Pratto aproveitou bobeada da zaga, driblou três marcadores, e com categoria, tocou na saída do goleirão. Golaço do Galo, que fechou a conta no Mineirão: 7 a 2. (Fonte: Gazeta Esportiva)


.:: Seleção Brasileira de Futebol ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol cinco vezes campeã mundial. Jogos amistosos oficiais e não oficiais; Eliminatórias da Copa; Copa do Mundo, Copa América, Copa das Confederações, Torneios, Torneio Pré-Olímpico, Jogos Olímpicos, Jogos Pan-Americanos; Seleção Brasileira Feminina, Sub 17, Sub 20 e muito mais confira: www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: