Times do Estado do Amazonas


.:: Times do Amazonas ::.

Federação Amapaense de Futebol – FAF
Primeira Divisão Cidade Fundação
1 Nacional Fast Clube Manaus 08/07/1930
2 Holanda Esporte Clube Rio Preto da Eva 21/10/2007
3 Esporte Clube Iranduba da Amazônia Iranduba 18/01/2011
4 Nacional Futebol Clube Manaus 13/01/1913
5 Penarol Atlético Clube Itacoatiara 08/08/1947
6 Princesa do Solimões Esporte Clube Princesa do Solimões 18/08/1971
7 Atlético Rio Negro Clube Manaus 13/11/1913
8 São Raimundo Esporte Clube Manaus 18/11/1918
9 Sul América Esporte Clube Manaus 01/05/1932
10 Esporte Clube Tarumã Manaus 1974
Segunda Divisão Cidade Fundação
11 Centro de Desenvolvimento Comunitário Manicoré Manicoré 30/05/2007
12 Atlético Clíper Clube Manaus 01/06/1952
13 Manaus Futebol Clube Manaus 05/05/2013
14 Clube Nacional Borbense Manaus 01/01/1989
15 Operário Esporte Clube Manacapuru 10/06/1982

.:: Álbum de Escudos ::.

# Consta aqui somente os clubes em atividade no campeonato estadual.
# Para adquirir um ÁLBUM EM PDF com todos esses escudos e muitos outros que não consta nesta lista ao preço de 10 reais entre em contato, comigo: paulocesar008@gmail.com

.:: Um Pouco de História ::.

Início
Sabe-se por meio de fatos comprovados que no Antigo campo do Luso, onde hoje assenta-se o Ginásio Renê Monteiro e terras circunvizinhas à Ponte dos Bilhares na Avenida Constantino Nery haviam jogos disputados entre os ingleses que residiam em Manaós (grafia da época). Os amazonenses começaram a se interessar e também a praticar o novo esporte.

Naquele tempo, o futebol era tão desconhecido, que os jornais da época só falavam do Velódromo de Manaus. Mesmo assim, aqui ou acolá havia alguma referência ao FOOTBALL praticado pelos marinheiros, empresários e despachantes ingleses.

Em 1906 oficialmente pode-se datar como o primeiro ano que realmente houve detalhes de partidas entre os britânicos. Neste mesmo ano surgia o Campo do Parque Amazonense, mas só que para corridas de cavalos e alguns outros esportes diversos.

Onde hoje localiza-se uma famosa farmácia de Manaus, nas esquinas da Avenida Constantino Nery com Rua Leonardo Malcher havia a antiga sede dos Ingleses, que depois foi adquirida pelo Olímpico Clube. Durante algum tempo o Pequeno Estádio General Osório que hoje pertence ao Colégio Militar de Manaus, no Centro da cidade serviu de palco para jogos de FOOTBALL. O Parque Amazonense surgiu na década de 10 para o futebol e tinha capacidade de público para no máximo 12 mil espectadores; foi até 1973 a principal praça desportiva, seguida da Colina, de propriedade do São Raimundo que era o segundo estádio.

Nas redondezas do “Centro – Histórico” do Futebol amazonense, localiza-se o Bosque Clube, que tem ascendência inglesa nos seus anais. Do Campo do Luso só restou saudades. O Igarapé (Mindú e da Cachoeira) que passa no local, delimita duas áreas que no final do Séc. XIX foi palco dos primeiros jogos na capital baré.

Hoje, nessa mesma avenida Constantino Nery localiza-se o majestoso estádio Vivaldo Lima, a aproximadamente 2 km desse local, mais para o Norte da cidade. Inaugurado em 1970 é a principal Praça Desportiva de Manaus com capacidade de público aproximada de 50.000 pessoas (hoje). É chamado também de “Coliseu do Norte”, “Tartarugão” e “Vivaldão”. lembremos que antes da grande reforma de 1995, no Vivaldão cabiam 58.000 torcedores.

O Amazonas, principalmente pelo cosmopolitismo de Manaus foi um dos primeiros pontos do Brasil a receber o Futebol. Pouca gente sabe, mas o Nacional, Fundado em 1913; Rio Negro, 1913; São Raimundo, 1918; Luso, 1912, etc… Quando surgiram já foram estreando no futebol.

Federação
A Federação Amazonense de Futebol foi fundada no dia 26 de Setembro de 1960, tendo como seus fundadores, Ismael Benigno (São Raimundo Esporte Clube), Joaquim Paulino Gomes (Nacional Futebol Clube), Agnelo Amorim (Atlético Rio Negro Clube), Orleans Tupinambá Nobre (Nacional Fast Clube), Dr. Arthur Teixeira Alves(América Futebol Clube), Damião Ribeiro(Sul América Esporte Clube), Manoel Marques (União Esportiva Portuguesa), Raimundo Nonato da Silva Mota, Luiz Alberto Aguiar, João Batista Guerra, Mário Bittencourt Guimarães, Luiz Gonzaga de Souza e Dr. Flaviano Limongi, sendo este último eleito o primeiro presidente da entidade.

Antes de ganhar esta denominação, o futebol amazonense teve várias ligas:
– A Liga amazonense de Foot – ball foi fundada em 15 de janeiro de 1914 que, em janeiro de 1916, passou a ser denominada de Liga Amazonense de Sport Athléticos (LASA), que durou apenas 1 ano.
– F.A.D.A. (Federação Amazonense de Desportos Atléticos) que foi fundada em 21 de Novembro de 1917, tendo como primeiro presidente o Dr. Aristóteles Melo.

Desde 1914 até 2008, 92 Edições foram disputadas do Campeonato Amazonense de Futebol, pois em 1924/ 25/ 26 não houveram disputas. Nesse período, 44 Equipes já participaram do Campeonato Amazonense. Somente duas vezes o interior levou o título – em 2005 o Grêmio Atlético Coariense (do munícipio de Coari) e em 2008 com o Holanda Esporte Clube (do município do Rio Preto da Eva).
Em 1926, houve um torneio promovido pela F.A.D.A. ,porém não oficial.

Entre os clubes campeões da primeira divisão, O Auto Esporte, UE Portuguesa, Cruzeiro do Sul e Manaos Athletic, todos com dois títulos, e Rodoviária, Santos e Manaos Sporting com um título cada estão extintos.

Clássicos Amazonenses
Os maiores clássico do futebol do Amazonas envolvem os cinco maiores ganhadores de títulos do estado: Nacional, Rio Negro, São Raimundo. Fast Clube e Sul América.

O Rio-Nal envolve o Nacional Futebol Clube e o Atlético Rio Negro Clube e é disputado desde 1914, sendo o mais antigo do estado.

O clássico Pai e Filho envolve o Nacional FC e o Nacional Fast Clube. Leva este nome porque o Fast Clube foi fundado por um grupo de dissidentes do Nacional. É disputado desde 1931.

O Fas x Rio, entre Fast Clube e Rio Negro, tem muita tradição e é disputado desde 1931.

O Clássico do Galo Preto e Tufão x Sulão envolve o São Raimundo e o Sul América e foi disputado pela primeira vez em 1933. O sugestivo nome dá ênfase aos trabalhos e rituais de Umbanda muito presente nos bairros da Glória (Sul América) e do São Raimundo, doravante o uso de galinhas pretas nos “trabalhos” – ambos os clubes são da Zona Oeste de Manaus.

O Clássico Azul (SãoNal) – São Raimundo x Nacional – ganhou este nome nos últimos anos em face dos clubes estarem “sempre” chegando as finais.

O Rio Negro e o São Raimundo ganhou, nos últimos anos, o apelido de Clássico da Luta.

Clubes do Amazonas no Brasileiro da Série A
Nacional: 1972, 1973, 1974, 1975, 1976, 1977, 1978, 1979, 1980, 1981, 1982, 1984, 1985, 1986
Rio Negro: 1973, 1974, 1975, 1976, 1979, 1983
Fast Clube: 1977, 1978, 1979

Maiores Goleadas
07/06/1959 – Sul América 16 x 0 Guarany
28/12/1957 – Olímpico 14 x 1 Independência
24/05/1942 – Nacional 13 x 0 Independência
19/04/1914 – Nacional 12 x 0 Rio Negro
27/12/1947 – Olímpico 11 x 1 Independência
26/04/1942 – Nacional 11 x 1 Tijuca

Clubes do Amazonas na Copa do Brasil
Nacional: 1992, 1994, 1995, 1996, 1997, 1999, 2000, 2001, 2003, 2004, 2006, 2007, 2008, 2010, 2012.
São Raimundo: 1998, 1999, 2000, 2001, 2002, 2003, 2005.
Rio Negro: 1989, 1990, 1991, 2000, 2002, 2004.
Grêmio Coariense: 2005, 2006.
Fast Clube: 2007, 2008, 2009, 2011.
Peñarol: 2011, 2012.
Sul América: 1993.
Holanda: 2009.
América: 2010. (Fonte: Campeões do Futebol)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: