05/05/2013 – Santa Cruz 1 x 0 Sport

Flávio caça-Rato chuta em gol na vitória do Santa na primeira final;
Crédito: www.gazetapress.com/W.Correia-Neto/Gazeta-Press
Ficha Tecnica
Santa Cruz 1 x 0 Sport
Final do Campeonato Pernambucano de 2013
Ficha Tecnica
• Competição (Tournament): Campeonato Pernambucano de 2013 – Final – 1º Jogo
• Data (Date): Domingo, 5 de Maio de 2013, às 16:00 hs (Hora Local)
• Estádio (Stadium): Santa Cruz FC – José do Rêgo Maciel “Arruda”, em Recife/PE
• Público (Attendance): 38.201 pagantes – Renda: R$ 754.620,00
• Árbitro (Referee): Nielson Nogueira Dias/PE
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Elan Vieira De Souza/PE
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Marlon Rafael/PE
• Quarto Árbitro (Fourth Oficial): Sem Registro (No Registry)
• Advertências (Cautions): Tobi 25′, William Alves 58′ e Reinaldo 76′
• Expulsão (Sent Off): Nenhuma (None)
Gols | Goals Gols | Goals
1-0 Dênis Marques, aos 38’/1º
Santa Cruz Futebol Clube Sport Club do Recife
Go
Ld
Za
Za
Le
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
Tiago Cardoso
Everton Sena
William Alves
Renan Fonseca (Nininho)
Tiago Costa
Ânderson Pedra
Luciano Sorriso
Raul
Renatinho (Sandro Manoel)
Flávio Caça-Rato (Caio Tavera)
Dênis Marques
Go
Ld
Za
Za
Le
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
Magrão
Cicinho (Moacir)
Gabriel
Maurício
Reinaldo
Tobi
Rithely
Lucas Lima
Marcos Aurélio (Érico Jr)
Felipe Azevedo
Felipe Menezes (Sandrinho)
Técnico: Marcelo Martelotte Técnico: Sérgio Guedes
1
2
3
4
5
6
7
Nininho, aos 21’/2º
Sandro Manoel, aos 27’/2º
Caio Tavera, aos 42’/2º
Tozo
André Dias
Danilo Bastos
Fred (gk)
1
2
3
4
5
6
7
Moacir, aos 23’/2º
Érico Júnior, aos 23’/2º
Sandrinho, aos 33’/2º
Mateus Lima
Mateus Alves
Fábio Bahia
Saulo (gk)
Tempo Normal Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altnds Final
1 x 0 0 x 0 1 x 0
# Com esse reesultado o Santa Cruz joga por um empate, no próximo jogo, pra ser campeão;
# Magrão defendeu um pênalti cobrado por Dênis Marques, aos 31’/2º tempo;
# O Sport terá que vencer por qialquer placar pra ser campeão;
# Santa Cruz: Camisa Tricolor Coral, Calção Preto e Meias Pretas;
# Sport: Camisa, Calção e Meia Brancas com detalhes Vermelho-Preto;
# Links Externos (External Links): www.gazetapress.com/galeria-de-imagens-da-final
# Links Externos (External Links): www.globoesporte.globo.com/finais-dos-estaduais
# Links Externos (External Links): www.globoesporte.globo.com/o-jogo-em-tempo-real

.:: Galeria de Imagens ::.
O atacante Dênis Marques marcou o gol da vitória do Santa Cruz;
Crédito: www.gazetapress.com/Aldo-Carneiro-Costa/Gazeta-Press
O atacante Dênis Marques marcou o gol da vitória do Santa Cruz;
Crédito: www.gazetapress.com/Aldo-Carneiro-Costa/Gazeta-Press

Santa Larga na Frente

A semana começa feliz para o lado tricolor de Pernambuco. O Santa Cruz venceu o Sport por 1 a 0, no Arruda, e arrancou na frente na briga pelo título do Campeonato Pernambucano. Agora, basta à Cobra Coral empatar na Ilha do Retiro, no próximo dia 12, para garantir o tricampeonato estadual. Caso alcance o feito, será o terceiro título seguido em cima dos rubro-negros. O embate deste domingo teve um público de 38.201 torcedores para uma renda de R$ 754.620.

O gol que fez a torcida do Santa Cruz deixar feliz o estádio saiu dos pés de Dênis Marques. Sumido em campo boa parte do jogo, o atacante coral precisou de uma única jogada, aos 38 minutos do primeiro tempo, para mostrar que o faro de artilheiro está em dia. O Sport chegou perto de balançar as redes, sobretudo com Marcos Aurélio, mas os chutes a gol pararam nas mãos do goleiro Tiago Cardoso. No segundo tempo, Dênis Marques teve a chance de ampliar o placar de pênalti, mas Magrão acertou o canto e defendeu o chute.

Se quiser conquistar o 40º título de campeão pernambucano de sua história e colocar fim à sina de “tri-vice” diante do Santa Cruz, o Sport precisará vencer o duelo com o Tricolor na Ilha do Retiro por qualquer placar. Dessa forma, as duas equipes precisarão fazer um terceiro jogo no dia 19 de maio com o mando de equipe pertencente ao time que tiver o melhor saldo de gols nas finais.

Antes de voltar a encarar o Santa Cruz no dia 12, o Sport entrará em campo na quarta-feira, dia 8, pela Copa do Brasil. O Leão vai jogar contra o ABC-RN, em Natal, pela Copa do Brasil às 22h. Os tricolores terão a semana livre para descansar e treinar antes do clássico com os rubro-negros, pois só jogam no torneio nacional no dia 15. Até os 13 minutos de jogo, apenas o Santa Cruz havia chutado a gol. Luciano Sorriso, em cobrança de falta, e Renatinho, de voleio, arriscaram nos minutos iniciais. A primeira tentativa efetiva do Sport saiu apenas aos 14 minutos com Marcos Aurélio. Dois minutos depois, por muito pouco, Rithely não abriu o placar. O volante rubro-negro costurou a defesa coral, entrou na área, ficou de frente para o gol e chutou cruzado. Ele só não acertou as redes porque o goleiro Tiago Cardoso pulou no canto certo.

O goleiro do Santa Cruz apareceu bem aos 28 minutos quando pulou de forma certeira novamente e evitou que Marcos Aurélio, em cobrança de falta, acertasse as redes. A resposta coral surgiu com Renatinho, aos 32, mas a bola passou por cima do gol. Aos 35, Marcos Aurélio, ficou frente a frente com a barra, mas errou ao tentar arrematar de primeira e perdeu outra grande chance para o Sport.

Parecia que o Sport estava mais perto do gol, mas só parecia. Aos 38 minutos, Dênis Marques, que estava sumido no jogo e não tinha tocado na bola, mostrou por que é o ídolo da torcida do Santa Cruz. O predador coral, como é chamado, recebeu a bola na entrada da área após um belo toque de calcanhar de Flávio Caça-Rato, escolheu o canto, e abriu o placar no Clássico das Multidões.

O Sport, por precisar empatar, e o Santa Cruz, de olho em ampliar a vantagem, marcaram presença na área adversária desde o reinício da partida. Antes dos 5 minutos, os goleiros de cada time já haviam entrado em ação. Aos 14, Marcos Aurélio, que tinha protagonizado os melhores lances rubro-negros na etapa inicial, acertou o travessão tricolor após uma cobrança de falta. Depois desse lance, os visitantes seguiram pressionando, mas ora paravam na zaga coral, ora conseguiam apenas um escanteio.

Aos 31 minutos, uma nova explosão de alegra da torcida do Santa Cruz nas arquibancadas do Arruda. O árbitrou Nielson Nogueira Dias viu pênalti do lateral Reinaldo no meia Raul. Dênis Marques, aos 34, foi para a cobrança, mas Magrão pulou no canto direito e impediu o segundo gol coral. A defesa encheu os rubro-negros de moral, mas o time não conseguiu furar a defesa rival até o apito final, aos 48 minutos. (Fonte: Globo Esporte)


.:: Seleção Brasileira de Futebol ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol cinco vezes campeã mundial. Jogos amistosos oficiais e não oficiais; Eliminatórias da Copa; Copa do Mundo, Copa América, Copa das Confederações, Torneios, Torneio Pré-Olímpico, Jogos Olímpicos, Jogos Pan-Americanos; Seleção Brasileira Feminina, Sub 17, Sub 20 e muito mais confira: www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: