18/04/2013 – Sporting Cristal 1 x 0 Palmeiras

Mesmo perdendo o Palmeiras classificou-se me primeiro lugar em seu grupo;
Crédito: globoesporte.globo.com/Foto/AFP
Ficha Tecnica
S. Cristal 1 x 0 Palmeiras
Copa Libertadores da América de 2013
Ficha Tecnica
• Competição (Tournament): Copa Libertadores de 2013 – 1ª Fase – Grupo 2 – 6ª Rodada
• Data (Date): Quinta-Feira, 18 de Abril de 2013, as 19:45 hs (de Brasilia)
• Estádio (Stadium): Miguel Grau, em Callao (Peru)
• Público (Attendance): Sem Registro (No Registry)
• Árbitro (Referee): Enrique Roberto Osses Zencovich (Chile)
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Carlos Alexis Astroza Cárdenas (Chile)
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Sergio Mauricio Román Retamal (Chile)
• Quarto Árbitro (Fourth Oficial): Manuel Garay Evia (Chile)
• Advertências (Cautions): Cazulo 48′, Valverde 51′, Sinho 67′, Charles 70′ e Maikon 87′
• Expulsão (Sent Off): Nenhuma (None)
Gols | Goals Gols | Goals
1-0 Irven Ávila , aos 3’/2º
Club Sporting Cristal Sociedade Esportiva Palmeiras
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Diego PENNY
16 Marcio VALVERDE
13 Renzo REVOREDO
15 Nicolás AYR
23 Jorge CAZULO
19 Eduardo URIBE
27 Carlos LOBATÓN (Sheput)
07 Horacio CALCATERRA
11 Irven ÁVILA
09 Hernán RENGIFO (Carpio)
24 Júnior ROSS (Chiroque)
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
25 Fernando Prass
02 Ayrton
15 Vilson
04 Maurício Ramos
26 Marcelo Oliveira (Tiago Real)
18 Márcio Araújo
28 Charles (Maikon Leite)
08 Souza
06 Juninho
27 Sinho (Wendel)
29 Caio Mancha
Coach: Roberto Mosquera Coach: Gilson Kleina
02
03
10
12
22
26
28
Martin CARPIO, aos 41’/2º
Marcos ORTIZ
Renzo SHEPUT, aos 32’/2º
Luis ARAUJO (gk)
William CHIROQUE, aos 12’/2º
Irwing ACUÑA
Edinson CHÁVEZ
01
07
13
14
22
23
30
Bruno (gk)
Maikon Leite, aos 26’/2º
Wendel Santos, aos 30’/2º
Luiz Gustavo
Weldinho
Tiago Real, aos 20’/2º
Bruno Dybal
Tempo Normal Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altnds Final
0 x 0 1 x 0 1 x 0
# Mesmo perdendo o Palmeiras classificou-se para as Oitavas de Final em 1º lugar;
# O Palmeiras irá enfrentar o Club Tijuana, do México, nas Oitavas de Final;
# Sporting Cristal: Camisa Azul, Calção Azul e Meias Brancas;
# Palmeiras: Camisa Verde, Calção Verde e Meia Verdes (Adidas);
# Links Externos (External Links): www.conmebol.com/copa-libertadores/fichas
# Links Externos (External Links): www.soccerway.com/south-america/copa-libertadores
# Links Externos (External Links): globoesporte.globo.com/futebol-internacional
Classificação Geral do Grupo
Clube PG J V E D GP GC SG
• Sociedade Esportiva Palmeiras (Brasil) 9 6 3 0 3 5 5 0
• Clube Atlético Tigres (Argentina) 9 6 3 0 3 9 10
• Club Libertad (Paraguai) 8 6 2 2 2 10 9 1
• Club Sporting Cristal (Peru) 8 6 2 2 2 8 8 0

Crônica do Jogo

Sabem o tão falado clima de Libertadores? Jogos tensos, pressão da torcida, ambiente hostil e muita raça? Esqueçam tudo quando falarem de Sporting Cristal x Palmeiras, disputado nesta quinta-feira, em Lima, no Peru. Um dos jogos de Libertadores com menos cara de Libertadores que já se viu. Nem a cara do Palmeiras foi a mesma das últimas cinco vitórias. Longe do time aguerrido que os empolgados torcedores apoiaram, da organização e do bom futebol, a equipe foi derrotada por 1 a 0 (veja os melhores momentos no vídeo). O resultado, porém, não alterou a situação do Verdão, que avança às oitavas de final na liderança grupo 2. Até os 45 minutos do segundo tempo, o Tigre vencia o Libertad por 5 a 2, e garantia a ponta no saldo. Só que o terceiro tento paraguaio, já nos acrescimos, recolocou o time alviverde na primeira colocação. No primeiro mata-mata, o Verdão vai enfrentar o Tijuana, do México. As datas ainda serão definidas pela Conmebol.

Palmeiras e Tigre terminam a primeira fase com nove pontos. O time brasileiro tem saldo zero. Os argentinos ficaram com menos um. Essa é a diferença que fez o gol do Libertad.

A vinte minutos de os times entrarem no gramado do estádio Miguel Grau, nenhum torcedor estava na arquibancada. Nenhum! Só funcionários, convidados e loiras estonteantes com pequenas blusinhas dos patrocinadores da competição. Os portões foram abertos, e cerca de 300 pessoas entraram. E nem para ficarem juntos… Um bloco de peruanos no centro da arquibancada, outro atrás do gol, e palmeirenses do outro lado.

No camarote reservado para o Sporting Cristal, apenas uma mulher. Ninguém do clube. Já a comitiva palmeirense, inclusive o presidente Paulo Nobre, sentou-se nas cadeiras numeradas, logo abaixo das câmeras de televisão. De uma cabine de imprensa confortável, mas sem luz, os jornalistas brasileiros relataram a partida.

Em campo, muitos erros de finalizações, posicionamento, marcação… Erros que o Verdão terá de corrigir para as oitavas de final, ainda sem datas confirmadas. Antes disso, domingo, pegará o Ituano para tentar melhorar sua posição na última rodada da primeira fase do Paulistão – atualmente é quinto, com 34 pontos.

Com o desfalque de Ronny, vetado em razão de uma amigdalite, o Palmeiras teve Caio e Emerson adiantados, e a falta de entrosamento prejudicou demais o setor ofensivo. Os lances de perigo dependiam do apoio dos jogadores de meio e do lateral Ayrton, que, por exemplo, recebeu bom lançamento em profundidade, mas teve de finalizar sem ângulo porque não havia ninguém na área.

Já no eliminado Sporting, nada tinha muita qualidade, mas tudo parecia ser mais bem pensado. A começar pelos volantes Lobatón (e que time peruano não tem um Lobatón?) e Cazulo, e pela visão de jogo de Calcaterra. Ele achou Ávila livre na área após vacilo de Vilson, mas Fernando Prass impediu o gol. A outra grande chance foi de Rengifo. A bola caiu em seus pés no chute de Cazulo. Sozinho, girou por cima do gol palmeirense.

Já agasalhadas porque a temperatura baixa bastante quando cai a noite no Peru, as loiras seguiam passando por trás da diretoria, dos torcedores, e sendo fotografadas. Poucos queriam saber do jogo. Até no time do Palmeiras. Havia um buraco no meio, e Maurício Ramos atuava pelo lado esquerdo da zaga, algo que não está acostumado. O Verdão foi para o intervalo, e os resultados até então apontavam o Tijuana, do México, como adversário alviverde nas oitavas.

Na precária iluminação do estádio, escolhido porque o Nacional, primeira opção, recebeu um show de rock na véspera, e o Alberto Gallardo, casa do Sporting, nem refletores possui, o Palmeiras também foi opaco. Escuro. E a substituição do técnico Roberto Mosquera ainda melhorou sua equipe. Chiroque substituiu Ross, e a marcação palmeirense teve mais um para se preocupar. Ele abriu espaço para Ávila, de longe, acertar belo chute de esquerda e acertar o ângulo esquerdo alto de Prass.

Golaço que parte da torcida festejou com os instrumentos de bandinha de colégio, outra aplaudiu com um ar blasé, como se fosse um winner de Novak Djokovic. O narrador local, estranhamente, só gritou um minuto depois. O Tigre logo fez 4 a 2, e a liderança do Palmeiras ficou no fio da navalha. Mais um gol dos argentinos ou do Sporting jogaria o Verdão para baixo.

Mas os comandados de Kleina seguiram passivos, e os anfitriões marcando com todos os jogadores no campo de defesa, à espera de um contra-ataque que não veio. O técnico, então, resolveu mostrar que queria a vitória. Tirou dois jogadores defensivos, Marcelo Oliveira e Charles, para a entrada do meia Tiago Real e do atacante Maikon Leite. Saiu dos pés deles a melhor chance brasileira. Tiago, pela esquerda, invadiu a área e cruzou para Maikon bater por cima.

Gol! Do Tigre… E lá se foi o Palmeiras para a segunda colocação. Talvez por isso os atletas passaram a ocupar o campo ofensivo com mais intensidade, mas não foram felizes na armação e nas conclusões. Mesmo sem conseguir fazer sua parte, o Verdão ganhou um presente inesperado nos acréscimos, com o terceiro gol do Libertad em Assunção, fato que recolocou o alviverde na primeira colocação do grupo 2.

# Fonte: globoesporte.globo.com/Reportagem/Alexandre-Lozetti


.:: Seleção Brasileira de Futebol ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol cinco vezes campeã mundial. Jogos amistosos oficiais e não oficiais; Eliminatórias da Copa; Copa do Mundo, Copa América, Copa das Confederações, Torneios, Torneio Pré-Olímpico, Jogos Olímpicos, Jogos Pan-Americanos; Seleção Brasileira Feminina, Sub 17, Sub 20 e muito mais confira: www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: