Tabela da Copa do Mundo de 1950

.:: Copa do Mundo FIFA ::.
.:: Brasil 1950 ::.
A Copa do Mundo FIFA de 1950 foi a 4ª edição da Copa do Mundo FIFA de Futebol, que ocorreu de 24 de junho até 16 de julho. O evento foi sediado no Brasil, tendo partidas realizadas nas cidades de Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro e São Paulo. Pela rimeira, e única vez, a Copa do Mundo foi decidida em Quadranhular com pontos corridos. Fonte: wikipedia.org
• País-Sede: Brasil
• Cidades: 6, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro e São Paulo.
• Participantes: 13 (16 classificadas)
• Período de Disputa: de 24 de Junho à 26 de Julho de 1950
• Total de Jogos: 22
• Gols Marcados: 88
• Média de Gols: 4,00 gols por partida
• Público Total: 1.045.246 expectadores
• Média de Público: 47.511 expectadores por partida
Campeão Vice 3º Lugar 4º Lugar
Estádios
Estádio Cidade Estado Capacidade
• Maracanã Rio de Janeiro Rio de Janeiro 199,854
• Pacaembu São Paulo São Paulo 60,000
• Independência Belo Horizonte Minas Gerais 30,000
• Durival de Britto Curitiba Paraná 10,000
• Estádio dos Eucaliptos Porto Alegre Rio Grande do Sul 20,000
• Ilha do Retiro Recife Pernambuco 10,000
# Estádio Jornalista Mário Filho “Maracanã”.
# Estádio Paulo Machado de Carvalho “Pacaembu”;
# Estádio Raimundo Sampaio “Independência”, atual Arena Indepedência;
# Estádio Durival de Brito e Silva, atual Vila Capanena.
# Estádio Ildo Meneghetti “Dos Eucalipitos”, foi demolido em fevereiro de 2012;
# Estádio Estádio Adelmar da Costa Carvalho “Ilha do Retiro”.

.:: Tabela de Jogos ::.

GRUPO A
24.06.1950 – Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro
Brasil 4 x 0 México
• Ademir Menezes 30′
• Jair Rosa Pinto 65′
• Baltazar 71′
• Ademir Menezes 79′
Match
25.06.1950 – Estádio Independência, Belo Horizonte
Iugoslávia 3 x 0 Suiça
• Rajko Mitić 59′
• Kosta Tomašević 70′
• Tihomir Ognjanov 75′
Match
28.06.1950 – Estádio do Pacaembu, São Paulo
Brasil 2 x 2 Suiça
• Alfredo 3′
• Baltazar 32′
Match • Jacques Fatton 17′
• Jacques Fatton 88′
28.06.1950 – Estádio dos Eucaliptos, Porto Alegre
Iugoslávia 4 x 1 México
• Stjepan Bobek 19′
• Željko Čajkovski 22′
• Željko Čajkovski 62′
• Kosta Tomašević 81′
Match • Héctor Ortiz (p) 89′
01.07.1950 – Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro
Brasil 2 x 0 Iugoslávia
• Ademir Menezes 4′
• Zizinho 69′
Match
01.07.1950 – Estádio dos Eucaliptos, Porto Alegre
Suiça 2 x 1 México
• Rená Bader 10′
• Charles Antenen 44′
Match • Horacio Casarín 89′
Classificação Geral do Grupo A
Seleção P J V E D GP GC S
• Brasil (Flávio Costa) 5 3 2 1 0 8 2 6
• Iugoslávia (M. Arsenijuvic) 4 3 2 0 1 7 3 4
• Suiça (Franco Andreoli) 3 3 1 1 1 4 6 -2
• México (Octavio Vial) 0 3 0 0 3 2 10 -8
# Classificado para o Quadrangular Final: Brasil

GRUPO B
25.06.1950 – Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro
Inglaterra 2 x 0 Chile
• Stan Mortensen 27′
• Wilf Mannion 51′
Match
25.06.1950 – Estádio Durival de Britto, Curitiba
Espanha 3 x 1 Estados Unidos
• Silvestre Igoa 81′
• Estanislao Basora 83′
• Telmo Zarra 89′
Match • Gino Pariani 17′
29.06.1950 – Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro
Espanha 2 x 0 Chile
• Estanislao Basora 17′
• Telmo Zarra 30′
Match
29.06.1950 – Estádio Independência, Belo Horizonte
Estados Unidos 1 x 0 Inglaterra
• Joe Gaetjens 38′ Match
02.07.1950 – Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro
Espanha 1 x 0 Inglaterra
• Telo Zarra 48′ Match
02.07.1950 – Estádio Ilha do Retiro, Recife
Chile 5 x 2 Estados Unidos
• George Robledo 16′
• Fernando Riera 32′
• Atilio Cremaschi 54′
• Andrés Prieto 60′
• Atilio Cremaschi 82′
Match • Frank Wallace 47′
• Joe Maca 48′ (p)
Classificação Geral do Grupo B
Seleção P J V E D GP GC S
• Espanha (Guillermo Eizaguirre) 6 3 3 0 0 6 1 5
• Inglaterra (W.Winterbottom) 4 3 2 0 1 7 3 4
• Chiie (Arturo Bucciardi) 2 3 1 0 2 5 6 -1
• EUA (Bill Jeffrey) 2 3 1 0 2 4 8 -4
# Classificado para o Quadrangular Final: Espanha.

GRUPO C
25.06.1950 – Estádio do Pacaembu, São Paulo
Suécia 3 x 2 Itália
• Hasse Jeppson 25′
• Sune Andersson 33′
• Hasse Jeppson 68′
Match • Riccardo Carapellese 7′
• Hermes Muccinelli 75′
29.06.1950 – Estádio Durival Britto, Curitiba
Paraguai 2 x 2 Suécia
• Atilio López 35′
• César López Fretes 74′
Match • Stig Sundqvist Goal 17′
• Karl-Erik Palmér 26′
02.07.1950 – Estádio do Pacaembu, São Paulo
Itália 2 x 0 Paraguai
• Riccardo Carapellese 12′
• Egisto Pandolfini 62′
Match
Classificação Geral do Grupo C
Seleção P J V E D GP GC S
• Suécia (George Raynor) 3 2 1 1 0 5 4 1
• Itália (Ferruccio Novo) 2 2 1 0 1 4 3 3
• Paraguai (Fleitas Solich) 1 2 0 1 1 2 4 -2
• Índia (Desistiu)
# Classificado para o Quadrangular Final: Suécia

GRUPO D
24.06.1950 – Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro
Uruguai 8 x 0 Bolivia
• Oscar Míguez 14′
• Ernesto Vidal 18′
• Juan Alberto Schiaffino 23′
• Oscar Míguez 45′
• Oscar Míguez 56′
• Juan Alberto Schiaffino 59′
• Julio Pérez 73′
• Albides Ghiggia 83′
Match
Classificação Geral do Grupo A
Seleção P J V E D GP GC S
• Uruguai (Juan López) 2 1 1 0 0 8 0 8
• Bolivia (Mario Pretto) 0 1 0 0 1 0 8 -8
• França (Desistiu)
# Classificado para o Quadrangular Final: Uruguai

Quadrangular Final
09.07.1950 – Estádio do Pacaembu, São Paulo
Uruguai 2 x 2 Espanha
• Alcides Ghiggia 29′
• Obdulio Varela 73′
Match
0 x 0
• Estanislao Basora 37′
• Estanislao Basora 39”
09.07.1950 – Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro
Brasil 7 x 1 Suécia
• Ademir Menezes 17′
• Ademir Menezes 36′
• Chico 39′
• Ademir Menezes 52′
• Ademir Menezes 58′
• Maneca 85′
• Chico 88′
Match • Sune Andersson 67′ (p)
13.07.1950 – Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro
Brasil 6 x 1 Espanha
• Ademir Menezes 15′
• Jair Rosa Pinto 21′
• Chico 31′
• Chico 55′
• Ademir Menezes 57′
• Zizinho 67′
Match • Silvestre Igoa 71′
13.07.1950 – Estádio do Pacaembu, São Paulo
Uruguai 3 x 2 Suécia
• Alcides Ghiggia 39′
• Oscar Míguez 77′
• Oscar Míguez 85′
Match • Karl-Erik Palmér 5′
• Stig Sundqvist 40′
06.07.1950 – Estádio do Pacaembu, São Paulo
Suécia 3 x 1 Espanha
• Stig Sundqvist 15′
• Bror Mellberg 33′
• Karl-Erik Palmér 80′
Match • Zarra 82′
06.07.1950 – Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro
Brasil 1 x 2 Uruguai
• Friaça 47′ Match • Juan Alberto Schiaffino 66′
• Alcides Ghiggia 79′
# Com esse resultado o Uruguai sagtou-se Campeãi Mundial pela 2ª vez.
Classificação Geral do Grupo A
Seleção P J V E D GP GC S
• Uruguai (Juan López) 5 3 2 1 0 7 5 2
• Brasil (Flávio Costa) 4 3 2 0 1 14 4 10
• Suécia (George Raynor) 2 3 1 0 2 6 11 -5
• Espanha (Guillermo Eizaguirre) 1 3 0 1 2 4 11 -7
# Campeão: Uruguai.

Principais Artilheiros da Competição
Artilheiro Atleta Seleção G J
1 • Ademir Menezes Brasil 9 6
2 • Oscar Míguez Uruguai 5 4
3 • Alcides Ghiggia Uruguai 4 4
4 • Chico Brasil 4 4
5 • Estanislao Basora Espanha 4 6
6 • Zarra Espanha 4 6
7 • Juan Schiaffino Uruguai 3 4
8 • Karl-Erik Palmer Suécia 3 5
Chuteira de Ouro Chuteira de Prata
Ademir Menezes Estanislao Basora Oscar Miguez
(Brasil) (Espanha) (Uruguai)


Cauzos da Copa
• Brasil 7 x 1 Suécia e Brasil 6 x 1 Espanha foram as duas maiores goleadas da seleção em Copas.
O iugoslavo Rajko Mitić bateu a cabeça em uma viga do vestiário minutos antes do jogo contra o Brasil. O atacante foi obrigado a entrar em campo com atraso. Azar da Iugoslávia. Enquanto Mitić ainda estava no vestiário para receber seu curativo, o Brasil fez 1 x 0.
Durante a Segunda Guerra Mundial, Jules Rimet transferiu a sede da Fifa de Paris para Zurique como forma de evitar a influência nazista. Falava-se que havia um plano de Hitler para levar a entidade a Berlim.
Várias seleções desistiram de participar da Copa, como França, Turquia, Portugal, Escócia e até Índia e Birmânia. Em geral, os países se sentiram desencorajados pelo custo da viagem até o Brasil. Mas o caso da Escócia foi raro. Superados pelos ingleses nas Eliminatórias, os escoceses achavam que não havia motivos para disputar um torneio no qual participaria a Inglaterra.
Com a não-participação da França, Bélgica e Romênia, que haviam participado de todas as Copas anteriores, o Brasil se tornou o único país do mundo a enviar sua seleção a todas as edições do Mundial, marca que dura até os dias atuais.
A vitória da seleção amadora dos Estados Unidos sobre a Inglaterra é considerada a maior zebra da história das Copas, e talvez do futebol mundial. Os ingleses participavam pela primeira vez de um Mundial e chegaram ao Brasil como um dos times favoritos ao título. Enquanto isso, os norte-americanos tinham uma equipe amadora, formada basicamente por carteiros, lavadores de prato e imigrantes. O autor do gol foi Gaetjens, nascido no Haiti. Em 2005, foi lançado um filme sobre a partida, Duelo de Campeões.
Enquanto o Brasil goleava a Espanha, o público cantava a marchinha “Touradas de Madri”, composta por João de Barro, o Braguinha, em 1938.
• Curiosamente, o gol que Ghiggia marcou contra a Suécia foi originada de uma jogada na direita, onde ele ganhou na corrida do lateral-esquerdo sueco, chutando na saída do goleiro. De um jeito semelhante, ele fez o gol do título na final contra o Brasil no Maracanã, quatro dias depois.
Cerca de 200 mil pessoas (cerca de 10% da população carioca na época) foram ao Maracanã para ver a decisão contra o Uruguai. Seria o maior público da história do futebol se não houvesse “apenas” 173.850 pagantes. Com isso, Brasil x Paraguai das Eliminatórias para a Copa de 1970, com 183.341, é o maior público oficial do futebol.
Jornais da época dizem que a torcida, após a virada uruguaia, continuou incentivando a seleção brasileira, o que vai contra a lenda de que o Maracanã se silenciou nos minutos finais.
A Itália tentou defender seu título com uma equipe fraca devido ao desastre de Superga, acidente aéreo que matou todo o time do Torino (base da Azzurra) em 1949.
Existe uma lenda no Maracanã que, devido a quantidade de pessoas na final (200.000 presentes), as pessoas tinham que ficar em pé e de lado para que coubesse todos no estádio.
O Cruzeiro de Porto Alegre foi o primeiro clube do mundo a ter sua camiseta usada em uma Copa do Mundo de Futebol. Isto ocorreu na partida entre México e Suíça, disputada no Estádio dos Eucaliptos em Porto Alegre. Ambas seleções tinham fardamentos vermelhos e era preciso distingui-los. Os mexicanos jogaram listrados de azul e branco e a Suíça venceu por 2-1.
As nações britânicas puderam competir, tendo se reunido à FIFA quatro anos antes, após 17 de auto-exílio. Foi decidido que o 1949-50 Home Championship seriviria de eliminatória, com o campeão e vice se classificando. A Inglaterra terminou em primeiro e a Escócia em segundo, mas os escoceses optaram por não participar da Copa. Só o fariam se tivessem conquistado o primeiro posto.
Turquia e Índia, desistiram de participar da copa após se classificarem. A Índia não foi pois a FIFA não permitiu que eles jogassem descalços. França e Portugal foram convidados para repor as vagas, mas declinaram. Incialmente a França concordou em jogar, mas depois reclamou que as partidas de seu grupo compreenderiam uma distância de mais de 3.000 quilômetros. Os franceses disseram aos brasileiros que não sairiam de casa se isto não fosse mudado. A Federação Brasileira recusou e a França desistiu. Sendo assim, ainda que 16 times estivessem originalmente previstos, somente 13 tomaram parte no torneio.
Fonte: wikipedia.org/

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: