Brasil 2 x 0 Itália

Brasil Desempata Confronto

Felipe Melo (ex-Flamengo), estreante, foi um dos destaques do amistoso. (Fonte:CBF)

Ø 10/02/2009 – Brasil 2 x 0 Itália
● Competição: Amistoso Interestadual
● Data: Terça-Feira, 10 de Fevereiro de 2009 – 17:50 (Horário de Verão de Brasília)
● Estádio: do Arsenal FC – Emirates Stadium (Londres, Inglaterra)
● Público/Renda: mais de 62.000 ingressos vendidos
● Árbitro: Howard WEBB (Inglaterra)
● Auxiliares: Fhillip SHARP (ING) e Peter KIRBKUP (ING)
● 4º Árbitro: sem registro
● Cartões Amarelos: Perrota, Grosso e ZAMBROTTA (ITA).
● Expulsão: Não Houve
● Gols: (1-0) Elano 12’/1º e (2-0) Robinho 26’/1º.
Ø BRASIL [BRAZIL] Ø ITÁLIA [ITALY]
● [01] Julio César;
● [02] Maicon,
● [03] Lúcio [Cap],
● [04] Juan (Thiago Silva) e
● [06] Marcelo;
● [08] Gilberto Silva (Josué),
● [05] Felipe Melo,
● [07] Elano (Daniel Alves) e
● [10] Ronaldinho Gaúcho;
● [11] Robinho (Julio Baptista) e
● [09] Adriano (Alexandre Pato).
● [01] Gianluigi BUFFON;
● [02] Gianluca ZAMBROTTA,
● [04] Nicola LEGROTTAGLIE,
● [05] Fabio CANNAVARO [Cap] e
● [03] Fabio GROSSO;
● [06] Daniele DE ROSSI (Aquilani),
● [08] Riccardo MONTOLIVO (Perrota) e
● [10] Andrea PIRLO (Dossena);
● [07] Simone PEPE (Camoranesi)
● [09] Alberto GILARDINO (Toni) e
● [11] Antonio DI NATALE (Rossi).
● [TC] DUNGA [4-4-2] ● [TC] Marcelo LIPPI [4-3-3]
● [13] Daniel Alves {24/2º}
● [15] Thiago Silva {32/2º}
● [18] Alexandre Pato {35/2º}
● [17] Josué {43/2º}
● [19] Julio Baptista {43/2º}
● [16] Mauro CAMORANESI {Intervalo}
● [17] Giuseppe ROSSI {Intervalo}
● [18] Simone PERROTA {Intervalo}
● [20] Luca TONI {Intervalo}
● [19] Alberto AQUILANI {12/2º}
● [15] Andrea DOSSENA {29/2º}
Ø obs: Com esse resultado o Brasil desempatou o confronto com 6 Vitórias, 5 Derrotas e 2 Empates, 21 gols do Brasil e 19 da Itália. Vale lembrar que estes números são somente de partidas entra as seleções principais, ficando de fora jogos das seleções sub 23 ou Olímpicas.
Ø Uniformes Utilizados no Jogo:
Ø (BRA) Camisa Manga-Longa Amarela, Calção Azul e Meia Branca (Nike).
Ø (ITA) Camisa Manga-Longa Azul, Calção Branco e Meia Azul (Puma).

Sem Kaká, Brasil vence a apática Itália , LANCEPRESS! – Seleção apresenta um futebol convincente contra a atual campeã mundial

LANCEPRESS!

Apesar dos olhares de desconfiança lançados sobre a Seleção – com Elano no lugar de Kaká e Felipe Melo na vaga de Josué -, o Brasil venceu a Itália por 2 a 0 na tarde desta terça-feira com relativa tranquilidade no Emirates Stadium. No entanto, fica a dúvida se o passeio da Seleção se deu por conta de uma tarde inspirada dos comandados de Dunga ou do desempenho pífio da Azurra.

Confira as imagens da partida

A atual campeã mundial começou o jogo pressionando a Seleção que, encolhida, deu a impressão de que cederia logo ao poderio da equipe adversária. Mas, por sorte, quando isso aconteceu, logo aos três minutos de partida, De Rossi estava impedido. A Itália seguiu insistindo, principalmente pela lateral esquerda, onde o Brasil demonstrou franca fragilidade defensiva.

Ainda desorganizado, o Brasil se aproveitou de uma aparente e inexplicada falta de fôlego do adversário para abrir o placar. Em jogada iniciada por Ronaldinho Gaúcho, Elano, em uma arrancada de dar inveja ao próprio Kaká, tabelou com Robinho e, cara a cara com o goleiro, não desperdiçou.

A Azurra, que até então só ameaçava nas jogadas de bola aérea, sentiu o gol. Para piorar, o Brasil finalmente acertou sua marcação nas laterais, engessando qualquer possibilidade de reação da Itália já prejudicada pela falta de criatividade de seu meio-de-campo, representada em Pirlo.

O meia da Azurra, apático durante toda a apresentação, marcou bobeira na grande área permitindo que Robinho recuperasse a posse de bola. O atacante brasileiro deslocou três dentro da área e, em chute cruzado, marcou 2 a 0. Pirlo, Zambrotta e Legrottaglie apenas assitiram ao brasileiro pedalar antes de chutar para o gol.

E o bom desempenho de Robinho não se resumiu ao lance do gol. Ele, com Ronaldinho Gaúcho, assumiu a responsabilidade de articular o meio-de-campo da Seleção e deu conta do recado. A acusação de que teria estuprado uma jovem inglesa não comprometeu o o futebol do jogador do Manchester City.

Com a vantagem no placar, o Brasil ficou à vontade. Ronaldinho Gaúcho quase marcou minutos depois do segundo gol, em cobrança de falta na entrada da área.

O chute de efeito do ex-melhor do mundo foi prontamente respondido por De Rossi, também em chute forte à distância, a exemplo de Elano, que quase marcou mais um aos 38 minutos.

No segundo tempo, o técnico Marcello Lippi fez três alterações de uma só vez na volta do intervalo. Camoranese, Perrotta e Luca Toni entraram mas não conseguiram mudar a configuração da partida. A Itália só assustou aos 39 minutos, com Luca Toni recebeu passe da linha de fundo, se adiantou dentro da pequena área e tocou pro gol. Júlio César, no reflexo, evitou o único gol italiano.

(CRédito: lancepress)

GLOBOESPORTE.COM

Com a vitória, o Brasil completou uma sequência de sete partidas sem perder. A última derrota foi em 15 de junho de 2008, 3 a 0 para o Paraguai. Depois, a equipe teve três empates de 0 a 0 e triunfos sobre Chile (3 a 0), Venezuela (4 a 0), Portugal (6 a 2) e agora Itália. O próximo jogo da seleção brasileira é no dia 29 de março, contra o Equador, em Quito, pelas eliminatórias.

• Dunga, que espanta a sombra de Luiz Felipe Scolari com o resultado, surpreendeu ao escalar Felipe Melo, convocado pela primeira vez, como titular no meio-campo. Sem Kaká, machucado, o técnico optou ainda por Elano, que completou o setor com Gilberto Silva e Ronaldinho Gaúcho.

• A formação deu certo. Felipe Melo teve bom desempenho, apesar da falta de entrosamento, e Elano acabou abrindo o placar. No ataque, Robinho desequilibrou ainda no primeiro tempo, com um golaço. Ronaldinho participou bem, principalmente na etapa inicial, mas Adriano não brilhou e saiu para a entrada de Alexandre Pato no segundo tempo.

Sequência de Invencibilidade da seleção:

18/06/2008 – Brasil 0 x 0 Argentina (Eliminatórias)
07/09/2008 – Chile 0 x 3 Brasil (Eliminatórias)
10/09/2008 – Brasil 0 x 0 Bolívia (Eliminatórias)
12/10/2008 – Venezuela 0 x 4 Brasil (Eliminatórias)
15/10/2008 – Brasil 0 x 0 Colômbia (Eliminatórias)
19/11/2008 – Brasil 6 x 2 Portugal (Amistoso)
10/02/2009 – Brasil 2 x 0 Itália (Amistoso)

(Crédito: globoesporte.com)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: