Copa Sul-Americana de 2008

Copa Sul-Americana 2008
Participantes Brasileiros
Clube Cidade Estádio
1 – Clube ATLÉTICO MINEIRO
2 – Clube ATLÈTICO PARANAENSE
3 – BOTAFOGO de Futebol e Regatas
4 – GRÊMIO Foot-Ball Porto-Alegrense
5 – Sport Club INTERNACIONAL
6 – Sociedade Esportiva PALMEIRAS
7 – SÃO PAULO Futebol Clube
8 – Clube de Regatas VASCO DA GAMA
Belo Horizonte (MG)
Curitiba (PR)
Rio de Janeiro (RJ)
Porto Alegre (RS)
Porto Alegre (RS)
São Paulo (SP)
São Paulo (SP)
Rio de Janeiro (RJ)
Mineirão
Arena da Baixada
Engenhão
Olímpico
Beira-Rio
Palestra Itália
Morumbi
São Januário


Fichas dos jogos dos times brasileiros participantes da Copa Sul-Americana de 2008.

Grupo 11 – Atlético Paranaense 0 x 0 São Paulo

Estádio: Joaquim Américo “Arena da Baixada”, Curitiba (PR)
Data/hora: 12/8/2008, às 20h10 (de Brasília) – Jogo de Ida
Árbitro: Alício Pena Júnior (Fifa-MG)
Assistentes: Milton Otaviano dos Santos (Fifa-RN) e Dibert Pedrosa (Fifa-RJ)
Renda/público: não disponíveis
Cartões amarelos: Alan Bahia, Rodriguinho (APR); Eric, Bruno (SAO)
Cartões vermelhos: nenhum
Gols: (0-0)

ATLÉTICO-PR:
Galatto, Alex Fraga, Chico (Pedro Oldoni, 38’/2ºT) e Antônio Carlos; Nei, Alan Bahia, Rodriguinho, Júlio dos Santos e Márcio Azevedo; Ferreira e Anderson Aquino (Kelly, 23’/2ºT). Técnico: Tico dos Santos.

SÃO PAULO:
Bosco, Aislan, Juninho e Anderson; Rafael (Éder, 19’/2ºT), Wellington, Bruno, Júnior e Cazumba; Eric (Roni, 19’/2ºT) e Mazola (Alex Bruno, 43’/2ºT). Técnico: Muricy Ramalho.

Grupo 12 – Internacional/RS 1 x 1 Grêmio

Estádio: Beira-Rio (Porto Alegre, RS)
Data-hora: Qurta-Feira, 13/08/08 – 22 h (de Brasília) – Jogo de Ida
Árbitro: Sálvio Fagundes Filho (SP)
Auxiliares: Ednílson Corona (SP) e Emerson Carvalho (SP)
Renda e público: R$ 619.655,00 / 28.921
Cartão Amarelo: Edinho (INT); Amaral, Jean, Thiego, Hélder, Adilson, Marcelo Grohe (GRE)
Cartão Vermelho: Não houve
Gols: Daniel Carvalho, (Pênalti) 14’/2º (1-0); Léo, (Cabeça) 19’/2º (1-1)

INTERNACIONAL:
Clemer, Indio, Bolivar, Sorondo (Marcão, Intervalo); Wellington Monteiro (Rosinei, 23’/2ºT), Edinho, Guiñazú, Rosinei, D’Alessandro e Gustavo Nery; Adriano e Daniel Carvalho (Luiz Carlos, 23’/2ºT). Técnico: Tite.

GRÊMIO:
Marcelo Grohe, Leo, Jean e Thiego (Adilson, 10’/2ºT); Rudnei (Soares, 25’/2ºT), Amaral, Makelelê, Souza e Hélder; André Luiz e Reinaldo(Réver, 47/2ºT) Técnico: Celso Roth.

OBS: Com esse resultado o Grêmio joga por um 0 x 0 no próximo jogo para ficar com a vaga.

Grupo 13 – Vasco 3 x 1 Palmeiras

Estádio: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: Qurta-Feira, 13/8/2008 – 16h (de Brasília) – Jogo de Ida – TV G e B
Árbitro: Leonardo Gaciba (Fifa-RS)
Auxiliares: Altemir Hausmann (Fifa-RS) e Roberto Braatz (Fifa-PR)
Renda/público: R$ 11.355,00 / 954 pagantes
Cartões amarelos: Bruno Gallo e Vilson (VAS); Élder Granja e Kléber (PAL)
GOLS: Alan Kardec, 23’/1ºT (1-0); Jefferson, 24’/2ºT (1-1); Mateus, 7/2ºT (2-1); Madson, 40’/2ºT (3-1).

VASCO:
Roberto, Marcus Vinícius, Ânderson, Vilson e Edu; Mateus (Rodrigo Antônio, 34’/2ºT), Victor, Bruno Gallo (Wagner Diniz, 18’/2ºT)e Madson; Alex Teixeira e Alan Kardec (Jorge Luiz, 38’/2ºT). Técnico: Tita.

PALMEIRAS:
Bruno, Élder Granja, Gustavo, Gladstone e Jefferson; Sandro Silva (Jumar, intervalo), Maurício (Diego Souza, intervalo), Léo Lima, Maicossuel; Denilson (Lenny, 24’/2ºT) e Kléber. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

OBS: Com esse resultado o Vasco joga pelo empate ou poderá até perder por 1 gol de diferença no próximo jogo para ficar com a vaga para a segunda fase.

Grupo 14 – Botafogo 3 x 1 Atlético Mineiro

Local: Estádio Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 14 de agosto de 2008, quinta-feira
Horário: 20h10 (de Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (PR)
Assistentes: Alessandro Rocha (Fifa) e Milton dos Santos (Fifa-RN)
Cartões amarelos: Túlio Souza, André Luís e Eduardo (Botafogo); Leandro Almeida e Rafael Miranda (Atlético)
Gols: (1-0) Marques 16’/1º; (1-1) Carlos Alberto (falta) 46’/1º; (2-1) Eduardo 39’/2º e (3-1) Carlos Alberto 47’/2º tempo.

BOTAFOGO:
Castillo; Thiaguinho(Eduardo), Renato Silva, André Luis e Triguinho; Túlio(Túlio Souza), Diguinho, Carlos Alberto e Zé Carlos; Gil e Fábio(Lucas Silva). Técnico: Ney Franco

ATLÉTICO-MG:
Edson; Mariano, Leandro Almeida, Marcos e Renan; Rafael Miranda, Márcio Araújo, Serginho(Yuri) e Petkovic(Tcho); Marques(Rafael Aguiar) e Jael. Técnico: Marcelo Oliveira

OBS: Com esse resultado o Botafogo joga pelo empate no próximo jogo, podendo perder por até 1 x 0 para classificar-se para a fase seguinte.

Grupo 11 – São Paulo [3] 0 x 0 [4] Atlético-PR

Estádio: Morumbi, São Paulo (SP)
Data/hora: 27/8/2008 – 22h (de Brasília)
Árbitro: Wagner Tardelli (Fifa-SC)
Auxiliares: Erik Bandeira (FIFA-PE) e Moisés Dibert Pedrosa (FIFA-RJ)
Renda/público: R4 64.705,00 e 3.252 pagantes
Cartões amarelos: Wellington (SÃO); Antônio Carlos (APR)
Cartões vermelhos: Nenhum
pênaltis: Rogério Ceni, Sérgio Mota, Bruno (SP); Antônio Carlos, Danilo, Fernando, Pedro Oldoni (APR)
Perderam: Juninho e Oscar (SP); Alan Bahia (APR)

SÃO PAULO:
Rogério Ceni, Anderson, Juninho e Aislan; Éder, Bruno, Wellington (Vitor Júnior, 42’/2ºT), Oscar e Cazumba; Mazola e Sérgio Mota. Técnico: Muricy Ramalho.

ATLÉTICO-PR:
Vinícius, Danilo, Antonio Carlos e Alex Fraga; Rodriguinho, Renan, Alan Bahia, Chico (Fernando, 40’/2ºT) e Márcio Azevedo; Anderson Aquino e Pedro Oldoni. Técnico: Mario Sérgio.

OBS: Com essa vitória nos pênaltis, o Atlético classificou-se para as Oitavas de Final

Grupo 14 – Atlético Mineiro 2 x 5 Botafogo

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data/hora: 27/08/2008, às 22h
Árbitro: Evandro Rogério Roman (SP)
Auxiliares: Altemir Hausmamm (RS) Emerson de Carvalho (SP)
Renda/público: R$ 43.975,00 / 5.081 pagantes
Cartões Amarelos: Jael, Vinícius, Serginho e Leandro Almeida (ATL); Andre Luis (BOT)
Cartões Vermelhos: Serginho, 33’/2ºT
GOLS: Lucio Flavio, 21’/1ºT (1-0); Lucio Flavio, 28’/1ºT (2-0); Jorge Henrique, 1’/2ºT (3-0); Lenílson, 14’/2ºT (1-3); Carlos Alberto, 19’/2ºT (1-4); Lenílson, 36’/2ºT (2-4); Leandro Almeida (contra), 40’/2ºT (2-5)

ATLÉTICO-MG:
Edson, Mariano, Vinícius, Leandro Almeida, e Luís Gustavo (Renan, intervalo); Denílson (Gedeon, 20’/2ºT), Márcio Araújo, Serginho e Lenílson; Pedro Paulo (Rafael Aguiar, 12’/2ºT) e Jael – Técnico: Marcelo Oliveira

BOTAFOGO:
Castillo, Thiaguinho (Alessandro, intervalo), Renato Silva (Ferrero, 16’/2ºT), Andre Luis e Triguinho; Diguinho (Zé Carlos, intervalo), Túlio, Lucio Flavio e Carlos Alberto; Jorge Henrique e Gil – Técnico: Ney Franco

OBS: Com esse resultado o Botafogo passou para as Oitavas de Final

Grupo 12 – Grêmio 2 x 2 Internacional/RS

Estádio: Olímpico (Porto Alegre, RS)
Data/hora: 28/08/2008 – 19h20 (de Brasília)
Árbitro: Leonardo Gaciba (RS)
Auxiliares: Roberto Braatz (PR) e Alessandro Rocha (BA)
Cartão Amarelo: Jean, Willian Magrão, Hélder (GRE); Indio, Guiñazú, Clemer, Daniel Carvalho (INT)
Cartão Vermelho: Não houve
Gols: Nilmar, 2’/2ºT (0-1); Indio, 25’/2ºT (0-2); Perea, 39’/2ºT (1-2); Soares, 43’/2ºT (2-2)

GRÊMIO:
Marcelo Grohe; Leo, Jean e Amaral (Adilson, 15’/2ºT); Makelelê (Perea, 30’/2ºT), William Magrão, Orteman, Souza, Rudnei (Andre Luis, 3’/2ºT) e Hélder; Soares. Técnico: Celso Roth.

INTERNACIONAL:
Clemer; Indio, Bolívar e Marcão; Ricardo Lopes (Andrezinho, 46’/2ºT), Magrão, Guiñazú, D’Alessandro (Edinho, 28’/2ºT) e Gustavo Nery; Nilmar e Taison (Daneil Carvalho, 25’/2ºT). Técnico: Tite.

OBS: Como no jogo anterior terminou em 1 x 1, o Inter classificou-se, para a próxima fase, por ter marcado um gol a mais na casa do adversário.

Oitvas de Final

Grupo 2 – América de Cali (COL) 1 x 0 Botafogo

Estádio: Pascual Guerrero, Cáli (COL)
Data/hora: 24/9/2008 – 22h (de Brasília)
Árbitro: Víctor Hugo Rivera (PER)
Auxiliares: Luis Abadie (PER) e Johnny Bossio (PER)
Renda/público: sem registro
Cartões amarelos: Cortéz, Valdés e Córdoba (AME); Triguinho, Túlio e André Luis (BOT)
Cartões vermelhos: –
GOL: Ramos, 27’/2ºT (1-0)

AMÉRICA DE CÁLI:
Berbia, Vélez, Valdés (Velandia, 43’/2ºT), Tavima e González; Valencia, Córdoba, Arango (Moreno, 17’/2ºT) e Ramos; Cortés e Parra – Técnico: Diego Umaña.

BOTAFOGO:
Castillo, Thiaguinho (Alessandro, 12’/2ºT), Renato Silva, Andre Luis e Triguinho (Zé Carlos, 44’/2ºT); Diguinho, Túlio, Lucio Flavio e Carlos Alberto; Jorge Henrique (Lucas Silva, 33’/2ºT) e Wellington Paulista – Técnico: Ney Franco.

Grupo 2 – Botafogo 3 x 1 América de Cali (COL)

Estádio: Engenhão, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 01/10/2008 – 22h (de Brasília)
Árbitro: Carlos Chandía (CHI)
Auxiliares: Lorenzo Acuña (CHI) e Sergio Román (CHI)
Renda/público: R$ 48.737,00 / 10.864 pagantes
Cartões amarelos: Wellington Paulista (BOT)
Cartões vermelhos: não houve
GOLS: Wellington Paulista, 32’/1ºT (1-0); Carlos Alberto, (Bicicleta) 5’/2ºT (2-0); Wellington Paulista, 11’/2ºT (3-0); Vélez, 31’/2ºT (3-1)

BOTAFOGO:
Castillo, Alessandro, Renato Silva, Andre Luis e Triguinho (Zé Carlos, 36’/2ºT); Diguinho (Leandro Guerreiro, 45’/2ºT), Túlio, Lucio Flavio e Carlos Alberto; Jorge Henrique e Wellington Paulista (Fábio, 39’/2ºT) – Técnico: Ney Franco

AMÉRICA DE CÁLI:
Berbia; Vélez, Valdés, Tavima e Armero; Valencia, Córdoba, Otálvaro (Arango, 36’/2ºT) e Cortés; Parra (Moreno, 28’/2ºT) e Ramos – Técnico: Diego Umaña

OBS: Com essa vitória o Botafogo classificou-se para as Quartas de Final.

Grupo 4 – Chivas Guadalajara (MEX) 2 x 2 Atlético-PR

Local: Estádio Jalisco, Guadalajara (MEX)
Data e hora: 24/09/2008, às 22h (de Brasília)
Árbitro: Carlos Galeano (PAR)
Auxiliares: Manuel Bernal (PAR) e Emigdeo Ruiz Roa (PAR)
Cartões Amarelos: Reynoso, Mejía (CHI); Rodriguinho, Anderson Aquino, Alan Bahia, Vinícius (APR)
Cartões Vermelhos: não houve
GOLS: Pedro Oldoni, 1’/1ºT (0-1); Arellano, 6’/1ºT (1-1); Antônio Carlos, 14’/2ºT (1-2); Medina, 17’/2ºT (2-2);

CHIVAS:
Sergio Rodríguez; Mejía (Fabián, 15’/2ºT), Magallón e Reynoso; Esparza (Medina, intervalo), Araujo, Pineda, Olvera e Morales (Ávila, 26’/2ºT; Arellano e Santana. Técnico: Efraín Flores.

ATLÉTICO-PR:
Vinicius; Alex Fraga, Antônio Carlos e Chico; Rodriguinho, Renan (Douglas Maia, 40’/2ºT), Alan Bahia, Julio dos Santos (Gabriel Pimba, 36’/2ºT) e Márcio Azevedo; Anderson Aquino e Pedro Oldoni. Técnico: André Souto

Grupo 4 – Atlético-PR 3 x 4 Chivas Guadalajara (MEX)

Estádio: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 30/09/2008, às 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Pablo Lunati (ARG)
Auxiliares: Ricardo Casas (ARG) e Hernán Maidana (ARG)
Renda/Público: R$ 312.205 / 16.026 pagantes
Gols: Pineda, 41’/1ºT – 0x1 (CHI), Baéz, 4’/2ºT – 0x2 (CHI), Rafael Moura, 12’/2ºT – 1×2 (APR), Arellano, 17’/2ºT – 1×3 (CHI), Santana, 21’/2ºT – 1×4 (CHI), Kelly, 23’/2ºT – 2×4 (APR) e Rafael Moura, 33’/2ºT – 3×4 (APR)

ATLÉTICO-PR:
Vinícius, Danilo, Rhodolfo e Antônio Carlos; Rodriguinho (Renan, 11’/2ºT), Valencia, Alan Bahia (Kelly, 7’/2ºT), Ferreira e Netinho; Pedro Oldoni (Anderson Aquino, 24’/2ºT) e Rafael Moura. Técnico Geninho.

CHIVAS (MEX):
Hernández, Mejía, Magallón, Reynoso, Olvera; Baez, Araújo, Pineda, Mora (Medina, 19’/2ºT); Arellano (Hernadéz, 25’/2ºT) e Santana. Técnico: Efraín Flores.

OBS: Com esse resultado o Chivas classificou-se para as Quartas de Final.

Grupo 6 – Sport Ancash (PER) 0 x 0 Palmeiras/SP

Estádio: Nacional, Lima (PER)
Data/hora: 24/9/2008 – 22h (de Brasília)
Árbitro: Álbert Duarte (COL)
Auxiliares: Abaham González (COL) e Wilson Berrío (COL)
Renda/público: não disponíveis
Cartões amarelos: Regalado, Villanueva, Calheira (SPO); Jefferson, Denílson (PAL)
Gols: (0-0)

SPORT ÁNCASH:
Johny Vegas, Regalado, Catagena (Allende, 22’/2ºT) , Martínez e Vallanueva; Sotelo, Ruiz, Garcia e Flores; Carty e Calheira. Técnico: Antonio Alzamendi.

PALMEIRAS:
Marcos, Gustavo, Gladstone e Jefferson; Martinez, Pierre, Léo Lima e Evandro; Denílson (Maicousuel, 16′ / 2ºT) e Thiago Cunha (Lenny, 24’/2ºT). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

OBS: Este estádio onde foi realizado o jogo é de grama sintética. Este foi o primeiro confronto na história entre as suas equipes.

Grupo 6 – Palmeiras/SP 1 x 0 Sport Ancash (PER)

Estádio: Palestra Itália, São Paulo (BRA)
Data/hora: 1/10/2008 – 22h (de Brasília)
Árbitro: Martín Vásquez (URU)
Auxiliares: Walter Rial (URU) e Mauricio Espinosa (URU)
Renda/público: R$ 78.070,00 e 4.288 pagantes
Cartões amarelos: Gustavo (PAL); Collantes, Martínez, Cartagena, Ubillus (SPA)
Cartões vermelhos: Sandro Silva, 5’/2ºT; Ubillus, 43’/2ºT
Gol: Jumar, 44’/2ºT (1-0)

PALMEIRAS:
Bruno, Gustavo, Roque Junior e Martinez; Sandro Silva, Pierre, Jumar, Maicossuel (Diego Souza, intervalo) e Leandro; Denílson (Evandro, 13’/2ºT) e Thiago Cunha (Kléber, intervalo). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

SPORT ÁNCASH :
Johnny Vegas, Villanueva, Cartagena , Martínez e Ubillus; Sotelo (Rodriguez, 28’/2ºT), Dastes (Garcia, 28’/2ºT), Ruiz e Collantes; Carty (Ribeiro, 41’/2ºT) e Calheira. Técnico: Antonio Alzamendi.

OBS: Com essa vitória, suada, o Palmeiras classificou-se para as Quartas de Final.

Grupo 8 – Universidad Católica (CHI) 1 x 1 Inter/RS

Estádio: San Carlos de Apoquindo (Santiago, CHI)
Data-hora: 24/09/2008 – 22h15min (de Brasília)
Árbitro: Roberto Silvera (URU)
Auxiliares: Mauricio Espinosa (URU) e Miguel Nievas (URU)
Renda e público: Não disponíveis
Cartão Amarelo: Velenzuela (UNI); Rosinei, Andrezinho, Adriano (INT)
Cartão Vermelho: D’Alessandro, 24’/2ºT (INT)
Gols: Barrientos, 42’/1ºT (1-0); Adriano, 40’/2ºT (1-1)

UNIVERSIDAD CATÓLICA:
Bulsubasich; Valenzuela, Marcos González (Eros Pérez, 43’/ 2ºT), Imboden e Acevedo; Medel, Vasquez, Ormeño e Mirosevic; Gutierrez e Barrientos (Caggiano, 29’/2ºT). Técnico: Fernando Carvallo.

INTERNACIONAL:
Clemer; Ricardo Lopes, Danny Morais, Bolívar e Marcão; Edinho (Magrão, Intervalo), Rosinei (Ramon, 25’/2ºT), Andrezinho e Taison; Adriano e Daniel Carvalho. Técnico: Tite.

Grupo 8 – Inter/RS 0 x 0 Universidad Católica

Estádio: Beira-Rio (Porto Alegre, RS)
Data-hora: 1/10/2008 – 17h (de Brasília)
Árbitro: Carlos Amarilla (PAR)
Auxiliares: Emigdio Ruiz e Óscar Viera (PAR)
Renda e público: R$ 456.285,00 / 22.620
Cartão Amarelo: Ricardo Lopes, Danny Morais, Taison (INT); Tolosa e Martinez (UCA)
Cartão Vermelho: Não houve
Gols: (0-0)

INTERNACIONAL:
Clemer; Ricardo Lopes, Danny Morais, Bolívar e Marcão (Ramon, 13’/2ºT); Edinho, Rosinei, Andrezinho (Guiñazú, 13’/2ºT)(Índio, 18’/2ºT) e Taison; Adriano e Daniel Carvalho. Técnico: Tite.

UNIVERSIDAD CATÓLICA:
Buljubasich; Valenzuela, Imboden, Acevedo e Eros Pérez; Medel, Iván Vásquez, Ormeño (Tolosa, 45’/1ºT) e Mirosevic; Gutiérrez e Barrientos (Ibarrola, 24’/2ºT). Técnico: Fernando Carvallo.

OBS: (1) Guiñazu quebrou o braço numa disputa involuntária contra um chileno. (2) Com esse empate o Inter classificou-se para as Quartas de Final por ter marcado um gol fora de casa.

Quartas de Final

1 Ficha Técnica: Estudiantes (ARG) 2 x 0 Botafogo

Estádio: Ciudad de La Plata, La Plata (ARG)
Data/hora: 21/10/2008 – 21h (de Brasília)
Árbitro: Carlos Amarilla (Fifa-PAR)
Auxiliares: Emigdio Ruiz (PAR) e Nicolás Yegros (PAR)
Renda/público: R$ / pagantes
Cartões amarelos: Alayes e Juan Díaz (EST); Triguinho e Andre Luis (BOT)
Cartões vermelhos: Alayes, 18’/1ºT (EST); Túlio, 19’/2ºT (BOT)
GOLS: Boselli, 11’/2ºT (1-0); Verón, 17’/2ºT (2-0)

ESTUDIANTES:
Andujar; Angeleri, Alayes, Cellay e Diáz; Galván, Sánchez, Verón e Benítez; Fernández (Calderón, 10’/2ºT) e Boselli – Técnico: Leonardo Astrada.

BOTAFOGO:
Castillo; Alessandro (Lucas Silva, 46’/2ºT), Renato Silva, Andre Luis e Triguinho (Thiaguinho, 22’/2ºT); Leandro Guerreiro, Túlio, Diguinho (Zárate, 16’/2ºT) e Zé Carlos; Jorge Henrique e Wellington Paulista – Técnico: Ney Franco

OBS: Com esse resultado o Botafogo terá que vencer o Estudiantes, no jogo de volta, por 3 gols de diferença. Se o placar se repetir o jogo irá para os pênaltis.

2 Ficha Técnica: Palmeiras 0 x 1 Argentinos Jrs

Estádio: Palestra Itália, em São Paulo (SP)
Data/hora: 22/10/2008 – 22h (de Brasília)
Árbitro: José Buitrago (Fifa – COL)
Auxiliares: Eduardo Díaz (COL) e Rafael Rivas (COL)
Renda/público: R$ 125 470,00 / 7.286 pagantes
Cartões amarelos : Denílson, Evandro (PAL); Pavlovich, Ortigoza (ARG)
Cartões vermelhos : Evandro, 43’/2ºT; Gladstone, 46’/2ºT (PAL)
Gol: Escudero

PALMEIRAS:
Marcos; Roque Jr., Gladstone e Paulo Miranda; Fabinho Capixaba (Maicousuel, Intervalo), Jumar (Lenny, 18’/2ºT), Léo Lima, Diego Souza e Jefferson; Denílson e Thiago Cunha (Evandro, Intervalo). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

ARGENTINOS JUNIORS :
Torrico; Scotti, Caruzzo, Sabia; Prósperi, Mercier, Ortigoza, Quiroga (Recalde, 7’/2ºT), Escudero; Hauche e Pavlovich. Técnico: Néstor Gorosito.

OBS: Aos 17/1º tempo Léo Lima cobrou uma falta e a bola bateu no travassão e dentro do gol, o árbitro não assinalou o gol. No 2º tempo Diego Souza cobrou um pênalti com a “paradinha” e o árbitro mandou voltar, na segunda cobrança o goleiro Torrico defendeu a penalidade, avançando muito.
Agora o Palmeiras terá que vencer o Argentinos Juniors por 2 gol de diferença, no próximo jogo, para ficar com a vaga.

3 Ficha Técnica: Inter/RS 2 x 0 Boca Juniors (ARG)

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 22 de outubro de 2008, quarta-feira
Árbitro: Jorge Larrionda (Uruguai)
Assistentes: Pablo Fandiño e Wáter Rial (ambos do Uruguai)
Renda: R$ 820.595
Público: 36.640
Cartões amarelos: Gustavo Nery, Alex e D’Alessandro (Inter); Roncaglia, Forlín e Gracián (Boca)
Cartão vermelho: Noir (Boca)
Gols: INTERNACIONAL: Alex, aos 4 e aos 44 minutos do segundo tempo

INTERNACIONAL:
Lauro; Ângelo, Índio, Bolívar e Gustavo Nery (Marcão); Edinho, Magrão (Daniel Carvalho), Andrezinho (Sandro) e D’Alessandro; Alex e Nilmar. Técnico: Tite

BOCA JUNIORS:
Javier García; Julio Barroso, Facundo Roncaglia, Juan Forlín e Carlos Fondacaro; Matias Muñoz, Cristian Chávez (José Calvo), Alvaro González, Neri Cardozo (Osvaldo Gaitán) e Leandro Gracián; Luciano Figueroa (Ricardo Noir). Técnico: Carlos Ischia

OBS: Com esse resultado o Inter jogará pelo empate no jogo de volta, podendo perder por até 1 gol de diferença para ficar com a vaga a semifinal. Se o placar se repetir o jogo irá p/ os pênaltis.

4 Ficha Técnica: River Plate (ARG) 1 x 2 Chivas (MEX)

Data: 22/10/2008
Hora: 19h (de Brasília)
Árbitro: Víctor Hugo Rivera (PER)
Assistentes: Winston Reategui (PER) e César Escano (PER)
Cartões Amarelos: Tuzzio, Villagra, Ponzio(RIV); Mejía, Araújo e Solís(CHI)
Gols: Arellano(CHI9 aos 44 minutos do primeiro tempo. Fabián (CHI) aos 38 minutos e Abreu(RIV) aos 47 do segundo tempo.

RIVER PLATE
Juan Ojeda; Paulo Ferrari(Archubi), Gustavo Cabral, Eduardo Tuzzio, Cristian Villagra; Augusto Fernández(Rosales), Leonardo Ponzio, Matías Abelairas, Diego Buonanotte; e Sebastián Abreu e Falcao Garcia(Salcedo). Técnico: Diego Simeone

CHIVAS GUADALAJARA
Hugo Hernandez; Xavier Baez, Jonny Magallón, Héctor Reynoso e Edgar Mejía; Edgar Solís(Olvera), Patrício Araújo, Pineda e Ramón Morales(Fabián); Arellano(Medina) e Santana. Técnico: Efraín Flores

5 – Botafogo 2 x 2 Estudiantes LP

Estádio: Engenhão, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 04/11/2008 – 21h50h (de Brasília)
Árbitro: Carlos Chandía (Fifa-CHI)
Auxiliares: Cristian Julio (CHI) e Sergio Román (CHI)
Renda/público: R$ 99.649 / 13.517 pagantes
Cartões amarelos: Renato Silva, Triguinho, Andre Luis e Jorge Henrique (BOT); Salgueiro, Juan Díaz, Verón e Cellay (EST)
Cartão vermelho: Andre Luis, 23’/2ºT (BOT)
GOLS: Angeleri, 3’/1ºT (0-1); Salgueiro, 33’/1ºT (0-2); Lucio Flavio, (de pênalti) 13’/2ºT (1-2); Andre Luis, 20’/2ºT (2-2)

BOTAFOGO:
Renan, Thiaguinho (Lucas Silva, intervalo), Renato Silva, Andre Luis e Triguinho (Luciano Almeida, intervalo); Leandro Guerreiro, Diguinho, Lucio Flavio e Carlos Alberto; Jorge Henrique e Wellington Paulista (Fábio, 27’/2ºT) – Técnico: Ney Franco

ESTUDIANTES:
Andújar, Angeleri, Cellay, Desábato e Díaz; Galván (Sánchez, 21’/2ºT), Braña, Benítez e Verón (Moreno y Fabianesi, 42’/2ºT); Salgueiro (Calderón, 9’/2ºT) e Boselli – Técnico: Leonardo Astrada

OBS: Aos 23/2º tempo após uma falta violenta de Carlos Alberto no jogador argentino, houve uma confusão que acabou com a expulsão de André Luis que “tomou” o cartão amarelo da mão do árbitro. O árbitro não tinha outra alternativa e mostrou o cartão vermelho para André Luis. # Com esse empate o Estudiantes de la Plata passou para semifinal.

6 – Argentinos Jrs 2 x 0 Palmeiras

Estádio: Diego Armando Maradona, Buenos Aires (ARG)
Data/hora: 5/11/2008 – 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Carlos Amarilla (PAR)
Auxiliares: Manuel Bernal (PAR) e Emigdio Ruiz (PAR)
Renda/público: Não disponível.
Cartões amarelos: Kléber, Léo Lima (PAL)
GOLS: Scotti, (de cabeça) 9’/1ºT (1-0); Pavlovich, (de cabeça) 17’/1ºT (2-0)

PALMEIRAS:
Bruno, Paulo Miranda, Maurício e Martinez; Fabinho Capixaba, Léo Lima, Sandro Silva, Maicosuel (Lenny, Intervalo) e Jefferson; Denílson, Kléber (Thiago Cunha, 25’/2ºT). Técnico: Nei Pandolfo

ARGENTINOS JUNIORS:
Torrico; Scotti, Caruzzo, Sabia e Escudero; Bogado, Ortigoza, Quiroga e Mercier; Hauche e Pavlovich. Técnico: Néstor Gorosito.

OBS: Com esse resultado o Argentinos Jrs passou para a semifinal. Resta agora ao Palmeiras a luta pelo título do Campeonato Brasileiro.

7 – Boca Juniors 1 x 2 Inter/RS

Local: La Bombonera (Argentina)
Data/Hora: 06/11/08 – 21h (de Brasília)
Árbitro: Óscar Ruiz (COL)
Cartões: Forlin, Dátolo, Figueroa (BOC); Álvaro (INT); Vermelho: Forlin, 39’/2ºT (BOCA)
Gols: 2’/2ºT, Magrão (0-1); 12’/2ºT, Riquelme (1-1); 26’/2ºT, Alex (1-2)

BOCA JUNIORS:
García, Barroso, Muñoz, Forlín e Calvo; Cardozo (Viatri, intervalo), González, Gaitán (Dátolo 8’/2ºT) e Gracián (Riquelme 8’/2ºT); Mouche e Figueroa. Técnico: Carlos Ischia

INTERNACIONAL:
Lauro, Álvaro, Indio e Bolívar; Edinho, Magrão, Guiñazú, Marcão e D’Alessandro (Gustavo Nery, 30’/2ºT); Nilmar e Alex. Técnico: Tite.

OBS: Com esse resultado o Inter calssificou-se para a Semifinal

8 – Chivas Guadalajara x River Plate

Data: 06/11/2008
Local: Estádio Jalisco, em Guadalajara (MEX)
Árbitro: Roberto Silvera (URU)
Assistentes: Maurício Espinosa (URU) e Miguel Nievas (URU)
Advertências: Mejía, Araújo, Reynoso, Jhonfai (CHI); Ahumada, Abelairas, Buonanotte e Villagra (RPL)
Gols: Cabral (RPL) aos 3min, Falcão Garcia (RPL) aos 20min do 1ºT; Jhonfai (CHI) aos 15min, Medina (CHI) aos 19min do 2ºT

CHIVAS GUADALAJARA
Hernández; Reynoso, Esparza e Mejía; Morales (Olvera), Santana, Pineda (Medina), Solís (Jhonfai), Araújo e Baez; Arellano. Técnico: Efraín Flores

RIVER PLATE
Ojeda; Ferrari (Archubi), Cabral, Villagra e Quiroga; Ahumada, Fernándes (Rosales), Buonanotte (Bou) e Abelairas; Abreu e Falcão García. Técnico: Diego Simeone

OBS: Com esse empate o Chivas classificou-se para a Semifinal

Semi-Final
Grupo F1: Chivas (MEX) 0 x 2 Internacional

Local: Estádio Jalisco (MEX)
Data/Horário: 12.11.08 – 22h (de Brasília)
Árbitro: Carlos Torres (PAR)
Cartões: Araujo, Reynoso, Esparza, Mejía (CHI); Indio, Guiñazú (INT)
Gols: Nilmar 24’/1ºT (0-1); Alex, (de Falta) 33’/2ºT (0-2)

CHIVAS:
Hernández, Reynoso (Ávila, 29’/2ºT), Esparza (Medina, intervalo), Pineda e Araujo; Báez, Morales, Solís (De La Mora, 12’/2ºT)e Mejía; Santana e Arellano. Técnico: Efraín Flores.

INTERNACIONAL:
Lauro; Bolívar, Indio, Álvaro e Marcão; Edinho, Magrão, Guiñazú e Andrezinho (Rosinei, 37’/2ºT); Nilmar (Taison, 37’/2ºT) e Alex (Sandro, 46’/2ºT). Técnico: Tite.

OBS: Com esse resultado o Inter jogará pelo empate no jogo de volta no Beira-Rio, podendo perder por até 1 gol de diferença para ir a Final da competição.

Grupo F2: Argentinos Jrs 1 x 1 Estudiantes LP

Data: 13 de novembro de 2008, quinta-feira
Local: Estádio Diego Armando Maradona, em Buenos Aires (Argentina)
Horário: 22h15 (de Brasília)
Árbitro: Alejandro Sabino (Argentina)
Assistentes: Hernán Maidana e Ricardo Casas (ambos da Argentina)
Cartão Amarelo: Escudero, Pavlovich (Argentino Jrs); Galván (Estudiantes)
Cartão Vermelho: Desábato (Estudiantes); Sábia (Argentino Jrs)
Gols: Alayes aos 27/1º tempo (Estudiantes); Mercier aos 2/2º tempo (Argentino Jrs)

ARGENTINOS JUNIORS
Torrico; Andrés Scotti, Matías Caruzzo, Juan Sabia e Sergio Escudero; Mauro Bogado, Néstor Ortigoza, Juan Mercier e Carlos Recalde (Quiroga); Gabriel Hauche e Nicolás Pavlovich. Técnico: Nestor Gorosito

ESTUDIANTES DE LA PLATA
Mariano Andújar; Marcos Angeleri, Agustín Alayes, Leandro Desábato e Juan Díaz; Diego Galván, Rodrigo Braña, Juan Sebastián Verón (Moreno) e Leandro Benítez (Sanchez); Juan Manuel Salgueiro e Mauro Boselli. Técnico: Leonardo Astrada

OBS: Com esse empate quem vencer, no próximo jogo, vai pra final.

Grupo F1: Internacional 4 x 0 Chivas

Estádio: Beira-Rio (Rio Grande do Sul)
Data/Hora: 19/11/08 – 22h (de Brasília)
Árbitro: Óscar Ruiz (COL)
Auxiliares: Abraham González (COL) e Humberto Clavijo (COL)
Renda/público: R$ 843.456,00 / 37.703 pagantes
Cartões: amarelos: D’Alessandro, Indio, Danny Moraes (INT); Araujo (CHI);
Expulsão: Medina, 41’/1ºT (CHI)
Gols: D’Alessandro, 19’/1ºT (1-0); D’Alessandro, 36’/1ºT (2-0); Nilmar, 43’/1ºT (3-0); Nilmar, 25’2ºT (4-0)

INTERNACIONAL: Lauro, Bolívar, Indio (Danny Moraes, 34’/2ºT), Álvaro e Marcão; Edinho, Guiñazú, Magrão e D’Alessandro (Andrezinho, 16’/2ºT); Taison e Nilmar (Daniel Carvalho, 30’/2ºT). Técnico: Tite.

CHIVAS: Hernández; Mejía, Reynoso e Ocampo (Padilha, intervalo); Báez, Araújo, Solis, De la Mora (Ledesma, 24’/2ºT) e Morales (Esparza, 18’/2ºT) ; Medina e Santana. Técnico: Efraín Flores

OBS: Com esse resultado o Inter classificou-se, pela 1ª vez, para a final da Copa Sul-Americana. É também a primeira vez que um clube brasileiro chega a final da competição.

Grupo F2: Estudiantes LP 1 x 0 Argentinos Jrs

Data: Quinta-Feira, 20 de Novembro de 2008
Local: Estádio Ciudad de la Plata “Mundialista’ (La Plata, Argentina)
Árbitro: Sergio Pezzota (ARG)
Auxiliares: Francisco Rocchio (ARG) e Horacio Herrero (ARG)
Cartões amarelos: Agustín Alayes e Diego Galván (Estudiantes); Carlos Recalde, Néstor Ortigoza e Matías Caruzzo (Argentinos Juniors)
Cartões vermelhos: Rodrigo Brama (Estudiantes); Franco Quiroga (Argentinos Juniors)
Gols: José Luis Calderón, aos 16min do segundo tempo

ESTUDIANTES
Mariano Andújar; Marcos Angeleri, Agustín Alayes, Christian Cellay, Juan Manuel Díaz; Diego Galván (Matías Sánchez), Rodrigo Braña, Juan Sebastián Verón (Iván Moreno), Leandro Benítez; Juan Manuel Salgueiro (José Luis Calderón), Mauro Boselli. Técnico: Leonardo Astrada

ARGENTINOS JUNIORS
Sebastián Torrico; Andrés Scotti, Matías Caruzzo, Ignacio Canuto; Sergio Escudero, Mauro Bogado (Franco Quiroga), Néstor Ortigoza, Juan Mercier, Carlos Recalde (Andres Romero); Gabriel Hauche, Nicolás Pavlovich. Técnico: Néstor Gorosito

OBS: Com essa vitória o Estudiantes classificou-se para a final contra o Inter.

FINAL
Jogo 1: Estudiantes LP 0 x 1 Internacional

Estádio: Ciudad de La Plata “Mundialista” (La Plata, ARG)
Data: Quarta-Feira, 26/11/2008 – 22h (de Brasília) TV Bandeirantes
Árbitro: Carlos Amarilla (Paraguai)
Auxiliares: Manuel Bernal (PAR) e Emigdio Ruiz Roa (PAR)
Cartões Amarelos: Salgueiro, Desábato, Angeleri; (EST); Guiñazú, Índio, Magrão, Lauro (Inter);
Cartões Vermelhos: Guiñazú, 24’/1ºT (INT)
Gols: Alex, (de pênalti) 34’/1ºT (0-1);

ESTUDIANTES:
Andújar, Angeleri, Alayes (Calderón, 22’/2ºT), Desábato e Díaz; Galván (Moreno, 15’/2ºT), Verón, Sánchez e Benítez; Salgueiro (Fernandez, 12’/2ºT) e Boselli. Técnico: Leonardo Astrada.

INTERNACIONAL:
Lauro; Bolívar, Índio, Álvaro e Marcão; Edinho, Guiñazu, Magrão e D’Alessandro (Sandro, 41’/2ºT); Alex (Gustavo Nery, 33’/2ºT) e Nilmar (Danny Morais, 46’/2ºT). Técnico: Tite.

OBS: Com esse resultado o Inter joga pelo empate, no jogo de volta, para conquistar o título inédito da competição.

– UNIFORMES:
– INT: Camisa, Calção e Meias Vermelhas com detalhes em Branco.
– EST: Camisa com listras verticais em Vermelho-Branco, Calção e Meias Brancas.

Jogo 2: Internacional 1 x 1 Estudiantes

Estádio: do SC Internacional – Beira-Rio (Porto Alegre, RS)
Data-hora: Quarta-Feira, 3/12/2008 – 22 h (de Brasília)
Árbitro: Jorge Larrionda (URU)
Auxiliares: Pedro Fandiño (URU) e Walter Rial (URU)
Renda e público: R$ 1.043. 995 / 46.276 pagantes
Cartão Amarelo: Alayes, Benítez, Braña (EST); Magrão, Bolívar, Gustavo Nery, Lauro (INT)
Cartão Vermelho: Agenor, 44’/2ºT (INT); Braña, 13’/2ºT Pror. (EST); Boselli, 15’/2ºT Pror.
Gols: Alayes, 20’/2ºT (0-1); Nimar, 8’/2ºT Prorrogação (1-1)

INTERNACIONAL:
Lauro, Bolívar, Danny Morais, Álvaro e Marcão; Edinho, Magrão (Sandro, 2’/2ºT Prorrogação), Andrezinho (Gustavo Nery, 19’/2ºT)e D’Alessandro; Nilmar e Alex. Técnico: Tite.

ESTUDIANTES:
Andújar, Angeleri, Alayes, Cellay e Desábato; Braña, Iberbia (Perez, 19’/2ºT), Veron (Moreno 7’/1ºT Prorrogação) e Benítez; Boselli e Fernandez (Calderon, 25’/2ºT). Técnico: Leonardo Astrada.

OBS: NO tempo normal o Estudiantes ganhou por 1 x 0 e levou o jogo para a prorrogação, pois havia perdido em casa pelo mesmo placar. Na prorrogaçõa o Inter ganhou por 1 x 0 e sagrou-se o 1º clube brasileiro a ganhar a Copa sul-Americana.
CURIOSIDADE: O jogo começou as 22 h do dia 3 e terminou na madrugada do dia 4.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: